LC – GBX 14 – FII ( )

GBXF11

Novo Lançamento:  GBX 14 – FII ( )

Prospecto

O GBX 14 INVEST FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO – FII (“Fundo”) está realizando uma emissão primária de até 100.000 (cem mil) cotas (“Cotas Ofertadas”) (“Oferta”), com valor unitário de R$1.000,00 (mil reais), perfazendo o valor total de até R$100.000.000,00 (cem milhões de reais), todas escriturais, a serem integralizadas à prazo, por meio da realização de chamadas de capital, conforme procedimento previsto no termo de compromisso de investimento a ser celebrado.

A subscrição mínima no Fundo por cada investidor é de 10 (dez) Cotas, que correspondem, na data de emissão, a R$10.000,00 (dez mil reais).

A Gradual Corretora de Câmbio, Títulos e Valores Mobiliários S.A., será responsável por coordenar a Oferta (“Coordenador Líder”).

A gestão da carteira do Fundo será realizada pela GBX Administração de Recursos Ltda.

Consultor Imobiliário A 14 Invest Group Administrador de Bens Ltda.,

Administrador: Oliveira Trust Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A.

O fundo será criado em condomínio fechado e com prazo indeterminado de duração.

Cronograma Estimado da Oferta
Estima-se que a Oferta seguirá o cronograma abaixo:
Ordem dos Eventos
Evento Data Prevista
1 Protocolo do pedido de registro da Oferta na CVM 19.04.13
2 Obtenção do Registro da Oferta 29.05.13
3 Publicação do Anúncio de Início 30.05.13
Distribuição do Prospecto Definitivo 30.05.13
6 Assinatura dos Boletins de Subscrição e Compromissos de Investimento 17.06.13
7 Data da Integralização Inicial 1.07.13
8 Publicação do Anúncio de Encerramento da Oferta 17.10.13

Olhem o custo deste FII; se estiver correto, alguém por favor me explica o motivo dos outros chegarem a cobrar 10% do valor da emissão, quando este não cobra nem 0,3% ???

GBXF11_custos

Taxa de Administração
A Instituição Administradora, o Gestor e o Consultor Imobiliário serão remunerados pela Taxa de Administração, conforme discriminada abaixo:
(i) Instituição Administradora: pela prestação dos serviços de administração, controladoria de ativos e escrituração das Cotas será devido à Instituição Administradora remuneração equivalente a 0,29% (vinte e nove centésimos por cento) ao ano, incidente sobre o Patrimônio Líquido. A taxa prevista neste item terá o valor mínimo mensal de R$ 11.500,00 (onze mil e quinhentos reais), o qual será acrescido de R$400,00 (quatrocentos reais) por Ativo Imobiliário integrante da carteira do Fundo, a partir do terceiro Ativo Imobiliário adquirido pelo Fundo, nos termos deste Regulamento;
(ii) Gestor: 1,29% (um inteiro e vinte e nove centésimos por cento) ao ano do Patrimônio Líquido;
(iii) Consultor Imobiliário: 0,38% (trinta e oito centésimos por cento) ao ano do Patrimônio Líquido.

Sem prejuízo da Taxa de Administração indicada acima, a Instituição Administradora igualmente fará jus a uma remuneração adicional de R$2.500,00 (dois mil e quinhentos reais), pela sua participação em cada Assembleia Geral, exceto Assembleias Ordinárias, a ser paga no mês subsequente ao mês de realização da referida Assembleia Geral.

Taxa de Performance
Além da Taxa de Administração, o Consultor Imobiliário e o Gestor farão jus à Taxa de Performance, a ser paga semestralmente, equivalente a alíquota de 20% (vinte por cento), incidente sobre a diferença positiva existente entre o valor patrimonial das Cotas auferido no 1º Dia Útil e no último Dia Útil do semestre em referência, no que exceder a variação do IPCA, acrescido de 5% (cinco por cento) ao ano. A Taxa de Performance será paga semestralmente, no 5º Dia Útil subsequente ao encerramento do semestre utilizado como referência, sendo que da alíquota de 20% (vinte por cento), 16,6% (dezesseis inteiros e seis décimos por cento) serão devidos ao Consultor Imobiliário e 3,4% (três inteiros e quatro décimos por cento) serão devidos ao Gestor.

Destinação dos Recursos
Os recursos obtidos a partir da Oferta serão destinados à aquisição

(i) dos Ativos Imobiliários que venham a ser selecionados pelo Consultor Imobiliário e avaliados e aprovados pelo Gestor; e/ou

(ii) dos Ativos de Liquidez indicados pelo Gestor, nos termos do Regulamento.

Da Politica de Investimento:

“..

A aquisição dos Ativos Imobiliários pelo Fundo deverão obedecer aos seguintes critérios de alocação:
i) concentração máxima de até 20% (vinte por cento) do patrimônio líquido do Fundo
investido em Ativos Imobiliários representados por um único imóvel;

ii) concentração mínima de 80% (oitenta por cento) do patrimônio líquido do Fundo investido em Ativos Imobiliários localizados geograficamente no Estado de São Paulo;

iii) concentração máxima de até 55% (cinquenta e cinco por cento) do patrimônio líquido do Fundo investido em Ativos Imobiliários caracterizados como galpões industriais e/ou
logísticos;

iv) concentração máxima de até 45% (quarenta e cinco por cento) do patrimônio líquido do Fundo investido capital comprometido em Ativos Imobiliários de natureza comercial;

v) concentração máxima de até 40% (quarenta por cento) do patrimônio líquido do Fundo
investido em Ativos Imobiliários de natureza residencial; e

vi) concentração máxima de até 50% (cinquenta por cento) do capital comprometido em Ativos Imobiliários caracterizados como áreas, terrenos ou glebas nuas, sem construções ou benfeitorias.

O Fundo terá o prazo de 3 (três) anos contados a partir da data de obtenção de seu registro de funcionamento para enquadrar a carteira de Ativos Imobiliários aos critérios descritos acima.

* Opinião do Tetzner:

Apesar de parecer um FII de Tijolo, sem prazo de duração e ter um baixo custo de emissão, fiquei preocupado com essa regra de terem até 3 anos para fazer a alocação em imóveis nas condições acima descritas. Me lembrou, não sei porque, aquela musiquinha do Tio Silvio: “Ei!! Você ai!! Me dá um dinheiro ai!!  …Me dá um dinheiro ai!! ”

* Contribuição do amigo ktts:

“A oferta do GBX sofreu alterações, dentre elas:
– Vetar a aquisição de imóveis residenciais.
– Permitir a aplicação de até 100% do capital comprometido em ativos imobiliários de natureza comercial.
– Vetar a aquisição de imóveis pertencentes ao gestor, consultor imobiliário ou até mesmo de empresas de seus respectivos grupos econômicos.
– Diminuir o prazo para enquadramento do fundo de 3 para 1 ano.
– Reduzir a taxa de administração de 1,96%a.a. para 1,85%a.a..
– Aumentar o parâmetro à partir do qual será cobrada a taxa de performance, de variação do IPCA + 7%a.a. para IPCA + 9%a.a..
– Estabelecer prazo determinado de 10 anos para encerramento do fundo.
– Alterar a taxa de distribuição para 2,053%.
– Estabelecer que o Gestor, Consultor Imobiliário e Administrador envidarão melhores esforços para investir somente em ativos imobiliários que contemplem taxa interna de retorno (TIR) estimada, equivalente a, no mínimo 30%a.a..
As mudanças foram protocoladas dia 17/03/14”

 

Anúncios

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s