FIIs Alternativos

Alternativas

Se tomarmos o iFIX como um espelho do mercado de fundos imobiliários veremos um foco exagerado no segmento de lajes corporativas, ou escritórios de forma mais simples.

Quase 48% da atenção financeira do mercado dirigida para um único segmento e com concentração em capitais, principalmente em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Em termos absolutos os números não são muito diferentes: são 29 fundos em uma lista de 69 escolhidos.

O que leva à essa concentração em escritórios?

Por que a maior parte dos FIIs que surgiram nos últimos anos foram neste segmento?

Provavelmente a resposta mais correta tenha a ver com o interesse do mercado físico e na elevada oferta de lançamentos de torres comerciais nos últimos anos.

O resultado dessa oferta exagerada foi visto nos últimos anos com elevação da vacância e menores preços locatícios; então seria a hora de diversificar?

Todo investidor que tenta montar uma carteira esbarra sempre neste ponto, pois além de não ter muitas alternativas de outros ramos de negócio são poucos candidatos disponíveis.

Encontramos duas alternativas se quisermos hospitais, três em educacionais, quatro agências e o segmento que mais alternativas no índice oferece são os shoppings com oito deles.

Fora do pais encontramos REITs (produto similar ao FII) que investem em Antenas de transmissão, Redes de Farmácias e Lojas, Presídios, … a lista é enorme em quantidade e variedade.

Nosso mercado ainda é muito jovem se comparado com eles, mas com certeza servem de inspiração e são uma janela para olharmos o futuro.

E você, em qual segmento gostaria de investir através de Fundo Imobiliário?

Anúncios

31 comentários sobre “FIIs Alternativos

  1. Olha ai Srs Gestores, que “filão” Bem que poderíamos ter um FARM11 🙂

    Abrimos 39 novas lojas no 1T16, encerrando o trimestre com 1.274 lojas em operação, considerando as 3 lojas da 4Bio.
    Não encerramos nenhuma loja no período. Nos últimos 12 meses, abrimos um total de 176 lojas, um recorde tanto para
    a Raia Drogasil como para o varejo farmacêutico brasileiro. Reiteramos o guidance de 165 aberturas brutas em 2016 e
    de 195 aberturas brutas em 2017.

    Curtido por 1 pessoa

    • Outra Srs Gestores, vamos ajudar o Brasil a sair da Crise!

      Sr dos FIIs disse:

      “Afinal qual e a solução ? Pensar no longo prazo
      Diminuir tamanho do leviatã estatal
      Investir em infra estrutura melhorando assim qualidade de nosso produtos”

      FIIs de Infra Estrutura! O que não falta é oportunidade de melhorar nosso país 🙂

      Curtir

  2. Tetzner,

    tem perspectiva de termos FIIs “não tradicionais” (para o mercado brasileiro) em breve? Como está o futuro dos FIIs? Continuaremos no basico, faculdade/escritorios/galpões/shopping ?

    Curtir

    • RENATOGCA,

      agora que o mercado vê uma redução na taxa de juros, provavelmente veremos mais emissões vindo ai… a atratividade dos segmentos é o “X” da questão, além de aspectos legais da nossa realidade.

      o futuro do segmento como agente financiador de projetos é muito animador; mas temos de ter sempre presente a noção de que tudo que for feito sem o devido cuidado pode deixar um resultado desagradável.

      então, bons projetos, visão de retorno de longo prazo, empreendimentos mais adequados ao perfil de pequenos investidores; opções são bem variadas, como estamos vendo em várias respostas aqui, mas por em prática algumas delas pode esbarrar em burocracia.

      Residenciais quase que sumiram, já que tinham prazo para acabar e amortizam, tem muita oferta e já começam a apresentar descontos; o maior entrave aqui seria a renda, já que para alugar hoje é complicado ter um retorno bom.

      O país precisa de infra-estrutura, se fosse alguma iniciativa nesse segmento, seria novidade e deve ter boa contra-partida.

      Curtir

  3. Imagino Fii no segmento educacional voltadas as escolas e creches, e não apenas as de ensino superior.
    Outro seria no ramo de lazer e entretenimento. Por que não fiis de ginásio e arenas?
    E fiis de lojas nos aeroportos? Seria uma boa ideia, não?

    Assim também como já foram mencionados:
    – depósitos;
    – farmácias;
    – clínicas;
    – estacionamentos.

    Abs,
    50s

    Curtido por 1 pessoa

  4. Estádio esportivo (aberto par ao mercado secundário)
    Galpões em regiões urbanas para eventos (Exemplo: Expo)
    Comercio de Rua (em centros de cidades do interior)
    Centros Tecnológicos (exemplo: CPqD em Campinas.. seria um fundo multi-inquilinos)
    Cemitério (Tem, mas pouca opção)
    Restaurantes (acho que entraria no ramo de Comercio de Rua)

    Espero também a ampliação de setores que já temos, mas com poucas opções (exemplo: educacional e hospital)

    Curtido por 2 pessoas

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s