CTXT – CENTRO TEXTIL INTERNACIONAL

O FII  é proprietário de 75%​ do condomínio denomin​ado Centro Têxtil Internacional – (ITM Expo),situado na Avenida Engenheiro Roberto Zucollo, 555, Vila Leopoldina, São Paulo – SP; administrado pela Rio Bravo, em regime de condomínio fechado e com prazo indeterminado de duração.

CTXT11

As cotas do Fundo são negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo, sob código CTXT11, com baixa Liquidez.

Área Bruta Locável (ABL): 45.450m²
Vagas de garagem: 1.096
Participação no empreendimento: 75%

Taxas:
Administração: R$ 20.000,00 mensais corrigido pelo IGPM.

RI: fundosimobiliarios@riobravo.com.br

Anúncios

138 comentários sobre “CTXT – CENTRO TEXTIL INTERNACIONAL

      • Sim muito estranho,
        Vou transcrever oq escrevi a pouco lá em um outro post Tetzner.
        =============================================================
        Eu acho que o olho do dono faz uma grande diferença.
        Aproveitando que você quicou a bola Tetzner, vamos pegar por exemplo o balanço do CTXT11, sou cotista deste fundo, e por curiosidade hoje após o seu post fui dar uma espiada no balancete.
        E tem algumas coisas que me chamaram a atenção que apesar de idôneas, não vi razão para algumas movimentações de aplicações, achei muito estranho (até se houver algum contador no grupo e se animar a dar uma olhada seria interessante, eu sou técnico contábil mas hoje atuo em outra área).
        De qualquer modo o movimento que verifiquei eu não faria em uma conta minha, pois obviamente não geraria lucro, e provavelmente geraria despesas.
        Enfim é um bom fundo, mas tenho a impressão que rentabilizar os cotistas não é o único objetivo dos gestores infelizmente.

        Curtido por 1 pessoa

  1. Prezados,
    Estava estudando esse fundo e acredito que muitos aqui tem dúvidas a respeito de “que diabos” se faz nesse prédio.
    Andei pesquisando e vi que ali funciona o ITM-Expo, espaço utilizado para feiras e convenções.
    Por outro lado, o Itaú é locatário de uma área de 39.000m2, que julgo muito grande para ser utilizada apenas para call center.
    Indago aos foristas: Não seria o Itaú explorador dessa área, sublocando para realização de feiras e convenções?
    Alguém saberia dizer?

    Curtir

  2. Era uma região com diversas indústrias de pequeno e médio porte, que foram fechando e se transferindo para outros pólos nos idos de 2000. Muitos galões foram aproveitados como centros de distribuição, transportadoras… até hoje devem existir galpoes fechados (imagino, faz tempo que não passo por lá). Se for depois do viaduto (lado do prédio dos correios), foram construídos uns prédios residênciais de padrão médio pra alto. Antes do viaduto é um pouco mais deteriorado.

    Curtir

  3. Esse fundo não possui muita informação na internet. Alguém de São Paulo ou que conheça o prédio, poderia contextualizar melhor ele, ele é tipo várias salas pequenas, possui lojas ou tipo um mini shopping, quantos andares?
    Como é o entorno dele, zona residencial ou comercial, tem aquela central de frutas e legumes perto não é?

    Curtido por 1 pessoa

      • Matéria de 10/03 no G1

        O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), prometeu nesta sexta-feira (10) novo projeto para o espaço de 700 mil metros quadrados onde atualmente funciona o Ceagesp, maior entreposto de frutas e verduras da América Latina. Segundo Doria, o terreno na Vila Leopoldina, na Zona Oeste, deverá abrigar o Centro Internacional de Tecnologia e Inovação (CIT).

        Desde o anúncio da saída do Ceagesp do atual espaço, o local recebe especulações do que irá abrigar. O ex-prefeito Fernando Haddad chegou a dizer que o terreno seria destinado a um projeto de urbanização envolvendo empreendimentos imobiliários, incluindo habitação popular.

        “Já está definido [o polo tecnológico], com o apoio do governo federal e estadual. Teremos inclusive uma Fatec, uma faculdade de tecnologia que será instalada ali e todo um campus para empresas de tecnologia”, disse o prefeito. Doria descartou a hipótese de construir moradia popular no terreno. “Habitação popular, ali não é o lugar”.

        O prefeito disse que a migração do espaço ainda não tem data definida. “Eu gostaria que fosse dentro do meu mandato, dentro desses 4 anos. É uma operação logística difícil, você não pode interromper o abastecimento”.

        Doria, porém, foi categórico sobre a mudança do entreposto. “Vai sair de lá, isso posso afirmar. O Ceagesp vai sair da onde está. Vai para uma área quatro vezes maior”.

        Curtido por 4 pessoas

      • Moro em SP. Nunca fui nesse shopping. A Vl Leopoldina é um lugar onde foram construídos prédios com um bom padrão, não deixando de existem um grande número de classe média. Não muito longe é localizado o shopping Villa Lobos que tem boas marcas e um ótimo cinema, com púbico endinheirado. Próximo do bairro Leopoldina, fica Osasco, um bairro periférico com vários shopping populares com público “C e D “

        Curtido por 1 pessoa

      • Pelo relatório gerencial de março, 89% é alugado ao Itau, os 11% restantes são da Cyrella (4%) , alimentação , audio-visual, cinema (2% cada). Pra mim não é shopping ainda.

        Curtir

      • Xxx

        Não é shopping não

        era um galpão criado para atender o segmento industrial, mas micou

        ai ofereceram para o Itaú montar estrutura de back office por um precinho camarada e eles aceitaram

        então depende muito do banco, como postaram aí 90%

        Curtido por 1 pessoa

      • Na verdade o CTXT não é bem um shopping, diria que é um imóvel de uso misto. Lembrando que a maior parte da sua área é ocupada pelo Itaú (call center).
        Fica próximo ao Ceagesp, no bairro da Vila Leopoldina, numa localização meio ingrata (do lado de um viaduto e em frente há uma pequena favela/comunidade carente).
        Fui há alguns anos atrás lá e até gostei do ambiente interno do imóvel, mas nada de muito espetacular. Na ocasião ocorria no local uma “feira gastronômica das nações” (meu estômago possui melhor memória do que o meu cérebro).
        Aqui uma possível mudança de patamar se daria com a saída do Ceagesp da região e melhor destinação/uso do imóvel à frente do empreendimento.
        Espero ter ajudado.
        Sds.

        Obs.: Xxx, Osasco não é bairro, mas sim município localizado na região metropolitana de São Paulo.

        Curtido por 1 pessoa

    • Era uma região com diversas indústrias de pequeno e médio porte (ferramentarias, por exemplo), que foram fechando e se transferindo para outros pólos nos idos de 2000. Muitos galpões foram aproveitados como centros de distribuição, transportadoras… até hoje devem existir galpões fechados (imagino, faz tempo que não passo por lá). Se for depois do viaduto (lado do prédio dos Correios), foram construídos uns prédios residenciais de padrão médio pra alto. Antes do viaduto é um pouco mais deteriorado.

      Curtido por 1 pessoa

      • Dei uma confirmada aqui no Maps, realmente fica no lado mais abandonado…. a outra parte do bairro, no entorno da Av. Imperatriz Leopoldina, é bem mais interessante, faculdades, comércio, residências de médio para alto… Não sei exatamente nessa rua do CTXT, mas havia problemas de enchente naquela área (próx. CEASA/CEAGESP era comum alagamentos).

        Curtir

      • É como se fosse a transição entre Alto da Lapa (região boa) e Vila dos Remédios/Osasco (região ruim). Localização regular (a depender do uso), que melhora ano a ano (a questão aqui é em qual velocidade…)

        Curtir

      • Shopping ali esquece… West Plaza tem uma localização bem melhor e está penando até hoje… A mudança do CEAGESP para a região de Perus é um projeto que se discute faz muito tempo, mas não tem nada de concreto… um plano ainda na fase conceitual.

        Curtido por 1 pessoa

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s