FFCI11 – Rio Bravo Renda Corporativa

FFCI11

PATRIMONIO DO FUNDO

JK FINANCIAL CENTER
Localização: Av. Juscelino Kubitschek, 510, Itaim Bibi, São Paulo/SP
Área Bruta Locável (ABL): 5.155 m²  /  Vagas de garagem: 182
Participação no empreendimento: 38,9%

JATOBÁ
Localização: Rua Surubim, 373, Brooklin Novo, São Paulo/SP
Área Bruta Locável (ABL): 1.520 m²  /  Vagas de garagem: 49
Participação no empreendimento: 11,9%

PARQUE PAULISTA
Localização: Alameda Santos, 1940, Cerqueira César, São Paulo/SP
Área Bruta Locável (ABL): 576 m²  /  Vagas de garagem: 22
Participação no empreendimento: 6,8%

NEW CENTURY
Localização: Rua Leopoldo Couto de Magalhães Junior, 758, Itaim
Bibi, São Paulo/SP
Área Bruta Locável (ABL): 999 m²  /  Vagas de garagem: 38
Participação no empreendimento: 5,7%

CETENCO PLAZA
Localização: Avenida Paulista 1842, Cerqueira Cesar, São Paulo/SP
Área Bruta Locável (ABL): 2.135 m²  /  Vagas de garagem: 32
Participação no empreendimento: 3,9%

INTERNACIONAL RIO
Localização: Praia do Flamengo nº 154, Flamengo, Rio de Janeiro/RJ
Área Bruta Locável (ABL): 1.480 m²  /  Vagas de garagem: 23
Participação no empreendimento: 13,8%
Datas de Aquisição: 04/01/2013 e 16/04/2013

CANDELÁRIA CORPORATE
Localização: Rua da Candelária nº 65, Centro, Rio de Janeiro/RJ
Ocupação: 100%
Área Bruta Locável (ABL): 1.297 m²  /  Vagas de garagem: 5
Participação no empreendimento: 7,73%

PARQUE CULTURAL PAULISTA
Localização: Avenida Paulista, 37, São Paulo/SP
Área Bruta Locável (ABL): 2.031 m²  /  Vagas de garagem: 36
Participação no empreendimento: 9,38%

Taxas:
Administração: 0,70%a.a. sobre valor de mercado do fundo (mínimo R$ 25.000,00 mensais corrigido IPC-FIPE).

Administrador: Rio Bravo

RI: fi@riobravo.com.br

Tutor do FII: trttrttrttrttrt

Anúncios

349 comentários sobre “FFCI11 – Rio Bravo Renda Corporativa

  1. Só pra botar um pouco de lenha na fogueira!!!

    No dia 10/07/2017, foi assinado o compromisso de compra e venda do imóvel objeto da 6ª emissão de cotas do Fundo, com o pagamento de sinal de 10% do valor da transação. Devido a cláusula de confidencialidade prevista no contrato, as características do referido imóvel, bem como o detalhamento das condições de sua compra e venda serão divulgadas aos cotistas oportunamente. Os recursos obtidos pelo Fundo na ocasião da 6º Emissão de Cotas serão primordialmente para aquisição de uma fração ideal deste imóvel, que fica na região da Marginal Pinheiros na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo. O referido imóvel possui um contrato de locação assinado de longo prazo, acima de 10 anos, com uma empresa multinacional de grande porte, multa de rescisão expressiva, fiança bancária emitida por um banco de 1º linha e carência no fluxo de pagamentos de aluguel até meados de 2018.

    Curtir

  2. Estava torcendo pro ONEF ser incorporado no portfólio do FFCI, mas infelizmente não vai acontecer.
    Só por curiosidade, nunca se cogitou a fusão do FFCI com o DRIT?
    Acho que os dois FIIs possuem perfil semelhante, formariam um fundo mais robusto, maior, e acredito que a o portifólio maior se beneficiaria da liquidez do FFCI .
    O administrador não é o mesmo? Poderia ser um facilitador? Ou não tem a menor chance dos fundos fazerem esse tipo de fusão?

    Curtido por 1 pessoa

    • Casferlan

      cogitou-se mas o cotista de um fundo não aprovaria e vice-versa… pronto

      o erro foi ser criado assim com PL pequeno que vai sendo difícil de carregar no longo prazo com as taxas

      FII tem de crescer no longo prazo; FII que amortiza é problema…

      Curtido por 1 pessoa

      • Qual seria o motivo da relutância dos cotistas em aceitar uma fusão?
        PL maior não beneficiária a todos? Qual a vantagem de ser pequeno no mundo dos fundos?
        Entendo os fundos mono imóvel que querem somente gerir a sua fatia no prédio e distribuir a renda sem maiores ambições, mas fundo de gestão ativa tem que buscar crescimento (minha opinião). FFCI fez emissão recentemente, mas continua pequeno perto do HGRE ou KNRI. DRIT é ainda menor e com baixa liquidez. Por outro lado, apesar de pequeno, só o FFCI parece ter buscado algum crescimento nessa crise pela aquisição de imóveis (pelo menos foi noticiada essa intenção). Enfim, os fundos geracionais estão longe de ser o que eu imaginava, mas ainda me parecem boas opções de investimento, mas com muito mais cautela do que quando conheci os FIIs.

        Curtir

      • O povo gostava do preço por cota baixo. O tal negócio: a sensação de comprar 1000 de 1 é maior do que a de comprar 1 de 1000. Psicologico mesmo… já ouvi isso de várias pessoas

        Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s