TBOF11 – TB OFFICE – FII

TBOF11

A Tower Bridge Corporate possui 5 subsolos de estacionamento + 1 Subsolo Intermediário que oferecem 1.616 vagas para automóveis; espaço adequado para bicicletas (96 vagas).
Os subsolos são servidos por 4 elevadores de acesso da garagem para o Lobby no Térreo e ao Mezanino, 1 elevador de emergência, 2 elevadores de acesso às Lojas, 2 elevadores para as Docas, atendendo até o Mezanino.

Dados técnicos do Imóvel
Área do terreno: 13.224 m2
Área Office: 55.051 m2
Comércio: 1.413 m²
Vagas de estacionamento: 1.616
Andares: 24

O Regulamento do Fundo prevê distribuição de rendimentos no 10º dia útil subsequente ao recebimento da receita do mês anterior.

O Fundo é proprietário de 100% do Tower Bridge Corporate localizado na Avenida Jornalista Roberto Marinho, nº 85, São Paulo/SP.

Administrador: BTG Pactual
Consultora do Fundo: Tishman Speyer
Locatários do Fundo: Grupo Fleury, Tam, Banco Toyota, Zurich Seguros, Qualcomm, Covidien, Abbott

Taxas:
Administração: 0,20%a.a. sobre valor total dos ativos do fundo (mínimo R$ 30.000,00 mensais corrigido pelo IGPM-FGV).
Consultoria Imobiliária: 0,20%a.a. sobre valor total dos ativos do fundo.

RI: sh-contato-fundoimobiliario@btgpactual.com

Anúncios

947 comentários sobre “TBOF11 – TB OFFICE – FII

  1. Relatório dezembro

    Vencimento de contratos em percentual da receita.

    2017 = 0%
    2018 = 29,40%
    2019 = 0,4%
    2020 = 30,60%
    2021 = 18,20%
    2021 >>> 21,30%

    No final do mês Novembro /2016 , a taxa de ocupação no imóvel é de 63,50%.
    A taxa ainda não considera as saídas de TAM e Zurich conforme Fatos Relevantes do dia 01/11/2016 e 21/12/2016.
    A Consultora do Fundo continua analisando eventuais propostas de novas locações com vistas a atender os interesses dos cotistas do Fundo e os valores praticados no mercado.

    Considerando as condições de mercado e a fim de evitar uma redução na taxa de ocupação do imóvel, o desconto
    temporário para os Locatários das Lojas 01, 02, 03 e 04 foi renovado por mais 6 meses ( Mês de Competência: Out/2016 à
    Mar/2017)

    29/07/2016 –
    A QUALCOM M procedeu a devolução de parte do Imóvel equivalente a 724,37m² de área locável, posteriormente passará a efetuar o pagamento do aluguel da área remanescente do imóvel.

    01/11/2016 – TAM – Notificação de Saída antecipada da locação do conjunto 21, localizado no 2º pavimento e de todos os
    conjuntos que compõem o 4º e 5º pavimentos do Imóvel . A devolução do imóvel, inicialmente está prevista para
    28/02/2017.

    1/12/2016 – ZURICH – Notificação de Saída antecipada da locação do 20º pavimento do Imóvel. A devolução do imóvel,
    inicialmente está prevista para 30/04/2017.

    Conforme divulgado
    em fato relevante no dia 06/10/2015, o FII TB Office vem realizando o pagamento complementar do IPTU 2014/15 , tendo sido
    a última parcela paga em Julho/2016 . No mês de Novembro /2016 , foi realizado apenas o pagamento da 10ª parcela do IPTU do ano de 2016.

    Reserva de Contingência : no final de Novembro , a reserva de contingência do fundo possuía o saldo de R$ 3.157.704,67.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Agora vai…
    Pra qual lado?, hehe

    FATO RELEVANTE
    BTG PACTUAL SERVIÇOS FINANCEIROS S.A. DTVM, com sede na Cidade do Rio de Janeiro,
    Estado do Rio de Janeiro, na Praia de Botafogo, nº 501 – 5º andar parte, inscrita no
    CNPJ/MF sob o nº 59.281.253/0001-23 (“Administradora”), na qualidade de administradora do
    FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO – FII TB OFFICE inscrito no
    CNPJ/MF n.º 17.365.105/0001-47, código CVM nº 283-6 (“Fundo”), proprietário de 100% do Edifício
    Tower Bridge (“Imóvel”), comunica aos seus cotistas e ao mercado em geral, que foi firmada a Cessão
    e Aditamento ao Contrato de Locação com a QUALCOMM SERVIÇOS DE
    TELECOMUNICAÇÕES LTDA (“Locatária”) locatário do 6º Pavimento do Imóvel, com área total
    locável equivalentes à 2.173,10m².
    Nesta Cessão e Aditamento ao Contrato de Locação foi formalizada a devolução de parte do Imóvel
    equivalente a 724,37m² de área locável (“Área Devolvida”), a redução proporcional à Área Devolvida
    do valor da locação e a revisão do valor da locação mensal, como pleiteado pela Locatária.
    Em razão das condições da negociação, estipulou-se que a redução proporcional e revisão do valor da
    locação mensal seria aplicável a partir do mês de início das tratativas e desocupação da Área Devolvida
    por parte da Locatária, que se deu em Agosto/2016.
    Assim, considerando que durante o período das negociações, compreendido entre
    Agosto/2016 à Novembro/2016, a Locatária permaneceu pagando o valor original contratado sem
    considerar a redução e revisão negociadas, a diferença a maior paga pela Locatária neste período será
    ajustada na competência de Dezembro/2016.
    Ademais, o Fundo recebeu o valor da multa por rescisão antecipada calculada proporcionalmente à
    Área Devolvida no valor de R$ 601.727,01 (seiscentos e um mil, setecentos e vinte e sete reais e um
    centavo).

    A Administradora buscou adequar o valor da locação aos parâmetros de mercado com objetivo de
    manter o nível de ocupação do imóvel e cobrança das penalidades no caso da saída antecipada.
    Na hipótese de se concretizar as demais saídas relatadas nos fatos relevantes anteriores, a vacância do
    imóvel atingirá o total aproximado de 49,6% da área locável.
    São Paulo, 09 de janeiro de 2017

    Curtir

  3. XIIIIIIIIIIIIIIII
    FATO RELEVANTE
    BTG PACTUAL SERVIÇOS FINANCEIROS S.A. DTVM, com sede na Cidade do Rio de
    Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, na Praia de Botafogo, nº 501 – 5º andar parte, inscrita no
    CNPJ/MF sob o nº 59.281.253/0001-23 (“Administradora”), na qualidade de administradora do
    FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO – FII TB OFFICE inscrito no
    CNPJ/MF n.º 17.365.105/0001-47, código CVM nº 283-6 (“Fundo”), proprietário de 100% do
    Edifício Tower Bridge (“Imóvel”), comunica aos seus cotistas e ao mercado em geral, que recebeu,
    nesta data, a notificação enviada por ZURICH MINAS BRASIL SEGUROS S.A. (“Locatário”)
    locatário do 20º Pavimento do Imóvel, informando sua intenção de rescindir o
    contrato de locação em 30 de abril de 2017, se comprometendo ao cumprimento das disposições
    contratuais até tal data.
    Na hipótese de se concretizar essa saída e as demais relatadas no fato relevante do dia 01/11/2016, a
    vacância do imóvel atingirá o total aproximado de 49,6% da área locável.
    O Administrador tem, em conjunto com o Consultor Imobiliário, envidado esforços para tentar
    manter este e os demais locatários no imóvel e informará ao mercado quanto a eventuais
    desdobramentos e definições que venham a ser formalizados entre as partes.
    São Paulo, 21 de dezembro de 2016.

    Curtido por 3 pessoas

    • Leoctba na verdade não vai para lugar nenhum .
      Zurich ocupa atualmente 3 pavimentos 20, 21, 22 do tower bridge, anteriormente ela ocupava 4 andares com adição da cobertura, pavimento mais caro do tower bridge.

      Quando existe devolução parcial como foi caso da Qualcom e zurich saída denota diminuição de área útil ocupada pela empresa ou enxugamento da estrutura operacional.

      Resumo da obra empresas vem diminuindo área útil e pessoal para cortar custos com a depressão que se estende pelo Brasil.

      Fiz algumas simulações com saídas já anunciadas, cheguei a um valor próximo 0,14 por cota levando em conta m2 quadrado praticado de 80 reais.

      Incrível incompetência em locar este prédio sendo que eztec consegue locar 100% de um prédio similar em uma região menos nobre do que tbof .

      Ez tower se situa na R. Arquiteto Olavo Redig de Campos, 105 – Chácara Santo Antonio (Zona Sul), São Paulo – SP

      A questão aqui não é só de sobre oferta , mas sim caso cronico de leniência e incompetência habitual da BTG.

      Outra questão custos de condomínio são altíssimos:
      Maiores gastos ultima DRE
      Condomínio:607.145,27
      IPTU:283.506,62
      Taxa de consultoria:121.731,54
      Taxa de ADM:130.268,45

      Só estes gastos passam fácil de 1 milhão de reais.

      Hora de começa se movimentar para destituir BTG da ADM e a Tishman da consultoria imobiliária ” Prova cabal que o que interessa aqui sempre foi mamar nas costas do cotista e desovar prédio sobre valorizado em IPO.

      Andou tendo rolo com pessoal da GRIFFO em uma assembleia recente, BTG cobra taxas pelo VP e não pelo valor de mercado como demais fundos.

      Curtido por 6 pessoas

  4. Código de negociação da cota TBOF11
    Data-base (último dia de negociação “com” direito ao provento) 19/12/2016
    Data do pagamento 29/12/2016
    Valor do provento por cota R$ 0,2114438557
    Período do de referência Novembro/2016

    Curtir

    • Saiu o DRE mensal.

      Receitas ajustadas
      Total receitas:R$ 3.769.215,48 ou 0,38 cota
      Total despesas:R$ 1.429.869,91 ou 0,14 cota
      Resultado:R$ 2.339.345,57 ou 0,23 cota
      Distribuído:R$ 2.339.345,57 ou 0,2328 cota
      Margem operacional:62,06%
      ADM / receita = 6,67%
      Despesas receita:37,94%

      Considerações:

      Leve aumento nas receitas , provavelmente fruto do pagamento de atrasos e multas
      Despesas acima do mês anterior, acredito que seja uma provável rolagem de despesas anteriores para o mês corrente.
      Resultado: Em linha com distribuído ou seja payout de 100%.
      Margem operacional de 62,06% , significa que de 100% das receitas apenas 62,06% voltou como forma de distribuição para o cotista.
      ADM / receitas : Aumento relevante ditado pela queda nas receitas recorrentes ao longo dos últimos meses e a taxas fixadas pelo Patrimônio líquido do empreendimento.
      Despesas receitas: 37,94% , significa que de 100% das receitas mensais 37,94% foi para manutenção do empreendimento.

      Anualizando margem operacional temo um numero sofrível de 57,88%

      Curtir

      • Bom pelo menos aqui fica alerta ao cotista para sempre acompanhar os informes contábeis,, pois ali não tem como dar volta.
        Convém acompanhar situação do inquilinos também ao menos a latam já era esperado algo neste sentido pois a empresa opera como patrimônio líquido negativo.

        Curtir

      • A Covidien desenvolve, fabrica e vende uma gama diversa de equipamentos e suprimentos médicos líderes do setor. Com receita, em 2013, de US$10,2 bilhões, a Covidien tem mais de 38.000 funcionários no mundo todo em mais de 70 países, e seus produtos são vendidos em mais de 150 países.

        Por meio de suas muitas marcas respeitadas, incluindo Autosuture, Valleylab e Kendall, e de um amplo portfólio, tornamos médicos, enfermeiras, farmacêuticos e outros profissionais médicos tão eficazes quanto podem ser com a introdução de novas tecnologias e produtos. A Covidien no Brasil é parceira de profissionais de saúde, de órgãos governamentais e organizações não governamentais, para abordar uma lacuna no setor médico: o treinamento de cirurgiões sobre técnicas minimamente invasivas, como videolaparoscopia.

        Curtido por 1 pessoa

      • Zurich no Brasil

        A Zurich desembarcou no Brasil em 1984 para atender seus clientes multinacionais com atuação no país. Começou com um escritório de representação, através da Companhia Internacional de Seguros e, após adquirir a Companhia Anglo Americana, mudou sua razão social para Zurich Brasil Seguros S.A.
        Em 2008, a Zurich fez integralmente a aquisição da Minas Brasil Vida e Previdência e grande parte das ações da companhia de seguros Minas Brasil e em 2011, firmou parceria com o Grupo Santander, criando uma Joint Venture na área de seguros.

        Isso faz parte da estratégia para expandir sua presença no Brasil, os canais de distribuição e a operação. Com mais de 70 anos de experiência no Brasil, a Zurich, hoje, atende a uma ampla carteira de clientes particulares e empresariais em todo o país, protegendo o que eles amam de verdade.

        Curtir

      • Fazer um jaba para ti tezner.

        Para quem tem muito FIi se revela complicadíssimo fazer um estudo bem detalhado da situação dos inquilino + testes de stress na receita etc.
        O cotista tem duas opções ou paga por fora para ter uma analise isenta e fundamentada , lembrando que para se inteirar da situação no mercado regional é preciso ler relatórios imobiliários frequentemente e fazer pesquisas de m2 além de fuçar nos informes contábeis para fazer controle.

        Ou deixa no modo automático com menor representatividade na carteira.

        Curtido por 3 pessoas

      • Em relação zurich entregou a cobertura visando reduzir custos!
        A cobertura é andar mais caro e provavelmente vai ficar muito tempo sem alugar dada situação do mercado regional da berrini e marginal.

        Curtido por 1 pessoa

      • Sim mancada mesmo, porem o vizinho TRTN tem heliponto e possui uma área locável maior.
        Em falar nele olha só quanto gasta em taxas de ADM vs TBOF:

        TBOF outubro:R$ 251.394,16
        TRTN outubro:R$ 101.919,53

        2016
        TBOF:R$ 2.484.650,45
        TRTN:R$ 987.935,99

        ADM/ Receita
        TRNT 2,08%
        TBOF:5,63%

        Curtido por 2 pessoas

      • Ai você tenta explicar para um CEO que é quem decide isso que ele vai ter de descer, pegar o carro, dar uma baita volta e costurar duas avenidas para chegar noutro prédio, subir e então pegar o o bicho kkk esquece

        Curtir

  5. Só para vocês constatarem como esse mercado é uma piada, um jogo de cartas marcadas, onde quem não tem informação dança e bonito…

    Relatório de Outubro:

    A Locatária QUALCOM devolveu parte do andar que ocupava no dia 01/08/2016

    Relatório de Setembro:

    “cri – cri – cri”

    Curtido por 3 pessoas

  6. O fundo informou que a TAM irá rescindir o contrato de locação a partir de 28 de fev e com isso o fundo
    passará a ter uma vacância de 44,30%, que hoje já é de 35%

    Além disso, ainda esse ano, o fundo possui quase 50% dos contratos possuem revisional, o que pode ocasionar ainda algumas reduções de receita e de rendimento.
    abçs e bons investimentos

    Curtir

    • Logo a renda zera! KKK

      A Locatária QUALCOM devolveu parte do andar que ocupava no dia 01/08/2016.

      Vacância projetada com devolução e com devolução da TAM = 47,83%

      Motivo da saída da tam: Reestruturação , empresa passando por grandes dificuldades financeira ” Capando geral” Redução de custo, nenhuma novidade se tratando do problemático setor de aviação.

      Curtido por 1 pessoa

      • Total receitas:R$ 40.397.614,36
        Receita por cota:R$ 4,02
        ——————————————-
        Total despesas:R$ 17.173.273,06
        despesas por cota:R$ 1,71
        —————————————————
        Total resultado:R$ 23.224.341,30
        Resultado por cota:R$ 2,31
        —————————————————
        Distribuído :R$ 23.239.653,42
        Distribuído pro cota:R$ 2,31
        ————————————————-

        Margem operacional:57,49%
        Payout:100%
        Despesas receita:42,51%
        ADM receita:5,53%
        —————————————————–

        Taxa de ADM consultoria 2016 :R$ 2.233.256,29

        Uma da piores margens do mercado.

        Mas cabe um adendo grande parte dessa margem foi afetada pelo rolo do IPTU e na contra mão as receitas vem minguando mês a mês.

        Curtir

      • Se dividir as despesas até aqui por 9 meses teremos valor de : “R$ 1.908.141,45” por mês gasto com despesas operacionais.

        Tira o não recorrentes do IPTU e se chega ao valor de 1 milhão e 500 mil para rodar empreendimento .

        Agora vamos brincar com contabilidade:
        Com a vacância declarada chegaremos ao uma taxa de receita levando me conta que joguei por 80 m2 para segurar inquilino. :R$ 2.274.569,60 de receita potencial

        R$ 2.274.569,60 de receita + 150 mil de estacionamento e uns 50 mil de receita financeira .

        R$ 2.274.569,60 + 150.000 + 50.000 = R$ 2.474.569,60

        Total de receitas:R$ 2.474.569,60 ou 0,25 por cota

        Despesas: 1.500.000

        Receita – despesas = 2.474.569,60 ( – ) 1.500.000 = R$ 974.569,60 ou 0,10 por cota.

        E a BTG dormindo no ponto!

        Curtido por 1 pessoa

      • Aproveitando que ‘me dei’ folga hoje, joguei esses dados de vacância na minha planilha e cheguei em números muito próximos ao do Sr.FII. Aliás, não poderiam gerar resultados muito diferentes se a base de informação é a mesma.
        Receita 2469/mes
        Despesa 1568/mes
        Renda real 0,09/mes
        Até aqui, nada de novo eu fiz.
        Mas,

        POR QUE uma renda de apenas 0,09/mes não leva a cota a R$10,00 ou R$15,00?
        Isso daria 0,06%am a 0,09%am de rendimento!
        POR QUE a renda cai de 0,27/mes para 0,09/mes e a cota não cai na mesma proporção?

        Porque os investidores acreditam que esse cenário NÃO irá perdurar ‘ad eternum’, ou seja, em algum momento no futuro o ambiente irá mudar e a renda deverá ir para um “normal”.
        Lançando esse cenário atual no meu Fluxo de Caixa do TBOF11, chego a:
        2 ano de ‘vacas magras*’ > desvalorização de (-)R$4,00**
        1 anos de ‘vacas magras >> desvalorização de (-)R$1,50.

        Em resumo, a renda cai 70% mas a cota não. Ela deverá cair, mas não na mesma proporção da queda na receita ou na renda.

        * vacas magras = 48% de vacância.
        **Mantive os mesmos cenários para os anos seguintes e todas as demais variáveis fixadas.

        O que pensam desses números? Fazem sentido?
        Bons estudos!

        Curtir

      • Darks

        tem o limite do ativo, o lastro patrimonial

        a renda afeta o cálculo até certo ponto, por isso nenhum sistema é perfeito

        esse limite só é rompido em casos onde o ativo é posto em risco, como no caso dos FIIs “X”

        Curtir

      • Tetz
        Sim, você está certo porque o ‘bom senso’ indica que o patrimônio será posto a gerar riqueza e caixa. Se, por hipótese, o imóvel permanecer fechado e sem renda ad eternum, seu valor será Zero.

        Nos casos onde consideramos de maior risco, devemos descontar para o presente a uma taxa de desconto maior.
        Risco maior pode advir seja por dúvidas em relação ao gestor, ao imóvel, ao inquilino, ao jurídico, etc.

        Curtido por 1 pessoa

      • Tetz
        VP é o preço de mercado da cota?
        Não seria zero.
        O valor será dado pela expectativa em relação ao futuro.

        Por que?
        Lembro a mim mesmo. ‘Don’t cry over spilt milk.’ O que passou, passou! Águas passadas não movem moinhos! … e diversos ditos populares que me ajudam a avaliar um negócio.

        Eu faço assim:
        Qual minha expectativa para o futuro? O imóvel permanecerá fechado e sem despesa pelos próximos 10 anos? E depois vai alugar a 100,00/m2 e 100% da ABL?
        Numa aproximação numérica posso considerar que é como alugar hoje por 50,00/m2*.

        *7%aa de taxa de desconto

        Curtir

    • Esta meio estranho isso tetzner
      Toda consultoria que consulto rola uma média de 90 m2 por locação e o custo do IPTU é por zona ou seja não varia muito também.

      Agora condomínio é maior tem de levar em conta se entra IPTU no condomínio no TBOF é tudo muito sujo na contabilidade do TBOF. KKKK

      Como calculo pela margem do empreendimento já tira todas esta distorções como citado em cima, pego todas de gastos anualizados e tiro da receita bruta.

      Boa margens são acima de 90% !
      margem média são na faixa de 80 até 90%
      E margem ruim abaixo de 80%
      Péssimo abaixo de 70%!

      Contabilidade de todos FIi que acompanho.

      FII Margem
      ADM / Receita
      Vacância Projetada
      Despesas / Receitas
      Roe
      Roe líquido

      HGRE11 82,13% 9,29% 24,68% 17,87% 8,05% 6,61%
      KNRI11 82,57% 12,36% 2,40% 17,43% 6,07% 5,01%
      AGCX11 93,94% 3,30% 0,00% 6,06% 9,05% 8,50%
      ABCP11 83,79% 1,01% 1,70% 16,21% 7,63% 6,39%
      HGBS11 86,30% 11,62% 5,93% 13,70% 7,43% 6,41%
      SHPH11 81,92% 1,98% 1,40% 18,08% 6,02% 4,93%
      SAAG11 95,98% 2,73% 0,00% 4,02% 8,16% 7,83%
      BBPO11 8 4,07% 2,48% 0,00% 15,93% 11,00% 9,25%
      SDILL11 71,92% 17,20% 23,19% 28,08% 7,75% 5,57%
      FIIP11B 96,18% 1,85% 0,00% 3,82% 8,52% 8,20%
      HGLG11 93,02% 4,91% 0,00% 6,98% 9,12% 8,48%
      HGJH11 87,03% 7,32% 12,50% 12,97% 7,22% 6,29%
      KNCR11 92,26% 6,83% 0,00% 7,74% 10,92% 11,57%
      TRNT11B 65,61% 2,05% 45,88% 34,39% 6,57% 4,31%
      RNGO11 88,11% 5,53% 19,57% 11,89% 8,93% 7,87%
      CBOP11 87,87% 4,12% 7,00% 12,13% 7,78% 6,83%
      TBOF11 57,49% 5,53% 47,83% 42,51% 5,56% 3,19%

      Curtido por 9 pessoas

      • Git é muito simples:
        Como calcular margem anualizada:
        – Procure pelo balancete no site da ADM
        – Segundo passo some todas receitas operacionais, receitas constituídas geralmente de ” Aluguel” Receita financeiras” + estacionamento + receitas não recorrentes como multas e locação de espaços vagos no mês vigente.
        – Faça mesma coisa com as despesas ” Some toda saída do fluxo de caixa do empreendimento pelo balancete ou relatório”

        Para chegar ao resultando mensal: Total receitas – Total receitas = resultado
        Para chegar ao resultado anualizado: Planilhe estes dados mês a mês até final do ano vigente e vai somando mês a mês.
        —————————————————————————————————————————————–
        Para saber quanto foi gasto em taxa de ADM&consultoria ? Planilha mensalmente estes dados somando as duas variáveis, obs: Existe FII que a taxa de ADM já inclui consultoria , recomendo que some as duas taxas nos FII aonde discriminação destes dados vem separada e dívida pela receita bruta .

        Exemplo
        ——————————————————–

        Calculando total receitas
        Aluguel : 100
        Estacionamento: 20
        Receita financeira: 5
        Outros: 2
        total receitas = 127
        ———————————————————————–
        Calculando despesas
        – IPTU: 2
        – Taxa de ADM&Consultoria : 1
        – Condomínio: 10
        – Outros: 5
        Total despesas = 18
        ————————————————————–
        Calculando Resultado
        Receitas ( – ) despesas = resultado
        127 ( – ) 18 = 109
        —————————————————————
        Calculando margem
        Resultado ( / ) Total receita = margem
        109/ 127 = 0,8582 x 100 = 85,82%
        ———————————————————————
        Calculando % de despesas em relação ao todo
        Total despesas ( / ) total receita
        18 / 127 = 0,1417 x 100 = 14,17%
        ———————————————————————–
        Calculando % taxa de ADM
        Taxa de adm&consultoria ( / ) Total receitas
        1 ( / ) 127 = 0,0078 = 0,78%
        ————————————————————————-
        Calculando Roe ou retorno sobre patrimônio líquido

        Total receitas ( / ) Patrimônio líquido.

        ———————————————————————-
        Calculando roe líquido

        Total resultado ( / ) Patrimônio líquido

        Curtido por 7 pessoas

      • P Otavio
        Desculpe-me estar me intrometendo, respondendo a uma pergunta que não foi endereçada a mim. Por eu estar interpretando as informações de outrem, tenha cuidado se for usar minha escrita em seus estudos.
        ROE (Return On Equity) é o retorno sobre o investimento próprio.
        Neste caso, o autor apurou o ROE sobre o PL do fundo, ou seja, é a rentabilidade DO FUNDO.
        Mas eu e você devemos calcular o ROE sobre o NOSSO investimento, ou seja, sobre o valor que nós investimos ao comprar as cotas somando inclusive as taxas, corretagens e emolumentos.
        Mas….
        Don’t cry over spilt milk.
        Não chore sobre o leite derramado.
        Passado é passado.

        O ideal é apurar o ROE esperado para o futuro usando a renda futura sobre o atual valor de mercado e analisar se compensa os riscos inerentes.

        Curtido por 3 pessoas

      • Potavio.
        Roe é um indicador americanizado adaptado do mercado acionário, não confundir com retorno do investimento a qual se da pelo preço de compra.

        Roe
        Capacidade da empresa ou investimento obter rentabilidade sobre seu patrimônio líquido ou seja seria quanto um investimento consegue performance acima do capital imobilizado.

        Quanto maior é o ROE maior será performance em cima dos ativos imobilizados.

        Agora tu confundiu com retorno da carteira que seria um indicador pessoal , ao qual se da pelo preço pago no momento da compra.

        Preço médio de compra ( / ) aluguel recebido ao longo do tempo = Retorno do capital sobre forma de aluguel
        Valor de mercado ( – ) preço médio de compra = Lucro sobre investimento
        Lucro sobre investimento se positivo desconta IR + taxa de corretora = Lucro líquido

        lucro líquido + Aluguel recebido ( / ) Pelo capital investido = Retorno líquido

        A formular matemática é mesma , porem indicador serve para ver quanto investimento obtém de performance em cima dos patrimônio do cotista e o outro serve para avaliar quanto você obtém de performance sobre capital investido.

        Curtido por 1 pessoa

    • FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO – FII TB OFFICE

      CNPJ/MF nº 17.365.105/0001-47- Código CVM: 283-6

      FATO RELEVANTE

      A BTG PACTUAL SERVIÇOS FINANCEIROS S.A. DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS, com sede na Cidade do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, na Praia de Botafogo, nº 501 – 5º andar parte, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 59.281.253/0001-23 (“Administradora”), na qualidade de administradora do FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO – FII TB OFFICE (“Fundo”), proprietário de 100% do Edifício Tower Bridge (“Imóvel”),

      Curtir

    • informa a seus cotistas e ao mercado em geral, que recebeu, nesta data, a notificação enviada por TAM Linhas Aéreas S/A (“Locatário”) locatário do conjunto 21, localizado no 2º pavimento e de todos os conjuntos que compõem o 4º e 5º pavimentos do Imóvel, informando sua intenção de rescindir o contrato de locação em 28 de fevereiro de 2017, se comprometendo ao cumprimento das disposições contratuais até tal data.

      Na hipótese de se concretizar essa saída, a vacância atingirá o total aproximado de 44,30% da área locável.

      O Administrador tem, em conjunto com o Consultor Imobiliário, envidado esforços para tentar manter este e os demais locatários no imóvel e informará ao mercado quanto a eventuais desdobramentos e definições que venham a ser formalizados entre as partes.

      São Paulo, 01 de novembro de 2016.

      Curtido por 1 pessoa

      • Raphael por isso é preciso comprar fundo mais arriscando com a devida margem de segurança, não recomenda-se comprar a qualquer preço ou vai pagar a conta adiante.
        Tranquilidade aqui! empreendimento bons , apenas precisaria embutir um premio de risco maior em relação a outros FII mais seguros como multi imóveis , bancos ou shopping.
        Não faz sentido comprar um fundo que no mercado atual totalmente locado daria 0,70% sendo que tem opção no mercado mais segura pagando os mesmo 0,70% com menor risco.

        Eu senhor fiz minhas ultimas comprar no TBOF por 61 reais e achei caro, mas com uma margem de segurança aceitável para realidade da região.
        Levei em conta 100% de ocupação aluguel saindo pro 90 m2 em 2020 o que daria algo em torno de 0,80% ao preço de 61 um premio de risco de 10% contra FII mais seguros pagando em média 0,70% a.m.

        Curtido por 3 pessoas

      • Já desconfiava que seria a tam felizarda.
        Incrível bateu certinho com minha simulações, joguei no preço alguns possíveis perrengues até 2018.
        Este aqui só se recupera em 2019 ou 2020 se abaixar aluguel para 85 no máximo 90 e conceder bastante carência.
        Se ficar nessa moleza vai perder cada vez mais inquilinos.

        Empresa de aviação é foda , tipo de empresa boa para diretor!

        Curtido por 3 pessoas

      • Aluguel bruto praticado na região 90 por m2 = R$ 521.544,60
        Área atualmente locado 90 por m2 = R$ 3.276.014,40
        Perda potencial de receita bruta = 15,92%
        Estimo que ficara algo em torno de 0,20 ou 0,21 por cota líquido

        Alias desconfio que ultima queda na receita tenha sido proveniente do não pagamento da tam como discutido anteriormente.

        Plano de contenção = Concessão de carências gordas para novas locações + desconto no aluguel por m2 negociado no mercado real em 80 ou 85.

        Agora cabe adendo tetzner vamos monitorar para onde vai estes inquilinos da região:
        Tanto vestas brasil na torre norte
        Quanto Tam no TBOF.

        Curtido por 2 pessoas

      • Empresa aérea é o tipo de empresa boa para diretor, quando se olha balanços anos após ano vemos prejuízo atrás de prejuízo.
        Deveria ser proibido abertura de empresas aéreas em bolsa de valores, qual objetivo destes caras? arrecadar dinheiro com IPO ?

        Alias das mais de 400 empresas listadas na Bovespa tu tira umas 25 para buy& holder resto é tudo hot money e especulação pura.

        Curtido por 3 pessoas

    • A palavra “ótimo imóvel” é o que mais tem nos comentários do TBOF. Contudo, o que é ser um ótimo imóvel?
      Pra mim, ele deve ser bom pra locar. Não ser fotogênico atrás do jornal e ninguém querer pagar o preço do seu aluguel.

      Curtido por 1 pessoa

      • Nerd tu tem que se pergunta qual a média de vacância regional e infelizmente ali tem estoque para 4 anos de absorção líquida e ainda sobra! ou seja tbof tem vários concorrentes, não basta ser bom precisa ter um equipe de corretores profissionais para prospecção de inquilinos, analisando histórico do empreendimento percebemos que a gestão aqui sempre foi totalmente passiva , consultor imobiliário totalmente relapso e não se atenta ao momento do mercado, inclusive relutou muito abaixar aluguel nos últimos 3 anos de empreendimento..

        Repito joga este aluguel para 80 ou 85 e soca carência que aluguel 100% dessa birosca rapidinho!

        Curtido por 5 pessoas

      • O padrão construtivo , aluguel regional e certificado são os mesmo tetzner o que muda de um para outro é a questão da gestão tishman aqui e lá quem faz gestão sempre foi equip da btg.
        Por exemplo uma gestão ativa vai jogando preço para baixo conforme chega estoques no mercado , igual ocorreu no eldorado que até me lembro estava locando por 90 há 3 meses atrás , provavelmente jogou aluguel para baixo para competir como novos estoques regionais.

        Ai tu pergunta existe diferença técnicas entre um outro , sim mas são poucas.

        O que muda é que quando aqui estava locando por 100 lá já estava rodando 90 por m2.

        Curtido por 1 pessoa

      • Isso ai tu muda rapidinho ! questão de gestão
        O que vale é o que mercado esta oferecendo e não quanto consultor acha que vale!
        Existe 3 faixas de aluguel por andar ou seja eles cobram mais nos pavimentos superiores e na cobertura; como resolver tal questão? diminui aluguel nos superiores .

        Qual custo principal do condomínio?
        energia, ar condicionada, elevadores , IPTU, segurança e pessoal .

        Aonde o bicho esta pegando aqui?
        Qualquer prédio AAA sofre muito com manutenção de áreas vagas : Eldorado pro exemplo tem alto índice de ocupação, apenas daria para saber reais custos do condomínio deixando mesmo níveis de vacância que TBOF.

        Pelo certificados tu meio que nivela custos pela ABL e pela tecnologia aplicada ou seja diferencial esta na gestão mesmo.

        Acredito que zoneamento do IPTU seja similar, quanto rola de IPTU no eldorado a.m?

        Curtido por 1 pessoa

      • Ultima despesas de condomínio declarada:400.441,74
        IPTU:261.402,01
        Consultoria:121.921,72<<< olha aqui o vilão
        Taxa de ADM:111.885,03 <<< olha aqui outro vilão

        Área locável de acordo com relatório = 56.531,55 OBS faço meus cálculos pela planta do empreendimento.

        Vamos trabalhar em cima do dados relatório 56.531,55
        35% da ABL Vaga = 19.786,04

        Vamos dividir pelo ultimo custo declarado:
        400.441,74 / 19.786,04 = 20,24 por m2

        Curtir

      • Pelo total do empreendimento:
        400.441,74 / 56.531,55 = R$ 7,08

        Últimos meses declarados:
        Despesas de condomínio
        Junho = 581.178,50
        Julho = 590.554,12
        Agosto = Sumirão com a despesas
        Setembro = 400.441,74

        Curtir

      • Pode somar IPTU se quiser e refazer os cálculos, também pode fazer em cima do custo total, mais ai tu vai estar jogando taxa de ADM e consultoria em cima, queremos saber aqui o gasto com condomínio ou seja como falei o rombo esta nas taxas de consultoria e ADM + ITTU condomínio pesa , mas é padrão para todos prédios AAA .

        Total de despesas em setembro = R$ 1.016.176,27, não vale pegar antes porque tinha aquele rolo do IPTU que sujava bastante o balanço.

        Vamos depurar os gastos do maior para o menor:

        Condomínio:400.441,74 ou 39,41% dos gastos
        IPTU:261.402,01 ou 25,71% dos gastos
        Consultoria:121.921,72 ou 12% dos gastos
        Taxa de ADM: 111.885,03 ou 11,01% dos gastos
        Demais gastos = R$ 120.525,77 ou 11,86% dos gastos
        Total = R$ 1.016.176,27

        Observação para chegar alto grau de precisão nos gastos de condomínio você precisa dividir ABL do eldorado como se foste mesma área locável do TBOF caso contrario a distorção pelo eldorado ter uma área locável maior.

        Área total locável do eldorado uns 60 mil se me falha memória.

        Como estes caras só fazer merda eu prefiro fazer os cálculos pelas plantas
        TBOF tem de aré privativa = 50.091,14
        Padrão ABL = 55.079,16

        Curtido por 1 pessoa

      • Fiz ambos em ABL porque são os valores que vão nos boletos de cobrança

        o calculo pela DF de IPTU em 20/m² eu acho que está fora… ficou muito alto ou então o FII tá pagando IPTU para mais áreas que só a vaga

        dá um confere ai, mas 20/m² só de IPTU é bem alto, não?

        Curtir

      • Acredito que melhor seja por área vaga custo é 20 reais esta na média se jogar IPTU sobe , mas tem tirar IPTU no TBOF por causa do rolos com não recorrentes.

        Não achei esta diferença toda não .

        Curtir

      • 20,24 m2 por áreas vagas.

        IPTU tem de fazer pela ABL total declarada no relatório.
        Ultimo IPTU declarado 261.402,01
        ABL = 56.531,55

        261.402,01 /56.531,55 = 4,62 reais de IPTU por m2

        somando IPTU + condomínio = 24,62

        Total IPTU + Condomínio = 24,62 a.m

        Curtir

      • Se deu 30 tu esta fazendo pelas despesas totais ai vai dar mais mesmo!
        Olha quanto que consultoria e Taxa de AdM leva das despesas 23 a 24% a.m

        Tem de fazer item por item e ir matando .
        Condomínio, IPTU , Taxa de consultora + ADM e demais custos

        Ai sim tu ve onde esta morrendo mais dinheiro, acontece que tem depurar por causa de não recorrentes que distorcem as contas.

        Mas sim o custos de condomínio é bem parelho se formos levar em conta diversas variáveis que envolvem estes gastos.

        Agora balança esta pendendo aqui do lado do IPTU + Taxa de ADM e Consultoria

        Curtir

      • Disseram na época do rolo do IPTU que iriam repassar aos devidos responsáveis… ta aí um belo questionamento para o RI

        Daquela autuação, os valores foram devidamente repassados? o FII recebeu dos inquilinos que ocupavam as áreas na época?

        Curtir

      • Ta ai um dos mistérios do TBOF pagou quase 10 milhões para prefeitura do próprio bolso = Ferro no cotista , mas não da para saber ao certo se for ressarcido! ao que tudo indica não saiu nada dos inquilinos, por isso estranheza

        O IPTU mensal é sobre áreas total ou apenas áreas vagas?
        Porque se for apenas sobre áreas vagas ia caber um ressarcimento por parte dos inquilinos.

        Tetzner vou te falar quanto mais a gente fuça nesse FIi mais coisa ruim a gente descobre KKK

        Boa noite meu caro ! Vamos dormir esquecer este FIIs da BTG KK

        Curtido por 1 pessoa

      • quando eu falo que o Eldorado é de longe o melhor prédio dos FIIs, essa discussão da madrugada mostra bem isso

        competitividade ali é muito alta e o ativo tem muito diferencial

        já TBOF paga o preço de vitrine de luxo

        Curtir

      • Tetzner fiz uma pesquisa imobiliária e parece que este preços de eldorado que tu apresentou estão bem subavaliados KK
        Para tu ter ideia até RNGO tem condomínio mais alto , não existe almoço grátis a tecnologia embarcada em um AAA eleva custos do condomínio para um padrão X , porem esta média varia de região para região, mas não ao ponte de ganhar de todos empreendimento de classificação inferior em regiões menos baladas ” Onde tu pegou estes dados se não existe DFC do eldorado apenas do BRCR a qual os custos são compartilhados com todos outro empreendimentos?

        O erro esta que não existe DFC do eldorado ela vem junto com outro edifícios, se tu tirar a média pelo BRCR esquece vai ter um monte de prédio de diferentes regiões e padrões distorcendo esta conta.

        Precisaria da DFC 100% eldorado coisa que não existe, ao que tudo indica o m2 quadrado do eldorado é o mesmo cobrado do TBOF e condomínio é parelho como falei .

        Estes gastos estão subavaliados se tu fizer as contas por qualquer FII classe A e B vai chegar uma média de 20 m2 como eldorado cobra 15 já levando custos de IPTU não bate.

        O iptu é cobrado por zoneamento ” Zoneamento do TBOF é similar ao do eldorado logo existe pouca variação no IPTU cobrado aqui.

        Segue alguns dados para tu ver como isso não bate: RNGO que é um zoneamento com IPTU ridiculamente mais baixo e possui umas das melhores margens no mercado tem um custo de 20 m2 por área desocupada.

        Curtir

      • Um ponto você pegou, a consultoria no TBOF é maior mas lembre-se que no Eldorado a taxinha % do BTG consome uma boa grana

        Aqui é preciso distinguir bem: minha ótica na comparação é do inquilino e a sua é do cotista

        Eu vou locar 100% do TBOF ou 100% do Eldorado?

        Como inquilino, pelo mesmo preço de aluguel, o Eldorado sai muito mais em conta

        Tem webcast do brcr em que eles falam desse diferencial, mas não é dos recentes foi um mais antigo

        por isso que vc estranhou as receitas dos revisionais jogando bem lá embaixo o R$/m²

        o custo pro inquilino de permanecer dentro do TBOF é maior do que, por exemplo, do Eldorado

        mas não precisa ir tão longe, do lado e na própria Berrini tem muita opção de prédio novinho e vago

        Curtir

      • uma metáfora do que eu estou dizendo:

        suponha que Tbof e o Eldorado sejam dois bares, lado a lado, que vendem cerveja a 8,50 … a mesma cerveja, na mesma rua

        no Eldorado vc entra, senta, saboreia a cervejinha e paga 8,50

        no Tbof vc entra, senta, ouve uma musiquinha, toma a cerva e paga 10,00

        ops!

        ai você olha na conta tem o “couvert artístico” rs

        então o boteco Eldorado foi ocupando as mesas e vai ficando lotado… enquanto que o Tbof vai perdendo clientes

        Curtido por 2 pessoas

      • TBOF: provando mais uma vez que imóvel físico # de FII.

        Se fosse meu, tava todo alugado. Alugava por quanto pagam, deixa o fly to quality acontecer, e de boas…
        Com a TAM, fazia igual casas Bahia: “quer pagar quanto?”
        Mas como ser dono de imóvel é muuuuuuuuuitoo diferente de ser cotista de FII….

        Se vc não olhar: gestor + imóvel + realidade imobiliária local….. baubau.

        Curtir

  7. Saiu informe financeiro mensal:
    Tome paulada na receitas de aluguel: R$ 2.757.768,08
    Aluguel anterior:3.193.733,07
    Mistério no ar inadimplência ou reajuste ao valor de mercado?

    Resultado operacional setembro:
    Receitas:R$ 3.226.992,00
    Despesas:R$ 1.016.176,27
    Resultado:R$ 2.210.815,73
    Resultado por cota: 0,22
    Distribuo:R$ 2.210.815,73
    Distribuído por cota: 0,22
    Payout de 100%
    Margem operacional de 68,51%

    Maiores gastos:
    Condomínio :400.441,74
    IPTU:261.402,01
    Consultoria:121.921,72
    Taxa de ADM:111.885,03

    Ai tem coisa muito mal contada: Vamos ao racional, dividindo ABL ocupada pelo aluguel pago no mês corrente temos valor de 75 por m2 muito abaixo do praticado na região 90 m2.

    O que nos da um perfeito estado que existe inadimplência,áreas entregues ou reajuste surreal.

    Aguardando novos capítulos da novela.

    Curtido por 4 pessoas

    • Tetzner esta abaixo do padrão AAA ou seja 75 m2 padrão B pelos valores cobrados atualmente,esta muito abaixo mesmo.

      Obvil que é melhor reter inquilino mais já detona falta de competitividade da gestão: Olha por quanto ez tower locou cada andar.

      A pura verdade é que inquilino tem faca e o queijo na mão, tem gente alugando prédio para não arcar com IPTU e despesas.

      Agora isso é desespero e falta de competência mesmo, porque tem varias locações de prédio B saindo nessa faixa.

      Curtido por 2 pessoas

      • O padrão é estipulado por normas de engenharia TBOF é padrão AAA tu pode questionar se AA ou AAA, mas isso é de menos é padrão acima de A e o aluguel cobrado é B.

        Curtir

      • Falta competitividade para estes gestores, as vezes parece que estamos lidando com amadores.
        Se tem dúvida da uma olhada em algum site de consultorias imobiliária por quanto sai uma locação de um padrão B na região da berrini, faria lima etc
        E tem saído algumas locações nestes moldes a todo tempo!
        Agora aqui além de não conseguir locar área vaga ainda abaixo o aluguel para padrão B , neste valores um bom corretor locava o prédio inteiro.

        Curtido por 1 pessoa

      • entenda por favor, queria eu que alugassem a 150/m² no Tbof mas não é essa a realidade

        além da oferta atual na região, tem mais chegando e a faca está na mão do inquilino agora, assim como esteve na mão do proprietário no passado

        aluga e cai fora dos custos exorbitantes de condomínio que aliás mereciam uma atenção maior neste prédio

        eu aposto que tem muita gordura para cortar ali

        Curtido por 1 pessoa

      • A questão é um pouco diferente: Que tem estoque etc todo mundo sabe
        Acontece que esta saindo locação na cidade inteira de padrão B por estes valores o tempo todo , ainda sai locação em padrão por 90 m2 e não sou que estou dizendo é o mercado.
        Por 75 m2 da para alugar 100% desta torre de boa, mas nem isso estes caras estão conseguindo.
        Aonde esta o erro se sai locação tempo todo na região por valores maiores que este?

        Curtido por 2 pessoas

      • Tetzner custo de mudança tu resolve com uma carência bem gorda daquelas de até 1 ano, minha indignação é pela falta de competência mesmo.
        Por estes valores da para locar 100% do prédio bastaria conceder carência gordas para compensar custos da mudança do inquilino.
        Questão do gestor ir trabalhar em cima disso e não ficar recebendo dinheiro de braços cruzados, tem erro aqui sim pois acompanho mercado regional e tenho acesso relatórios por preços praticados na região atualizados.
        Tanto de Saídas e novas locações mensalmente, tenho acompanho este mercado faz bastante tempo, já notei um certo marasmo por parte dos consultores imobiliários destes fundo.

        Primeiro queria bater pé em 110 m2 quando a gente alertava para jogar para 100 ou abaixo disso, tudo isso em 2014 e 2015 , depois de mais de dois anos gestor se tocou e abaixou valores pedidos.

        Vou dizer real porque consultor tem medo de abaixar muito aluguel: Porque rola comissão pela locação , jogar valores muito baixo é mesma coisa que torar comissões da consultoria ou seja corretor fica relutante em abaixar o preço por causa das comissões que recebe por locação.

        Tem estoque tem sim: Aluguel tem de baixar sim! Isso não se discute

        A questão aqui é que por estes valores da pra locar 100% do prédio até acima disso na faixa de 80, bastaria conceder carências para compensar custos de mudanças e instalações.

        Sai todo mundo feliz: Reduz custos do condomínio grande vilão e ajuda pagar IPTU etc.

        Questão de acompanhar o mercado e ser mais agressivo nas negociações: Atitude aqui é totalmente passiva parece que ninguém vai atrás de fazer prospecção de inquilinos.

        Joga um valor defasado de aluguel deixa 1 ou 2 anos com estes valor enquanto preço vai caindo.

        90 por m2 é padrão atual para região nestes moldes 75 por m2 quadrado esta abaixo da média da região que vai de 85 até 100 m2.

        75 m2 sai locação quase mensalmente em padrão B , A e AA então aonde esta o erro?
        Se todo mercado regional consegue locar acima destes valores e TBOF não?

        Alguns dados da região da marginal atualizados para padrão AAA:
        Estoques 400.187
        Área desocupada:134.146
        Taxa de vacância média:33,52% <<< TBOF esta na linha de corte dentro da faixa.
        Em projeto:109.681
        Em construção:93.825

        Locações: Aqui bicho pega pois saiu varias locações no últimos trimestre de AAA acima de 90 m2, tu pode questionar que TBOF não é competitivo a este ponto, porem tem de reconhecer que se saiu varias locações de AAA acima de 90 m2 e por 75 da para locar 100% desta áreas correto.

        Agora se formos levar em conta 75 m2 ai bicho pega pois todo mês tem locação por estes valores rolando no mercado de padrão B A e AA .

        Curtido por 3 pessoas

  8. A BTG cagou no site: As informações financeiras estão todas bagunçadas , por acaso andaram contratando mesmo programador e designer da bolsa, para piorar esta faltando vários documentos no site novo.

    Treta na assembleia:Por maioria de votos válidos dos presentes, não aprovar a alteração ou inclusão dos artigos do Regulamento do Fundo, para que passem a vigorar com a redação que consta na letra A do item 5 “Ordem do Dia” da presente Ata

    Os representantes do Credit Suisse Hedging Griffo Corretora de Valores S.A., da Credit Suisse Hedging Griffo Serviços Internacionais S.A. e da Caixa Rio Bravo Fundo de Fundos justificaram a não aprovação em razão da sua não concordância com a maneira de cobrança da remuneração da Administradora descrita no art. 19 do Regulamento do Fundo, por entender não serem aplicáveis em linha com a regulamentação vigente, além disso, tais representantes frisaram que
    , a cobrança sobre valor de mercado beneficiaria um melhor alinhamento com os investidores do Fundo. O
    representante do Hedge Commodities FIM CP, justificou o seu voto contrário por não concordar com a manutenção da remuneração caso o Fundo faça parte de índice de mercado (como o IFIX).
    O representante da Paladin FII Investors Brazil LLC justificou a não aprovação em razão da sua não concordância com (i) a manutenção da base de cálculo da taxa de administração caso o Fundo passe a integrar ou integre índice de mercado, por entender que a cobrança com base no valor de mercado tem melhor alinhamento com o interesse dos cotistas; (ii) para atender melhor a regulação vigente, entende que o percentual da taxa de administração deveria sempre englobar a parte que corresponde à escrituração, ainda que a Administradora explicitasse o valor máximo desse percentual referente à própria escrituração no Regulamento.

    A Administradora esclareceu que a segunda parte do art. 19 do Regulamento (escrituração) não estava em votação pois não estaria sendo alterada em relação ao Regulamento atualmente vigente do Fundo, bem como que a segunda parte (escrituração) fazia parte da remuneração da Administradora, mas era parcela paga a terceiro, o que é devidamente autorizado pela regulamentação vigente. Além disso, esclareceu também que a manutenção da remuneração ainda que o Fundo faça parte de índice de mercado (como o IFIX) era objeto do item (iii) das ordens do dia e não do presente item (i). Ainda assim, os representantes dos cotistas acima citados mantiveram a não aprovação desta ordem do dia.
    (ii)Por maioria devotos válidos dos presentes, porém não atingidos 25% (vinte e cinco por cento) das cotas emitidas do Fundo aprovar a exclusão dos seguintes artigos do Regulamento do Fundo, considerando a numeração original:
    Art. 4º, §§ 7º e 8º ,art. 52e Anexo I.(iii)
    Por maioria de votos válidos dos presentes, não aprovar a manutenção da forma de cálculo e pagamento da taxa de administração, ainda que o Fundo passe a integrar índice de mercado, nos termos do § 4ºdo art. 36 da Instrução CVM 472 de 31 de outubro de 2008, conforme alterada.

    (iv) Item considerado prejudicado.
    7.
    ENCERRAMENTO:
    Nada mais havendo a tratar, foi suspensa a assembleia geral pelo tempo necessário à lavratura da presente ata que, lida e aprovada, foi pelos presentes assinada, que autorizaram seu registro com omissão das assinaturas.

    Curtido por 1 pessoa

  9. A BTG Pactual Serviços Financeiros S.A. DTVM (“Administradora”), na qualidade de Administradora do Fundo de Investimento Imobiliário – FII TB Office, nos termos do Art. 19 da Instrução CVM n.º 472, de 31 de outubro de 2008, conforme alterada (“Instrução CVM 472”), vem, por meio desta, convocar V.Sa. a participar da Assembleia Geral Extraordinária de Cotistas, a ser realizada no dia 10 de outubro de 2016, às 16:00h, na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Avenida Brigadeiro Faria Lima, n.º 3.477 – 14º andar, a qual terá como ordem do dia, a validação dos seguintes itens para a adaptação do regulamento do Fundo (“Regulamento”) à Instrução CVM 571 de 25 de novembro de 2015:

    A. A alteração ou inclusão dos seguintes artigos do Regulamento do Fundo, para que passem a
    vigorar com a seguinte redação:

    Art. 19 – A ADMINISTRADORA receberá por seus serviços de administração do Fundo uma taxa de administração composta de: o valor equivalente a 0,20% (dois décimos por cento) a.a., à razão de 1/12 avos, calculada sobre o valor contábil do patrimônio líquido do Fundo no último dia útil do mês imediatamente anterior ao mês da prestação dos serviços, observado o valor mínimo mensal de R$30.000,00 (trinta mil reais), atualizado anualmente pela variação do IGP-M (Índice Geral de Preços de Mercado), apurado e divulgado pela Fundação Getúlio Vargas – FGV, a partir do mês subsequente à data de autorização para funcionamento do FUNDO e que deverá ser pago diretamente à ADMINISTRADORA, acrescido ainda do valor referente aos serviços de escrituração das cotas do FUNDO, incluído na remuneração da ADMINISTRADORA e a ser pago diretamente ao prestador dos serviços, nos termos deste Regulamento, com valor equivalente a 0,015% a.a., à razão de 1/12 avos, calculada sobre o valor total dos ativos que integrarem o patrimônio do Fundo, observado o valor mínimo mensal de R$5.000,00 (cinco mil reais), atualizado anualmente pela variação do IGP-M, a partir do mês subsequente à data de autorização para funcionamento do FUNDO (“Taxa de Administração”).

    Curtido por 1 pessoa

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s