MFII11 – Mérito Desenvolvimento Imobiliário I – FII

O Mérito Desenvolvimento Imobiliário I é um fundo de investimento imobiliário constituído sob a forma de condomínio fechado, com prazo de duração indeterminado, e tem como objetivo principal a aquisição de participações de empreendimentos voltados para a incorporação imobiliária.

mfii11

O conceito do FII é bastante interessante e sua forma de operar também, uma alternativa para diversificar em projetos de desenvolvimento e incorporação.

Pode atuar em qualquer segmento (residencial, comercial, logístico, hoteleiro entre outros) desde que seu objetivo seja a venda final do imóvel.

Os projetos, quando são investidos, podem estar em qualquer fase, por exemplo: na compra do terreno antes da aprovação, na participação do projeto após a aprovação antes das vendas, quando o empreendimento já estiver em obras ou, ainda, quando já estiver concluído e entregue e houver apenas um crédito a receber.

mfii_portnov16

A atuação do fundo nos projetos é ativa, os gestores participam de todas as decisões que são tomadas no âmbito dos projetos junto com os incorporadores. Por exemplo, na escolha do terreno a ser comprado, na escolha do produto que será lançado no local, estratégias de marketing, preços de venda, construtoras que serão contratadas para o empreendimento entre outras decisões.

Não foca em um tipo de projeto específico nem em uma região específica; ao analisar um projeto, fazem um estudo de mercado na microrregião para avaliar se o projeto se enquadra naquele local e é atrativo em relação ao risco/retorno.

Não tem nenhuma parceria fixa com construtora/incorporadora, são analisados projeto a projetos. O regulamento permite um projeto tipo retrofit, mas existem poucos projetos com uma rentabilidade atrativa, pois, nesse tipo, a negociação na compra do imóvel é bem relevante.

Pretende manter a carteira do fundo com projetos em fase final (com fluxo de caixa positivo) e com projetos na fase inicial/intermediária (com fluxo de caixa negativo) de maneira que o fundo sempre tenha uma geração de caixa e realize distribuições de rendimento mensais.

Ao participar de um projeto em que, por exemplo, o investimento do fundo seja 50 e o retorno (capital+lucro) seja 125, o fundo irá distribuir 75 de rendimento aos cotistas e reinvestir os 50. O regulamento prevê que o fundo distribua no mínimo 95% do lucro base caixa, mas o fundo irá distribuir os 100%.

Taxas
Gestão Mérito: 1,85%
Administração Planner: 0,145%
Custódia Planner: 0,005%
Performance Mérito: 20% do que exceder o CDI (se negativa, apropriada e rebatida futuro)

RI: contato@meritoinvestimentos.com

Tutor do FII: Lucas

Grupo de Cotistas do FII: Não haverá qualquer tipo de exposição das informações pessoais/individuais.

Anúncios

2.210 comentários sobre “MFII11 – Mérito Desenvolvimento Imobiliário I – FII

  1. Esqueci de mencionar. Cerca de duas semanas estive em Paulínia e vi muitos loteamentos residenciais saindo por lá. Uns dentro da cidade, outros fora. Além disso tem muito terreno para novos loteamentos. Estão focando num público de Campinas.

    Curtido por 8 pessoas

    • suntzu400,

      É isto mesmo. Atualmente em Paulinia tem um condomíno de casas novo que deve ficar liberado para construção juntamente com o Terras da Estância, além dos já existentes que possuem lotes a venda.

      O foco está em atrair o morador de Campinas, onde o m2 é mais caro e tem-se menos possibilidade de morar em condomínio de casas.

      O Terra da Estância também está com propaganda na CBN Campinas.

      Curtido por 2 pessoas

      • Só pra eu entender melhor….

        O ‘Terra da Estância’ é o mesmo cemitério que o ‘Terra Santa’?

        Difícil entender essa relação entre o cemitério propriedade do MFII, e o cemitério que o MFII tem participação indireta via CARE11…

        Curtir

      • Desculpem. ”Terra de Estância” é Urbanização, confundi os nomes…

        Mas continuo sem entender a relação entre o CEMITÉRIO ”TERRA SANTA” e o FII que o cemitério que o MFII tem cotas, CARE11.

        Curtido por 1 pessoa

  2. Parabéns ao RI do MFII,

    Hoje as 10:46 hrs enviei um e-mail, questionando como proceder para exercer minha opção de adquirir as cotas que tenho direito, sendo que no meu caso a minha corretora não vai participar da emissão…

    As 10:51 hrs, já reponderam :
    “Para o exercício do direito de preferência, poderá realizar pelo sua corretora (XX) sem problemas.
    Assim que receber os direitos em sua custodia (por ex. MFII12) deverá entrar em contato com eles e solicitar para exercer esse direito.
    Para participar da emissão nas sobras de cotas, deverá entrar em contato com as corretoras participantes (serão divulgadas no anuncio de início).”

    Mais uma vez : Parabéns a MFII pela rapidez na Resposta ao cotista.

    Curtido por 2 pessoas

  3. Pessoal, como vai funcionar?! Todas as pessoas que possuirem cotas no dia do anúncio terão direito à subscrever nas duas rodadas (R$106,00 e R$110,00)?!

    Isso não vai dar margem a uma arbitragem?! Tipo, o cara espera o anúncio e vende tudo para recomprar à preços mais baixos?!

    Curtido por 1 pessoa

    • Para poder comprar a 106 tem que ter cotas na data (direito de 1,53 para cada cota em carteira). Depois que receber o direito de compra, ai pode vender as iniciais. Certamente a cotação no mercado deve cair nos dias seguintes…
      O movimento que a maioria deve estar fazendo é o seguinte: vende 60% das cotas, e com os 40% restantes tem o direito de repor as vendidas em um preço bem mais interessante. Já para quem não tem cota em carteira, ai é é comprar a 110, correndo risco de algum rateio, caso a procura seja muito grande.

      Curtir

  4. Bom dia a todos,
    Prezados, há viabilidade da CVM ficar segurando essa liberação para o aumento de capital?
    Essa semana estive pensando sobre essa possibilidade!
    Já ocorreu algum caso desse tipo em Fii’s?

    Curtir

  5. Divertindo aqui: tinha baixado uma entrevista do Small Caps (Anderson), e estava ouvindo hoje. Acho que ela é de 2013. Na entrevista ele fala de um comentário de um amigo: “o melhor imóvel é cemitério, porque o inquilino nunca sai”. Vocês falam de que talvez haja REITs de cemitério, mas não no Brasil, e que no Brasil os imóveis estão concentrados no RJ ou SP, com pouca variação geográfica. É interessante ver o olhar de 2013 sobre o futuro, várias vezes ele fala sobre o que poderia acontecer em 2016. E acerta na mosca quando o Chief pergunta qual a visão dele do futuro, dos fundos em 2023: ele fala do risco político e do risco da deterioração das contas públicas, e que isso seria o drive que impactaria o mercado.

    Curtido por 2 pessoas

  6. Tetzner, sugiro enquete :
    pra quanto vai a cota do MFII no secundario, no periodo de subscrição de 106 e depois a 110? pode ser uma faixa, tipo de 115 a 118, de 112 a 114 (3 realetas de diferença maxima)

    Curtir

  7. Pessoal,

    Além do Tetzner, alguem sabe o site dos relatorios do fii? Fui no site da administradora Planner e é tao confuso que nao encontrei. Se alguem tiver o link, poderia postar aqui? Abracos

    Curtido por 1 pessoa

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s