TRXL11 – TRX Realty Logística Renda I

TRXL11

O fundo é administrado pela Oliveira Trust DTVM, em regime de condomínio fechado e tem prazo de duração indeterminado.

Sua cota inicial foi lançada a R$ 100,00, com objetivo de aquisição de imóveis prontos destinados à operação de armazéns logísticos, obtendo o registro da CVM em Ago/2010.

Trata-se portanto de um FII de Tijolo – Imóveis Comerciais – Logístico.

trxl_vago

O que tem acontecido depois das recentes emissões de novas cotas é a divulgações de rendimentos previstos, sempre revisados para cima quando o valor definitivo é encontrado.

Taxas:
Administração: 0,30%a.a. sobre patrimônio liquido (mínimo R$ 11.500,00 mensal) mais valor fixo de R$ 1.350,00 mais R$ 1,4575 por cotista do fundo.
Gestão: incluída na taxa de administração.
Consultoria Imobiliária: 1,10%a.a. sobre patrimônio liquido.
Ao valor mínimo da taxa de administração será acrescido R$ 1.000,00 para cada novo imóvel que o fundo adquirir.

RI: ger2.fundos@oliveiratrust.com.br, ri@trx.com.br

Tutor do FII: Northeasteconomy

Anúncios

550 comentários sobre “TRXL11 – TRX Realty Logística Renda I

    • OLIVEIRA TRUST DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S.A., na qualidade de administrador
      (“Administrador”) e a TRX GESTORA DE RECURSOS LTDA., na qualidade de gestora (“Gestora”) do TRX
      REALTY LOGÍSTICA RENDA I FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO – FII, inscrito no CNPJ sob nº
      11.839.593/0001-09 (“Fundo”), comunicam aos Quotistas do Fundo e ao mercado acerca do recebimento de
      Proposta Comercial encaminhada por uma empresa interessada na locação do ativo localizado na Rua
      Sargento Rodoval Cabral Trindade, 780 – Parque Novo Mundo – São Paulo/SP.
      Nos termos da referida Proposta Comercial, a locação deverá ser estruturada na modalidade “Built-to-Suit /
      Retrofit”, por meio da realização de reforma substancial do ativo pelo Fundo, de modo a adequá-lo às
      condições e necessidades específicas da empresa interessada.

      Curtir

    • De forma a viabilizar a locação pretendida, o Fundo celebrará contrato de locação com a empresa
      interessada, o qual conterá cláusulas suspensivas / resolutivas que vincularão a sua validade e eficácia aos
      seguintes eventos: (a) aprovação formal, por parte dos Quotistas do Fundo reunidos em Assembleia Geral de
      Quotistas a ser convocada oportunamente, (i) dos termos e condições finais do contrato de locação e da
      Proposta Comercial que o embasou, (ii) da realização da reforma substancial do ativo e (iii) da emissão de
      novas quotas do Fundo ao mercado, com o objetivo de captar os recursos necessários ao custeio das obras
      da reforma substancial do ativo; e (b) sucesso na captação dos recursos necessários ao custeio das obras da
      reforma substancial do ativo por meio da emissão de novas quotas do Fundo ao mercado.

      Curtir

    • As principais condições da locação e da emissão de quotas serão detalhadamente informadas por ocasião da
      publicação do edital de convocação da referida Assembleia de Quotistas do Fundo, de modo a possibilitar a
      análise prévia dos Quotistas.
      Por fim, informamos que o imóvel localizado na Rua Sargento Rodoval Cabral Trindade, 780 – Parque Novo
      Mundo – São Paulo/SP representa 34% (trinta e quatro por cento) da área bruta locável de todos os imóveis
      que integram o patrimônio do Fundo.
      Permanecemos à disposição para eventuais esclarecimentos que se fizerem necessários.
      Rio de Janeiro, 20 de outubro de 2017

      Curtir

      • Tetzner, será que o contrato built to suit será tão atípico quanto ao contrato com a PILKINGTON? Acho que vou contratar meu advogado para analisar o contrato. kkkkk
        Você suscitou uma questão adormecida há meses.
        Segue a posição do processo de emissão do parecer técnico pela CETESB.

        SD Nº Data da SD Nº Processo Objeto da Solicitação Situação Desde
        91185211 13/04/2016 29/00234/16 PARECER TÉCNICO Arquivada 23/11/2016
        Vou descobrir o significado de o processo ter sido arquivado

        Abs

        Curtido por 1 pessoa

      • Vou falar de números aleatórios, mas creio que próximos a ordem de grandeza. O imóvel (previamente sucateado) custou uns 25-30 milhões de não falha a memória. Digamos que a reforma substancial custe uns 10 milhões pra modernizar completamente o imóvel e se obtenha um contrato atípico no patamar de que a Pilkington pagava quando saiu, pouco mais de 400 mil/mês. Não me parece um mau negócio, considerando que a questão ambiental não seja crítica e o contrato seja firme, com garantias sólidas…claro que X sempre é um risco, mas como já comentei em outras oportunidades, tenho a impressão que o terreno na localização em que se encontra, já vale bem mais do que os 30 milhões previsto no VP…

        Curtir

    • Boa tarde Tetzner.
      Sem querer abusar da sua boa vontade e consciente do meu limitado conhecimento nesta área, gostaria que v. informasse aos pouco versados em FIIs, como eu, algumas formas usuais de resolver melhor situações como esta do que a que a TRX pretende adotar.
      Desde já agradeço sua competente resposta.
      Abs.
      CARG

      Curtido por 1 pessoa

      • CARG

        Acho que a melhor forma é estimular o debate do tema aqui no blog, para que todos coloquem suas opiniões a respeito, possamos identificar os “prós e contras”, fazer um juízo a respeito e então votar na AGO

        A gestora deve disponibilizar a oportunidade de voto a distância, então agora é saber o que é melhor para cada um dos cotistas

        Curtir

  1. Koch | Navegantes/SC

    Até o mês de agosto foram efetuadas as seguintes atividades:

    ✓ Ampliação da edificação baixa e da cobertura para estacionamento

    ✓ Ampliação da cobertura para estacionamento, conclusão da estrutura metálica para fachada. Telhas de cobertura executadas em sistema zipado com espessura de 0,65 mm

    ✓ Criação de acesso para passagem de veículos e parede divisória entre área de acesso e estacionamento com nossa área de vendas

    ✓ Acesso lateral e espaço das lojas de 1 a 5. Toda a estrutura metálica é galvaniza à fogo

    ✓ Espaço das lojas 6 a 14 e área aberta para praça de alimentação, parte de infraestrutura de eletrocalhas para instalações elétricas, dados, telefone e som

    ✓ Estrutura metálica para fixação da fachada de vidro e alvenaria de divisória entre área de vendas e depósito

    ✓ Dutos de ar condicionado para central tipo e iluminação

    Curtir

    • ✓ Cronograma estimado de Obras:

      Atividade Prazo Estimado

      Contratar empilhadeiras 01/08/2017

      Adquirir plataformas niveladoras de docas 02/08/2017

      Executar rebaixo de pisos de câmeras frias 05/08/2017

      Executar tubulações pelo piso 09/08/2017

      Aprovação de projetos de acesso no DNIT 10/08/2017

      Aprovação de projetos no Corpo de Bombeiros 10/08/2017

      Adquirir equipamentos eletrônicos 10/08/2017

      Contratar itens de comunicação visual externa 10/08/2017

      Contratar sistema de sonorização 15/08/2017

      Montagem de painéis 31/08/2017

      Conclusão vidros das fachadas 12/09/2017

      Montagem estrutura Porta Pallets 15/09/2017

      Abastecimento linha seca 30/09/2017

      Abastecimento linha resfriada e congelados 01/10/2017

      INAUGURAÇÃO 03/10/2017

      Curtir

    • Fabricante de mortadela Ceratti é vendida para grupo americano

      A fabricante da mortadela Ceratti foi vendida por cerca de US$ 104 milhões para o grupo americano Hormel Foods, com quase vinte mil funcionários nos mais de 75 países em que atua. Segundo as empresas, as negociações começaram há dois anos.

      — O crescimento estratégico internacional é importante para a Hormel Foods e a América do Sul tem chamado a nossa atenção há alguns anos. A Ceratti tem um forte histórico de tradição familiar e um crescimento expressivo de seu portfólio com distribuição de produtos de alto valor agregado. A aquisição é um ajuste estratégico para a Hormel Foods e permite a nossa entrada inicial no mercado brasileiro como plataforma para crescer em outros países do continente —afirmou Jim Snee, presidente da Hormel Foods.

      Curtir

      • De acordo com o vice-presidente do grupo Hormel Foods e presidente da Hormel Foods International Corporation, Larry Vorpahl, a aquisição da marca Ceratti nos permite entrar no crescente mercado brasileiro de marcas premium:

        — A marca Ceratti está pronta para o crescimento contínuo, dada a sua forte reputação no mercado e a capilaridade de seus produtos. Esta aquisição nos permite estabelecer uma presença em todas as regiões do Brasil com uma excelente equipe de vendas, marketing, operações, logística e contabilidade. Estamos empenhados em continuar a expansão internacional e, com a adição dessa importante empresa, nossa presença global continuará crescendo.

        Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s