Conselhos para os seus Filhos

futurageracao

Pense na futura geração de investidores em FIIs, digamos nos seus filhos(as):

Qual conselho daria se tivesse de deixar tudo por conta deles?

Desde a gestão do patrimônio atual até a decisão de novos investimentos, sintetize numa frase ou conselho aqui.

39 comentários sobre “Conselhos para os seus Filhos

  1. Acho que o maior conselho que se pode dar a um filho é deixa-lo experimentar.

    Muitos pais acabam protegendo demais e isso impede o completo desenvolvimento.
    Dizem que sabedoria é aprender com o erro dos outros, mas sabemos que a gente aprende mesmo é nas porradas que a vida dá.
    Quantas vezes recebia conselho dos meus pais, mas por teimosia acabava contrariando pra ver qual o resultado.

    1- na maioria das vezes meus pais tinham razão e eu acabava tendo que colocar a viola no saco e baixar a bola. Mas aprendia
    2- algumas vezes dava um resultado fora da curva e interessante. Aqui a gente se sente o máximo pq é como se você tivesse descoberto algo por sua conta e risco.

    É claro que estou falando tudo isso mas na hora de ser pai de verdade, acho que tentaria aconselhar meus filhos e ensinar o que é correto, mas deixá-los seguir com as proprias pernas quando eu sentir que não precisam mais da minha supervisão contínua.

    Outro bom conselho também é liderar pelo exemplo. Se eu vim de uma família humilde que nunca exagerou nos gastos, condenava desperdício e hoje considero-me uma pessoa bem sucedida (claro que falta muito ainda, mas falo no sentido de situação de vida comparado ao que meus pais tiveram quando na mesma idade), não é pq você tem uma situação confortável financeiramente que vai deixar que seus filhos esbanjem e não dêem o valor necessário para o dinheiro.

    Pelo contrário, procurarei ensinã-los desde pequenos o valor do dinheiro suado, do esforço, da importancia de poupar pra épocas turbulentas, o conceito dos juros compostos, renda passiva, evitar ativos e dentre outros

    abçs e bons investimentosd

    Curtido por 2 pessoas

  2. Muito interessante o tema
    Tenho dois filhos já bem casados e um pirralho virando adolescente ( 12 anos)…..
    Conselhos dou muito pouco pois se fossem bons eu vendia todos, o que faço é mostrar exemplos através de atitudes que tomo a cada momento de minha vida, faço meu filho “enxergar” através do dia a dia com exemplos de honestidade, caráter, esforço, estudos, conhecimento, trabalho, esporte, contribuição, amor, religião, boas ações e valores reais que conquistamos no nosso dia a dia, conselhos são nossas conversas do dia a dia quando simplesmente trocamos risos, problemas ou um papo descontraído, claro que eu já errei, claro que ele vai errar, mas certamente vai ser inteligente o bastante para resolver e aprender com seus próprios erros. Não quero que ele seja “eu”, apenas desejo que seja feliz e faça sua parte para deixar este planeta melhor.

    Curtido por 6 pessoas

  3. Conselhos para minha filha:

    1) Se possível, avance em relação à minha geração. Não retroceda sobre o terreno ja ganho, ou vc duplicará a marcha dos teus filhos.
    2) Estudar é o único caminho. Estude tudo o que puder. História, geografia, astronomia, aeronáutica, tua profissão, enfim, estude, é importante. Não deixe ninguém te convencer do contrário.
    3) Você acabará se tornando similar às pessoas com quem convive. Ou a sua líder. Cuidado com quem tu andas.
    4) Sonhe grande. Sonhe alto. Nunca pense: “Se der certo.” Mantenha em mente: “Pode demorar, mas se decidi fazer, será feito, não importa quants vezes tenha que dar errado antes”. O sucesso vem da perseverança.
    5) Difícil é por o homem em Marte e trazer de volta. Vivo. Todo o resto é fácil.
    6) Nunca, jamais, se compare com o que está ao teu lado. Ao teu lado está a média. E a média é costuma ser muito pouco. Olhe para teu interior e descubra até onde podes ir. Vá um pouco além.
    7) Tu passarás as melhores horas dos melhores anos da tua vida trabalhando. Seja feliz no trabalho. Tenha um trabalho em que vc acredite fazer algo de relevante. Cuidado com salário e estabilidade.. A vida passa muito rápido…
    8) Não se apegue a empregos, cidades.. Se precisar, mude, mude tudo, mude sempre.
    9) Lute para ver teus sonhos realizados.
    10) Sim, sempre pense no amanhã.. Mas a vida é no agora. Viva o presente com intensidade. Tenha amigos.

    11) Não venda meus FIIs, a menos que o Tetzner, o Sr dos FIIs, o Dâmaso ou o mpb77 digam que é tranqueira :))))

    Curtido por 4 pessoas

  4. Não tenho filhos hoje e dependendo de minha situação nos próximos 10 anos, eu penso em ter. Vamos lá:

    . Independente de qualquer coisa, eu sou seu pai e amo você e te darei suporte como puder;
    . Seja humilde: quando não souber algo, não invente nada, não seja idiota, aprenda! Quando souber e tiver espaço, compartilhe;
    . Tenha um hobby que te permita esquecer a possível rotina urbana que você possa ter: toque um instrumento musical;
    . Busque uma atividade profissional que você goste de fazer, pois você poderá desempenha-la por muitos anos;
    . Meu conselho final: “profissionalmente, você será pago pela sua raridade, portanto, estude!”.
    . Aprenda um idioma (inglês);
    . Invista uma parte de seu dinheiro todo mês e tente criar uma renda passiva com isto;

    Acho que é isso, quem sabe um dia kkk…

    Curtido por 6 pessoas

  5. Filho:
    O dinheiro é um bom escravo, mas um mau senhor.
    O maior investimento da vida é o conhecimento. Estude sempre.
    A maior aplicação do conhecimento, é o trabalho. Faça do seu conhecimento instrumento de progresso.
    O bem, o amor e a justiça verdadeiros nunca são em excesso.
    Saiba que a felicidade se encontra nos pequenos detalhes. Seja feliz, se possível fazendo outros felizes, mas sempre sem trazer aos outros injusta infelicidade.
    Para bem compreender os conselhos acima, tenha sabedoria.
    Independentemente de religião, leia a Bíblia. Ela lhe ajudará a encontrá-la (a sabedoria) enquanto você vive a vida.

    Curtido por 7 pessoas

    • Filho a vida é um eterno aprendizado, tenha humildade para saber que não vai estar sempre certo e para reconhecer os erros o mais cedo possível. Busque melhorar e ajudar sempre que puder a você e aos que estão ao seu redor.

      Curtido por 3 pessoas

  6. 1. Filhos, dinheiro faz bem! Cuide bem dele! Saiba: fazer dinheiro, gastar o dinheiro (usufrua), multiplicar, doar (para quem precisa mesmo!) e continue tendo dinheiro!
    2. Estabeleça uma estratégia de investimento para curto (1 a 3 anos), médio (3 a 10 anos) e longo prazo (mais de 10 anos)!
    3. Estude cada mercado que você vai investir, invista aos poucos, invista regularmente e aprenda.
    4. Acompanhe sempre! Você vai ou pode errar! Tudo bem! Faz parte do aprendizado!
    5. Veja no que vale a pena diversificar, seja no FII ou quaisquer outros investimentos. Sempre existirão bons e maus administradores, seja de empresas ou fundos!

    Curtido por 5 pessoas

  7. Não tenho filhos e nem pretendo ter… Mas eu diria o segundo né caso tivesse:

    Saia do Brasil e não olhe pra tras
    Se der saudades do Brasil compre uma caixa de Brahma e Nestlé e faça um churrasco com os amigos no exterior.
    Rasgue seu passaporte brasileiro e case com uma gringa e ganhe passaporte
    Nunca volte pro Brasil… Se bater a saudade… Compre picanha e faça outro churrasco

    Curtido por 3 pessoas

    • Eu tenho uma filha e jamais vou falar para ela sair do Brasil. Não porque aqui seja um lugar bom ou ruim. Mas, porque todos os lugares do mundo têm os seus prós e contras.

      Eu ensino a minha filha o valor do trabalho e que é um privilégio transformar o lugar onde você vive, ainda que isso seja só a sua casa, o seu prédio, a sua rua, o seu bairro…

      Eu ensino a minha filha a não ser covarde, mesmo que seja injustiçada. Eu ensino a minha filha a não fugir dos problemas.

      Eu ensino a minha filha que, se o Brasil tem problema, ela não precisa fugir dele, mas pode transformá-lo.

      Curtido por 10 pessoas

    • Filho: nosso país é maravilhoso, gigante e tem muitas riquezas naturais que os estrangeiros que vem aqui se encantam. Então lute por ele e ajude a transformá-lo num lugar melhor!
      Precisamos de pessoas que ajudem nosso país a conquistar o lugar que merece, patriotas.
      Em qualquer lugar do mundo existem corruptos, a população precisa mudar sua mentalidade e jeito de agir.
      Então se acho o Brasil um lixo porque não foi embora ainda?

      Curtido por 2 pessoas

    • Se minha filha quisesse se mudar de vez daqui, eu também apoiaria!
      Todos os países têm problemas? Sim, mas a qualidade de vida em alguns lugares é infinitamente maior que aqui.
      A maior dificuldade que vejo é que, no exterior, você sempre vai se sentir um estrangeiro, pode ser que seja discriminado, vai encontrar algumas dificuldades que os nativos não têm.
      Cada um aqui tem uma experiência distinta de vida, então alguns podem achar isso uma bobagem, outros não.
      Eu, por exemplo, não moraria mais de jeito nenhum fora de condomínios no BR. Já perdi as contas de quantas vezes fui assaltado, entre trombadinhas e assaltos à mão armada. Tenho pesadelos frequentemente por conta disso.
      Meu sonho seria morar nos EUA ou Canada. Banânia seria bom só para manter os investimentos e passar férias.

      Curtido por 1 pessoa

      • Pois é e tem gente me criticando por dizer o óbvio

        Brasil 60mil homicídios por ano. Nem o Iraque na guerra de 2003 teve mais mortes. Até a Síria perde pra nós.
        Paraíso? So se for o paraíso dos juros, porque de resto não temos nada.

        Até um paíseco menor que a Bahia chamado Coreia do Sul é 10X mais rico que nos. E olha que eles não tem riqueza natural nenhuma.

        Curtido por 3 pessoas

    • Ambas as visões, do Leonardo e do Carlos estão corretas.

      É verdade que EUA e Europa têm seus problemas, e que o imigrante é sempre olhado com desconfiança, quando não com menosprezo. E é verdade que os brasileiros devem se esforçar para melhorar o país.

      Mas países, especialmente os gigantes como o Brasil, são como super-petroleiros: Entre a mudança de rumo no leme e o navio começar a virar para o lado pretendido, centenas de metros já passaram, ou, no nosso caso, décadas. Até lá, as mazelas continuam, e não são apenas incômodos, mas situações de alta periculosidade, como taxas altíssimas de homicídios e latrocínios, trânsito violento, epidemias, etc. Assim, não acho que esteja errado quem investe na educação de seu filho buscando torná-lo competitivo no mercado de trabalho externo, com vistas a uma eventual emigração.

      Iniciativas boas, como, por exemplo, a Lava Jato ainda vão demorar muitos anos para mudar a cultura do país.

      Tudo é uma questão de “timing”: fico sempre pensando nos imigrantes alemães e italianos que vieram para cá no final do século XIX. Se a gente pensar que os filhos dessa galera provavelmente seriam mortos nas trincheiras da 1ª Guerra Mundial e seus netos poderiam muito bem não ter sobrevivido à 2ª Guerra, que matou mais de 50 milhões. Ninguém tem dúvida de que tomaram uma decisão correta em emigrar para o Brasil. E acho que até o início dos anos 80, poucos estariam arrependidos…Mas as coisas mudam, o Brasil regrediu em muitos pontos e o descendente de imigrantes que escapou de morrer nas duas Grandes Guerras pode muito bem ter sido assassinado em um sinal de trânsito no Grande Rio ou na Grande SP…

      Curtido por 6 pessoas

      • Alberto Caeiro (Fernando Pessoa)
        XX – O Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia,

        XX

        O Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia,
        Mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia
        Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia,

        O Tejo tem grandes navios
        E navega nele ainda,
        Para aqueles que vêem em tudo o que lá não está,
        A memória das naus.

        O Tejo desce de Espanha
        E o Tejo entra no mar em Portugal.
        Toda a gente sabe isso.
        Mas poucos sabem qual é o rio da minha aldeia
        E para onde ele vai
        E donde ele vem.
        E por isso, porque pertence a menos gente,
        É mais livre e maior o rio da minha aldeia.

        Pelo Tejo vai-se para o Mundo.
        Para além do Tejo há a América
        E a fortuna daqueles que a encontram.
        Ninguém nunca pensou no que há para além
        Do rio da minha aldeia.

        O rio da minha aldeia não faz pensar em nada
        Quem está ao pé dele está só ao pé dele.

        Curtido por 2 pessoas

      • Violência? PQ Grande Rio e SP?
        PQ não Curitiba e Porto Alegre? Salvador? Vitória?
        Olha só, eu tinha essa mesma percepção. De que violência era em SP e Rio. Qual nada. Lá até que está bom. Só é muito televisionado.
        Alguém aqui mora em CWB e acha seguro? Anda na rua de boas? em Poa? Os índices dos lugares que mencionei são muito piores que SP e Rj…. e ninguém se dá conta disso…

        Esse é o problema de viver aqui, ao meu ver… Tu não tá salvo em lugar nenhum… Nem em condomínio…

        Minha filha: Seja cidadã do mundo. Tenha carreira internacional. Depois vc escolhe onde vai viver. O mundo é, na real, muito pequeno. O Brasil é minúsculo.

        Lutar para salvar o Brasil? Patriotismo? Pode ser. É que nem tentar resgatar viciado em crack. Talvez dê certo. Talvez não.. Vc escolhe. Eu escolhi tentar. Confesso que estou satisfeito. No meu microcosmo, consegui mudar muita coisa para melhor, muita mesmo…

        Curtir

  8. Filho(a);

    1°) Eu te amo*;

    2°) Aceite os “nãos” que a vida te trouxer, seja humilde e aprenda com eles;

    3°) Nada vem de graça nessa vida, esforce-se física, mental e espiritualmente para alcançar os seus objetivos;

    4°) Procure ser uma pessoa boa, não ingênua. Há uma sutil, mas importante diferença entre estas duas;

    5°) Seja feliz, pois até onde se sabe, só se vive uma vez.

    *Para alguns soa piegas. Para mim é essencial.

    Curtido por 12 pessoas

    • Nossa, Sr. mbp77,
      Adoraria ter tido um pai como o sr!!!! Que coisa mais linda de se dizer prum filho!!! Isso, eu creio q seja o “criar o filho para a vida”. Nao sou mae, mas, tenho dois enteados maravilhosos, um casalzinho de 9(quase 10), e o menino de 13 anos, que ja ocupam bastante minhas preocupacoes em todos os sentidos. Fui adotada as 5 anos de idade, meu pai adotivo era um militar da aeronautica, linha dura, dizer “eu te amo” naquela epoca, e principalmente por ele, nao era algo usual, mas, gracas a Deus minha mae (adotiva) nao me deixou esquecer disso, assim como dos demais ensinamentos q o sr elencou aqui. Do meu pai ha caracteristicamente em mim o apreco pela honestidade, dignidade, senso de justica, ser destemida, e intolerante aos “jeitinhos”, o certo eh para ser cumprido, nisso nao ha espaco para flexibilidade.
      O sr nao eh de forma alguma “piegas”, mas, uma pessoa, dessas tao raras hohe em dia!
      Obgd pelos ensinamentos e exemplo de humildade!
      Gde abc

      Curtido por 4 pessoas

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s