GGRC11 – GGR COVEPI Renda FII

Objetivo do fundo: Investimento em imóveis comerciais prioritariamente no segmento industrial e logístico com finalidade de locação atípica (build to suit, retrofit ou sale e lease back) ou venda.
Contratos de locação com prazo mínimo de 5 anos e locatário com classificação de rating superior a A-.
1ª Emissão 04/2017: 1.413.807 cotas ao preço unitário de R$100,00 totalizando – R$141.380.700,00
2ª Emissão 12/2017: 2.432.421 cotas ao preço unitário de R$111,00 totalizando – R$269.998.731,00
Total de cotas: 3.846.228
Taxa de administração 1,1% a.a
PL em 03/2018: R$ 440.331.323,81
Vacância – 0%
Contratos atípicos – 100%

ATIVOS IMOBILIÁRIOS – 13 imóveis

MD PAPÉIS:
Tipo: Atípico
Garantia: Seguro Locatício
Vencimento: Jun/2027
Localização: Caieiras/SP
Índice de reajuste: IPCA
Perfil do imóvel: Planta Industrial
Valor do aluguel: R$525.000,00
Área bruta locável: 47.626,96 m2
R$/m²: R$1.255,59
Área do terreno: 139.077,00 m2
Valor do imóvel: R$59.800.000,00

AMBEV:
Tipo: Atípico
Garantia: N/A
Vencimento: Ago/2027
Localização: Itajaí/SC
Índice de reajuste: IPCA
Perfil do imóvel: Galpão Logístico
Valor do aluguel: R$234.912,44
Área bruta locável: 8.532,54 m²
R$/m²: R$3.372,85
Área do terreno: 42.988,30 m2
Valor do imóvel: R$28.778.978,00

NISSEI:
Tipo: Atípico
Garantia: Seguro Locatício
Vencimento: Jun/2027
Localização: Colombo/PR
Índice de reajuste: IPCA
Perfil do imóvel: Galpão Logístico
Valor do aluguel: R$270.000,00
Área bruta locável: 15.351,54 m²
R$/m²: R$1.818,69
Área do terreno: 39.978,25 m²
Valor do imóvel: R$27.919.716,00

MOINHO – CASCAVEL:
Tipo: Atípico
Garantia: Alienação Fiduciária Bem Imóvel
Vencimento: Jun/2027
Localização: Cascavel/PR
Índice de reajuste: IPCA
Perfil do imóvel: Silo de Armazenagem
Valor do aluguel: R$125.550,00
Área bruta locável: 5.680,00
R$/m²: 1.952,46
Área do terreno: 18.000,00
Valor do imóvel: R$11.090.000,00

MOINHO – SÃO MIGUEL DO IGUAÇU:
Tipo: Atípico
Garantia: Alienação Fiduciária Bem Imóvel
Vencimento: Jun/2027
Localização: Cascavel/PR
Índice de reajuste: IPCA
Perfil do imóvel: Silo de Armazenagem
Valor do aluguel: R$196.373,00
Área bruta locável: 7.164,00
R$/m²: 2.478,50
Área do terreno: 44.175,00
Valor do imóvel: R$17.756.000,00

TODIMO:
Tipo: Atípico
Garantia: Seguro Locatício
Vencimento: Dez/2027
Localização: Cuiabá/MT
Índice de reajuste: IPCA
Perfil do imóvel: Galpão Logístico
Valor do aluguel: R$270.000,00
Área bruta locável: 25.125,76 m²
R$/m²: R$1.145,39
Área do terreno: 52.187,33 m²
Valor do imóvel: R$29.930.000,00

CAMARGO EMBALAGENS:
Tipo: Atípico
Garantia: Seguro Locatício
Vencimento: Jan/33
Localização: Tietê/SP
Índice de reajuste: IPCA
Perfil do imóvel: Planta Industrial e CD
Valor do aluguel: R$310.000,00
Área bruta locável: 13.306,13 m²
R$/m²: R$2.740,84
Área do terreno: 39.885,72 m²
Valor do imóvel: R$36.470.000,00

JEFER PRODUTOS SIDERÚRGICOS:
Tipo: Atípico
Garantia: Seguro Locatício
Vencimento: Jan/28
Localização: Betim/ MG
Índice de reajuste: IPCA
Perfil do imóvel: Planta Industrial
Valor do aluguel: R$376.000,00
Área bruta locável: 21.060,90 m²
R$/m²: R$1.788,14
Área do terreno: 37.818,16 m²
Valor do imóvel: R$40.000.000,00

CEPALGO EMBALAGENS:
Tipo: Atípico
Garantia: Seguro Locatício
Vencimento: Fev/28
Localização: Aparecida de Goiania/GO
Índice de reajuste: IPCA
Perfil do imóvel: Planta Industrial
Valor do aluguel: R$200.000,00
Área bruta locável: 10.988,35 m²
R$/m²: R$1.647,19
Área do terreno: 27.951,98 m²
Valor do imóvel: R$18.100.000,00

CIA HERING E DISTRIBUIDORA SANTA CRUZ:
Tipo: Atípico
Garantia: N/A
Vencimento: Jan/35 e Ago/25
Localização: Anápolis/GO
Índice de reajuste: INCC/IPCA
Perfil do imóvel: Galpão Logístico
Valor do aluguel: R$426.126,97
Área bruta locável: 36.610,00 m²
R$/m²: R$1.689,16
Área do terreno: 78.850,50 m²
Valor do imóvel: R$61.840.000,00

COPOBRÁS INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EMBALAGENS LTDA:
Tipo: Atípico
Garantia: Seguro Locatício
Vencimento: Mar/2028
Localização: Guarulhos/SP
Índice de reajuste: IPCA
Perfil do imóvel: Planta Industrial e CD
Valor do aluguel: R$260.000,00
Área bruta locável: 11.502,42 m²
R$/m²: R$2.765,51
Área do terreno: 63.752,84 m²
Valor do imóvel: R$31.810.000,00

COPOBRÁS S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EMBALAGENS:
Tipo: Atípico
Garantia: Seguro Locatício
Vencimento: Abr/2033
Localização: João Pessoa/PB
Índice de reajuste: IPCA
Perfil do imóvel: Galpão Industrial
Valor do aluguel: R$320.000,00
Área bruta locável: 22.360,06 m²
R$/m²: R$1431,12
Área do terreno: 25.738,55 m²
Valor do imóvel: R$32.000.000,00

CRBS S.A (subsidiária AMBEV):
Tipo: Atípico
Garantia: Seguro Locatício
Vencimento: mar/2025
Localização: Pelotas/RS
Índice de reajuste: IPCA
Perfil do imóvel: Centro de Distribuição
Valor do aluguel: R$287.340,30
Área bruta locável: 9.912,60 m²
R$/m²: R$3.329,10
Área do terreno: 41.300 m²
Valor do imóvel: R$33.000.000,00

Administrador: CM Capital Markets DTVM
Gestor da Carteira: Horus GGR Gestão de Recursos LTDA.

RI: ri@horusggr.com

Tutor do FII: Dino

Anúncios

783 comentários sobre “GGRC11 – GGR COVEPI Renda FII

    • Em cumprimento ao disposto na Instrução CVM 472 comunica que em 17 de abril de 2019 o Fundo adquiriu o imóvel objeto das matrículas n° 63.252, 63.253, 63.254 e 69.569 do Registro de Imóveis, Títulos e Documentos, Civil de Pessoa Jurídica e Protesto de Letras e Títulos da Comarca de Santa Bárbara D’Oeste, Estado de São Paulo, no qual se encontra edificado o Galpão Logístico e Industrial de propriedade da empresa COVOLAN INDÚSTRIA TÊXTIL LTDA, com sede na Rua Potiguares, nº 450, CEP 13.456-108, Distrito Industrial, Santa Bárbara D’Oeste – SP, inscrita no CNPJ/MF sob nº 56.724.412/0001-29 (“Vendedora”), pelo valor de R$ 71.800.000,00 (Setenta e um milhões e oitocentos mil reais).
      Foi celebrado na mesma data, o Instrumento Particular de Locação Atípico (“Contrato de Locação”) entre o Fundo e a Vendedora, pelo prazo de 15 (quinze) anos, com pagamento do valor mensal à título de aluguel do Imóvel no montante de R$ 700.000,00 (Setecentos mil reais).
      A Covolan Indústria Têxtil é uma indústria 100% nacional, atua no setor de tecelagem para o mercado de moda desde 1966, e, desde o ano 2000, na produção de Denim. Posicionada entre as principais empresas que produzem Denim no Brasil, a Covolan atende grandes players, tanto do mercado interno quanto do externo.
      A Colovan é a única empresa brasileira do segmento têxtil a obter a Certificação Internacional STeP (Sustainable Textile Production ou Produção Têxtil Sustentável), um selo concebido pela OEKO-TEX para as empresas de excelência em nível mundial no que se refere aos processos de produção, qualidade, meio ambiente e sustentabilidade, assim como em responsabilidade social, a partir de complexos critérios de avaliação.
      A sede em Santa Bárbara D’Oeste, no estado de São Paulo, conta com grandes investimentos em tecnologia e maquinários que garantem produção sustentável e melhoria contínua de processos, a fim de minimizar a geração de resíduos e atender às legislações aplicáveis.

      DO IMÓVEL
      O Imóvel está localizado na Rua Potiguares nº 450, Distrito Industrial, no município de Santa Bárbara D’Oeste, próximo à SP 304 Rod. Luis de Queiroz, São Paulo, consiste em um Galpão Logístico e Industrial com área total de 85.613,48 m² de terreno e área construída de 38.131,93 m².

      DA RENTABILIDADE
      A política de distribuição de rendimentos do Fundo leva em consideração, além dos requisitos legais, a apuração do resultado do Fundo, que é o produto decorrente do recebimento direto ou indireto dos valores das receitas dos Contratos de Locação, ou venda ou cessão dos direitos reais dos Ativos Imobiliários integrantes do patrimônio do Fundo, conforme o caso, bem como os eventuais rendimentos oriundos de investimentos em Ativos de Renda Fixa, subtraídas as despesas operacionais e as demais despesas previstas no Regulamento do Fundo para a sua manutenção, em conformidade com a regulamentação em vigor.
      O Fundo deverá distribuir a seus Cotistas, no mínimo, 95% (noventa e cinco por cento) dos lucros auferidos, apurados segundo o regime de caixa, com base em balanço ou balancete semestral encerrado em 30 de junho e 31 de dezembro de cada ano.
      O retorno anual para o Fundo pelo conceito de Cap. Rate será de 11,70% a.a.

      Curtido por 3 pessoas

    • Tô pensando em vender minhas cotas do GGRC11 e comprar tudo de XPLG11 por conta do relatório da corretora XePa.

      Oooo dor de cotovelo, estão tentando de todo jeito dar um up no xplg11, mas já está ficando patética a situação!!!!
      #vergonhaalheia

      Curtido por 2 pessoas

  1. A gente divulga aqui tantas preocupações (não sem razão), mas desta vez deixem-me postar:
    Dormir com uma subscrição (13) a 116 e acordar com ela convertida em cota (11) a 129, sendo que o dinheiro JÁ foi empregado em um ótimo terreno, não tem preço. 🙂

    Curtido por 4 pessoas

    • Tinha. Era R$ 116,70 por cota. 😀

      Bacana os pilantras de um determinado Banco-Corretora “desrecomendar” este papel, denunciar outro ao vento que só causou transtornos, enquanto os colaboradores vendem ilusão piramidal.

      Curtido por 3 pessoas

      • Isso me chateia muito tb…..não recomendar falando bobeira só perde prestígio e respeito.

        Tentei depois do evento falar com a 2C pra entender o motivo de ficarem de fora. Achei que conseguiria uma boa conversa…..LEDO engano. Ficou mais transparente ainda pra mim que não entraram por causa dos próprios fundos. OK, tem sentido vc não ficar fazendo propaganda da concorrÊncia e tal….mais passar informação não verdadeira dando uma impressão a seus clientes do negocio em si….é muito infantil pra não usar palavras mais pesadas.

        Esse tipo de comportamento que ainda não me deixou ir pra 2C com meus Fii. Fico na minha coreana que entra em todas, me deixa participar de todas e não causa intrigas. Mesmo pagando uma corretagem pequena ainda prefiro assim. Se a 2C tivesse essa visão de ser neutra e deixar seu cliente decidir sozinho….seria uma baita empresa. GIGANTE em todos os sentidos. Mais o pensamento de seus sócios ou das pessoas a frente dos produtos é muito pequeno. Eles ainda não olham o potencial de serem de fato isentos e abertos.

        E isso nos faz ter que manter contas em varias casas. Uma pra fundos…uma pra FII….uma pra Ações…ouyra pra debentures…..e aumenta nosso trabalho. Ate hoje eles não perceberam que se fizeram o basico poderiam unir uma baita soma de capital e serem grandes. Isso serve pra todas! basta ouvir os clientes. Simples assim.

        Foi mal…..desabafei. Sigo muito feliz com o GGRC 🙂

        Valeu!!!

        Curtido por 2 pessoas

      • Gama, vou explicar:

        Isso ai já é o engessamento do LARANJÃO por trás do negócio.
        E a partir de 2021 pode piorar caso não apareça e cresça outras corretoras, só aparecer não resolve, eles engolem.

        Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s