TGAR11 – TG Ativo Real FII

TGAR11

O TGAR11 é um fundo híbrido cuja carteira concentra Ativos de Recebíveis e Ativos de Desenvolvimento Imobiliário. Esta estrutura permite um equilíbrio entre boas distribuições mensais a partir do fluxo de caixa dos recebíveis e do excelente potencial de valorização das cotas do fundo advindo dos investimentos em desenvolvimento imobiliário.

A estratégia de investimentos oferece uma estrutura robusta de garantias, governança e controles internos na gestão dos recebíveis e dos empreendimentos imobiliários em desenvolvimento. Cada negócio conta ainda com a participação de parceiros operacionais com expertise comprovada e vasto conhecimento da região em que o empreendimento está inserido.

Todos os empreendimentos contam com Laudo de Avaliação emitido por empresas referências no mercado nacional, tais como: Colliers International, Binswanger e Cushman. Todas as sociedades com participação do fundo contarão com demonstrações contábeis auditadas por empresa de auditoria referência no mercado brasileiro, como a Baker Tilly, por exemplo.

Ao realizar gestão ativa de seu Fundo – envolvendo-se desde a seleção, negociação, aquisição e monitoramento dos ativos – a TG Core compromete-se a entregar a transparência e diligência necessárias aos investidores.

Ativos Imobiliários Performados
Empreendimento - Local - Tipo - % do PL
Residencial Setor SolangeTrindade - GO Carteira Recebiveis 18%
Jardim Maria Madalena - Turvânia - GO - Carteira Recebiveis 3%
Residencial Portal do Lago I e II Catalão - GO - Carteira Recebiveis 1% Residencial Nova Canaã - Trindade - GO - Carteira Recebiveis 1% 
Shopping Paraíso Mega Center - Valparaíso - GO - Equity - Shopping 33% 
Residencial Jardim Scala - Trindade - GO - Equity - Loteamento 5% 
Residencial Valle do Açaí - Açailândia - MA - Equity - Loteamento 3% 
Residencial Park JardinsAçailândia - MA - Equity - Loteamento 2% 
Residencial Cidade Nova I - Imperatriz - MA - Equity - Loteamento 3% 
Residencial Cidade Nova IIImperatriz - MAEquity - Loteamento 2% 
Jardim Tropical Alto Taquari - MTEquity - Loteamento 3% 
Total 76% 

Ativos Imobiliários 
Empreendimento - Local - Tipo - % do PL 
Residencial Ecológico Araguaia - Senador Canedo - GO - Equity - Loteamento 10% Residencial El Shadai Juína - Juina - MT - Equity - Loteamento 1% 
Residencial Laguna Trindade - GO - Equity - Loteamento 3% 
Residencial Morro dos Ventos - Rosário do Oeste - MT - Equity - Loteamento 0,2% Residencial Jardim do Éden - Águas Lindas - GO - Equity - Loteamento 0,3% 
Residencial Masterville I - Nerópolis - GO - Equity - Loteamento 0,5% 
Residencial Jardim Europa - Formosa - GO - Equity - Loteamento 2,5% 
Residencial Jardim Monte Carmelo - Cristalina - GO - Equity - Loteamento 1,3% Residencial CristaisCristalina - GO - Equity - Loteamento 0,7% 
Residencial São Domingos - Goiânia - GO - Equity - Loteamento 1% 
Residencial Jardim Cerrado - Nerópolis - GO - Equity - Loteamento 0% 
Total 24% 
Renda Fixa 0,03% 
Patrimônio FII R$80.863.943

CNPJ:25.032.881/0001-53
Início do Fundo:09 de dezembro de 2016
Patrimônio Líquido Atual:R$ 80.863.944,00
Prazo de Duração:Indeterminado

Público Alvo:Investidores em geral
Administrador:VORTX DTVM LTDA
Nome do Fundo:TG Ativo Real – FII
Gestor: TG Core Asset

Taxa de Administração: 1,5% a.a.
Taxa de Performance: 30% do que exceder 100% CDI

Tributação:Pessoas físicas que detém volume inferior a 10% do total do fundo, desde que o fundo possua, no mínimo, 50 cotistas e suas cotas sejam negociadas exclusivamente em Bolsa ou mercado de balcão organizado (Lei 11.196/05), são isentas de IR nos rendimentos distribuídos e tributadas em 20% de Imposto de Renda sobre eventual ganho de capital na venda da cota.

Gestão:  TC Consultoria

RI: contato@tgativoreal.com.br

Tutor do FII:  Romulo Cianci

Anúncios

191 comentários sobre “TGAR11 – TG Ativo Real FII

  1. TGAR11 – Highlights de julho/2019.

    As cotas negociadas em bolsa do TG Ativo Real fecharam o mês de julho cotadas ao preço de R$ 132,00 com valorização de 4,30%, equivalente a 757% do CDI. Nos últimos 12 meses, o crescimento foi de 20,22%, superando o CDI em 318%.

    Houve distribuição de rendimentos no valor de R$ 0,80 por cota, representando um Dividend Yield de 0,61%, equivalente a 106% do CDI e um Dividend Yield anualizado de 7,27%.

    A base de cotistas do fundo superou a marca de 4.700 investidores, com um crescimento de 40% em relação ao mês anterior. O volume de negócios no mês totalizou o montante de R$ 39,6 milhões (novo recorde histórico) com um volume médio diário de R$ 1,8 milhão. O giro de cotas em junho foi de 20,5% com 100% de presença nos pregões da bolsa.

    Dando continuidade para a alocação de recursos do fundo, houve a aquisição de mais dois CRI (Certificados de Recebíveis Imobiliários), em busca de incremento para o fluxo de recebíveis, com impacto positivo para a geração de resultado. A alocação total foi de R$ 5,5 mi e incremento, neste mês, de R$ 0,02 por cota para distribuição de resultado

    Maiores informações podem ser conferidas por meio do Relatório Gerencial divulgado no sistema da B3 () e site de RI ().

    Relacionamento com Investidores
    TG CORE ASSET

    Curtido por 2 pessoas

    • E …
      “Taxa Primária de Distribuição: Será devida pelos Investidores da Oferta quando da
      subscrição e integralização das Novas Cotas, a taxa de distribuição primária equivalente a
      um percentual de até 5,50%”!!!
      Sóóó´…..

      Curtido por 1 pessoa

    • Anderson e aos demais do comentário, sou novo mais veja está linha de raciocínio. O valor para aquisição ficará R$142,33, o atual valor patrimonial está R$127,87 o valor de mercado de R$137,00 e P/VPA 1,07. Se somarmos o novo valor patrimonial e cotas após a emissão ficaríamos com um valor patrimonial R$131,42 sendo que pagamos R$142,33 que seria um P/VPA aproximado de 1,06 que está na atual realidade do FII não seria melhor adquirir agora já que a nova emissão tem mais 10 dias úteis e possivelmente este 1%cento já seria alcançado durante a semana e poderíamos comprar por um valor mais barato. E vocês sabem se o valor desta taxa de distribuição entre no cálculo para o imposto de renda?

      Curtido por 1 pessoa

  2. Sou novo nos Fundos Imobiliários, mas após estudar uns 4 meses a respeito, decidi fazer meu primeiro aporte neste fundo.

    Comprei a R$126,40 e ele só aumenta, acho que valeu o tempo de estudo. Vocês que possuem mais experiência, sabe me dizer se temos fundos com RI tão bons quanto o deles, além dos números este fato foi muito importante na tomada de decisão.

    Curtido por 1 pessoa

      • Então Eduardo noto que esse FII é um relógio assim como foi mencionado pelo Tetzner, recentemente ele teve está disparada atípica, eu quero comprar FIIs sem querer ficar movimentando a carteira a todo momento, entretanto se ele foi recomendado por uma casa de analise seria o momento ideal de vende-lo em sua maior alta, pois assim que ele sair da recomendação vai voltar ao seu preço normal e eu perco uma oportunidade de vendê-lo com um valor maior, eu posso comprar depois quando ele voltar ao seu preço ideal, porém fico pensando comigo se este aumento no preço não seria realmente pela qualidade do FII.

        Curtido por 3 pessoas

    • Recomendação não muda o valor do fundo (ativo), apenas seu preço. E isso merece muita atenção 🙂

      Eu acho que ficar de fora custa mais caro do que se posicionar no ativo desejado se ele esta em tendÊncia de alta fundamentada. A RV como um todo esta em alta. Alta sustentada. Uma recomendação apenas acelera um pouco esse movimento, mas não o altera na sua estrutura.

      Respeito quem consegue fazer dinheiro com as compras e vendas. Só que o risco de sair e não conseguir voltar pro ativo num patamar de preço mais baixo tb esta elevado devido ao forte volume de capital migrando para estes ativos. Precisa ser uma estrategia bem montada e saber onde deixar o capital caso o ativo siga sua tendência de alta por mais 1 mês…3 meses…6 meses….e considerar que neste tempo deixará de ganhar a renda gerada por ele. Tudo precisa estar bem anotado, pois talvez uma venda com ganho de 1,2 ou 5% na cota não seja tão bom assim ao longo do tempo.

      Gosto do ativo, gosto da gestão e a equipe é muito focada no que sabe fazer de melhor. Eu o coloco num grupo de FII diferenciado e este tem potencial devido a região em que atua e um bom futuro com nossa economia seguindo o caminho que esta. É um FII de risco…não podemos esquecer isso.

      Não é recomendação de nada!!!

      Valeu!!!

      Curtido por 3 pessoas

      • Muito obrigado pelo retorno Gama, para quem está iniciando é importante.
        Realmente o que você comentou faz sentido já que o mercado está tendendo para uma alta, pode ser que eu não consiga comprar por uma valor menor ou alocar o valor da venda em algum outro produto para gerar rendimentos enquanto aguardo a baixa.
        Por ser novo em RV não teria aptidão para saber o momento certo de sair e entrar, e gosto bastante deste fundo com destaque para seu RI, que ao meu ver é bem prestativo. É que até mesmo em momentos de altas como está, me assustam e me fazem perguntar se não estou perdendo uma oportunidade. Manterei minha posição no FII.

        Curtir

  3. PREGÕES como esse é que me desanimam… como investidor “sério”
    >>> Entre 09:00h e 16:40h Cotação nos R$129.00
    >>> 16:45h Cotação a R$127.51 (venda casada de 1 cota)
    >>> 16:55h Cotação volta a R$128.58

    Não tem nad aa ver com o Fundo em si, nada mesmo, mas está cada vez mais comum esse tipo de ocorrência. Lamentável …

    Curtir

  4. TGAR11 – Highlights de junho/2019.

    As cotas negociadas em bolsa do TG Ativo Real fecharam o mês de junho cotadas ao preço de R$ 127,57 com valorização de 1,21%, equivalente a 255% do CDI. Nos últimos 12 meses, o crescimento foi de 15,95%, superando o CDI em 252%.

    Houve distribuição de rendimentos no valor de R$ 1,01 por cota, representando um Dividend Yield de 0,79%, equivalente a 168% do CDI e um Dividend Yield anualizado de 8,26%.

    O Fundo atingiu 3.382 cotistas, com um crescimento de 20% em relação ao mês anterior. O volume de negócios no mês totalizou o montante de R$ 32,8 milhões (recorde histórico) com um volume médio diário de R$ 1,7 milhão. O giro de cotas em junho foi de 17,8% com 100% de presença nos pregões da bolsa.

    Houve a aquisição de três CRI (Certificados de Recebíveis Imobiliários), em busca de incrementar o fluxo de recebíveis do fundo, com impacto positivo para a geração de resultado. A alocação total foi de R$ 8,4 mi e incremento, neste mês, de R$ 0,05 por cota para distribuição de resultado

    Por fim, o administrador anunciou o encerramento da 6ª Oferta Pública de Cotas em 19 de junho. Foram subscritas 931.909,88 cotas, totalizando o montante de R$ 118.688.042,32. A integralização destes recursos será exigida pelo administrador mediante chamadas de capital, conforme necessidade de caixa do fundo. As cotas subscritas e integralizadas já foram liberadas para negociação em bolsa de valores.

    Maiores informações podem ser conferidas por meio do Relatório Gerencial divulgado no sistema da B3 (fundos.net) e site de RI (tgativoreal.com.br).

    Curtido por 4 pessoas

  5. Cheguei nesse Fii atraves da analise do fundo de investimento TG REAL que possui 23,72% do seu PL neste Fii. E outros 51% no FIDC TG REAL. Ou seja 75% do seu PL nesses dois ativos. O fundo vem entregando excelentes resultados. Em 2018 entregou 218% do CDI e esse ano esta em 174% do CDI. Fiquei tentado a montar a carteira conforme o fundo e evitar a taxa de gestao, mas para minha surpresa: o rendimento nao seria diferente do fundo, na verdade ate menor ou igual.

    Qual magica que esses fundos fazem que eu como pessoa fisica nao enxergo?

    Curtido por 1 pessoa

  6. Pessoal,

    Oferta chegando. Restrita aos atuais cotistas.

    Mega oferta, pois se tudo for susbcrito vai passar a quantidade de cotas de 1.140.552 para mais de 2.710.863 cotas. Estamos falando de 200M para o fundo.

    A principio as datas são 03/06 ate 14/06 para tomar a decisão.
    Fator de proporção: 137,683397% ao preço de R$ 127,36 (a confirmar)

    O que vcs acham? Momento ideal para uma emissão tão grande? Ainda não achei nada sobre ela e nem os objetivos para o capital levantado. Gostaria de ouvir a opinião de vcs

    Valeu!!!

    Curtido por 1 pessoa

    • Apesar do tópico ser sobre a emissão, um aspecto me chamou a atenção no relatorio, o custo das despesas desse fundo. Incluindo uma taxa de performance “excelente” (pro gestor), as despesas do fundo são quase 50% do resultado, considerando o ano… caramba, hein. Como um bom FII pode ficar tão desinteressante pela ganancia do gestor …

      Curtido por 1 pessoa

      • @Alex Não é que fui lá conferir ?!??! E …

        Demonstrativo de Resultado (acumulado 2019)
        Total de Receitas: R$ 7.893.512 (100%)
        Total de Despesas: R$ 3.889.155 (49% da receita)
        –> Performance: R$ 1.696.913 (44% das despesas; 21% das receitas)
        –> Outras despesas: R$ 1.488.771 (38% das despesas)
        Resultado – Caixa: R$ 4.004.357 (51% da receita)
        –> Rendimento Distribuído: R$ 2.538.635 (63% do Caixa; 32% das receitas)

        .. não é que tens razão!!! É a lei da multiplicação dos pães: 32% e 63% que viram 95% kkk A performance do fundo quase que emptada com o rendimento distribu;ido .. kkkk E ainda queream fazer NOVA EMISSÃO ?

        Curtir

      • Já venho acompanhando esse fundo a um tempo e acho que já falei isso em um comentário acima. Esse fundo é ótimo, para o gestor, as taxas dele são muito salgadas a meu ver. Ele é tão bom que já deixa provisionada a taxa de performance. Vendi minha cotas com um lucro e não passo nem perto dele. Olha o valor da emissão das novas cotas, tem que rir.

        Curtido por 1 pessoa

    • Eu não entro.

      Como demonstrado abaixo, gestor muito ganancioso O que nào há nada de errado nisso contanto que … entregue resultado compatível para o cotista também. Para o meu perfil e na minha opinião, claramente o resultado entregue deixa a desejar se comparado às despesas do fundo. METADE das receitas do fundo são despesas; me-ta-de!

      Outra questão é o fundo está muito atrelado ao MCMV. Acumulado de 2019, o Equity MCVM totalizou R$ 5.393.357,00. Isso dá 68% do portifólio. De “Estatal”, já me basta ser acionista da PETR (-rsrrs).

      Curtir

      • o custo é mais alto mesmo, sempre foi

        quem é cotista aceita e partilha o resultado ou busca alternativa

        não vai conseguir mudar características intrínsecas no negócio… no máximo buscar algum ajuste temporário nos períodos de captação/alocação

        vimos recentemente em ALZR a gestão deliberando desconto até alocação

        fora isso é o que está lá desde a criação: aceita e divide ou busca alternativa

        Curtido por 2 pessoas

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s