TGAR11 – TG Ativo Real FII

TGAR11

O TGAR11 é um fundo híbrido cuja carteira concentra Ativos de Recebíveis e Ativos de Desenvolvimento Imobiliário. Esta estrutura permite um equilíbrio entre boas distribuições mensais a partir do fluxo de caixa dos recebíveis e do excelente potencial de valorização das cotas do fundo advindo dos investimentos em desenvolvimento imobiliário.

A estratégia de investimentos oferece uma estrutura robusta de garantias, governança e controles internos na gestão dos recebíveis e dos empreendimentos imobiliários em desenvolvimento. Cada negócio conta ainda com a participação de parceiros operacionais com expertise comprovada e vasto conhecimento da região em que o empreendimento está inserido.

Todos os empreendimentos contam com Laudo de Avaliação emitido por empresas referências no mercado nacional, tais como: Colliers International, Binswanger e Cushman. Todas as sociedades com participação do fundo contarão com demonstrações contábeis auditadas por empresa de auditoria referência no mercado brasileiro, como a Baker Tilly, por exemplo.

Ao realizar gestão ativa de seu Fundo – envolvendo-se desde a seleção, negociação, aquisição e monitoramento dos ativos – a TG Core compromete-se a entregar a transparência e diligência necessárias aos investidores.

Ativos Imobiliários Performados
Empreendimento - Local - Tipo - % do PL
Residencial Setor SolangeTrindade - GO Carteira Recebiveis 18%
Jardim Maria Madalena - Turvânia - GO - Carteira Recebiveis 3%
Residencial Portal do Lago I e II Catalão - GO - Carteira Recebiveis 1% Residencial Nova Canaã - Trindade - GO - Carteira Recebiveis 1% 
Shopping Paraíso Mega Center - Valparaíso - GO - Equity - Shopping 33% 
Residencial Jardim Scala - Trindade - GO - Equity - Loteamento 5% 
Residencial Valle do Açaí - Açailândia - MA - Equity - Loteamento 3% 
Residencial Park JardinsAçailândia - MA - Equity - Loteamento 2% 
Residencial Cidade Nova I - Imperatriz - MA - Equity - Loteamento 3% 
Residencial Cidade Nova IIImperatriz - MAEquity - Loteamento 2% 
Jardim Tropical Alto Taquari - MTEquity - Loteamento 3% 
Total 76% 

Ativos Imobiliários 
Empreendimento - Local - Tipo - % do PL 
Residencial Ecológico Araguaia - Senador Canedo - GO - Equity - Loteamento 10% Residencial El Shadai Juína - Juina - MT - Equity - Loteamento 1% 
Residencial Laguna Trindade - GO - Equity - Loteamento 3% 
Residencial Morro dos Ventos - Rosário do Oeste - MT - Equity - Loteamento 0,2% Residencial Jardim do Éden - Águas Lindas - GO - Equity - Loteamento 0,3% 
Residencial Masterville I - Nerópolis - GO - Equity - Loteamento 0,5% 
Residencial Jardim Europa - Formosa - GO - Equity - Loteamento 2,5% 
Residencial Jardim Monte Carmelo - Cristalina - GO - Equity - Loteamento 1,3% Residencial CristaisCristalina - GO - Equity - Loteamento 0,7% 
Residencial São Domingos - Goiânia - GO - Equity - Loteamento 1% 
Residencial Jardim Cerrado - Nerópolis - GO - Equity - Loteamento 0% 
Total 24% 
Renda Fixa 0,03% 
Patrimônio FII R$80.863.943

CNPJ:25.032.881/0001-53
Início do Fundo:09 de dezembro de 2016
Patrimônio Líquido Atual:R$ 80.863.944,00
Prazo de Duração:Indeterminado

Público Alvo:Investidores em geral
Administrador:VORTX DTVM LTDA
Nome do Fundo:TG Ativo Real – FII
Gestor: TG Core Asset

Taxa de Administração: 1,5% a.a.
Taxa de Performance: 30% do que exceder 100% CDI

Tributação:Pessoas físicas que detém volume inferior a 10% do total do fundo, desde que o fundo possua, no mínimo, 50 cotistas e suas cotas sejam negociadas exclusivamente em Bolsa ou mercado de balcão organizado (Lei 11.196/05), são isentas de IR nos rendimentos distribuídos e tributadas em 20% de Imposto de Renda sobre eventual ganho de capital na venda da cota.

Gestão:  TC Consultoria

RI: contato@tgativoreal.com.br

Tutor do FII:  Romulo Cianci

Autor: Tetzner

Engenheiro, Investidor há mais de20 anos, autor de 2 livros e pioneiro em Fundos Imobiliários :)

459 comentários em “TGAR11 – TG Ativo Real FII”

    1. Lendo somente agora o Relat. Ger. … e tbém a tal … CARTA CONSULTA.

      Quer dizer então que … a tal expansão da “estratégia” (de aquisição de ações de empresas imobiliárias listadas na bolsa de valores) presente na carta convite … é derivada da posição que o Fundo já detém na AVLL3 (881.350 ações), tendo como representante no conselho da empresa o Diego Siqueira, CEO e fundador da TG Core Asset ???

      >>>> PUTZ !!! Votarei … NAO !! 1000x … NAO !!

      Curtido por 3 pessoas

      1. Por que não ficam onde da certo. Onde sempre deu certo e pode seguir dando certo. Manter o DNA intocado. Por que?

        O papo de diversificar mais, de ampliar o escopo de estratégias a ser adotadas pelo Fundo é bonito. Mas não cola. São alterações fortes que mudam o Fundo. O negócio CORE se altera. Ter mais ativos é bom pelo lado da diversificação. Mas tb coloca o Fundo em riscos que não tinha antes a depender dos tamanhos de cada nova posição.

        Valeu!!!

        Curtido por 2 pessoas

      2. Pessoal,

        Tive retorno do RI. Alguns pontos me chamaram a atenção e após algumas outras conversas passaram a ter muito sentido.

        – Ter outros ativos: o objetivo é trabalhar o caixa. Hoje o Fundo tem de 5 a 10% em caixa. Os novos ativos entrariam somente aqui. Ate 20% deste caixa estariam em ativos como cotas de outros FII que possuam o mesmo administrador, FIDC, FIP, ações e etc. Logo, não há a menor chance do Fundo perder seu DNA ou seguir por um caminho “desconhecido”. Comentei que faltou ser mais focado nos itens da consulta. Aqui deixou margem pra mentes imaginarem de tudo;

        – Ter ação no portfólio do Fundo: Não tem nada relacionado a participação em Alphavile. Não há correlação. As ações serão pra tornar o caixa mais eficiente, se assim o mercado mostrar e a gestão entender que tem sentido. A participação já esta no Fundo tem tempo e mesmo sem a aprovação do item, seguirá la sem configurar conflito de interesse ou qualquer outra irregularidade;

        – Contratar pessoas ligadas a empresa: Após a Stone virar sócia (são parceiros) a questão tecnológica cresceu muito dentro da empresa. E poder oferecer isso aos parceiros de construção torna o processo mais ágil, menos custoso, mais transparente e mais lucrativo para o Fundo e os cotistas. Essas contratações não irão elevar custos. Sem chance do Fundo usa-las para rotacionar capital;

        – Autorizar 10Bi: Hoje tem 2Bi autorizado. O Fundo possui uma base pulverizada enorme. Aprox 90% PF e somente 10% Institucional. A gestão entende que ficará impossível conseguir aprovar mudanças no futuro com uma base tão grande e tão pulverizada. Elevar o capacity agora seria estratégico para deixar o Fundo pronto para os próximos anos;

        – O voto por PDF é uma limitação do administrador. Eles tentam mudar isso faz tempo. Dei uma sondada e realmente a Vortx curte um PDF. Seria legal se alguem souber de algum Fundo da Vortx que tenha enviado voto eletrônico/digital por email. Se souber, posta ai.

        A conversa foi bastante focada e produtiva. To passando os pontos levantados. Cada um faça seu próprio juízo. Mas alguns pontos me ajudaram a tirar algumas teorias da conspiração da minha cabeça 🙂

        Valeu!!!

        Curtido por 1 pessoa

      3. 》》 Passar um CHEQUE EM BRANCO de R$10 BB para COMPROMETER meus rendimentos nos próximos 5 anos com SUCESSIVAS EMISSÕES ???? NÃO, obrigado.

        》》Deixar de ser um FIii de PF para se tornar brinquedo e refém na mão de cotista-INSTITUCIONAL ?? NÃO, obrigado.

        》》 Comprar ações para “turbinar” o rendimento como está fazendo o… MFAII ?! NÃO, obrigado.

        》》 O que mais ?! 🥺🤔…. NÃO, também.

        Curtido por 1 pessoa

      4. Aliás… a tal da STONE que se vire no mercado para arrumar capital para crescimento; quer fazer isso via Fii ?! Com dinheiro de COTISTA ?! 》》》NÃO. NÃO. NÃO.

        Curtir

      5. Quanto ao VOTO “ELETRÔNICO” … é só TROCAR de GESTOR. É assim que se faz, em um mundo normal: não atende às expectativas … TROCA-SE, BOICOTA-SE, MUDA-SE.

        Na OLIVEIRA TRUST é tudo digital …

        Curtir

      6. Não faz sentido trocar gestor de um fundo de desenvolvimento. O administrador que deveria cuidar das assembleias e votacoes e nisso eu concordo em mudar.

        Curtir

      7. Eu quero saber quando alguém vai levantar a bandeira pra trocar a taxa de PL por receita imobiliária?
        Isso com certeza iria revolucionar esse mercado e com certeza deixa-lo mais justo.

        Curtido por 3 pessoas

      1. Não defendendo a gestão. Mas 10Bi não significam que o Fundo vai emitir ate este montante. A aprovação é pra deixar esse limite livre e mais facilitado.

        Quando se olha os projetos que o TGAR tem no seu mural, estes 10Bi nem ficam tão grandes assim. Isso é um fato. Fora os que já estão em curso. A migração de CRi pra desenvolvimento (facilmente acompanhada nos relatórios mensais)…reforça que o DNA segue intacto e que muito outros projetos estão sendo preparados.

        Reconheço que pela base de cotista pulverizada o Fundo dificilmente conseguirá uma aprovação futura. Seja pra emissão ou outro tema. Claro, isso é achismo. Se o voto for eletrônico, a coisa fica mais fácil. Mas ainda assim, a cada novo cotista na base a dificuldade se eleva. Olhando nesse aspecto desejar os 10bi não é um absurdo. Achismo.

        Cada um livre pra pensar o que desejar. To só trazendo mais dados para o debate. Nossa função aqui é ajudar e debater bem os assuntos ligados aos nossos Fundos.

        Valeu!!!

        Curtir

      2. Esse GESTOR JÁ DEU, prá mim ! Até parece que está gerenciando um “HECTARE” da vida com seus quase 2% a.m… 🤨 [q aliás, é melhor não vir tbém com essas idéias atravessadas…]

        Da minha carteira de uns 12 Fii de Papel, o TGAR é aquele que apresenta P-I-O-R desempenho, não apenas em relação ao DY mas tbém em relação à DELAPIDAÇÃO de PATRIMÔNIO pela quedas recentes das cotações, já ocorrida, pq o pessoALL já percebeu a MEGALOMANIA do gestor … e o comprometimento que isso vai acarretar nos rendimentos futuros pelas EMISSÕES SUCESSIVAS.

        Com tanto Fii de papel aí no mercado MAIS FOCADO, SEM IDÉIAS ABSURDAS e MEGALOMANíACAS para se poder investir … a minha opção já está DECIDIDA:

        bella ciao bella ciao bella ciao ciao ciao

        Curtir

    2. Acabei de enviar o voto, por sinal … CHATO PACAS!! Tudo no PDF !!! Será que não conhecem voto eletrônico, não, como muitos gestores infinitamente menores já fazem ???

      >>> NÃO!!! Meu voto foi … NÃO APROVO. EM TUDO !

      Curtido por 3 pessoas

      1. Esse ponto me chamou a atenção.

        Fazem assim pra poucos cotistas votarem. O eletrônico é um facilitador que talvez eles não desejam aqui. Imprimir, digitalizar e enviar…isso chega a ser arcaico nos tempos de hoje. Dar trabalho só significa uma coisa hoje em dia: dificultar pra atingir algum objetivo.

        Será que dificultando os cotistas PF, a base mais pulverizada, eles conseguem o % desejado para alterações com outra base (institucionais e alguns PF)? Novamente achismo puro e muito da minha mente que adora teoria da conspiração 😉

        Enfim, vo aguardar o RI pra pensar 2 vezes.

        Valeu!!!

        Curtido por 2 pessoas

    3. Fiquei tb com uma pulga na orelha.

      Muitas aprovações que transformam o Fundo em outro produto. Quando as mudanças focam no seu CORE e trazem maior liberdade e agilidade pra seguir no CORE é uma coisa. Quando permite ter qualquer ativo, contratar qualquer pessoa ligada pode dar uma guinada forte na direção. Posso estar errado, mas não li nada sobre os % mínimos e máximos que cada ativo sugerido possa ter. A gestão vi pode ter quanto de outros FII? Quanto de ação? Quanto de FIDC? Quanto de FIP? Vai focar mais em qual? Qual vai ser a nova estratégia: valor ou crescimento? renda ou ganho de capital? Qual relação?

      Contratar as pessoas ligadas a empresa tem vantagem. Mas tb pode gerar mais custos se várias forem contratadas com o intuito de gerar mais alfa. Isto é, não precisa agora de um especialista em gestão imobiliária mas contrata um ligada a empresa. Contrata tb para todas as demais frentes, mesmo sem necessitar no momento. Quero dizer com isso que essa liberdade pode gerar mais custos e rodar capital entre as empresas sem necessidade. Vejam, é um achismo meu. Posso estar muito equivocado.

      Como bem disseram: LIBERDADE TOTAL HARD PLUS

      Isso muda o DNA do Fundo. Ao menos é o que achei ao ler a carta consulta (que só chegou no meu email hoje. Vai entender). Mandei algumas questões pro RI. No aguardo pra poder refletir melhor em alguns pontos. Mas por hora, sigo concordando com o Renato. Votar NÃO mantem o fundo como sempre foi e no caminho que desejamos. E se essas mudanças são pra encaixar operações já feitas e que podem ser contestadas por conflito, a gestão perde um ponto por ter feito antes de sondar os cotistas. Mesmo que seja pro fundo melhorar e tal. Temos um caminho mais transparente pra seguir. Novamente, achismo meu.

      Valeu!!!

      Curtido por 4 pessoas

      1. Pessoal,

        Respeito e muito a opinião de todos.

        Mas preciso postar aqui que após a conversa com o RI e ter temas e cenários levantados alguns pontos alteraram a minha visão inicial.

        Vcs sabem que sou simplista e conservador no que tange a determinadas mudanças. Só que ao enxergar o Fundo hoje e daqui uns 5 anos, da pra sentir que as mudanças propostas são pra permitir que ele chegue la na frente robusto, consistente e lucrativo. Características que desejo nos meus investimentos de longo prazo.

        O TGAR hoje e talvez amanha nunca consiga apenas com voto dos institucionais atingir 25% e conseguir aprovação para certos itens de pauta. Já pensaram nisso?

        A questão da Stone tinha ficado de fora na minha primeira leitura da consulta. De fato quando se olha os números e os avanços na tecnologia voltada para desenvolvimento imobiliário e para o braço financeiro que fomenta tal setor, da pra entender como baratear custos e tornar todo o processo mais lucrativo ao longo do tempo. Vale conversar com o RI e ver os novos projetos e entender como avançar na tecnologia torna TUDO mais interessante. Esse ponto me forçou a inúmeras reflexões.

        Ver o que o TGAR foi quando começou, esta sendo e pode vir a ser da bastante respaldo para as aprovações apresentadas. Se vão passar é outra história.

        Muita confusão com a questão da “sociedade” com AlphaVile. Entender a tese e compreender o que AlphaVile representa no CORE do TGAR pode ajudar a compreender melhor esta questão.

        No geral e após reflexões, já não vejo o Fundo mudando seu DNA ou querendo tirar proveito com os itens propostos. E mais, aprovar 10Bi não é dar cheque em branco. Eles tinham um de 2Bi, e ainda estão com 1.5Bi. Concordo que o numero 5x maior do atual assusta e faz pensar. Foi no supetão. Bem como o email enviado pelo Administrador que poderia ter escolhido melhor as palavras chaves…marketing é tudo 😉

        Como disse, respeito a todos. Sou cotista e vou votar conforme acredito ser melhor pensando la na frente em 5 ou 10 anos. E já vou fazer minha parte sobre o atual administrador: troca ou força a ter voto eletrônico 🙂

        Valeu!!!

        Curtido por 1 pessoa

    1. Teve emissão e é um fundo híbrido de desenvolvimento puro e de papel. Par mim, era esperado e com boas chances de bombar em futuro próximo. O que limita mesmo é a tx de performance, mas historicamente tem entregado bons rendimentos.

      Curtido por 1 pessoa

      1. Parece papo de “corretor imobiliario” fazer um “jogo de números”, quando for vender um imóvel e pegar outro na permuta…

        125,77 + 5,55 (4,42%), R$131,32 (antes)
        passou para R$ 128,67 + 4,91 (3,82%), R$133,58…

        E ainda vi muita gente (até de casa de research) elogiando o gestor que “conseguiu” reduzir os custos da emissão…

        Cada um enxerga o que quer…

        Curtido por 5 pessoas

    1. Virou … 🤡🤡çada! Querem chegar aos R$ 2 BB “autorizados” pelos cotistas que nem sabem em que votam; se, votam ! E quem leva CHUUMBO GROSSO ? O cotista B&H que verá sua distribuição reduzida até alocação plena.

      >>> Percebem que a cotação deu uma “reagida” na última semana apenas para DESPENCAR por causa do anúncio da emissão que deveria ser SIGILOSO ??

      Curtir

      1. Quando divulgaram o FR novo da emissao, o povo achou que ontem seria a data-base… aí comecou a reagir até entenderem que não era. Portanto, creio que a cotacao vai subir para obtencao de direitos e que a emissao nao serpa esse fracasso anunciado.

        Curtido por 1 pessoa

      2. Datas divulgadas.

        Cotação reagindo, conforme eu imaginei. No momento +/- 4% acima do preço da emissão.

        Data Base = 30/04
        Negociação = 05 à 17/05
        Preferência = 05 à 19/05 + Liquidação= 20/05
        400 não tem sobras
        Público = 05 à 24 + Liquidação = 28/05

        Curtido por 3 pessoas

      3. Corrida ” ao pote de ouro “. Na verdade, a emissão patinou, as cotações caíram e reformulam a coisa a preços maiores e uma aparente puxada para atrair incautos. Tremendo ôba-ôba. O mal cheiro vem aumentando. Ou vendo parte ” com” para subscrever, ou deixo passar se o spread for insignificante. Dinheiro ” novo” nesta coisa ? NEM PENSAR

        Curtido por 3 pessoas

    2. Corrida ” ao pote de ouro “. Na verdade, a emissão patinou, as cotações caíram e reformulam a coisa a preços maiores e uma aparente puxada para atrair incautos. Tremendo ôba-ôba. O mal cheiro vem aumentando. Ou vendo parte ” com” para subscrever, ou deixo passar se o spread for insignificante. Dinheiro ” novo” nesta coisa ? NEM PENSAR

      Curtir

    3. >>> último relat. gerencial dá conta que há ainda em caixa cerca de 17% do PL.
      >>> nessa faixa de preço da cotação, a emissão [custos incluidos] está colada no VPA
      >>> rendimento nominal quanto percentual.. SEMPRE muito interessantes

      CANDIDATO meu em potencial para aumentar posição no secundário; sem participar da emissão.

      Curtido por 2 pessoas

      1. Mesma situação.

        Olhando o mercado e pensando. As cotas estão asseguradas ate a data limite.

        Já é uma posição significativa na carteira. Mas possuem uma visão que me agrada. Possuem projetos para muitos anos a frente. Focam numa região muito interessante. O conjunto me agrada.

        Tico e teco aqui pensando bem… 🙂

        Valeu!!!

        Curtido por 1 pessoa

      2. pois é … em termos de emissão e re-posicionamento / re-alocação … os múltiplos da TGAR parecem estar muito mais interessantes do que o HCTR; esta muito mais “esticada”…

        Curtir

  1. 4.34. Cronograma Estimado das Etapas da Oferta
    Encontra-se abaixo o cronograma estimado para as principais etapas da Oferta:
    Evento Etapa Data Prevista
    (1) (2) (3)
    1 Protocolo do pedido de registro da Oferta na CVM e na B3 16/03/2021
    2 Registro da Oferta 30/03/2021
    3 Divulgação do Anúncio de Início 31/03/2021
    4 Divulgação deste Prospecto 31/03/2021
    5 Início do Prazo de Exercício do Direito de Preferência e negociação do Direito de Preferência 08/04/2021
    6 Início do Período de Subscrição 08/04/2021
    7 Encerramento da negociação do Direito de Preferência na B3 16/04/2021
    8 Encerramento do exercício do Direito de Preferência na B3 20/04/2021
    9 Encerramento do exercício do Direito de Preferência no Escriturador 22/04/2021
    10 Data de Liquidação do Direito de Preferência 22/04/2021
    11 Divulgação do Comunicado de Encerramento do Período de Exercício do Direito de Preferência 23/04/2021
    12 Encerramento do Período de Subscrição dos Investidores 23/04/2021
    13 Data de Realização do Procedimento de Alocação 26/04/2021
    14 Data de Liquidação da Oferta 29/04/2021
    15 Data estimada para o encerramento da Oferta e divulgação do Anúncio de Encerramento 06/05/2021

    Curtido por 2 pessoas

  2. O preço unitário de emissão das Novas Cotas de R$ 125,77 (cento e vinte e cinco reais e setenta e sete centavos) por Nova Cota.

    Os Cotistas do Fundo no dia da divulgação do anúncio de início da Oferta terão o direito de preferência na subscrição das Novas Cotas objeto da Oferta (“Direito de Preferência”), na proporção do número de cotas do Fundo que possuírem na referida data, conforme aplicação do fator de proporção equivalente a 0,37613401813.

    Custo de distribuição de R$ 5,55. 😣😣😣😣😣

    Curtido por 3 pessoas

  3. A fome deste pessoal para arrecadar está muito maior que até o Knri…os caras querem dinheiro !!!! Os quotistas tem que darem um basta nisso !!! Até às métricas para desempenho….os favorecem !!! Está desproporcional !!! Depois eles fazem um café para o pessoal/comentaristas/Youtubers de Fiis…perdi minha confiança neste fundo e seus gestores !!!

    Curtido por 2 pessoas

NOVOS COMENTÁRIOS AQUI: (sem links, emails ou telefones)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s