RBRF11 – RBR Alpha

RBRF11

Objetivo: Auferir rendimentos e ganhos de capital na aquisição de Fundos Imobiliários (“FII”), Certificados de Recebíveis Imobiliários (“CRI”), e outros ativos líquidos ligados ao mercado imobiliário.

Taxa de Gestão:
0,8% a.a. sobre o patrimônio líquido (PL) do Fundo

Taxa de Administração:
0,2% a.a. sobre o patrimônio líquido (PL) do Fundo

Taxa de Performance:
20% sobre o que exceder o Benchmark

Benchmark:
Maior entre: i) IGP-M + 3% a.s.; ou ii) 4.5% a.s.

Ativos

“Alpha”
Principal estratégia do Fundo, com foco em fundos imobiliários que investem diretamente em imóveis prontos, majoritariamente abaixo do custo de reposição, com objetivo de capturar a valorização dos ativos independentemente do nível de dividendos pagos;

“Beta”
Posições táticas, focando em fundos imobiliários com ativos estabilizados e que pagam dividendos constantes. Estes
fundos são mais sensíveis às oscilações de curto prazo do quadro macroeconômico como redução ou aumento da taxa de juros. Em um momento mais otimista do mercado, alocaremos um percentual maior nesta estratégia

CRI High Yield
Geração de retornos acima do benchmark através de investimentos em dívida imobiliária, com garantias e recebíveis
imobiliários. Miramos um retorno esperado maior do que NTNB + 2% com foco na qualidade das garantias imobiliárias. Nesta estratégia entendemos que a diversificação é fundamental para mitigar riscos

Liquidez

Recursos aguardando alocação futura. São momentaneamente investidos em ativos de alta liquidez (Tesouro, Fundos de Renda Fixa, FIIs e/ou CRIs High Grade (Retorno esperado menor do que NTNB + 2% com foco no crédito corporativo)

RI: sh-contato-fundoimobiliario@btgpactual.com

Autor: Tetzner

Engenheiro, Investidor há mais de20 anos, autor de 2 livros e pioneiro em Fundos Imobiliários :)

138 comentários em “RBRF11 – RBR Alpha”

      1. … mas não deixam de ter RAZÃO: “… em entrar no mérito de como são realizados os laudos de avaliação de imóveis dos fundos de tijolo, uma coisa é possível afirmar: os laudos foram realizados em sua maioria no fim do ano passado. De lá para cá, vemos o custo de construção (INCC) avançando 11,2% no ano. Ou seja, o custo de reposição dos bons ativos também subiu no período …”

        >>> Só que … esqueceram de considerar o AUMENTO da SELIC que BARATEIA os imóveis (pelo aumento na esteira do juros do financiamento o que dificulta a aquisição, o que trás os preços para baixo)

        Curtir

    1. Sim … “… Ainda analisando o PL do Fundo, hoje o portfólio conta com 44% em crédito (CRIs, Fundos de CRI e Caixa) e 56% em tijolo. Aos preços atuais, o investidor pode comprar o portfólio de crédito do RBRF11 no seu valor patrimonial e o portfólio de tijolo com 15% de desconto vs seu preço no secundário. É importante lembrar que a maioria dos fundos de tijolo atualmente já negocia com relevante desconto com relação aos seus valores patrimoniais. Desta forma, o investidor do Alpha hoje compra o portfólio de crédito no seu PL e o portfólio de tijolo com desconto de 29% com relação ao PL dos fundos investidos …” bom para quem quer ENTRAR.

      >> MAs e para quem já está DENTRO do fundo; COMPRADO ? Comé q fica ?

      Curtir

      1. Quem já está, e quer sair, vai pagar o “desconto” de quem vai entrar agora.
        Quem já está, e quer permanecer, vai ter que aguardar um bom tempo para sair no “zero a zero”.
        É o ônus de quem fez posição em FII com selic a 2%. 🙂

        Curtido por 1 pessoa

  1. Aiiiinnn … mas tem a renda-“incorporada” 🤣🤣😤🤬😡🥵👊👊👊👊
    (nunca fiquei tão P. qto o tal relatório do HFOF do vídeo de hj…)

    >>> Tenho pena de quem acreditou no SONHO de viver de RENDA de Fii … (o gráfico fala por si só! Lembrando que … o Gestor autorizou o ALUGUEL de suas cotas, eihm !!)

    Curtir

    1. A renda é distribuída mensalmente Renato, a conta do HFOF é recompondo ela, exemplo

      100 e pagou 0,50

      99,50 e pagou mais 0,50

      se a cota estiver a 100 hj, na real ela é 101

      para comparar com o iFIX vc tem de fazer isso, pois o iFIX reincorpora a renda da carteira teórica, os fundos distribuem

      Curtir

    1. “… o Fundo conta hoje com uma Reserva a Distribuir de R$ 0,40/cota, o que nos traz confiança em seguir com o direcionamento de dividendos entre R$0,60/cota e R$0,80/cota para os próximos 2 meses do semestre …”

      >>> melhor que o VIFI (apenas R$ 0,20) e com quase mesmo desconto em relação ao VPA.

      Curtido por 1 pessoa

  2. … informa aos cotistas e ao mercado em geral que: (i) A Gestora, buscando o melhor alinhamento com os interesses dos Cotistas do Fundo, resolveu, de forma voluntária, renunciar, durante a competência do ano de 2021, a uma parte da taxa de gestão dos investimentos alocados em fundos geridos pela RBR, desde que o investimento dos veículos da RBR seja igual ou superior a 1/3 (um terço) das cotas do fundo investido. (ii) A renúncia de parte da taxa de gestão impactará as remunerações devidas a partir de maio/21, e ocorrerá proporcionalmente ao patrimônio líquido alocado nos veículos que cumpram tal requisito, sendo tal métrica apurada mensalmente. O valor da renúncia abrangerá os valores apurados com base em tal regra desde janeiro/2021 …

    Curtido por 2 pessoas

NOVOS COMENTÁRIOS AQUI: (sem links, emails ou telefones)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s