Cotistas do MFII11 – Mérito FII

Prezados,

Tanto a Planner quanto a Mérito vem tentado ao longo das últimas 48 horas entrar em contato com a CVM e obter vistas do processo que deflagou a suspensão da negociação do MFII11.

É impossível contra argumentar ou providenciar a defesa, contestar as acusações e até corrigir os pontos que forem necessários sem que seja obtido acesso ao processo.

Ambas estão com o amparo dos respectivos escritórios de advocacia atuando, porém nessa hora acho eu que o reforço de todos os 8.101 cotistas faz-se necessário para a autarquia agir com celeridade.

Que sejam apurados os fatos, mas que também seja dado Amplo Direito de Defesa ao FII.

Não podemos condenar sem julgamento, julgar sem provas e sem dar acesso à quem está sendo acusado.

O que está em jogo aqui é o Patrimônio de TODOS nós cotistas, que existe e é embasado nos laudos de avaliações, para propriedades escrituradas no CNPJ do FII e devidamente registradas em cartório, sendo boa parte delas com FLUXO contante de pagamento de parcelas.

Peço a todos os cotistas que façam cadastro na Planner para entrarmos juntos no reforço do pedido de acesso à todo conteúdo da Acusação.

Liguem para a Planner utilizando o telefone 0800-179 444 (opção 1) – ligação gratuita e só funciona de telefone fixo.

A Planner vai pegar os e-mails e telefones desses cotistas e juntar com o mailing de clientes Planner cotista do Mérito para agilizar a comunicação sobre o andamento das diretorias Planner e Mérito com a CVM.

Anúncios

37 comentários sobre “Cotistas do MFII11 – Mérito FII

    • Putz!
      Pessoal “amando” e defendendo os administradores e gestores do MFII11, depois de aplicarem golpes e lesarem suas economias.
      É o caso do sequestrado que se apaixona pelo sequestrador, que se chama, salvo engano, Síndrome de Estocolmo.
      A psicologia (ou psiquiatria) explica?

      Curtir

      • Na moral, que trollzinho insistente.

        Ou vc é insider ou quer so fazer tumulto mesmo.
        Até haver esclarescimentos claros das duas partes nada pode ser alegado.
        Se existe duvida sobre a operacao o processo investigativo irá sanar a questão.
        Nunca vi tanta vontade de aparecer…

        Curtido por 5 pessoas

    • Tetz.:
      As provas precisam sim ser entregues aos acusados, para as suas defesas.
      Mas, para mim, trata-se de mera formalidade processual.
      Substancialmente as fraudes são explícitas e gritantes, não precisa a CVM apresentá-las num caderninho bem organizado para me convencer. Aliás, antes mesmo da suspensão, havia muitos indícios de irregularidades que poderiam ser vistos nos balanços do mfii11 (não vou enumerá-los porque não é o caso aqui, e outros já fizeram em vários foruns).
      Penso que para quem foi lesado o mais propositivo seria tocar (ou liquidar) o mfii com novos administradores e gestores. Não faz sentido manter os fraudadores à frente do fundo. Para tal, os cotistas teriam que se mobilizar no sentido de procurar alguém que se disponha a assumir este “abacaxi” e, ato seguinte, tentar passar isso em assembléia.
      Ficar defendendo os fraudadores que lhes causaram prejuízos é fazer o jogo deles.
      Boa sorte a todos!

      Curtido por 3 pessoas

  1. Ótima iniciativa. Como cotista tb acredito que podemos ajudar ao menos não deixando a CVM ficar levando essa situação sem um prazo bem definido. A autarquia precisa saber que suas ações afetam diretamente milhares de investidores. E que nós, precisamos saber tudo sobre a questão e ainda poder acompanhar todo o processo.

    Eu como cotista tenho o direito de saber o que esta havendo e de como será dado todo o processo, há que a CVM existe para cuidar das regras e do investidor. Por isso já fiz um pedido formal a CVM, solicitando uma consulta ao processo e pedindo detalhes e prazos. Ao menos a CVM vai saber que tem gente querendo entender tudo isso é que estão de olho na situação. Acho que 8.000 pedidos de consulta ao processo iriam no mínimo deixar o colegiado preocupado e evitaria algum tipo de letargia na resolução.

    Enfim, acho que é o mínimo que posso fazer sendo investidor e cotista. Quero que a gestora apresente tudo e deixe bem explicado. Pra isso precisamos da CVM com boa vontade.

    Valeu!!!

    Curtido por 10 pessoas

      • Sancionatório não.
        O processo é de investigação. Se fosse de sanção já teria a definição da pena aplicada.
        O pior é que já entramos no terceiro dia, a cota cada dia mais se “desvaloriza” perante o mercado com suas suspeitas e invenções e ninguém esclarece nada.
        Vamos fechar 72 horas sem uma informação ficta? Nem a Polícia é tão amadora num processo investigativo quanto a CVM está sendo.

        Curtido por 3 pessoas

      • Pessoal reclamando de 72 horas sem informação?
        Este evento vai durar muitos anos. Podem anotar e cobrar.
        Vejam os casos dos Bancos Santos, Nacional, Econômico, Bamerindus, …

        Curtir

      • Baseado nos comentarios anteriores a suspensão, podemos concluir que isso foi bom para o cotista, certo??

        – Não terá emissao, logo ninguem sera diluido
        – Os rendimentos continuam normalmente, pois, como ja dizia antes, não precisa de emissao ou taxa de ingresso pra proporcionar o rendimento
        – Logo, poderemos comprar cotas no secundario por 70, ou ate menos… poderemos chegar a quase 2% de rendimento mensal.
        – Se ha total confiança no gestor, os empreendimentos exitem, valem o que se pensa que valem, qual a preocupação??

        Curtido por 3 pessoas

      • Daniel,

        Em tese. Entretanto, a partir do momento que a CVM afirma que “constatou “a existência de irregularidades, assim como “indícios” de gestão fraudulenta, etc, precisamos saber o que foi que ela descobriu/apurou de concreto para verificar se nosso juízo acerca do fundo/gestão permanece o mesmo ou não. Pra isso, precisamos ter acesso aos detalhes do processo que culminou nessa suspensão…

        Curtido por 3 pessoas

    • Bom dia prezados,
      Eu acredito que é um processo administrativo pelo que olhei na pauta do dia que o mesmo foi analisado pelo colegiado, o número do processo é oque o colega colocou acima 19957.006941/2017-32.

      Pesquisando na consulta de processos da CVM não consegui localizar, então abri uma consulta para obter mais informações sobre o processo.

      Pelo que observei no site da CVM a reunião do colegiado é semanal, creio então que somente na próxima semana é que teremos alguma novidade sobre o assunto.

      Até lá eu desejo que a Planner e a Mérito tenham argumentos fortes para pedir retratação do que ouve, principalmente se o que ouve for somente divergência de entendimento!

      Bom dia pra todos nós!

      Curtido por 4 pessoas

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s