HCTR11 – FII Hectare

O Hectare CE FII é um fundo imobiliário que busca proporcionar aos cotistas a valorização e a rentabilidade de suas Cotas no longo prazo, por meio de investimentos em ativos imobiliários, auferindo rendimentos e ganhos de capital advindos destes.

O Fundo investirá preponderantemente em Certificados de Recebíveis Imobiliários – CRI.

PÚBLICO ALVO: Investidores em Geral
INÍCIO DO FUNDO: 19/09/2018
PRAZO DE DURAÇÃO: Indeterminado
CNPJ: 30.248.180/0001-96
GESTOR: Hectare Capital Gestora de Recursos Ltda
ADMINISTRADOR: Vórtx DTVM Ltda

TAXA DE ADMINISTRAÇÃO, CONTROLADORIA E CUSTÓDIA: 0,21% a.a. do PL
TAXA DE GESTÃO: 0,99% a.a. do PL
TAXA DE PERFORMANCE: 10% sobre o que exceder a variação de 100% do CDI

RI: ri@hectarecapital.com.br

Autor: Tetzner

Engenheiro, Investidor há mais de20 anos, autor de 2 livros e pioneiro em Fundos Imobiliários :)

136 comentários em “HCTR11 – FII Hectare”

  1. Ainda sobre a “confusão”…

    Não há mecanismo de reajuste automático de cotações na plataforma da B3 devido a emissões. O que há é um leilão de abertura onde os players socam a cotação para baixo (aplicando a “Lei dos R$ 10,00”), visando realizar ganhos e reciclar capital.

    Com essa nova emissão de R$ 70 MM, o fundo irá mais do que dobrar de tamanho (PL atual de R$ 50 MM). Para quem irá subscrever os direitos de preferência, atentar para o fato de qua a distribuição irá cair proporcionalmente, até locação dos recursos.

    Curtir

    1. Não Renato, quando há emissão a propria B3 faz o ajuste usando a ponderação das cotas atuais x ultimo negocio + cotas emissão x preço emissão dividido pela quantidade total de cotas (atuais + emissão)
      esse fica sendo o novo preço de fechamento do dia anterior

      Curtido por 1 pessoa

      1. A corretora está considerando o fator de proporção de 1,35566476613%. Ou seja, quem tem 100 cotas, apareceu UM recibo de subscrição na custódia. Responderam meu e-mail agora as 17h13.

        Não teria que ser 135?

        Curtir

      2. Esse fator de proporção tbm tava equivocado, tinham colocado 1,35 considerando fator, e na verdade, o campo deve informar % de subscrição. (dessa vez, demitem o estagiário…). Mas tbm já corrigiram isso no aviso na b3, a sua corretora deve ter ciência em breve.

        Valeu

        Curtir

    1. Q confusão …

      O pregão marca 129.53 BRL +4.77 (+3.82%), sendo que abriu com GAP de baixa mais de 10%.

      Realmente … a cotação foi “ajustada” devido a emissão, e não por causa do leilão de abertura

      Q confusão ….

      Curtir

      1. Estou compradaço, e levando porr4da! por causa desse gap de baixa por causa da “emissão”. 🤬🤬 Prejuízo aí de uns 10%.

        Sim, vou exercer. Minha estratégia é de participar com 100%, me desfazendo de 1/2 da posição atual (depois do anuncio da distribuição) para “financiar” a parte restante.

        N!ao tenho $$ para 135% … nem quero comprometer meu % de alocação que já está no limite da irresponsabilidade.

        Curtir

      1. hmmm .. como disse nosso colega acima, houve um comunicado de emissão (3a.).

        Mas como o site da B3 (pelo menos para mim) está “Indisponível” … não sei dos detalhes.

        Essa 3a. emissão é de cerca de R$ 70 MM @ R$113,XX/cota, destinada exclusivamente aos cotistas do Fundo na proporção de 138%.

        Curtir

      2. Relação de Investidores Profissionais:

        -Investidor PF com com aplicações financeiras superiores a R$ 10M;
        -Instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo Bacen;
        -Companhias seguradoras e sociedades de capitalização;
        -Entidades abertas e fechadas de previdência complementar;
        -Fundos de investimento;
        -Clubes de investimento, desde que tenham a carteira gerida por administrador de carteira de valores mobiliários -autorizado pela CVM;
        -Agentes autônomos de investimento, em relação a seus recursos próprios;
        -Administradores de carteira, em relação a seus recursos próprios;
        -Analistas e consultores de valores mobiliários autorizados pela CVM, em relação a seus recursos próprios;
        -Investidores não residentes.

        Sds.

        Curtir

      3. Isso aí … compram com cotação próx ao VP, já saem ganhando cerca de 30% apenas pela cotação atual, inflam mais uns 30% durante os próx 90 dias (de quarentena) para derrubar seus 30% e mantendo o ganho em relação ao VP. NEGOÇÃO !!

        Curtir

      4. No caso, os investidores profissionais levam vantagem apenas no direito às sobras. O direito de preferência dos cotistas é garantido a todos, na proporção informada, profissionais ou não. Não vi nenhum descalabro nisso (claro, seria melhor poder ter direito às sobras tbm, mas paciência). Mas, no geral, achei coerente a emissão de um fundo de papel com valor igual ao VP, não se pagando ágio, no entanto, exclusivo para quem já é cotista, beneficiando os mesmos.

        Curtido por 1 pessoa

    1. Renato,

      Eram questões protocolares, erro de preenchimento daquele formulário de anúncio da emissão. Tanto que a proporção agora foi ajustada, era 138 %, agora 135 %. A data “com” direitos tbm estava dúbia. Em resumo, cag… do estagiário. Seeeegue o jogo

      Curtido por 2 pessoas

      1. Oscilação já esperada (flippers), pois hoje liberaram a negociação das cotas final 13 emitidas na última captação.
        Depois, a tendência é normalizar (pelo menos até janeiro).
        Sds.

        Curtir

      1. A situação é tão escabrosa que… basta uma negociação de compra-e-venda de zé-com-zé de UMA cota… para fazê-la chegar onde quiserem … ASSISTIMOS isso aqui.

        Curtir

      2. A rapinagem continua … Colocam ordem R$ 3,00 abaixo da cotação corrente… abre-se um GAP entre compra/venda … que só ordem “oculta” consegue aproveitar … e quando vai lá para verificar quais corretoras estão na(s) ponta(s) … advinhem ? Nesses R$ 111 de custo, tem muita madeira para queimar ainda … fazem o que querem!

        Curtir

    1. Pasando os olhos do relatório gerencial mais recente… de olho no DRE Gerencial entre mar-ago/2019.. no zig-zag [+/- comportado] do “Total de Receitas” x “Despesas” e… por último, os “Resultados” distribuídos aos 200 e poucos cotistas… chego à seguinte conclusão, considerando o resultado de hoje: MÉDIA do Valor do provento por cota no perído de R$ 1,15.

      Curtir

      1. Nãão!!! nesses patamares… cotação acima uns 40% acima da emissão ? … nào dá nem prá olhar …
        Quem sabe se baixar [bem!] depois do desdobramento …

        Melhor “especulação” no HABT11 … cuja cotação é cerca de apenas uns 4% acima do preço emissão. E isso, sem nem entrar em outros méritos … como PL… HABT = 10x PL do HCTR … o que oferece um maior potencial de segurança, rendimento e … mitigação do risco.

        A confeir … 🙂 estou de olho em todos: MFII, TGAR, HABT e HCTR. Muito embora estejam formatados em segmentos ANBIMA diferentes … estou analisando-os ocmo “desenvolvimento” fossem.

        Curtir

  2. Dados HISTóRICOS de PERFORMANCE… curiosos!
    (fonte: site do fundo)

    Data Distribuição por cota Cota Patrimonial Rentabilidade mês Rentabilidade Gross-Up Rentabilidade %CDI
    Oct-18 3.92 1,021.63 0.4% 0.5% 91.5%
    Nov-18 4.49 1,030.46 0.4% 0.5% 103.9%
    Dec-18 7.14 1,048.52 0.7% 0.8% 162.3%
    Jan-19 5.02 1,059.88 0.5% 0.6% 102.5%
    Feb-19 7.47 1,062.59 0.7% 0.8% 167.6%
    Mar-19 5.61 1,068.46 0.5% 0.6% 131.8%
    Apr-19 8.80 1,069.49 0.8% 1.0% 186.8%
    Mai-19 14.37 1,071.75 1.3% 1.6% 290.5%
    Jun-19 10.20 1,099.29 0.9% 1,1% 233.0%
    Jul-19 13.71 1,114.83 1.2% 1.4% 279.1%
    Ago-19 15.80 1.117,11 1.4% 1.7% 346.2%

    >>> Enquanto o fundo estava “fechado” … antes do Inicio das Negociação em 10/07/19 … o fundo mal-mal entregava um resultado no mês (DY) sequer “decente”. Foi só iniciar a negociação em bolsa e… boom!!! Os DOIS primeiros meses BEM acima de 1%, cercade de o DOBRO dos meses anteriores … e consequentemente … a rentabilidade relativa ao CDI (onde incide a taxa de performance) … outro … boom!!! A conferir.

    Curtir

  3. Interessante esse fundo CRI, eihm! Qual a mágica ?

    Olhando rapidamente os números …

    TAXA DE ADMINISTRAÇÃO, CONTROLADORIA E CUSTÓDIA: 0,21% a.a. do PL
    TAXA DE GESTÃO: 0,99% a.a. do PL
    TAXA DE PERFORMANCE: 10% sobre o que exceder a variação de 100% do CDI
    ——————————-
    MUITO BEM abaixo da concorrência (HABT11 e TGAR11 e… menos mas tbém MFII11)

    PATRIMÔNIO LÍQUIDO: R$ 28.273.250
    COTISTAS: 204
    P/VPA: 1270/1123 = 1.13
    ——————————
    Fundo bem pequeno (corrobora minhas estatísticas de que “fundo menor distribui [nominalmente] melhor.”)

    Residencial Multipropriedade: 53%
    Loteamento: 43%
    ————————————
    ligados a projetos de 1ª e 2ª moradia. (HABT11 e TGAR11 e… menos mas tbém MFII11)

    EM TEMPO:
    Se não fosse a ficha “Avisa Aí FIIs” … nem saberia que esse HCTR11 – Hectare CE FII existia

    Curtir

    1. Quadro rápido de comparativo entre os 4 fundos de “desenvolvimento” multi-propriedade:

      FII… Cotação… Renda ($)… VPA… PL… Cotistas… P/VPA… DY(cotação)… DY(vpa)

      MFII11… $118.50… $1.08… $126.66… $274,484,886.50… 14578… 0.94… 0.91%… 0.85%
      HCTR11… $1,330.00… $15.80… $1,123.50… $28,383,491.59… 239… 1.18… 1.19%… 1.41%
      TGAR11… $137.50… $0.86… $127.03… $320,115,955.85… 5037… 1.08… 0.63%… 0.68%
      HABT11… $103.50… $- … $98.61… $236,655,709.57… 2933… 1.05… 0.00%… 0.00%

      Curtir

      1. Sim … correto! mas na prática … todos esses 4 fundos aí … TGAR, HABT, HCTR e MFFI … estão lidando com “multi-propriedade”. Inclusive, se reparar bem, a estrutura das taxas de admin/gestão/performance são praticamente idêndicas.

        Se são proprietários diretamente, ou indiretamente através de uma incorporadora que adquiriu um CRI deles para tocar a obra … para mim, não vem ao caso.

        Aliás … eu acho até que “não ser proprietário” diminui o risco do fundo; pelo menos… há mais garantias e menos dor de cabeça com a obra em si.

        Sigo ana;laisando os 4 no mesmo segmento: “desenvolvimento.”

        Curtir

    2. Esse fundo … diferentemente do HABT11 .. já iniciou negociando e distribuindo renda!!
      Sem desculpas, sem leoro-lero … de lucro acumulado contábil … nada!!
      TUDO ALOCADO e distribuindo sem dó nem canela.

      Vai ser ótimo… ficar de olho nos 4: a corrida vai ser boa!!
      HCTR11, HABT11 e TGAR11 e… menos mas tbém… MFII11.

      Curtir

      1. @Anderson … minha opinião e/ou cenário (=”aposta” -rsrs): quando o desdobramento acontecer, o DY ficará mais claro de se entender para a massa d einvestidores, e aí … vejo duas possibilidades – ou os fundos pares acompanharão, ou esse daqui cai.

        A tendência é seguir a média… da cotação ou DY. O MFII e TGAR e HABT estão abaixo da média enquanto que o HCTR está bem acima.

        Agora … se forem comparar esse HCTR com outros fundos de p[apel tipo VRTA, BCRI, etc … aí complica ainda mais, pois “ainda” está “barato” frente a eles … mesmo com esse indicadores esticados e índices de contrato na estratosfera.

        Curtir

    3. “Se não fosse a ficha “Avisa Aí FIIs” … nem saberia que esse HCTR11 – Hectare CE FII existia”.
      *
      O ticker deste fundo já consta na relação na aba “Início” do blog.
      Só observar com mais atenção que vai enxergá-lo lá.
      Sds.

      Curtir

  4. Data-base (último dia de negociação “com” direito ao provento) 30/08/2019
    Data do pagamento 13/09/2019
    Valor do provento por cota (R$) 15,8
    Período de referência 08-2019
    Ano 2019
    Rendimento isento de IR* Sim

    Curtir

      1. Já respondido pelo colega Anderson acima.
        Observação: qual o motivo dessa ansiedade?
        Precisa fazer estardalhaço em toda postagem?
        Creio que não precise disso, concorda?
        Sds.

        Curtir

      2. Primeiro que agindo assim, você lembra a imagem do cachorro correndo atrás do próprio rabo.
        Segundo, você parece que prioriza estudar fundos depois que eles entram num canal de alta.
        Daí já lembra a imagem de chegar atrasado à estação de trem e o perder.
        Precisa corrigir esse comportamento, na minha opinião.
        Este fundo, aos moldes do HABT, possui um portfólio “mais arriscado” e com prêmio gordo nos CRIs que o compõem (não é a toa, reitero).
        Portanto, se somarmos isso ao contexto de juros futuros, Selic e prêmios pagos em queda, ele propicia um retorno muito atrativo. Sua 2ª emissão vai propiciar um aumento do PL (mitigar risco pela diversificação de portfólio) e o desdobramento – na proporção 1:10 – vai aumentar sua liquidez.
        Além disso, sugiro que olhe os últimos relatórios do IRDM e veja qual FII entrou na carteira do dito.
        Se isso tudo não for um “senhor” cenário favorável à alta na cotação, eu não sei o que pode mais ser.
        Sds.

        Curtir

      3. ninguém aqui está “priorizando” nada … como animal, gosto de latir … para incomodar os vizinhos. Faço isso de propósito.

        O único cenário atual favorável a alta … é … a BOLHA. Economia REAL em frangalhos; promessas e expectativas.

        Lá para os idos de 2021 … antes da virada do ano da eleição de 2022 … veremos o que acontecerá com a BOLHA.

        Curtir

    1. Vendo o debate dos amigos aqui, fiquei curioso e fiz uma rápida consulta na carteira de investimentos deste Fundo. O risco dele é bem turbinado, não? As análises de rating que consultei me fazem crer que o público-alvo são pessoas de sangue gelado…ou sem sangue nas veias.

      Curtir

      1. Uma rápida consulta no fundo … me impressiona a jovialidade dos gestores aliado ao curriculo profissional.
        É uma geração que está sabendo extrair água de pedra. Não estão de brincadeira, não. Ou, estão. 😉

        Curtir

      2. Renato, não sei. De brincadeira, ninguém está. Mas os investimentos que fazem me deixou com preocupação alheia. Bem, certamente não sou o público-alvo deste Fundo.

        Curtir

      3. Pensando com os meus botões aqui … ao ler o Relatório Gerencial

        Os vencimentos dos CRIs desse fundo são de … médio/curto prazo [ 5 anos]

        O duration médio é de TRÊS anos.
        Pergunto: Nos próximos, digamos, 3 anos …

        Qual seria a probabilidade da inflação “disparar” ?
        Qual seria a probabilidade da taxa SELIC “disparar” ?

        Como penso ser bem baixa a probabilidades de ambas, e portanto…
        … o IPCA, IGPM vai continuar bem baixo também …

        NADA MAIS produtivo QUE METER A FACA na outra ponta… 11%, 12%…15%.
        Se não for assim .. como se vai OBTER RETORNO e custaer as despesas ?

        Quando o cenário mudar … oxalá, findados os contratos ou perto disso
        Muda-se também a ppolítica de remuneração.

        Por enquanto … cobra-se o que estão dispostos a pagar.

        Curtir

      1. coloquei lá na ficha e adicionei ai em cima na relação 🙂

        vocês podem ajudar fazendo o mesmo com algum que estiver faltando, posta na ficha e me cita no comentário que coloco aqui

        Curtir

NOVOS COMENTÁRIOS AQUI: (sem links, emails ou telefones)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s