PATC11 – Pátria Edifícios Corporativos FII

O Pátria Edifícios Corporativos FII é um fundo de investimento imobiliário gerido pelo Pátria Investimentos. O objetivo do fundo é a obtenção de renda e eventual ganho de capital através da aquisição de lajes corporativas em grandes cidades brasileiras.

Desta forma, o PATC11 é uma opção interessante a investidores institucionais e investidores pessoas físicas que buscam distribuições de rendimento mensais isentas de imposto de renda e apreciação do patrimônio no longo prazo.

Nome do Fundo Pátria Edifícios Corporativos Fundo de Investimento Imobiliário – FII
CNPJ 30.048.651/0001-12
Código ISIN BRPATCCTF002
Código de Negociação PATC11
Tipo e Prazo do Fundo Condomínio fechado, com prazo indeterminado.
Tipo ANBIMA FII Renda/Gestão Ativa – Segmento de Atuação: Lajes Corporativas
Gestora do Fundo Pátria Investimentos Ltda.
Administradora do Fundo Modal Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda.
Escriturador/Custodiante Banco Modal S.A.
Formador de Mercado XP Investimentos Corretora de Câmbio, Títulos e Valores Mobiliários S.A.
Número de Cotas 3.700.000

Taxa de Administração O Administrador receberá remuneração, fixa e anual, conforme percentuais constantes da tabela abaixo, incidente sobre o valor de mercado da somatória das Cotas do Fundo a partir do momento em que as Cotas do Fundo possuírem valor de mercado atribuído pela negociação de suas Cotas na B3, observado que será devido o valor mínimo mensal de R$ 125.000,00 (cento e vinte e cinco mil reais).

Valor de Mercado das Cotas de Emissão do Fundo Percentual da Taxa de Administração (ao ano)
Até R$ 300.000.000,00 1,175%
Acima de R$ 300.000.000,00 e até R$ 600.000.000,00 1,165%
Acima de R$ 600.000.000,00 1,150%

A Taxa de Administração compreende, além da remuneração devida ao Administrador e ao Gestor e Consultor Especializado, os serviços de controladoria, custódia e escrituração das Cotas. Adicionalmente, o Gestor e Consultor Especializado decidiram, por mera liberalidade, não receber temporariamente parcela da taxa de administração à qual fazem jus em razão da prestação de serviços de gestão da carteira do Fundo e de consultoria especializada do Fundo, durante o período de 1 (um) ano contado da data de publicação do Anúncio de Encerramento, na proporção de 0,25% (vinte e cinco centésimos por cento) ao ano em relação a cada uma das atividades, de modo que em tal período, a Taxa de Administração será reduzida em 0,50% (cinquenta centésimos por cento) ao ano. Ao término do referido período, a parcela da Taxa de Administração a que o Gestor e o Consultor Especializado fazem jus voltará a ser cobrada pelo seu valor originalmente estabelecido.

Remuneração do Gestor A Taxa de Administração compreende a remuneração devida ao Gestor.
Distribuição de Resultados O Administrador distribuirá aos Cotistas, independentemente da realização de Assembleia Geral, no mínimo, 95% (noventa e cinco por cento) dos lucros auferidos pelo Fundo, apurados segundo o regime de caixa, com base em balanço ou balancete semestral encerrado em 30 de junho e 31 de dezembro de cada ano.

Os lucros auferidos serão distribuídos aos Cotistas e pagos mensalmente, sempre no 6º (sexto) Dia Útil do mês subsequente ao do recebimento dos recursos pelo Fundo, a título de antecipação dos rendimentos do semestre a serem distribuídos, sendo que eventual saldo de resultado não distribuído como antecipação será pago no prazo máximo de 10 (dez) Dias Úteis após o encerramento dos respectivos semestres, podendo referido saldo ter outra destinação dada pela Assembleia Geral, com base em eventual proposta e justificativa apresentada pelo Gestor.

Autor: Tetzner

Engenheiro, Investidor há mais de20 anos, autor de 2 livros e pioneiro em Fundos Imobiliários :)

37 comentários em “PATC11 – Pátria Edifícios Corporativos FII”

  1. Fato Relevante
    MODAL DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA., na qualidade de administrador e PÁTRIA
    INVESTIMENTOS LTDA., na qualidade de gestor do PÁTRIA EDIFÍCIOS CORPORATIVOS, vêm comunicar aos cotistas e ao mercado em geral que celebraram nesta data, Escritura de Compra e Venda para aquisição definitiva de um conjunto comercial do Edifício Icon Faria Lima, com área total de 450 m2, localizado na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Avenida Faria Lima, nº 3311, Itaim Bibi, pelo valor de R$ 9.400.000,00 (nove milhões e quatrocentos mil reais), integralmente pago nessa data.
    A transação refere-se à quarta aquisição de ativos imobiliários do Fundo, em total alinhamento com sua tese de investimentos em imóveis de alta qualidade, localizados nos principais eixos corporativos da cidade de São Paulo e com bons inquilinos. O Imóvel encontra-se totalmente locado para a Prudential do Brasil Seguros de Vida S.A.
    A referida aquisição impacta positivamente a distribuição de rendimentos futuros, com um incremento de aproximadamente R$ 0,01 por cota.

    Curtir

  2. FATO RELEVANTE

    Nesta data, foi formalizado o “Ato do Administrador para Aprovação da Oferta Primária de Cotas da 2ª (segunda) Emissão do Pátria Edifícios Corporativos Fundo de Investimento Imobiliário -FII”, com esforços restritos de colocação, nos termos da Instrução da CVM nº 476.

    – A Oferta Restrita será destinada exclusivamente aos atuais Cotistas do Fundo, bem como a investidores profissionais;
    – Serão emitidas, inicialmente, até 1.975.382(um milhão, novecentas e setenta e cinco mil, trezentas e oitenta e duas)novas cotas;
    – O valor total da emissão será de, inicialmente, até R$ 206.427.419,00(duzentos e seis milhões, quatrocentos e vinte e sete mil, quatrocentos e dezenove reais), considerando o Valor da Nova Cota, podendo ser diminuído em virtude da Distribuição Parcial;
    – O preço de emissão das Novas Cotas será de R$ 104,50 por Nova Cota, definido com base na média do valor de mercado, desde a data de constituição do Fundo até a data de divulgação deste Fato Relevante, o qual inclui o Custo de Distribuição (R$ 3,25);
    – O fator de proporção para subscrição de Novas Cotas durante o prazo para exercício do Direito de Preferência, equivalente a 1,3151222461, a ser aplicado sobre o número de Cotas detidas por cada Cotista na data de divulgação deste Fato Relevante;

    Curtir

    1. Insana a movimentação neste fundo esses dois últimos dias. Na “data com” (2/12) forte volume e alta; ok, vazou para alguns que teria emissão, claro! Até aí acontece 😦 — acontece mas acho que a CVM teria que tomar alguma ação nesses casos.
      Mas a loucura começa no dia seguinte: o fundo chegou a subir mais de 10% quando as cotas NÃO TERIAM MAIS DIREITO À SUBSCRIÇÃO! O que esse povo pensa?
      E hoje continua! Nestes últimos 3 dias alta de 4,01%, 5,47% e 4%!

      Curtir

  3. ata da informação
    29/11/2019
    Data-base (último dia de negociação “com” direito ao provento)
    29/11/2019
    Data do pagamento
    09/12/2019
    Valor do provento por cota (R$)
    0,4
    Período de referência
    Novembro
    Ano
    2019
    Rendimento isento de IR*
    Sim

    Curtir

  4. Fato Relevante

    MODAL DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA., na qualidade de administrador e PÁTRIA INVESTIMENTOS LTDA., na qualidade de gestor do PÁTRIA EDIFÍCIOS CORPORATIVOS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO – FII , Código de Negociação PATC11, vêm comunicar aos Cotistas e ao mercado em geral que celebraram nesta data, sob condições precedentes, Compromisso de Compra e Venda (“CCV”), tendo por objeto a aquisição de um conjunto comercial do Edifício Icon Faria Lima, localizado na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Avenida Faria Lima, nº 3311, Itaim Bibi, CEP 04538-133, pelo valor de R$9.400.000,00 (nove milhões e quatrocentos mil reais), a ser pago quando superadas as condições precedentes do CCV.

    Ressaltamos que o Fundo não desembolsou recursos, pois não houve pagamento de sinal.

    A transação refere-se à quarta aquisição de ativos imobiliários do Fundo em total alinhamento com sua tese de investimentos de imóveis de alta qualidade, localizados nos principais eixos corporativos da cidade de São Paulo e com bons inquilinos.

    São Paulo, 28 de novembro de 2019

    Curtido por 1 pessoa

  5. + VLOL 😀 (na verdade unidades físicas onde o VLOL tem também)

    PÁTRIA EDIFÍCIOS CORPORATIVOS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO – FII
    (“Fundo”), constituído sob a forma de condomínio fechado, de acordo com a Lei nº 8.668, de 25 de junho de 1993, conforme alterada (“Lei nº
    8.668/93”) e a Instrução da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) nº 472, de 31 de outubro de 2008, conforme alterada (“Instrução CVM nº
    472”), Código de Negociação PATC11, vêm comunicar aos Cotistas e ao mercado em geral que celebraram nesta data, Escritura de Compra e
    Venda para aquisição definitiva de dois conjuntos comerciais do Edifício Vila Olímpia Corporate, Torre B, com área total de 754 m2
    , localizado na
    Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Rua Fidêncio Ramos, nº 302, Vila Olímpia, CEP 04551-010 (“Imóvel”). O valor de R$ 12.280.253,00
    (doze milhões, duzentos e oitenta mil e duzentos e cinquenta e três reais) foi integralmente pago nessa data.
    A transação é a terceira aquisição de ativos imobiliários do Fundo, em total alinhamento com sua tese de investimentos em imóveis de alta
    qualidade, localizados nos principais eixos corporativos da cidade de São Paulo e com bons inquilinos. O Imóvel encontra-se totalmente locado e
    possui 02 inquilinos: (i) Randstad Brasil Recursos Humanos, empresa multinacional especializada em soluções de trabalho flexível e recursos
    humanos e (ii) Suse Software Solutions Brasil, empresa multinacional que fornece soluções de infraestrutura de nuvem e armazenamento com
    foco no segmento corporativo.
    A referida aquisição impacta positivamente a distribuição de rendimentos futuros, com um incremento de aproximadamente R$ 0,015 por cota.
    Ressaltamos, no entanto, que o cálculo do valor relativo à distribuição de rendimentos é fruto do resultado das diversas alocações existentes no
    Fundo, inclusive das aplicações financeiras, que vêm sendo negativamente impactadas com os cortes da taxa básica de juros (Selic) realizados até o
    momento, além dos esperados até o final do ano. Desta forma, a distribuição de rendimentos poderá sofrer alterações ao longo do tempo.
    O Administrador e o Gestor se colocam à disposição para quaisquer esclarecimentos que se façam necessários.

    Curtir

  6. concorrência para o VLOL rsrs

    PÁTRIA EDIFÍCIOS CORPORATIVOS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO – FII (“Fundo”), constituído sob a forma de condomínio fechado, de acordo com a Lei nº 8.668, de 25 de junho de 1993, conforme alterada (“Lei nº 8.668/93”) e a Instrução da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) nº 472, de 31 de outubro de 2008, conforme alterada (“Instrução CVM nº 472”), Código de Negociação PATC11, vêm comunicar aos Cotistas e ao mercado em geral que celebraram nesta data, sob condições precedentes, Compromisso de Compra e Venda (“CCV”), tendo por objeto a aquisição de dois conjuntos comerciais do Edifício Vila Olímpia Corporate, Torre B, localizado na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Rua Fidêncio Ramos, nº 302, Vila Olímpia, CEP 04551-010 (“Imóvel”), pelo valor de R$12.280.253,00 (doze milhões, duzentos e oitenta mil e duzentos e cinquenta e três reais), a ser pago quando superadas as condições precedentes do CCV.

    Ressaltamos que o Fundo não desembolsou recursos, pois não houve pagamento de sinal.
    A transação refere-se à terceira aquisição de ativos imobiliários do Fundo em total alinhamento com sua tese de investimentos de imóveis de alta
    qualidade, localizados nos principais eixos corporativos da cidade de São Paulo e com bons inquilinos.
    O Administrador e o Gestor se colocam à disposição para quaisquer esclarecimentos que se façam necessários.
    São Paulo, 14 de agosto de 2019.

    Curtido por 1 pessoa

  7. Publicado o segundo relatório gerencial do fundo. Sem grandes novidades.

    Comentários do Gestor
    Continuamos conferindo foco total na aquisição de ativos imobiliários. Nossa intenção é compor um portfólio robusto de lajes corporativas, com geração de renda e também com potencial de apreciação. Para isso, montamos um pipeline criterioso, que hoje possui negociações em diferentes estágios. Nossa expectativa é compor um portfólio de 7.500m² a 9.000m² de ABL própria.

    Portfólio
    37% ativos imobiliários (Ed.Sky Corporate – R$ 50.596.108,60).
    40% CRIs (R$ 57.923.258,26)
    20% Renda fixa (CDB, NTN, títulos públicos – R$ 28.666.519,90) (Compromissada Over TPF – R$ 8.886,98)
    4 % LCI (R$ 5.565.357,75)
    O Pátria segue buscando ativamente por oportunidades de aquisições em linha com a tese de investimentos do Fundo e espera concluir o processo de alocação do portfólio em até 6 meses.

    Curtido por 1 pessoa

  8. Distribuição de Rendimentos | Junho de 2019

    MODAL DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA.,na qualidade de administrador e PÁTRIA INVESTIMENTOS LTDA., na qualidade de gestor do PÁTRIA EDIFÍCIOS CORPORATIVOS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO –FII, , vêm comunicar aos Cotistas e ao mercado em geral o quanto segue:
    – Nos termos da Cláusula 12.2 do Regulamento do Fundo, comunicamos que o lucro auferido para a 3º Distribuição de Rendimentos, referente ao mês de junho de 2019 (data-base 28/06/2019) será de R$ 0,26por cota.
    – O pagamento será realizado no 6º dia útil do mês (8 de julho de 2019) aos detentores de cotas do Fundo no fechamento do dia 28 de Junho de 2019. Referida distribuição leva em consideração a aquisição das lajes do Ed. Sky Corporate e os atuais ativos líquidos, já contemplando os desembolsos e despesas iniciais do Fundo.

    Vale ressaltar que, apenas no mês de junho, ocorreram os seguintes efeitos em razão da aquisição do Ed. Sky Corporate:
    (i) os recursos necessários para a realização da transação estavam alocados em aplicações financeiras e, quando resgatados, não tiveram o rendimento total do período;e
    (ii) o impacto positivo advindo das receitas de locação ainda não ocorreu, uma vez que o imóvel foi adquirido no dia 11/06/2019 e o Fundo somente fará jus aos respectivos alugueis a partir do mês de julho.

    O patrimônio atual do Fundo já está parcialmente alocado em ativos imobiliários (aproximadamente 1/3 do volume total) e o restante permanece alocado em operações compromissadas, CDBs e LCIs.

    Atenciosamente,

    São Paulo, 28 de junho de 2019

    Curtir

  9. Fato Relevante

    MODAL DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA., na qualidade de administrador e PÁTRIA INVESTIMENTOS LTDA., na qualidade de gestor do PÁTRIA EDIFÍCIOS CORPORATIVOS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO –FII, vêm comunicar aos Cotistas e ao mercado em geral que celebraram, nesta data, Escritura de Compra e Venda para aquisição definitiva de dois andares (9º e 10º) do Edifício Sky Corporate, localizado na Rua Gomes de Carvalho 1996, Bairro da Vila Olímpia, na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo. O valor de R$ 50.596.108,60 foi integralmente quitado nesta data. A transação é a primeira aquisição de ativos imobiliários do Fundo, em total alinhamento com sua tese de investimentos em imóveis de alta qualidade, localizados nos principais eixos corporativos da cidade de São Paulo e com bons inquilinos. O Imóvel encontra-se totalmente locado para a EDP Energias do Brasil S.A., empresa multinacional do setor de energia. A referida aquisição contempla aproximadamente um terço do capital disponível do Fundo e impacta positivamente a distribuição de rendimentos futuros, com um incremento de aproximadamente R$ 0,08 (oito centavos) por cota. O Administrador e o Gestor se colocam à disposição para quaisquer esclarecimentos que se façam necessários.

    São Paulo, 11 de junho de 2019.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Edifício Sky Corporate – TESE DE INVESTIMENTO

      A primeira aquisição de ativos imobiliários do PATC11 está alinhada com nossa tese de investimentos focada em imóveis de alta qualidade, localizados nos principais eixos corporativos da cidade de São Paulo e com bons inquilinos.
      A transação contempla a aquisição de 2 andares do Edifício Sky Corporate (9º e 10º andares), imóvel classe AA localizado na Rua Gomes de Carvalho, 1996, Vila Olímpia, em São Paulo, e é equivalente a 2.689,52 m2 de área BOMA², correspondente à participação de 10,5% no edifício.
      O valor de aquisição é de R$ 50.596.108,60³, equivalente a R$ 18.812,32/m², pagos à vista, no momento da assinatura da Escritura de Compra e Venda. Os andares adquiridos pelo fundo estão 100% locados para a EDP Energias do Brasil S.A., empresa multinacional do setor de energia, e o valor de locação está em linha com os alugueis de mercado praticados na região.
      Considerando todos os custos envolvidos na transação e a receita atual de locação do imóvel, o cap rate da aquisição está entre 7,0% e 8,0% a.a. Dessa forma, quando comparamos o retorno esperado desta aquisição com os retornos atuais provenientes das aplicações financeiras do fundo (onde estavam alocados os recursos necessários para a transação), há uma expectativa de incremento de R$ 0,08/cota/mês na distribuição de dividendos do fundo.

      Especificações técnicas:
      Classificação: Classe AA
      Edifício entregue em 2012
      Sustentabilidade: Certificação LEED Green Building Gold
      Área total do edifício: 25.606 m² (BOMA¹)
      Andares: 19 pavimentos tipo, divididos entre zonas alta e baixa. Zona Baixa: 1.345m² / Zona Alta: 1.148m²
      Pé direito livre: 3,00 m entre o piso elevado e o forro
      Ar condicionado: Sistema central tipo VRF (Variable Refrigerant Flow), com controle individual por unidade
      Geradores: Áreas comuns e privativas
      Bicicletário com vestiário
      Circulação Vertical: Total de 13 elevadores inteligentes com chamada antecipada. 10 elevadores sociais de acesso às zonas de andares, 3 elevadores de acesso à garagem
      Estacionamento com 928 vagas distribuídas em 6 sobressolos – Relação de 28 m²/ vaga.

      Dados contratuais:
      Inquilino: EDP Energias do Brasil S.A.
      Índice de reajuste: IGP-M
      Mês de reajuste: julho
      Início da ocupação: novembro de 2012
      Renovatória: 2021

      Curtido por 2 pessoas

      1. Contrato próximo a renovação. Cap rate de 7-8%….
        19k por M2 é um pouco salgado para a Vila Olímpia.
        O gestor pode estar apostando na queda dos juros…..

        Curtido por 1 pessoa

  10. Distribuição de Rendimentos | Maio de 2019

    MODAL DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA., na qualidade de administrador e PÁTRIA INVESTIMENTOS LTDA., na qualidade de gestor do PÁTRIA EDIFÍCIOS CORPORATIVOS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO, vêm comunicar aos Cotistas e ao mercado em geral o quanto segue:
    – Nos termos da Cláusula 12.2 do Regulamento do Fundo, comunicamos que o lucro auferido para a 2º Distribuição de Rendimentos, referente ao mês de maio de 2019(data-base 31/05/2019) será de R$ 0,30 por cota.
    – O pagamento será realizado no 6º dia útil do mês (10 de junho de 2019) aos detentores de cotas do Fundo no fechamento do dia 31 de Maio de 2019. Referida distribuição é equivalente aos atuais ativos líquidos, já contemplando os desembolsos e despesas iniciais do Fundo.O patrimônio atual do Fundo permanece totalmente alocado em operações compromissadas, CDBs e LCIs.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Só começando….gosto muito da equipe do Pátria e da forma deles de fazerem negócios.

      To fora pors questão estratégica do perfil da minha carteira. mas o selo Pátria vai parecer logo logo neste fundo. Ao menos é o que acho. Quando? Não sei. Quanto vai refletir? Não sei.

      Valeu!!!

      Curtido por 1 pessoa

    2. coolinkbr

      A captação foi no limite, R$150 milhões. Desses, R$50 milhões vão para a aquisição no Edifício Sky Corporate. Mantendo o padrão, dá pra imaginar mais duas aquisições no curto prazo. A torcida é para repetir o ALZR11, que começou com dois imóveis, e agora deve conseguir mais sete após a segunda emissão.

      Curtido por 1 pessoa

  11. À
    B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão

    “Considerando o fato relevante de 06/05/2019, solicitamos informar, até 08/05/2019, o reflexo nas futuras distribuições de rendimentos do Fundo, decorrente da celebração do compromisso de compra e venda para aquisição de dois andares do Edifício Sky Corporate.”

    MODAL DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA., na qualidade de administrador do PÁTRIA EDIFÍCIOS CORPORATIVOS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO – FII , vem, em resposta ao Ofício B3 276/2019 – SLS de 07/05/2019, prestar informações adicionais ao Fato Relevante publicado no dia 06 de Maio de 2019:

    Primeiramente ratificamos que o Compromisso de Compra e Venda (“CCV”), que tem por objeto a aquisição de dois andares do Edifício Sky Corporate, localizado na Rua Gomes de Carvalho, 1996, Bairro da Vila Olímpia, na Cidade de São Paulo – SP (“Imóvel”), pelo valor de R$ 50.596.108,60 (cinquenta milhões, quinhentos e noventa e seis mil, cento e oito reais e sessenta centavos), assinado no dia 06 de Maio de 2019, possui condições precedentes e o valor somente será quitado quando referidas condições forem superadas, mediante assinatura da Escritura de Compra e Venda (“Escritura”) e consequente transferência da propriedade ao Fundo.
    Ressaltamos que o Fundo não desembolsou recursos com a assinatura do CCV, pois não houve pagamento de sinal.
    Caso as condições precedentes sejam superadas e seja celebrada a Escritura, uma vez recebido o aluguel mensal a que o Fundo faz jus, o reflexo nas futuras distribuições de rendimentos do Fundo será um incremento de aproximadamente R$ 0,07 (sete centavos) por cota, considerando as atuais despesas de manutenção do Fundo.
    Referida informação não constitui promessa de rentabilidade, tratando-se apenas de uma projeção condicionada a fatores de riscos decorrentes dos investimentos do Fundo.
    Por oportuno, informamos que será encaminhado novo Fato Relevante ao Mercado e aos Cotistas assim que o Ativo for adquirido pelo Fundo.
    Sendo o que nos cabia informar, permanecemos à disposição.

    MODAL DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA.

    São Paulo, 08 de Maio de 2019.

    Curtido por 1 pessoa

  12. pra mim é mais do mesmo, tem muita gente se especializando em lançar FII sem nada de novo na administração e pra fazer com o dinheiro o que outros já fazem. Lucrar com taxas e entregar o feijão com arroz, as vezes nem isso.

    Curtir

  13. Fato Relevante

    MODAL DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA., na qualidade de gestor do PÁTRIA EDIFÍCIOS CORPORATIVOS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO – FII (“Fundo”), Código de Negociação PATC11, vêm comunicar aos Cotistas e ao mercado em geral que celebraram, nesta data, sob condições precedentes, Compromisso de Compra e Venda (“CCV”), tendo por objeto a aquisição de dois andares do Edifício Sky Corporate, localizado na Rua Gomes de Carvalho 1996, Bairro da Vila Olímpia, na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo (“Imóvel”), pelo valor de R$ 50.596.108,60 (cinquenta milhões, quinhentos e noventa e seis mil, cento e oito reais e sessenta centavos), a ser pago quando superadas as condições precedentes.
    A transação refere-se à primeira aquisição de ativos imobiliários do Fundo em total alinhamento com sua tese de investimentos de imóveis de alta qualidade, localizados nos principais eixos corporativos da cidade de São Paulo e com bons inquilinos. A referida aquisição contemplará aproximadamente um terço do capital disponível do Fundo.
    O Administrador e o Gestor se colocam à disposição para quaisquer esclarecimentos que se façam necessários.

    São Paulo, 06 de maio de 2019.

    Curtido por 2 pessoas

  14. Data da informação 30/04/2019
    Data-base (último dia de negociação “com” direito ao provento) 30/04/2019
    Data do pagamento 09/05/2019
    Valor do provento por cota (R$) 0,30
    Período de referência Abril
    Ano 2019
    Rendimento isento de IR* Sim

    Curtir

  15. O Administrador receberá remuneração, fixa e anual, conforme percentuais constantes da tabela abaixo, incidente sobre o valor de mercado da somatória das Cotas do Fundo a partir do momento em que as Cotas do Fundo possuírem valor de mercado atribuído pela negociação de suas Cotas na B3, observado que será devido o valor mínimo mensal de R$ 125.000,00 (cento e vinte e cinco mil reais).

    Valor de Mercado das Cotas de Emissão do Fundo Percentual da Taxa de Administração (ao ano)
    Até R$ 300.000.000,00 – 1,175%
    Acima de R$ 300.000.000,00 e até R$ 600.000.000,00 1,165%
    Acima de R$ 600.000.000,00 1,150%

    A Taxa de Administração compreende, além da remuneração devida ao Administrador e ao Gestor e Consultor Especializado, os serviços de controladoria, custódia e escrituração das Cotas. Adicionalmente, o Gestor e Consultor Especializado decidiram, por mera liberalidade, não receber temporariamente parcela da taxa de administração à qual fazem jus em razão da prestação de serviços de gestão da carteira do Fundo e de consultoria especializada do Fundo, durante o período de 1 (um) ano contado da data de publicação do Anúncio de Encerramento, na proporção de 0,25% (vinte e cinco centésimos por cento) ao ano em relação a cada uma das atividades, de modo que em tal período, a Taxa de Administração será reduzida em 0,50% (cinquenta centésimos por cento) ao ano. Ao término do referido período, a parcela da Taxa de Administração a que o Gestor e o Consultor Especializado fazem jus voltará a ser cobrada pelo seu valor originalmente estabelecido.

    Curtir

    1. Estratégia

      A estratégia do Fundo consiste na seleção, aquisição e administração ativa de um portfólio de edifícios de escritórios de alta qualidade (A/A+) nas maiores cidades do país, com preponderância de exposição à cidade de São Paulo. Os ativos poderão ser adquiridos parcial ou totalmente locados.
      Após passar a constituir o portfólio do Fundo, a gestão do imóvel será executada de forma ativa pelo time de asset management do Pátria. A equipe será responsável pela locação dos ativos, buscando pró-ativamente inquilinos de primeira linha no mercado. A gestão operacional e técnica dos ativos será planejada e supervisionada pela equipe de engenharia do Pátria, podendo ter sua execução terceirizada para empresas especializadas.
      Através de uma gestão ativa na locação de espaços, administração dos ativos e na compra/venda dos mesmos, o Pátria irá trabalhar para obter crescimento de renda e apreciação imobiliária através do incremento da ocupação dos futuros ativos que comporão o Fundo, bem como aumento dos valores de locação.
      A área imobiliária do Pátria já vendeu mais de 15 imóveis ao longo de sua história, a maioria para fundos imobiliários (FIIs).

      Curtir

      1. Rendimentos

        Os lucros auferidos serão distribuídos aos Cotistas e pagos mensalmente, sempre no 6º (sexto) Dia Útil do mês subsequente ao do recebimento dos recursos pelo Fundo, a título de antecipação dos rendimentos do semestre a serem distribuídos, sendo que eventual saldo de resultado não distribuído como antecipação será pago no prazo máximo de 10 (dez) Dias Úteis após o encerramento dos respectivos semestres, podendo referido saldo ter outra destinação dada pela Assembleia Geral, com base em eventual proposta e justificativa apresentada pelo Gestor.

        Curtir

NOVOS COMENTÁRIOS AQUI: (sem links, emails ou telefones)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s