VINO11 – Vinci Offices

O Vinci Offices FII (VINO) irá investir, preferencialmente, em prédios ou lajes de edifícios corporativos, majoritariamente locados e que possuam pelo menos um dos atributos abaixo:

“Preço de Emissão” R$ 63,50 (sessenta e três reais e cinquenta centavos) por Nova Cota

Fundo: Vinci Offices Fundo de Investimento Imobiliário
Tipo e Prazo do Fundo: Condomínio fechado, com prazo indeterminado.
Gestão: Ativa pelo Gestor.
Segmento ANBIMA: Lajes Corporativas.
Administrador e Custodiante: BRL Trust Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A.
Gestor: Vinci Real Estate Gestora de Recursos Ltda.
Escriturador BRL Trust Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A., qualificada na seção
“Definições” na página 9 deste Prospecto Preliminar.
Auditor Independente: UHY Bendoraytes & Cia Auditores Independentes
Formador de Mercado: XP Investimentos

Objeto do Fundo: O objetivo do Fundo é a obtenção de renda, mediante a aplicação de recursos correspondentes, a, no mínimo, 2/3 (dois terços) de seu Patrimônio Líquido em Imóveis, prontos ou em construção, para obtenção de renda, bem como em quaisquer direitos reais sobre os Imóveis, ou, ainda, pelo investimento indireto em Imóveis, mediante a aquisição de Ativos Imobiliários (conforme definidos neste Prospecto Preliminar), bem como o ganho de capital obtido com a compra e venda dos Imóveis ou dos Ativos Imobiliários. A aquisição dos Imóveis pelo Fundo visa a proporcionar aos seus Cotistas (conforme definidos neste Prospecto Preliminar) a rentabilidade decorrente da exploração comercial dos Imóveis, bem como pela eventual comercialização dos Imóveis. O Fundo poderá realizar reformas ou benfeitorias nos Imóveis com o objetivo de potencializar os retornos decorrentes de sua exploração comercial ou eventual comercialização.
Mais informações sobre o Objeto do Fundo podem ser encontradas no seu Regulamento, constante do Anexo I do Prospecto.

Autor: Tetzner

Engenheiro, Investidor há mais de20 anos, autor de 2 livros e pioneiro em Fundos Imobiliários :)

70 comentários em “VINO11 – Vinci Offices”

  1. Para quem está acompanhando (… e comprando):

    >>> É claro que a lógica de ontem não é a mesma lógica de hoje … a voz da razão foi finalemnte ouvida ? De que o CoWorking vazio paga aluguel do mesmo jeito ? Ou teria sido a a voz da especualção … ? Não é dica de nada !

    Curtir

    1. Lendo os relatórios e assistindo a entrevistas dos gestores … chego a TRANQUILA conclusão (ñ é dica de nada!!) que o fundo tem grana prá vários anos; vários anos ! Só de caixa … possui lá uns R$ 60 milhões.

      Curtir

      1. Renato,
        O último relatório da Vinci faz um importante apanhado sobre esse fundo. Em linhas gerais os resultados não distribuídos por cota permitem uma distribuição entre 3 a 4 meses.
        Esses 60 MM em caixa estão ligados a obrigações de longo prazo.
        Eu não acredito que a quarentena dure tanto tempo.
        A Vinci realmente tem feito um bom trabalho com seus fundos imobiliários.

        Curtido por 2 pessoas

      1. @Billie … o pessoALL deve estar pensando que o maior inquilino, aquele de Coworking, não irá pagar seu aluguel se ninguém vir para alugar seus espaços -rsrrs Assim como, se uma empresa envia para casa seus funcionários, a sede não pagaria aluguel do imóvel vazio kkk!!!

        Sinceramente ? isso é que dá ser da geração de iPad, iPhone, GoogleSearch, etc … nào conseguem conviver coma realidade !! kkkkkk

        Curtir

  2. Nova aquisição:

    “… informam aos cotistas e ao mercado em geral o que segue:

    O Fundo concluiu, na presente data, a aquisição de 20,11% da fração ideal do Ativo “LAB 1404”, equivalente a 1.382,44 m² de área BOMA própria, situados no último pavimento do Edifício. O Ativo está localizado na Rua Mourato Coelho, 1404, na Vila Madalena, São Paulo, Estado de São Paulo.

    O valor total da aquisição foi de R$ 21.627.021, que compreende o pagamento à vista da primeira parcela de R$ 14.095.223 concomitante à assinatura da promessa de compra e venda na data de hoje, e o pagamento da segunda parcela de R$ 7.531.798 em até 180 dias a contar do pagamento da primeira parcela, sem correção monetária. O Fundo passa a ter posse do ativo e direito ao NOI em regime caixa a partir desta data. Nessa transação, a gestão estima um cap rate de 6,7% para os próximos 12 meses”.

    Curtido por 1 pessoa

      1. 6.7% … Padrão internacional, @Tetz … -rsrsr
        Com taxa de juros nesse patamar, essa é a nova realidade! E … pode PIORAR ! (Mas creio mesmo que apostam nos reajustes futuros do aluguel …)

        [e a cotação, eihm!!! Vendo aqui + detalhadamente … bateu na máx em R$ 72,44 !!! hoje … +R$ 4,00 acima do fechamento de ontem… kkkk isso, para uma renda adicional de R$ 0.01/cota ao mês !!]

        Curtir

      2. A área adquirida pelo Fundo encontra-se 100% locada para a Escola Britânica de Artes Criativas (EBAC), instituição inovadora de ensino superior em Artes Criativas e Design, através de contrato típico com vencimento em junho de 2021.

        Provavelmente apostam em reajuste do aluguel daqui um ano para melhorar o cap rate. Mas é o primeiro prédio em que o fundo não será majoritário. Tomara que seja alvo de uma próxima emissão para aumento da participação.

        Curtido por 1 pessoa

NOVOS COMENTÁRIOS AQUI: (sem links, emails ou telefones)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s