XPPR11 – XP Properties

Objetivo do Fundo:
O XP Properties FII tem como objetivo auferir ganhos pela aquisição e exploração comercial de empreendimentos preponderantemente na área de lajes corporativas, educação e hospitais.

Início do Fundo: Dezembro 2019
CNPJ: 30.654.849/0001-40
Código B3 / ISIN: XPPR11 / BRXPPRCTF000

Patrimônio Líquido: R$ 414.150.417
Número de Cotistas: 20.454
Categoria ANBIMA – Foco de Atuação: FII de Renda Gestão Ativa – Lajes corporativas, educação e hospitais.
Gestor: XP Vista Asset Management Ltda.
Administrador: Vórtx DTVM Ltda.

Taxa de Administração: De 0,95%-0,75% a.a., em regra de cascata conforme previsto no regulamento.
Taxa de Performance: 20% do que exceder o benchmark.
Benchmark: IPCA + 6,0% a.a.

Inquilinos:
Cielo / Outros / Elopar / WeWork / Qualicorp
49% / 20% / 12% / 9% / 9%

Edifício Rebouças
São Paulo, SP – Bairro Pinheiros

Box 298
São Paulo, SP – Bairro Vila Madalena

Edifício Santa Catarina
São Paulo, SP – Bairro Bela Vista

Edifício Corporate Evolution
Barueri, SP – Bairro Alphaville Industrial

Tributação:
Pessoas físicas que detêm volume inferior a 10% do total do fundo, desde que o fundo possua, no mínimo, 50 cotistas e suas cotas sejam negociadas exclusivamente em Bolsa ou mercado de balcão
organizado (Lei 11.196/05), são isentas de Imposto de Renda nos rendimentos distribuídos e tributadas em 20% de Imposto de Renda sobre eventual ganho de capital na venda da cota

RI: ri@xpasset.com.br

Autor: Tetzner

Engenheiro, Investidor há mais de20 anos, autor de 2 livros e pioneiro em Fundos Imobiliários :)

42 comentários em “XPPR11 – XP Properties”

  1. A coisa aqui tá feia hein. Só derretendo e um fundo que está alavancado. Como vai fazer emissão pra pagar o que deve desse jeito ? A única saída é ficar sem pagar dividendos pra amortizar essa dívida, duvido que o mercado entra numa emissão aqui novamente.

    Curtir

  2. A DESTRUIÇÃO do valor do patrimônio do cotista aqui nem é comparável ao VIFI da Vinci… o GESTOR embarcou em uma AVENTURA futurística de um edifício cuja promessa de retorno, se houver, só acontecerá caso as empresas decidam por voltar aos escritórios em sua plenitude… quais as chances disso acontecer????

    E as taxinhas de gestão ? Foram destruídas também na mesmabproporçâo oubseguem punjantes e inalteradas como se nada estivesse acontecendo ?

    Curtir

  3. ENCERROU emissão …

    >>> solicitaram R$ 300 paus, levaram uns R$ 235 milhões. Nada mal, mas … creio que o “povo” tá alerta! Enquanto não alocam o $$$ onde será que o estacioanarão ? Na renda fixa rendendo negativo ?

    Curtir

  4. FATO RELEVANTE: “… celebrou o contrato de locação não residencial com a SGS DO BRASIL LTDA, companhia multinacional, líder em serviços de inspeção, verificação, testes e certificação de atividades industriais, relativo aos conjuntos n°s 1901, 1902, 1903 e 1904 (19º andar) do Condomínio Evolution Center, localizado em Alphaville, Barueri/SP, com área bruta locável total de 1.734,34 m² com prazo de vigência de 60 meses a partir de 01/01/2021. A receita acumulada do Contrato, considerando a soma dos recebíveis relativos aos 12 primeiros meses de vigência, é estimada em R$ 0,18 por cota [0.015/cota/mês]. A partir do 13º mês a receita mensal decorrente do Contrato, por cota, sem considerar a correção inflacionária prevista no Contrato, é estimada em R$ 0,02 por cota. …”

    >>> Continha de padaria: cap_rate = 1735 m² x 0,015/cota/mês x 4.320.000 cotas = R$ 112.428.000,00/mês … R$ 64 mil/m² ????????

    Curtir

NOVOS COMENTÁRIOS AQUI: (sem links, emails ou telefones)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s