Carteiras Comentadas

Não fazemos recomendações de Compra/Venda de Ativos, cabendo a cada um decidir o que é mais adequado ao seu perfil. FIIs tem Risco e NÃO são Renda Fixa.

1- é recomendável a todo investidor, ler pelo menos os 2 últimos relatórios e informes gerenciais que podem ser encontrados na bovespa.

2- interessante também olhar a performance histórica do fundo, de preferencia dos 12 últimos meses, para ter uma noção da renda paga já que há fundos que tem a renda distorcida por conta de apgamentos anuais e semestrais. Lembrando que rentabilidade passada nao é garantia de rentabilidade futura

3- ler os comentários recentes e ficha dos fundos que deseja ter em carteira e postar as dúvidas de cada fundo que aos poucos nós vamos respondendo

Incentive o Blog, assine os produtos e serviços!

Mini_FitaProdServ

Compartilhe com o amigos, basta clicar aqui embaixo no Twitter, Facebook ou Google+

Os comentários aqui publicados não constituem recomendação de compra ou venda de ativos; são opiniões divulgadas para incentivar o debate. Não recomendo ou incentivo que sejam tomadas decisões sobre investimentos de qualquer tipo; nosso foco é educacional e não me responsabilizo por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

1.148 comentários sobre “Carteiras Comentadas

  1. Buenas gurizada, estou pensando em formar uma carteira com dez FIIs para longo prazo.
    Minhas ideia até agora é:
    BRCR
    HGRE
    KNRI
    RNGO
    MXRF
    FFCI
    HGLG
    HGBS
    JSRE
    E mais um fundo de tijolo, alguma sugestão?

    Curtir

  2. Estou precisando de uma dica Galera.
    Acho que minha carteira está um pouco desbalanceada demais.
    28% está em FII de papel, porém na seguinte composição:
    20% BCRI (Já considerando a subscrição de sobras da 3 emissão)
    4% VRTA
    4% KNCR
    Alguém propõe alteração destes percentuais?
    É negocio vender BCRI e tomar VRTA por aproximadamente 1:1?

    Curtido por 1 pessoa

  3. Fala galera!

    Sou totalmente novo no mercado de FIIs. Comecei a estudar há +/- 2 semanas e estou com certa dificuldade em encontrar informações tabuladas dos mesmos para dar o start.

    Se puderem me auxiliar, tenho algumas dúvidas iniciais:

    1) Sei que tem bastante informação por aqui e em diversos locais. No entanto, onde posso obter dados tabulados FIIs (código, última cotação, último valor de rendimento, VP, preço mercado etc)?

    2) Ainda não está claro pra mim a relação preço de mercado x valor patrimonial. E como isso se relaciona com a cotação ou o rendimento. Há algum material que demonstre isso (caso se aplique)?

    3) Antes de realizar uma análise mais aprofundada (segmentos, detalhes e composição do fundo), sugerem alguma seleção quantitativa inicial (ex: volatilidade, rendimento, valor cota etc)?

    Certamente são dúvidas básicas, mas me darão um grande norte.

    PS: Estava olhando na BMF e no fundo há uma série de registros de rendimentos (EURO). Olhando no mês de Março/17, existem 3 registros de rendimento. Fuçando um pouco mais em outros locais, percebi que apenas um deles é o rendimento de fato. Isto procede? Como identificar, nesta lista, qual o rendimento correto (ou estou olhando no lugar errado)?

    Grato!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Desculpe o engano, são tantas letras. Na garimpagem encontrei o BVAR11 que me causou estranheza foi o valor de mercado R$ 100,00 e o VP R$ 927,00. Consegui informações em um site e consegui entender mais ou menos a situação. Atualmente, não tem liquidez, parece que não tem quem queira se desfazer.

    Sobre as indicações para estudo: FCFL, FIIB, BRCR, KNCR e MFII, estarei incluindo na minha lista de análise.
    Estou também avaliando:
    SPTW, EDGA, CXCE – Escritórios
    FIIP e EURO – Logistica
    RBDR – Comércio
    MXRF e BCFF – Fundos
    RBGS e FIGS – Shopping
    MFII – Desenvolvimento

    Valeu

    Curtir

  5. Olá,
    Sou iniciante nessa questão de investimentos. Comecei a estudar sobre o assunto no final do ano passado (2016) e ainda estou na fase de acumular + emergência, para tanto venho utilizando: Poupança, fundo com resgate D+0 e Tesouro Selic (2021 e 2023), neste montante tenho 50%, os demais estão distribuídos em Tesouro IPCA+, Tesouro Pré e FIIs.
    Na Carteira de FIIs estão alocados 6 fundos, assim distribuidos:
    Lajes corporativas: BMLC11B (18%) e BRCR11 (16%)
    Logística: TRXL11 (20%)
    Agencias: BBPO11 (19%)
    Fundos de Fundos: BCIA11 (7%)
    Fundos de Papeis: XPGA11 (20%)
    O meu planejamento é para 5 anos, quando completarei 60 anos. Recentemente participei de cursos: viver de renda com FIIs, ganhos turbinados no Tesouro Direto, como montar uma carteira de ações para viver de renda e com as dicas deste Blog e de outros canais, estou buscando outras oportunidades de diversificar e ampliar a carteira. Ainda não é possível analisar se estou no caminho certo ou não, aos 60 anos vou saber.

    Nas minhas garimpadas por oportunidade de FIIs encontrei o RBRD11, poucas informações, DY% 84,22, Preço do último fechamento (08/05/2017) R$ 100,01 e VPA R$ 927,22. Sabem com conseguir mais informações sobre esse fundo?

    Curtido por 1 pessoa

  6. Sou investidor de FII desde 2007, iniciei com o Torre Almirante – ALMI11B e atualmente tenho 13 fundos e tenho como objetivo complementação de renda na aposentadoria.
    Minha Carteira Atual:
    Empresa Setor Preço Médio Preço Fechamento Participação
    AGCX11 AGÊNCIAS 1.000,00 1.286,50 8,76%
    BBPO11 AGÊNCIAS 130,85 135,90 4,15%
    BCRI11 PAPEL 107,26 110,05 1,29%
    BRCR11 ESCRITÓRIO 108,68 101,49 24,79%
    CXCE11B ESCRITÓRIO 1.160,37 2.385,00 33,61%
    CXTL11 LOGÍSTICA 1.000,63 600,00 8,45%
    HGBS11 SHOPPING 1.974,58 2.136,99 1,51%
    FAMB11B ESCRITÓRIO 5.232,18 4.899,00 1,15%
    FIGS11 SHOPPING 64,55 67,00 2,83%
    FIIB11 LOGÍSTICA 352,47 365,00 2,74%
    MFII11 DESENVOLV 104,08 115,00 3,94%
    SPTW11 ESCRITÓRIO 60,14 72,30 2,55%
    ALMI11B ESCRITÓRIO 1.369,67 1.798,00 4,22%

    Curtir

  7. Entendi em comentários deste fórum que alguns colegas mantem sua carteira atualizada e acessível para os demais participantes.
    Estou correto. Caso positivo, alguém poderia informar onde estas carteiras são mantidas?

    At.

    Curtido por 1 pessoa

  8. Prezados, primeiro gostaria de agradecer a todos por todo o conhecimento e tempo que deixam aqui neste espaço. Tem sido um aprendizado enorme. Tenho 28 anos e minha experiência em renda variável até hoje resume-se a fundos de ações e previdência privada.

    Estou começando a montar minha carteira com foco de 5 ou mais anos e estou considerando os fundos:
    HGJH11 – na experiência pessoal, bons imóveis em excelentes localizações e a preços justos nunca desapontam no longo prazo
    KNIP11 – seus CRIs possuem atualmente uma taxa média de IPCA + 8%. Mesmo que as próximas aquisições diminuam a média uns 100 bps, ainda vejo vantagem.
    HTMX11B – esse tenho receio somente de estar entrando um pouco atrasado.

    Se puderem comentar alguma coisa agradeço imenso.

    Curtido por 1 pessoa

  9. Eu montei uma carteira há algum tempo e estou com 11 fundos, com capital aproximado de 12k no momento e fiz umas contas de rentabilidade – “contas de padaria” – conforme é falado aqui e gostaria de expor elas principalmente para ter uma noção se estou fazendo certo, já que não tenho muita aptidão para ciências exatas (apenas para sobreviver).
    Evidentemente que cada tipo de fundo tem suas características próprias para a geração de renda, por exemplo, aquela que advém do aluguel do tijolo, bem como aquele que provem dos “fundo de papel”, porém padronizei apenas para fazer a conta do mês de março. Vejam:

    ATIVO PREÇO MÉDIO DE COMPRA(R$) VALOR DISTRIBUÍDO(R$) RENTABILIDADE (%)
    BBRC 119,97 0,83 0,69
    BCRI 106,79 1,1 1,03
    BRCR 97,61 0,76 0,77
    CTXT 4,07 0,03 0,76
    FIIB 300,00 2,26 0,75
    HCRI11B 260,00 2,32 0,89
    MFII 104,5 1,17 1,11
    NSLU11B 185,99 1,50 0,80
    RBRD 64,09 0,479 0,73
    SDIL 74,53 0,52 0,69
    XPGA 87,19 0,9 1,03

    Explicando: o preço médio trata-se da soma das cotas que comprei em diferentes momentos; o valor distribuído é o aluguel do mês de março/2017 e a rentabilidade é a conta do valor distribuído/preço médio de compra. Somando os % da rentabilidade, deu 9,25%. Creio que estou tendo problemas com as vírgulas, mas seria – acredito – 0,925% a.m. na média.

    A partir daí, projetando que mantivesse esse mesmo valor todos os meses (evidente que impossivel já que é RV), mas simulando essa rentabilidade mensal, estaria correto fazer 12*0,925 (a.m) e seria em torno de 10% a.a?

    Eu acompanho os informes mensais dos fundos, muitos informam a rentabilidade tendo como base o valor inicial da cota, então tentei fazer essas continhas. Se puderem indicar alguma planilha excel básica para contas seria bem vinda. Desculpem o tamanho do texto. Obrigado.

    Curtido por 1 pessoa

      • Neto – não sou especialista mas dou minhas opiniões. Naturalmente para fazer esta conta, e obter um valor de referência, é necessário uma séria de considerações/simplificações.
        Pelo que vi o 9,25 que te referes é a soma dos percentuais. Para ter a média da carteira deverias dividir por 11 que é o número dos FII e que dá: 0,84%.
        Para ter o valor aproximado anual (considerando que os reajustes e as cotas acompanhassem a inflação mensalmente) creio ser razoável multiplicar este para por 12 – o que daria aproximadamente 10 % ao ano ( se usares o valor de 0,925 o DY anual daria em torno de 1,11).

        Curtido por 1 pessoa

  10. Olá, sou novato no mundo dos FIIs, meu interesse é geração de renda recorrente de longo prazo, acima dos juros ou que pelo menos iguale os juros nominais com rentabilidade líquida. Comecei com a seguinte carteira:
    BRCR: 35 % lajes
    KNCR: 25% papéis
    MFII: 25% desenvolvimento
    RBDP: 15% logistica/lajes

    Estou procurando por outros papéis para diversificação e estudando CPTS, HGBS, KNRI, MXRF, FEXC. Fundos de tijolos associates a Prédios educacionais é bancos são interessantíssimos mas estou achando todos muito caros no momento.
    Obrigado pela atenção e ajuda

    Curtir

    • Celso,
      Dos teus fundos tenho somente o BRCR e estou satisfeito. Não investi, mas tenho visto boas referências do KNCR e MFII. Não conheço o RBDP – acho que é de desenvolvimento imobiliário também, não é? (neste caso acho muita concentração nesta área pois o MFII também é de desenvolvimento.
      Em relação aos novos investimento:
      – acho que é um momento de ter cuidado redobrado pois houve um aumento generalizado nos últimos 12 meses – embora ainda eu ache que continua sendo um bom investimento e pretendo continuar na minha estratégia (buy and hold).
      – a estratégia que eu sigo, e acho que muitos outros colegas do blog, é : diversificar entre os fundos (se possível ter pelo menos 10 de setores variados), fazer compras gradualmente (eu montei minha carteira ao longo de 2,5 anos.
      – eu pessoalmente dou preferência a tijolos pois invisto em RF diretamente na corretora (CRI, CRA, DEbentures) mas estou avaliando se investir em FII é mais tranquilo (aumenta a diversidade embora eu ache que acaba incluindo mais uma taxa de gestão).

      Curtido por 1 pessoa

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s