CXRI11 – CAIXA RIO BRAVO – FII

CXRI11_FII

Nome do Fundo: Caixa Rio Bravo Fundo de Fundos de Investimento Imobiliário – FII

Administradora: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Valor Inicial da Cotas: R$1.000,00
Tx de Administração: 1,2%a.a  incidente sobre o PL, piso de R$30.000 por mês atualizada pelo IPCA, paga até o 5º dia útil de cada mês.
Prazo: O prazo de duração do Fundo é indeterminado.

O Fundo tem por objeto a realização de investimentos imobiliários mediante a aquisição de Ativos, com foco em Cotas de FII, selecionados de acordo com a análise e expertise da Gestora e da CoGestora, de forma a proporcionar aos Cotistas uma remuneração para o investimento realizado, por meio do fluxo de rendimentos gerado pelos Ativos e do aumento do valor patrimonial de suas Cotas.

O Fundo aproveitará, ainda, as oportunidades de investimento e desinvestimento junto ao mercado secundário. Buscará deter pelo menos 5% (cinco por cento) dos fundos imobiliários em que investir, de modo a poder convocar e ter maior representatividade nas assembleias gerais de cotistas dos referidos fundos, propondo melhorias na gestão e cobrando medidas dos administradores/gestores, como renegociações, revisionais, realização de obras e melhorias, compra ou venda de imóveis, etc.

O gráfico abaixo representa a estrutura da forma de investimento do Fundo.

CXRB11

Quem compra cotas desse fundo, está comprando a gestão de seus administradores e gestores, nesse caso a Caixa e a Rio bravo.

Neste FII as decisões de investimento precisam ser tomadas por unanimidade através de um comitê de investimento formado por 02 membros(e 01 suplente para cada); uma pessoa indicada pela CAIXA e outra pela Rio bravo.

Busca superar o IFIX – Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários da Bovespa; bom lembrar que o gestor que  busca superar um índice de mercado, precisa buscar oportunidades dentro de mercado que se valorizem mais que o índice ao longo do tempo. Isso é mais fácil escrever do que efetivamente fazer ao longo do tempo.

Quem quer comprar esse FII, precisa entender que está comprando a capacidade de seus gestores(CAIXA e Rio Bravo) em trabalharem em conjunto para ganhar do IFIX ao longo do tempo.

Critérios de concentração:

I – até 100% (cem por cento) do Patrimônio Líquido do Fundo em Cotas de FII;

II – até 50% (cinquenta por cento) do Patrimônio Líquido do Fundo em cotas de fundos geridos pela Administradora, pela Co-Gestora ou por empresa a elas ligada;

III – até 20% (vinte por cento) do Patrimônio Líquido do Fundo em Cotas de FII de emissão de um mesmo fundo de investimento imobiliário;

IV – até 20% (vinte por cento) do Patrimônio Líquido do Fundo em ativos cujo emissor seja instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil;

V – até 20% (vinte por cento) do Patrimônio Líquido do Fundo em ativos cujo emissor seja fundo de investimento, ressalvado o disposto na alínea I acima;

VI – até 10% (dez por cento) do Patrimônio Líquido do Fundo em ativos cujo emissor seja companhia aberta;

VII – até 10% (dez por cento) do Patrimônio Líquido do Fundo em ativos cujo emissor seja um mesmo fundo de investimento, ressalvado o disposto na alínea III acima;

VIII – até 5% (cinco por cento) do Patrimônio Líquido do Fundo em ativos cujo emissor seja pessoa física ou pessoa jurídica de direito privado que não seja companhia aberta ou instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil; e

IX – Não haverá limites quando o emissor for a União Federal.

Adicionalmente aos critérios de concentração acima previstos, o Fundo não poderá deter mais de 20% (vinte por cento) de seu Patrimônio Líquido em títulos ou valores mobiliários de emissão de empresas ligadas à Administradora ou à Co-Gestora.

Os rendimentos auferidos pelo Fundo (já descontados das despesas ordinárias do Fundo) serão distribuídos aos Cotistas, mensalmente, até o 8º Dia Útil do mês subsequente ao recebimento dos recursos pelo Fundo.

A Assembleia Geral de Cotistas poderá ser convocada pela Administradora, atuando como representante do Fundo, ou por Cotistas que detenham, no mínimo, 5% (cinco por cento) do total de Cotas emitidas pelo Fundo.

Não podem votar nas Assembleias Gerais de Cotistas do Fundo: (a) a Administradora; (b) a Gestora; (c) a Co-Gestora; (d) os sócios, diretores e funcionários da Administradora, Gestora ou Co- Gestora; (e) empresas ligadas à Administradora, Gestora ou Co-Gestora, seus sócios, diretores e funcionários; e (f) os demais prestadores de serviços do Fundo, seus sócios, diretores e funcionários.

E-mail: gedef@caixa.gov.br, institucionais@riobravo.com.br

Tutor do FII: Git