Fórum de Fundos Imobiliários

ABCP11  AFHI11  Ajuda  ALMI11  ALZR11  ANCR11B  ARCT11  ARRI11  Assinatura  ATSA11  BARI11  BBFI11B  BBPO11  BBRC11  BBVJ11  BCFF11  BCIA11  BCRI11  BLMG11  BMII11  BMLC11B  BNFS11  BPFF11  BPML11  BRCO11  BRCR11  BTAL11  BTCR11  BTGM11  BTLG11  BTRA11  BVAR11  CARE11  CBOP11  CEOC11  CINO11  CNES11  Conceitos  CPFF11  CPTS11  CRFF11  CTXT11  Cursos  CVBI11  CXCE11B  CXRI11  CXTL11  DEVA11  DMAC11  DOMC11  DRIT11B  EDFO11B  EDGA11  EQIN11  EURO11  FAED11  FAMB11B  FCFL11  FEXC11  FIGS11  FIIB11  FIIP11B  FIVN11  FLMA11  FLRP11  FMOF11  FOFT11  FPAB11  FTCE11B  FVBI11  FVPQ11  GALG11  GCRI11  GGRC11  Glossário  GRLV11  GSFI11  GTWR11  HABT11  HBRH11  HCRI11  HCTR11  HFOF11  HGBS11  HGCR11  HGFF11  HGLG11  HGPO11  HGRE11  HGRU11  HLOG11  HMOC11  HOSI11  HPDP11  HSAF11  HSLG11  HSML11  HTMX11  HUSC11  IBCR11  IBFF11  Insight  IR  IRDM11  JRDM11  JSRE11  KFOF11  KINP11  KNCR11  KNHY11  KNIP11  KNRE11  KNRI11  KNSC11  LASC11  LGCP11  Livros  LUGG11  LVBI11  MALL11  MAXR11  MBRF11  MCCI11  MCHF11  MCHY11  MFAI11  MFII11  MGFF11  MXRF11  NEWL11  NEWU11  NSLU11  NVHO11  ONEF11  OUFF11  OULG11  OUJP11  PATC11  PATL11  PLRI11  PORD11  PQDP11  PRSV11  PVBI11  QAGR11  RBBV11  RBCB11  RBCO11  RBDS11  RBED11  RBFF11  RBGS11  RBHY11 RBPD11  RBPR11  RBRD11  RBRF11  RBRL11  RBRP11  RBRR11  RBRY11  RBVA11  RBVO11  RCRB11  RECR11  RECT11  RFOF11  RELG11  RNDP11  RNGO11  RZAK11  RZTR11  SAAG11  SCPF11  SDIL11 SEQR11  SHPH11  SPTW11  TEPP11  TGAR11  THRA11  TORD11  TRNT11  TRXF11  URPR11  VCJR11  VGHF11  VGIP11  VGIR11  VIFI11  VILG11  VINO11  VIRE11  VISC11  VLOL11  VPSI11  VRTA11  VSHO11  VSLH11  VTLT11  VVPR11  WMRB11B  WPLZ11  WTSP11B  XPCI11  XPCM11  XPHT11  XPIN11  XPLG11  XPML11  XPPR11  XPSF11  XTED11

Login   Registro   FII   Ações   Fundos   Diversão   Comentar   Loja   Ajuda   Comentários   RSS   AdBlock   Whatsapp

Siga o Tetzner nas Mídias Sociais:
https://twitter.com/CristianTetzner
https://www.facebook.com/cristian.tetzner
https://www.youtube.com/@TetznerFiis
https://www.instagram.com/tetznerfiis

15.815 comentários em “Fórum de Fundos Imobiliários”

  1. CT: Chegamos aos 20 mil, agora vamos Refutar o PL da Reforma Tributária e acionar os Deputados

    Café com Tetzner 29/Jun/21:

    Agora é Refutar a Reforma e a Tributação dos FIIs, clique e manifeste:
    https://forms.camara.leg.br/ex/enquetes/2288389
    Marque “Discordo Totalmente” 😡🤬

    IGP-M varia 0,60% em junho
    Alcançamos os 20 mil apoios, vamos acionar os Deputados!
    As primeiras manifestações do setor são vistas, Construtoras vão à Brasília questionar a Tributação

    Cursos, Painel e Radar dos FIIs: https://tetzner.wordpress.com/loja

    😀 Siga o Tetzner

    Curtido por 3 pessoas

    1. Arrecadação de impostos federais salta 70% em maio, e é a maior alta para maio desde 1995.
      Vejam como me referi esses dias sobre a fome do centrão por dinheiro. E o jegues tá no meio do bolo, é muita grana e não sessa a fome, com tudo isso ainda querem extorquir ainda mais os pequenos investidores como é o caso dos meros investidores de fiis. Uma vergonha.
      Isso é lira, jegues e Eduardo Barros no comando.. o bozó nem vou culpar mais, pois ele já está à deriva, não manda mais nada. Aquele q conduzia seu gado hoje é conduzido

      Curtido por 3 pessoas

  2. IGP-M varia 0,60% em junho

    O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) variou 0,60% em junho, contra 4,10% no mês anterior. Com este resultado o índice acumula alta de 15,08% no ano e de 35,75% em 12 meses. Em junho de 2020, o índice havia subido 1,56% e acumulava alta de 7,31% em 12 meses.

    “A combinação de valorização do real com o recuo dos preços em dólar de commodities importantes, fez o grupo matérias-primas brutas do IPA cair 1,28% em junho, ante alta de 10,15% no mês passado. Com este movimento, a taxa do IPA registrou expressiva desaceleração fechando o mês com alta de 0,42%”, afirma André Braz, Coordenador dos Índices de Preços.

    O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) variou 0,42% em junho, ante 5,23% em maio. Na análise por estágios de processamento, a taxa do grupo Bens Finais variou 1,32% em junho. No mês anterior, o índice havia registrado taxa de 1,59%. A principal contribuição para este resultado partiu do subgrupo alimentos processados, cuja taxa passou de 2,98% para 2,45%, no mesmo período. O índice relativo a Bens Finais (ex), que exclui os subgrupos alimentos in natura e combustíveis para o consumo, subiu 1,95% em junho, ante 2,08% no mês anterior.

    O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) variou 0,57% em junho, ante 0,61% em maio. Cinco das oito classes de despesa componentes do índice registraram decréscimo em suas taxas de variação. A principal contribuição partiu do grupo Saúde e Cuidados Pessoais (0,89% para 0,07%). Nesta classe de despesa, vale citar o comportamento do item medicamentos em geral, cuja taxa passou de 2,39% em maio para 0,62% em junho.

    O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) subiu 2,30% em junho, ante 1,80% no mês anterior. Os três grupos componentes do INCC registraram as seguintes variações na passagem de maio para junho: Materiais e Equipamentos (2,93% para 1,75%), Serviços (0,95% para 1,19%) e Mão de Obra (0,99% para 2,98%).

    Curtido por 2 pessoas

    1. Daqui a pouco começarão a dizer que fundo de PAPEL não está tão bom, q a inflação baixou, que IGPM não sobe mais etc e tal… E que o bom mesmo sâo os LOGÍSTICOS (abandonados pelos mesmos que disseram) 🥺🤣🤔🤨

      Curtido por 2 pessoas

    1. Prêmio Walter do Mercado 2021 – IFIX : 1ª semana de julho (dia 02 –334ª edição )
      Ainda dá tempo de participar e concorrer ao prêmio semanal, não perca tempo vote djá.
      Campeão da semana: mrenatogomes
      Mapeamento de Tendência maio/21.
      No Walter do Mercado

      Curtir

  3. XP Política – Reforma Tributária

    Aprovação da Reforma Tributária não será um passeio – pelo menos no Senado

    Em que pese o entusiasmo de Arthur Lira com o andamento das reformas, é improvável que o PL com alterações na tributação sobre renda, enviado na última sexta-feira, seja aprovado ainda este semestre na Câmara.

    O contexto de instabilidade política e a complexidade intrínseca ao tema geram debates que não serão resolvidos nas apenas três semanas que faltam até o início do recesso parlamentar, em 18 de julho. As reuniões entre os deputados que estarão à frente das negociações recém começaram – e as deles com a Economia devem se iniciar nesta semana – e há uma disposição de “amadurecer o texto” e “esgotar o debate” para tornar mais viável sua votação em plenário.

    Para além da polêmica sobre a redistribuição da carga tributária do trabalho para o capital, o clima político foi afetado pelas denúncias de irregularidades na compra da Covaxin, que atingiu diretamente o líder do governo na Câmara. O desenrolar desses fatos têm potencial para desarticular a base e atrasar o andamento de projetos de interesse do governo, como é o caso da tributária.

    Uma eventual troca do líder do governo é um ponto de atenção. Apesar de não contar com resistência de Arthur Lira — a relação do presidente da Câmara com Ricardo Barros não é boa há tempos —, pode desencadear reações no miolo do centrão e desorganizar a casa, a depender de quem será o substituto — lembrem-se de quando Major Victor Hugo era líder e nada andava.

    Mesmo na hipótese de ser superada com certa agilidade a turbulência envolvendo Ricardo Barros, no governo já se admite que os deputados podem vir a aprovar a proposta no segundo semestre, mas que no Senado as dificuldades serão maiores. Existe o risco de a reforma tributária entrar no mesmo “buraco negro” em que outras pautas do governo caíram nos últimos meses, como é o caso da BR do Mar, do marco das ferrovias, da lei cambial, do licenciamento ambiental, entre outros – em que há esforço do governo, sem correspondência até aqui por parte do comando da Casa.

    Se pensarmos no caldeirão que domina o Senado — CPI da Covid em alta temperatura, a relação difícil entre a cúpula do Senado e o Palácio do Planalto e um grupo majoritário de senadores menos reformista que a Câmara — não é possível supor que o PL terá vida fácil quando chegar ao tapete azul. A avaliação no governo é de que a MP da Eletrobras só passou porque tinha prazo de validade e foram feitas tantas concessões que os senadores teriam muito a perder caso a deixassem caducar.

    Há pouca expectativa no governo de que a situação melhore a esta altura no Senado. Apesar de governistas já terem identificado há tempos a necessidade de prestigiar Pacheco com a entrega de um ou mais ministérios, Bolsonaro até o momento não quis ceder. A postura crítica do presidente do Senado — como na instalação da CPI e na resposta ao veto à inclusão de municípios de Minas Gerais na área de atuação da Sudene — é lida como um afastamento calculado de olho em 2022, que não contribui para uma aproximação com o Planalto que daria maior fluidez nas negociações.

    Curtido por 3 pessoas

    1. ARKO ALERTA | Grupo de deputados quer rebalancear taxação de dividendos

      Um grupo de parlamentares já começa a se organizar para pedir alterações no projeto de lei que trata da reforma do Imposto de Renda (PL 2337/2021), entregue pelo Executivo na sexta-feira (25). “Eu acho exagerado os 20% sobre lucros e dividendos e 15% sobre qualquer outro tipo de aplicação financeira.

      Está bem desproporcional, é um ponto a ser trabalhado”, avaliou o deputado Alexis Fonteyne (Novo-SP), vice-líder do partido na Câmara, à Arko Advice. Já sobre a tributação de Fundos Imobiliários, Fonteyne avalia: “Não vejo problema em tributar ganhos de fundo imobiliários ou qualquer outro fundo que gere ganho de capital ao seu investidor”.

      O deputado Jerônimo Goergen (PP-RS) também questiona o projeto. Segundo ele, a taxação de dividendos em 20% representa um aumento de carga tributária. O deputado também avalia que o texto deve enfrentar dificuldade para avançar.

      “Não é nem só um problema eleitoral, mas é um problema econômico mesmo. Eu não vejo problema em tributar alguns setores, mas isso daí vai mexer em investimentos, vai mexer na economia”.

      Curtido por 1 pessoa

      1. Esse “GRUPO” precisa se informar mais: … os FIIs representam investimentos diretos e também são fonte importante de financiamento para a indústria, de forma semelhante às letras de crédito, não parece razoável tributá-los, deixando os demais instrumentos isentos …

        Curtido por 1 pessoa

      2. Acontece que os idolatrados políticos estão defendendo a retirada da isenção com a tese de que os FFIS são fundos de investimento e como tal devem ser tributados.
        Vamos ter que brigar muito pra tentar levar algo.

        Curtido por 3 pessoas

    2. pois é! Governe e seja liberal com tantas tralhas mandadas para Brasília pelo próprio povo que critica e se queixa das coisas estarem, amarradas e paradas, como estão e nada anda da pauta de 2018!

      Curtir

    3. Esse é um governo tão instável que capaz que empaca, ou, como dizem, desidrata esse reforma tributária proposta.
      Acho que, no mínimo, essa tributação deveria ser escalonada, com alguma faixa de isenção, como já ocorrer com IR de pessoa física, respeitando a ISONOMIA TRIBUTÁRIA PREVISTA NA CONSTITUIÇÃO!
      NÃO DA PRA POR NO MESMO BALAIO PEQUENOS COTISTAS E GRANDES BILIONÁRIOS DO MERCADO! Inconstitucional isso.
      Mas o ideal seria msmo se nada disso fosse pra frente.

      Curtido por 2 pessoas

    1. Vão aprovar rapidinho se ninguém fizer nada, a sede pela rachadona no centrão é fomentar, tirar de onde puder, doa onde doer, negócio é entrar grana p cada um fazer seu pé de meia. Pessoal não entendeu ainda, quem tá governando é o centrão e o chefe da quadrilha é Arthur Lira, vai vendo. Botaram as raposas pra cuidar do galinheiro, jegues é o mentor

      Curtido por 1 pessoa

  4. CT: Saiba porque a Tributação vai Matar o Fundo Imobiliário! Lute contra o Tributo no País das Taxas

    Os 3 Passos na Defesa dos FIIs. Vamos à Luta contra o Imposto. Saiba como Ajudar nesta Guerra!

    Mexa-se ou Vão Mexer com Você! Guerra Declarada, Vamos a Luta contra o Imposto nos FIIs. Saiba como Ajudar e impedir o Imposto!

    Os 3 Passos na Defesa dos FIIs:

    1)votar Aprovar até chegarmos em 20 mil, estamos em 16.622: https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=152485&voto=favor

    2)votar Contra o PL Discordo está com 83%
    : https://forms.camara.leg.br/ex/enquetes/2288389 Marque “Discordo Totalmente”
    e notificar o Relator de Nossa Insatisfação: Celso Sabino: E-mail: dep.celsosabino@camara.leg.br Tel: (61) 3215-5236

    3)Cobrar dos Gestores com Caixa $$$ parado, atitude frente às Cotas Desvalorizadas e dos Influencers a divulgação dos Links acima 😀

    Nota.: Os comentários não constituem recomendação de compra ou venda de ativos; trata-se de opinião pessoal, divulgada para incentivar o debate.

    Curtido por 6 pessoas

    1. E-mail enviado à mais de 10 gestores:

      … Prezados,

      Em relação a possível tributação de 15% nas rendas distribuídas aos COTISTAS, gostaria de saber quais serão as atitudes e posicionamento do gestor de minhas cotas a respeito.

      De pronto, informo ser INADIMISSÍVEL por parte do gestor qualquer atitude de tentar minimizar os efeitos de tal tributação de quem cujo negócio depende.

      No mínimo, espero um gestor ENGAJADO para DEFENDER os INTERESSES dos SEUS COTISTAS assim como espero que estejam EMPENHADOS em nào só aproveitar as oportunidades de alocação que se apresentam como também tentar realizar um levantamento de empregos e impostos gerados pelos seus projetos de desenvolvimento imobiliario e tentar mostrar isso para os politicos de ocasião.

      PERGUNTO: Quais são o seu posicionamento e atitudes a respeito ?

      Atenciosamente,

      Curtido por 6 pessoas

    2. Tetz, 99% do povo é bunda mole, então mais ativismo ainda, vamos ter que valer por esses acomodados conformados, bando de corno manso.
      Gestor não está comprando cotas de FIIs, motivo simples : vai cair muito mais. Parece que desta vez nosso patrimônio vai ser machucado pra valer caso essa PL passe.
      Se os gestores deixarem de distribuir rendimentos todo mês, aí é o fim, sinto muito mas temos que encarar a realidade, assumir o prejuízo e partir pra outra, mas dessa vez vamos tentar fazer a coisa certa, investir fora daqui, por exemplo em REITs, já que nosso dinheiro é maltratado aqui, vamos leva-lo onde é melhor tratado.
      Só me lamento pelo tempo que perdi, mais de dez anos me iludindo achando que estava fazendo minha aposentadoria com FIIs … como sempre vem o governo brasileiro e dá uma rasteira.

      Curtir

      1. Recado 1 aos conformados, preguiçosos, passivos, isentões, covardes, bunda moles, cornos mansos, ovelhas e gado em geral.
        Se acham que o governo vai se contentar com essa tributação de 15% sobre rendimentos dos FIIs, esperem só o que virá depois disso aprovado. Depois que abre a porteira … O leão persegue sempre o mais fraco.
        Boa sorte pra quem continuar pensando assim.
        Recado 2 aos gestores/administradores dos nosso FIIs, está na hora de vocês se mobilizarem a favor dos cotistas, afinal nós pagamos sua remuneração, caso contrário vamos por o de vocês na reta também, quem sabe assim vocês ficam mais “alinhados” aos cotistas.

        Curtido por 2 pessoas

    3. E mail enviado ao relator do PL 2337/2021

      Exmo. dep. fed. Celso Sabino,

      Discordo totalmente da PL 2337/2021.
      Sou cotista de fundo imobiliários, ao contrário do que o ministro Paulo Guedes disse, a grande maioria dos investidores de fundos imobiliários é composta de pequenos investidores que entraram nesses fundos motivados justamente pela isenção fiscal sobre os rendimentos e para futuramente conquistarem um complemento para a aposentadoria, são pessoas que, assim como eu, trabalham em suas profissões e tem na renda mensal um complemento da renda familiar.
      Caso essa tributação seja aprovada, vai gerar grande insegurança devido a mudança das regras e ainda desconfiança em relação a futuros aumentos de alíquotas e mudanças outras que poderão vir a prejudicar os cotistas desses fundos imobiliários.
      Corre-se o risco dessa incipiente e importante indústria que tantos empregos fomenta, sofrer um retrocesso irreparável.
      Além do mais estaremos sinalizando : Não invistam aqui, pois mudamos as regras a todo momento.
      É primordial aprovar a isenção permanente do imposto de renda (IR) para dividendos de FIIs, FIAGRO e FIP-IE, para dar segurança e motivar essas modalidades de fomento que tanto impulsionam nossa economia e tanto colaboram para o progresso do nosso Brasil.
      Ainda assim, caso não seja possível conter a sanha arrecadadora governamental, proponho trocar a cobrança sobre os rendimentos dos FIIs por taxar a remuneração dos gestores e administradores dos citados fundos, pois eles como prestadores de serviços não arriscam seu capital, ao contrários dos investidores que arriscam as economias familiares na esperança de um futuro mais tranquilo.
      Peço o apoio de V. Exa. e de seus pares para corrigir essa injustiça e não permitir esse aumento disfarçado na já altíssima carga tributária de nosso massacrado povo que não aguenta mais pagar tanto imposto.
      Estamos acompanhando o andamento e divulgaremos amplamente nas redes sociais o nome dos Srs. deputados conforme a votação.
      Att, …

      Curtido por 2 pessoas

    4. Como li hoje: … os FIIs representam investimentos diretos e também são fonte importante de financiamento para a indústria, de forma semelhante às letras de crédito, não parece razoável tributá-los, deixando os demais instrumentos isentos. Essa é uma surpresa negativa relevante da proposta (a notícia boa é que a indústria já se mobiliza fortemente e há chances efetivas de que isso acabe caindo)…

      >>>> pronto: RACIONAL TÉCNICO…. perfeito! 🤜🤡🤛 🤜🦞🤛 🤜🦒🐐🤛

      Curtir

  5. Os 3 Passos na Defesa dos FIIs. Vamos à Luta contra o Imposto. Saiba como Ajudar nesta Guerra!

    Mexa-se ou Vão Mexer com Você! Guerra Declarada, Vamos a Luta contra o Imposto nos FIIs. Saiba como Ajudar e impedir o Imposto!

    Os 3 Passos na Defesa dos FIIs:

    1) votar Aprovar até chegarmos em 20 mil, estamos em 15.636: https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=152485&voto=favor

    2)votar Contra o PL Discordo está com 83%
    : https://forms.camara.leg.br/ex/enquetes/2288389 Marque “Discordo Totalmente”
    e notificar o Relator de Nossa Insatisfação: Celso Sabino: E-mail: dep.celsosabino@camara.leg.br Tel: (61) 3215-5236

    3) Cobrar dos Gestores com Caixa $$$ parado, atitude frente às Cotas Desvalorizadas!

    A Associação Brasileira das Companhias Abertas (Abrasca) afirmou por meio de nota que as propostas que visam alterar o modo de cobrança de Imposto de Renda (IR) sobre as aplicações financeiras implicarão em prejuízo à captação de investimentos, “num momento crucial em que o país necessita atrair capital e manter sua competitividade”.

    😀 Siga o Tetzner

    CT: Carga Tributária sobe e vai a 43%, Congresso faz pressão contra mais cobranças de Impostos

    Notícias
    Isenção permanente do imposto de renda (IR) para dividendos de FIIs
    Bolsa ainda leva ‘vantagem’ contra renda fixa
    Governo pesa a mão e joga carga total para 43%
    Guedes antecipa pressão do Congresso contra cobrança sobre lucros e dividendos
    Relatórios
    FII ALIANZA ALZR FR
    FII HECTARE HCTR
    FII HGI CRI HGIC
    FII MAXI REN MXRF
    FII R INCOME RBCO FR
    FII TEL PROP TEPP

    Curtido por 1 pessoa

    1. Çaaannnnguiiiiiii
      Presidente junto com Paulo jegues joga nosso patrimônio na lata do lixo e ficamos todos só no lamento. Será justo só isso. Tem manifestação dia 3 julho por apoio ao super pedido de impeachment do bozó, tem q participar quem puder, e quem não puder tem q fazer sua parte pelas redes sociais ou ajudem o tetz a nos ajudar com o movimento dos votos aí.

      Curtir

      1. Só lembrando q tudo q vêm acontecendo é apenas a pontinha do iceberg como já disse aqui, o grosso ainda está por vir, e tudo isso eu cansei de levar bordoada aqui quando eu avisava q o tal mito não passava de um belo mico, ok. Só lembrando

        Curtir

      2. Amigo Renato, o q tem haver stf com tributação, nosso problema é executivo, sempre foi, enquanto ficarmos procurando pelo em ovo vamos padecer no paraíso, isso é fato nos dias atuais

        Curtido por 1 pessoa

      1. Na minha opinião vai afetar mais o valor de mercado do que o VP. Pois os fiis perderam seu principal atrativo p quem é pequeno investidor ou outra classe também, ser isento, à medida q perder esse atrativo, perde muito interesse por parte de muitos investidores, lamentável uma pá de cal em um momento em todos já sem renda praticamente, ainda vem querer usurpar um bocado da miséria q recebemos

        Curtir

    2. Será o fim da linha ?!

      Difícil esse PL ser aprovado do jeito como está e graças ao ativismo do Tetzner e do nosso blog ainda há esperança de derrubar essa tributação burra sobre os FIIs. Existem vários blogs de FIIs por aí, mas o que vale não é quantidade e sim qualidade, isso sim faz toda diferença. Enquanto a maioria se cala e abaixa a cabeça, um grupo de vanguarda se levanta contra a opressão, parabéns Tetzner por encabeçar esse movimento.
      Mas vamos ao que pode acontecer a indústria de FIIs caso esse PL seja aprovado.
      Estou considerando como cenário mais provável uma longa tendência de baixa nos FIIs com diminuição do número de cotistas.
      Dado que estamos entrando num ciclo de alta dos juros que perdurará até pelo menos final de 2022 com Selic podendo passar dos dois dígitos, agravado pelo fato da inflação crescente que será pressionada ainda mais pelo reaquecimento da economia e aumento futuro dos juros nos EUA. Isso se intensificando poderá levar o ciclo de alta dos juros além de 2022, podendo ir até 2022, 2024 ou além.
      Tivemos quatro anos de alta nos FIIs, não é impossível termos quatro anos de baixa.
      Afora isso, temos complicadores, ano eleitoral à frente, trapalhadas governamentais diárias em todas as esferas, esse tipo de coisas que todos nós sabemos. Ainda carregamos problemas crônicos de sempre, Estado gigante, mentalidade estatista paternalista socialista … economia fechada … parar por aqui, isso dá assunto para outro post bem extenso.
      Insegurança, isso afasta os investidores, mudar as regras a todo momento, quem garante que adiante não vão aumentar essa alíquota ou ainda inventar mais dificuldades. Cada governo que entra aumenta os gastos e por conseguinte tenta aumentar a arrecadação.
      Por isso é fundamental matar essa Pl no ninho.
      No gráfico acima : IFIX em azul x juros curto em vermelho x juros mais longo em verde, como se pode ver a boca do jacaré já começou a fechar.
      E respondendo a pergunta inicial :
      Não, não será o fim da indústria de FIIs, mas será o fim para muitos investidores dessa classe de ativos, infelizmente. Se essa PL passar vai ser mais uma rasteira que o governo dá numa indústria que estava começando a deslanchar, desse jeito fica difícil um dia atingirmos a pujança que os REITs chegaram nos EUA, guardadas as devidas proporções, lamentável.

      Curtido por 1 pessoa

  6. Antes de mais nada Tetzner mais uma vez se destacando, por isso e tantas outras nosso blog é o melhor blog de FIIs.
    Não tenho visto analistas, youtubers, influencers e principalmente gestores gritando contra esse estupro tributário que no fim aumentará a já alta carga que somos obrigados a pagar, parece que estão aceitando de boa, afinal pimenta no fiofó dos outros é refresco, tudo corno manso.
    Não poderia haver pior momento de propor essa tributação, se tivesse sido proposto lá atrás enquanto FIIs estavam em tendência de alta o estrago não teria sido tanto.
    Não pensem que será como nos sustos anteriores, desta vez o mercado de FIIs não está em tendência de alta, quem pensa que vai recuperar o que perdeu em pouco tempo, melhor repensar.
    Gestores, tirem a bunda gorda da cadeira, esta é a oportunidade de demonstrarem que seus interesses estão alinhados aos interesses dos cotistas. Ou não estão ?!
    Lembrem que sua remuneração está vinculada ao valor de mercado dos FIIs, portanto sua remuneração vai diminuir proporcionalmente a queda das cotações, vocês irão perder dinheiro também, pois estamos entrando numa longa tendência de baixa, enquanto ciclo de alta dos juros permanecer, pelo menos até final de 2022.
    A mamata das emissões acabou, portanto vai ficar ruim para os gestores também, então deixem de ser burros.
    Vou deixar duas ideias para debate aqui, a primeira inclusive vou propor para o dep. relator Celso Sabino :
    #1 Ao invés de tributar o cotista, onerar a remuneração dos gestores e administradores de FIIs
    #2 FIIS passarem a ser empresas, como são os REITs, mas com diretoria eleita por nós cotistas com período de mandato.

    Curtido por 10 pessoas

    1. Mais uma vez fico admirado com o clima apocalíptico! Acho legitimo o posicionamento contra a taxação dos FIIs, fui um dos primeiros a tomar posição contra isso aqui! Porem, como liberal prefiro manter a cabeça fria e analisar o que acontece ao redor! O PL traz alguma justiça com os que realmente estão sendo penalizados a anos com a tabela do IR! As pessoas agem como se o executivo tivesse a última palavra sobre o assunto reforma tributária! Muitos erram o alvo acusando o atual governo de não ser liberal o suficiente sem ter em mente que o problema está na energia cinética dos custos da máquina (judiciário, legislativo e executivo) de modelo soviético que temos! Enquanto o Estado não for reduzido à um tamanho realmente LIBERAL não veremos menos impostos! A sociedade brasileira ainda é majoritariamente socialista! Muitos já querem a troca do governo que nos últimos 30 anos é o mais próximo que teremos de “liberal” mesmo sendo à brasileira, mas esquecem que tributação de investimentos é a regra e não a exceção nas economias liberais! Onde todos pagam, todos pagam menos! para ficar bem claro, não defendo IMPOSTOS, porém não me engano pensando que há almoço grátis!

      Curtir

      1. roberto , entenda o seguinte :
        A tabela do IR será corrigida e depois esquecida por anos novamente, logo essa correção ficará defasada;
        O atual governo quer parecer liberal, agora já tenho dúvidas quanto a isso, mas nem se esforça o suficiente para diminuir o tamanho do Estado. Bolsolerdo entrou prometendo acabar com os cargos em comissão, quantos cargos eliminou mesmo ? Prometendo diminuir ministérios, quantos temos hoje mesmo ? Assim fica difícil defender esse governo.
        A conclusão que chego é que a máquina burocrática nunca deixou de ser socialista e isso até se intensificou, em parte pela incompetência ou descaso desse presidente que não preside, é só um enfeite.

        Curtido por 3 pessoas

      2. A tabela do IRRF PF tem que ser reajustada em sua integralidade, defasada em torno de 120% desde 1996.

        Dóa a quem doer, é isso que tem que ser feito. Isso é o JUSTO !! Não há conversa aqui.

        MENOS que isso é EMBROMAÇÃO…. ESTELIONATO ELEITORAL.

        Curtir

      3. Tem algo que muita gente não está ponderando e que será igualmente nefasto para todos nós: não poder usar mais a declaração simplificada nem abater gastos com escola privada.

        Curtir

    2. Olha, precisa ser um tanto ingênuo para acreditar que Bolsonaro era um liberal. Ele tinha um histórico de declarações e ficava muito clara a sua linha estado grande, desenvolvimentista, meio Ernesto Geisel, meio Dilma. “Aahh mas o Paulo Guedes entrou e isso dava esperança liberal”. Mas o Paulo Guedes não tem espinha dorsal. Ele fala muito e faz quase nada. Sendo que ele sabe que algumas coisas são corretas, mas não tem espinha dorsal para dizer não ao jumento que é o chefe dele. Em qualquer situação de conflito ele vai lamber o saco do Bolsonaro. Ele não é orientado pela parte técnica, ele é orientado pela fidelidade ao chefe. É uma merda. E o Bolsonaro é tipo a Dilma, ele não sabe delegar e confiar. Ele fica metendo o bedelho. Meteu na Saúde, meteu na Economia e em outras áreas. Nesse ponto o Lula foi muito melhor do que ele, pois o Lula soube delegar. Ele entregava na mão de quem entendia, e confiava e não se metia. Enfim… Os presidentes ditos “socialistas” , Lula e FHC, fizeram muito mais pela economia do Brasil do que esse jumento do Bolsonaro. Não votei no Bolsonaro e nunca vou votar. Vou com força pra tirar ele de cena em 2022.

      Curtido por 2 pessoas

      1. 21 mil cargos comissionados foram extintos por BOLSONARO por Sociedade Militar 13/03/2019 em POLÍCIA – SEGURANÇA PÚBLICA – GUARDA MUNICIPAL, Política Brasil Foto oficial da presidente Dilma Rousseff e do vice-presidente Michel Temer com os 37 ministros empossados, 1 de janeiro de 2011. Bolsonaro: Desde junho de 2020, são 22 pastas ministeriais, sendo 17 ministérios, duas secretarias e três órgãos equivalentes a ministérios. Lula delegou o governo real para zé Dirceu, Petrobrás para Dilma e outros! FHC e Lula são “ditos” socialistas? Não eles não são, claro que não! O que Lula fez pela economia que seja digno de nota que não seja em páginas policiais? O que temos hoje não é fruto de uma década de governo PT? Trix, Como reduzir o Estado se ele é sequestrado por políticos que o querem quanto maior melhor? Pois bem troquemos de governo porque este não presta e não faz nada do que prometeu, embora não seja culpa exclusiva dele! Coloquemos talvez politico do Novo, que por sinal na matéria defendeu a tributação! Daqui 3 anos estaremos onde? No mesmo lugar? Ou, vamos de novo de Lula ou Dilma? Olhe a situação da Argentina, a imprensa suja nem fala mais do grande presidente dela! Impossível mudar em 3 anos o que demorou muito para ser feito! Guedes aprendeu que para mudar as coisas no congresso tem de jogar uma bomba que será transformada em um traque pelos “representantes” do povo! O país precisa de mudanças isso é fato, com isenção ou sem, do contrario, os filhos de quem os tem viverão, no futuro, o mesmo que seus pais hoje! Nenhum governo teve a coragem de propor mudanças, além deste, se tivessem não estariamos como estamos! O Grande problema do atoleiro em que nos metemos a anos é que qualquer mudança afetará alguém que sairá perdendo! Voce fala dos 15% que não ficarão só nisso, tem razão, nem a isenção! tudo é mutável num país onde as leis nada valem! E alguns aqui acham que o STF não tem nada a ver com tudo isso!

        Curtir

  7. Tetzner eu, minha esposa e meu filho temos fiis.
    Já mandamos 3 votos contra o imposto
    Parabéns pelo incentivo.
    Você aí que é cotista faça sua parte, lute pelo que é seu direito
    Abraços a todos.

    Curtido por 4 pessoas

      1. E tem idiota que ainda defende o político de estimação. Paulo JEGUES, suposto liberal, só fala de impostos! Imagina se fosse o PT fazendo tudo que ele tá fazendo? O escândalo seria grande… não entendo porque ficam com tanto receio de criticar o “posto Ipiranga” que tá agindo da mesma forma que seus antecessores.

        Curtido por 1 pessoa

  8. CT: Os 3 Passos na Defesa dos FIIs. Vamos à Luta contra o Imposto. Saiba como Ajudar nesta Guerra!

    Café com Tetzner: 26/Jun/21 – Mexa-se ou Vão Mexer com Você!

    Guerra Declarada, Vamos a Luta contra o Imposto nos FIIs. Saiba como Ajudar e impedir o Imposto!

    Os 3 Passos na Defesa dos FIIs:

    1) votar Aprovar até chegarmos em 20 mil: https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=152485&voto=favor

    2) votar Contra o PL: https://forms.camara.leg.br/ex/enquetes/2288389 Marque “Discordo Totalmente” e notificar o Relator de Nossa Insatisfação:
    Celso Sabino: E-mail: dep.celsosabino@camara.leg.br
    Telefone: (61) 3215-5236

    3) Cobrar dos Gestores com Caixa $$$ parado, atitude frente às Cotas Desvalorizadas!

    😀 Siga o Tetzner

    Nota.: Os comentários não constituem recomendação de compra ou venda de ativos; trata-se de opinião pessoal, divulgada para incentivar o debate. Todo material utilizado é público e disponibilizados pela B3(FundosNet).

    A Associação Brasileira das Companhias Abertas (Abrasca) afirmou por meio de nota que as propostas que visam alterar o modo de cobrança de Imposto de Renda (IR) sobre as aplicações financeiras implicarão em prejuízo à captação de investimentos, “num momento crucial em que o país necessita atrair capital e manter sua competitividade”.

    Curtido por 4 pessoas

      1. O “liberal” Jegues só quer o Estado menor para os outros. Foi envolvido em grandes rolos nos Fundos de Pensão estatais e se blindou dos processos com um cargo no governo, para arrochar quem não tem lobby, como muito bem disse o Tetzner. Os FIs não tem entidade para defende-los. Ao contrário dos bancões de CRIs, CRAS e Fundos de Renda Fixa, que estavam perdendo investidores para os FIs. Agora estão vingados com a diminuição do espantalho do come-cotas de semestral para anual. Já votei e convoquei os amigos. Reajam!

        Curtir

      1. O Tetzner é o único cara q eu vi defendendo os cotistas e promovendo um engajamento. os demais estão no conformismo do tipo “isso não vai afetar a indústria de FI´S”. Claro q vai. Imagina o cara tem renda de FI pra usar na sobrevivência.

        Curtido por 4 pessoas

    1. Destaco aqui a importância de se ter um líder, assim vejo o amigo tetz, não é a primeira vez nem será última que ele se mobiliza no intuito de ajudar e protejer o investimento de todos.
      Parabéns amigão, que Deus te conserve assim.
      É IMPORTANTÍSSIMO QUE TODOS COLABOREM, não adianta ficar um esperando q o outro faça o q vc pode fazer e fortalecer o movimento ok.

      Curtido por 4 pessoas

      1. Tenho p mim q esses últimos acontecimentos de corrupção no governo são apenas a ponta do iceberg, agora abriu a porteira, com certeza outras falcatruas viram, isso pode ajudar a gente caso caia logo esse governo e o principal de tudo, esse tal de lira, esse é o câncer q assola nossa nação hoje, esse crápula além de corrupto mal caráter não aceita os pedidos de impeachment e por fim só aceita medidas q afeta diretamente o bolso dos mais fracos.
        Quando vc toma uma medida para arrecadar mais impostos dos ricos, é essencial q não atinja os pequenos investidores q estão no mesmo tipo de investimento, pois o rico não vai mudar nada pra ele se vai receber 500 mil ou um milhão a menos por mês, agora para um pequeno investidor q tem seus investimentos como complemento para sobrevivência, receber mil reais ou 2 mil a menos No mês é uma covardia imensurável.

        Curtido por 2 pessoas

    2. Para o JEGUES e seu chefeLERDO… RETIRAR ISENÇÃO é fazer Reforma Tributária FdPs ignorantes mal-intencionados (com meias palavras), não há outra descrição da realidade, como eu a vejo.

      Curtido por 3 pessoas

      1. NUNCA se esqueçam de que … o JEGUES fez pressão para o BACEN derrubar os juros para 2%, porque, segundo ele, tinha muito brasileiro indo para Disney com o dólar baixo.

        Curtido por 3 pessoas

      2. Resultado… Bostil</i com juros reais negativos menores que a Suíça, dólar a quase 6 reais e inflação disparando. Agora que o número de investidores na bolsa aumentou, o cara quer tributar os dividendos. Com um liberal assim, o molusco nem precisa voltar.

        Curtido por 1 pessoa

      3. Renato,
        Concordo com você em um aspecto. Tributação de FIIs, inflação nas alturas, atraso da vacinação com gastos de 200 Bi de ajuda ao invés de gastar 5 Bi com vacinas. Enfim. Tem quem gosta de sofrer.

        Curtir

  9. 1º que imposto é roubo (além de ineficiente também). PONTO. Nem perdei tempo discutindo isso.

    Pergunto sobre as Administradoras/Gestoras, se a perda de atratividade do FII com o aumento de imposto se traduzirá em MENOS emissões de novas cotas? Quero acreditar que sim. E acredito que isso, para o cotista de longo prazo, focado em renda passiva (não trade, nem giro de carteira, nem ficar todos dias no home broker e saber as cotações de cor), é bom!
    No mundo dos FIIs meus dois piores inimigos tem sido: inflação (distante 1º lugar) e emissões de novas cotas.

    Curtido por 2 pessoas

    1. Trabalhar em calças de moletom pode ter acabado à medida que as empresas contemplam o grande retorno do escritório.
      No internacional

      Semanais : DI1F29, IFIX, HCTR CPT, KNIP
      Destaque do Trix : PQDP11, MAXR11, FAMB11B .
      No trix-report,

      Prêmio Walter do Mercado 2021 – IFIX : 1ª semana de julho (dia 02 –334ª edição )
      Já está aberta a votação, não perca tempo vote djá.
      Campeão da semana: mrenatogomes
      Mapeamento de Tendência maio/21.
      No Walter do Mercado

      Curtir

  10. CT: Saiba TUDO sobre a Proposta de Tributação dos FIIs e como fazer para Evitá-la!

    Café com Tetzner: 25/Jun/21 – Vídeo 2: entenda o que aconteceu hoje, com a proposta de Tributação dos Rendimentos de FIIs. O Ministério da Economia encaminhou hoje (25/06) a proposta da reforma tributária para aprovação, onde inclui o fim da isenção tributária sobre distribuição de lucros e dividendos (vigente desde 1995) e institui uma alíquota de 15% tanto para os rendimentos oriundos de dividendos, como ganhos de capital(atualmente de 20%) e sem qualquer faixa de Isenção. As operações do portfólio do fundo imobiliário em si continuam isentas de tributação.

    Aproveitem os últimos 6 meses de Rendas Isentas e Cotas descontadas…

    Isenção permanente do imposto de renda (IR) para dividendos de FIIs, FIAGRO e FIP-IE, VOTE a FAVOR: https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=152485&voto=favor

    Cursos, Painel e Radar dos FIIs: https://tetzner.wordpress.com/loja

    😀 Siga o Tetzner

    Curtido por 10 pessoas

      1. Viu que o jegues quer torar isenção de açoes de 20 mil no Mês para apenas 20 mil por trimestre . ou a quantia irrisória de 80 mil ano sendo.

        que esta medida afeta mais os pequenos investidores e nada muda para os grandes que tem que vender milhões. Só eu percebi que este jegues quer jogar pequenos investidores para fundos de investimento do seus amigos KKKK

        Curtido por 3 pessoas

    1. Já notaram também cavalo de Troia.
      Uma vez instaurada alíquota vai ser fácil para próximo governo aumentar imposto numa cacetada.
      sem precisar fazer lei nenhuma , apenas aumenta alíquota vai decreto.

      Curtido por 3 pessoas

    2. Tem outra implicação nisso, se deixar tributar isso abre a porteira, onde passa um boi passa uma boiada, depois vão querer aumentar essa alíquota ou vir com qualquer outra sandice, há uma profusão de idéias para ferrar o contribuinte, a coisa não vai parar por aí, se engana quem acha que o governo vai se dar por satisfeito, uma vez aprovado, fica pavimentado o caminho para mais onerações, eles vão em cima de quem é mais fácil roubar.

      Curtido por 1 pessoa

      1. Será que os GESTORES, os quais NÃO FORAM afetados, reduzirão suas taxinhas para darem uma ajudinha aos SEUS COTISTAS nesse momento tão difícil e complicado; afinal, estamos todos juntos nessa mesma missão – correto ? 😇🤔😒🙄😏

        Curtir

      2. Eu gostaria de saber pq os digestores não enviam emails com a proposta de isenção permanente para os cotistas.
        Isso sim ia dar um UP na votação e quem sabe aumentando em grande escala a movimentação, teríamos alguma chance.
        Pq essas figuras não fazem nada sera?

        Curtido por 1 pessoa

      3. Poderiam até ter “pensando” (sem trocadilho, pq sei que JEGUEs não pensa …) em escalonar a tributação, para minimizar os impactos imediatos; por exemeplo … 3% a.a. nos próximos 5 anos = 15% para daqui a 5 anos. Daria tempo para planejar, organizar, … etc e tal. MAS NÃO: queremos TUDO AGORA !! E queremos PAVIMENTAR a autoban para os próximos govenros esuqerdistas tbém, mostrando a eles como se faz. 🤜🤡🤛

        Curtir

    3. Dizem nos bastidores que o jegues sofre de dor de cotovelo desde a época do Plano Real por não ter sido convidado a participar, não sei por qual motivo, se foi por incompetência pelo visto padece desse mal até hoje. Se essa história é verdade eu não sei, mas se há um pingo de veracidade algumas coisas começam a fazer sentido, talvez esse cidadão, por orgulho próprio e motivado pelo sentimento de vingança, tenha por décadas alimentado um plano para destruir o Plano Real, a oportunidade veio quando convenceu o presidente a lhe dar um super ministério e então passou a trabalhar para destruir os pilares que ainda restavam do citado plano, nesse sentido a pandemia caiu como uma luva, a idéia seria destruir a economia para em seguida apresentar um novo plano salvador, Plano Jegues e colocar seu nome acima daqueles que elaboraram o Plano Real.
      Se for esse o caso, esse canalha precisa ser detido e preso imediatamente.

      Curtido por 1 pessoa

      1. Eu não duvido… aliás… ele, bolsoLERDO. & Cia … querem SINALIZAR VIRTUDES para a esquerda … aumentando DISFARÇADAMENTE a tributação… às custas de quem os elegeu 🤣🤣🤣🤣🤣🤣

        Curtir

    4. Concordo contigo que o projeto é um bode na sala! Seguindo o processo recente de legislação no país acho que é bem claro que o projeto não vai sair do congresso da maneira que entrou! Duas coisas podem acontecer: o congresso mudar alguma coisas que realmente incomodam e melhora-lo, ou como vimos com outros ficar bem pior do que está, já vimos isso antes e em se tratando de congresso, e porque não de stf, as coisas nunca estão tão ruins que não possam ficar piores! Quanto às pessoas acharem que podem levar a vida sem se incomodar com política e governos, infelizmente a nossa sociedade ainda está assim! Quase achei que no final voce iria gritar “lula livre”, KKKK brincadeirinha!!!

      Curtido por 1 pessoa

    5. Tetzner, nós termos outra alternativas isentas.

      Debentures incentivadas, CRIs e CRAs. A diferença seria a liquidez e o fluxo de renda. No caso destes passaria a ter fluxo semestral ou anual, mas sem sobressaltos em relação ao IR.

      Minha carteira de investimentos já têm quase 70 % desses títulos e apenas 15 % de FIIs. Depois de levar mais uma nabada em PQDP graças ao limbo em que o cotista é jogado, a possível cobrança de IR pode ser a pá de cal no meu ânimo.

      Negócio é pensar, respirar antes de tomar decisões precipitadas.

      Curtir

      1. … Debentures incentivadas, CRIs e CRAs …

        @ikei1968… parece q ainda não entendeu a JOGADA do JEGUES: favorecer os BANCÕES enquanto penaliza o PEQUENO investidor.

        Esses instrumentos acima estão disponíveis ao investidor APENAS nos BANCOS ! Ademais, não possuem a mesma liquidez, sendo que há PRAZOS e LIMITES mínimos p/ o investimento, que na maioria das veze sendo todas ficam “sequestrados” até o vencimento que pode ser de 2,5.. 10 anos !! Tem certeza que está tudo bem ?

        Curtir

      2. Renato, estão disponíveis em qualquer corretora. Quando vc monta uma carteira de longo prazo, coisa que fiz há muito anos, quase todos mês têm juros e/ou amortizações.
        Claro, não é a mesma liquidez de FIIs, mas pra mim é uma alternativa viável …

        Curtir

      3. Em 2023 estes títulos começaram a ter marcaçãoa mercado e não na curva como até então, logo vai ter sobressaltos! Inclusive assustar muita gente com a volatilidade da renda fixa (exceto quem já entende uma NTNB longa).

        Curtido por 1 pessoa

      4. Na verdade na 3C e na 2C o cliente terá em seu extrato as posições na curva e a mercado, o que acho positivo. Eu por exemplo levo tudo até o final, não me importa o valor a mercado. Já o investidor que comprou tais títulos sem entender o mecanismo vai se assustar mesmo.

        Curtir

  11. CT: Fatos Relevantes em HGRE e TEPP, comunicado da Sonae no PQDP e o Otimismo volta a Construção

    Café com Tetzner 25/Jun/21:

    Notícias
    FGV: CONFIANÇA DA CONSTRUÇÃO AVANÇA 5,2 PONTOS EM JUNHO, PARA 92,4 PONTOS
    Mercado imobiliário da cidade de São Paulo esnoba crise e tem recorde em maio
    Relatórios
    FII HG REAL HGRE FR
    FII PATRIA PATC Relatório
    FII D PEDRO PQDP Comunicado
    FII TEL PROP TEPP FR

    Cursos, Painel e Radar dos FIIs: https://tetzner.wordpress.com/loja

    😀 Siga o Tetzner

    Curtido por 1 pessoa

      1. muito lambedor de político! muito estatista aqui travestido de investidor.
        aguem vai pagar conta do papai estado.
        Trix: Não viu porque não quis, Brasil sempre vai ser isso não sei porque do espanto.

        Anos e anos avisando que isso ia acontecer! Independente do retardado na previdência.

        Vendi quase tudo ano passado apostando nisso ai mesmo.
        Aproveitar queda dólar e entesourar mais .

        Lembrando que IRPJ no Brasil é um dos maiores no mundo.
        E que tributação em empresas não é feita pensando em renda , mas no agregado da receita.
        ! Para investir se olha agregado de impostos ( Pis , cofins, IRPJ, ICMS, IOF , IR, ). Alíquota total sobre faturado que muitas empresas ultrapassa 40% do faturado. Não se engane não é lucro, mas sim faturado.

        o Que interessa é margem! Margem de lucro após todos impostos.
        Brasil esta no top 10 IRPJ.

        Ficando assim Uma carga tributaria total sobre faturado que já foi pago no IRPJ somado ao dividendo.
        Uma alíquota agregada poderosa para união soviética nenhuma botar defeito.

        Única defesa é pagar barato! Coisa que inexiste no mercado atual.

        Não caiam nesta asneira que no EUA se tributa x ou y dividendos. Nego caga para isso. o que interessa é quanto do faturado vai para o estado depois da sopa de letrinhas.

        Curtir

      1. Acho q não vou nem girar, tava pensando em torrar uma metade p comprar mais em baixo, mas os fiis já estão com desconto de 20% devido a pandemia, mesmo que caia isso ele volta os vinte depois da vacina e aí fica elas por elas. Também teria q pagar lucro devido aos PM baixo q tenho na maioria.

        Curtir

      2. rasília, 25/06/2021 – O governo propôs uma mudança na tributação do Imposto de Renda sobre operações em bolsa de valores.

        A apuração do tributo, hoje mensal, passaria a ser trimestral, com alíquota de 15% para todos os mercados – portanto, sem a cobrança diferenciada de 20% para day-trade e cotas de fundos de investimento imobiliário (FII).

        A compensação de resultados negativos poderá ocorrer entre todas as operações, inclusive day-trade e cotas de fundos negociadas em bolsa. Hoje, essa compensação é limitada entre operações de mesma alíquota.

        Para o Ministério da Economia, a simplificação vai facilitar o acesso ao mercado e trazer segurança para mais brasileiros investirem.

        Renda fixa

        O governo também propõe o fim do escalonamento atual na tributação dos investimentos em renda fixa, o que inclui aplicações no Tesouro Direto e em CDB.

        A alíquota passaria a ser única, em 15%. Hoje, as alíquotas vão de 15% a 22,5%, sendo maior quanto mais breve for a duração da aplicação.

        Segundo o Ministério da Economia, pessoas mais ricas, que podem deixar o dinheiro parado por muito tempo, “não podem ter mais benefícios por causa disso”.

        Curtido por 1 pessoa

      3. Eu estôu … P-A-S-S-A-D-O.

        E pela queda de alguns FII ontem e antes-de-ontem … fica CLARO que alguns SABIAM; a MAIORIA INCRÉDULA, devido às leis do FIAGRO, R$ 20 K por CPF, etc e tal já APROVADAS em DOU … (como bem disse e postou o colega @Eduardo) … acordou hoje depois do meio-dia!! e resolveu DETONAR o dedo no botãozinho de VENDA.

        >>> PqP !!! DEsde o Collor … essa INSEGURANÇA PATRIMONIAL e de INVESTIMENTOS. Hoje, ACORDEI para ver a MAQUINA ESTATAL me FURTAR um carro da garagem; é mais ou menos o valor do estrago no meu HB…

        Curtido por 2 pessoas

      4. Segura o chapéu … Deu pânico no mercado de FIIs.
        Mais uma que o governo nos apronta, INSEGURANÇA, esse é o nome do jogo de se investir no Brasil, aqui existe tudo que é tipo de risco e o maior deles chama-se governo.
        De novo metem as duas mãos no nosso bolso, com a desculpinha de simplificar vão aumentando a mordida, nosso patrimônio juntado com tanto esforço e sacrifício vai sendo ROUBADO.
        Pensando bem agora descobrimos quem é o otário … Somo nós, que insistimos em continuar investindo neste puteiro, nesta pocilga chamada Brasil, não querendo ofender as meretrizes nem os suínos.
        Hoje estive fora pela manhã, quando chego para o almoço me deparo com duas OCs executadas de susto … Mas isso não é nada, ossos do ofício, o pior é o que está acontecendo na economia real.
        Hoje tive que dar uma passada rápida pelo supermercado, enquanto estava escolhendo um produto, um repositor se aproximou do meu lado e rapidamente trocou várias etiquetas de preços, observei a rapidez com que fazia seu serviço e perguntei se isso era feito com muita frequência, o que ele me informou que todo dia remarcava os preços. Instantaneamente lembrei de como era antes do Plano Real, fui tomado por um sentimento de angustia e grande preocupação. Será que vamos retroceder quase trinta anos no tempo ? Neste país será sempre isso, um passo a frente dois atrás ?
        Pensando seriamente em liquidar posição aqui e investir numa economia mais sólida, FIIs em queda mas câmbio em alta , quem sabe uma coisa compense a outra.

        Curtir

      5. DIVIDENDO de ação tem isenção até R$ 20 mil/mês

        mas …

        RENDIMENTO de fii é taxado em 15 % em sua totalidade, independente de valor ???

        >>>> PODE isso, Arnaldo… pode ????

        Curtido por 3 pessoas

      6. Olha, @Interceptor … pelo tom das falas, abaixo…
        Tenho que CONCORDAR contigo: – o cara é um JEGUE mesmo !!!

        Proposta de taxação

        Por Reuters, 25 jun 2021 14h05 – Atualizado 11 minutos atrás

        SÃO PAULO (Reuters) – O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu nesta sexta-feira a taxação de dividendos aos mais ricos, considerando “inadmissível” que bilionários paguem zero nessa rubrica enquanto assalariados sentem o maior peso dos impostos.

        “É inadmissível. O bilionário recebe dividendos todo ano e paga zero sobre dividendo”, disse Guedes ao participar de reunião mensal na Comissão Temporária da Covid-19 no Senado.

        “Hoje não se cobrava nada (dividendos). Então nós estamos botando o pé na porta e abrindo a porta, (estamos) falando ‘olha, vamos cobrar já 20%’. Ali no futuro gradualmente nós vamos unificar isso tudo e ele vai entrar no progressivo.”

        Segundo o ministro, a reforma tributária é “só uma abertura de porta nessa direção”.

        “Estamos sinalizando: olha, as empresas vão pagar menos, as pessoas físicas que vivem de rendimento de capital –ou seja, quem realmente é rico no país ou classe média alta– têm que começar a pagar, e nós estamos desonerando justamente os assalariados”, afirmou.

        Governo apresenta projeto que modifica Imposto de Renda; veja os principais pontos
        Governo propõe tributação de dividendos em 20%, com isenção de R$ 20 mil mensais
        Tributação de dividendos: quais são os possíveis impactos da proposta do governo para as ações? “Então estamos justamente sinalizando que, olha, mudou a música, vai mudar a música. Estamos indo em outra direção agora. Vamos desonerar os trabalhadores.”

        A segunda etapa da proposta da reforma tributária, apresentada pelo Ministério da Economia nesta sexta-feira, propõe a tributação de dividendos distribuídos a pessoa física em 20%, com isenção para até 20 mil reais recebidos por mês, de acordo com apresentação divulgada.

        >>>> Está TUDO ERRADO, Jegues… essa sua linha de pensamento; TUDO ERRADO !!!

        Curtido por 2 pessoas

      7. Essa isenção de r$ 20000 nos dividendos não vale para o mercado de ações. (não é só o bilionário que vai pagar imposto sobre dividendos)
        É só isenção de dividendos de microempresa pagos aos socios.

        Curtir

      8. Fonte UOL.

        Nos FII, haverá fim da isenção sobre rendimentos distribuídos a pessoas físicas no caso desse tipo de fundo com cotas negociadas em bolsa a partir de 2022.

        A tributação dos demais cotistas, por sua vez, cai de 20% para 15% na distribuição de rendimentos, amortização e alienação de cotas.

        – – – –

        Vejam que bacana, a Cirella vai pagar menos imposto com a renda do ABCP.

        Curtido por 2 pessoas

      9. Esse jegues mostrou a cara de vez, de liberal não tem NADA, o cara é mais um ESQUERDOPATA, falando em tributar bilionários, ricos que vivem de renda, o imbecil vive noutro país, não sabe que os dividendos e proventos servem para complementar a renda do trabalhador, bilionário já vazou daqui faz tempo, otário ainda vem com esse papinho de desonerar o assalariado, tudo pra agradar os esquerdinhas. E rico e média alta paga muito imposto sim, como todo cidadão dessa terra. O que vai acontecer é que cada vez mais vamos investir fora. Chupa jegues. Tem jeito não Brargentina.

        Curtido por 2 pessoas

      10. Segura o chapéu … Deu pânico no mercado de FIIs.
        Mais uma que o governo nos apronta, INSEGURANÇA, esse é o nome do jogo de se investir no Brasil, aqui existe tudo que é tipo de risco e o maior deles chama-se governo.
        De novo metem as duas mãos no nosso bolso, com a desculpinha de simplificar vão aumentando a mordida, nosso patrimônio juntado com tanto esforço e sacrifício vai sendo ROUBADO.
        Pensando bem agora descobrimos quem é o otário … Somo nós, que insistimos em continuar investindo neste puteiro, nesta pocilga chamada Brasil, não querendo ofender as meretrizes nem os suínos.
        Hoje estive fora pela manhã, quando chego para o almoço me deparo com duas OCs executadas de susto … Mas isso não é nada, ossos do ofício, o pior é o que está acontecendo na economia real.
        Hoje tive que dar uma passada rápida pelo supermercado, enquanto estava escolhendo um produto, um repositor se aproximou do meu lado e rapidamente trocou várias etiquetas de preços, observei a rapidez com que fazia seu serviço e perguntei se isso era feito com muita frequência, o que ele me informou que todo dia remarcava os preços. Instantaneamente lembrei de como era antes do Plano Real, fui tomado por um sentimento de angustia e grande preocupação. Será que vamos retroceder quase trinta anos no tempo ? Neste país será sempre isso, um passo a frente dois atrás ?
        Pensando seriamente em liquidar posição aqui e investir numa economia mais sólida, FIIs em queda mas câmbio em alta , quem sabe uma coisa compense a outra.

        Curtido por 2 pessoas

      11. De governo, politicos … nunca esperei NADA; apenas esperei que uns fossem MENOS PIORES do que outros; errei de medida, governo e politicos !!!

        (Putz !! ERREI T-U-D-O !!)

        Colocaram um dito LIBERAL como ministro e montaram uma pôha de um super-ministério pro cara !! Cheguei a pensar que os impostos seriam SIMPLIFICADOS e … REDUZIDOS, ALIVIADOS ! Mas … não !!! JEGUES é um Merda! (desculpem as palavbras, mas nào tem outro adjetivo.) EStá DESTRUINDO a PATRIMONIO justamnete de quem trabalha, poupa, investe e re-investe.

        Na verdade, se DEPENDER de mim, não vai passar apenas de mais um OTÁRIO que serviu para atrair os votos do mercado financeiro para eleger LULA (ou Ciro ) já no 1o. turno em 2022.

        Quanto mais ruim (sic) é, pior eu quero ver !!

        Curtir

      12. Pois é, esse jegues é mais um melancia, verde amarelo por fora e vermelhão por dentro, estamos sendo PUNIDOS por investir neste país, somo obrigados cada vez mais a financiar a bandalheira deles, canalha, traíra, fazendo jogo sujo da esquerda, tudo isso dá votos para eles, só o palhaço bozo que ainda não percebeu, como sempre o último a saber que foi traído, corno incorrigível.

        Curtido por 1 pessoa

      13. Outra pegadinha é que aquela isenção de lucro nas vendas até 20000 que era por mês agora é por trimestre. Ou seja, além de não corrigir o valor cortaram ele a um terço… (antes era 60000 por trimestre agora é 20000)

        Curtir

      14. @Evs … tem certeza ?!?!?! (sobre os R$ 20mil)…

        Onde leio é CLARO que a tributação de dividendos distribuídos a pessoa física será de 20%, com isenção para até R$ 20 mil recebidos por mês… [o que na verdade é uma FALACIA pois o Imposto de Renda sobre este lucro é cobrado diretamente apenas das empresas, NA FONTE; Então, haverá, sim!, uma simples transferencia de fonte para se cobrar das pessoas e isentar as empresa -okay- só que … o PULO do GATO !!!… os FdPs AUMENTARAM a alíquota em 5% !!! ]

        De onde está tirando esas informações, direto do documento entregue ? Eu não duvido nada que os “izpecialistas” nào estejam sabendo “ler” tal documento

        Curtir

      15. Pessoal da 2C me mandou o texto do projeto de lei.
        Essa isenção de R$ 20000 dos dividendos é só de dividendo de microempresa para os socios.
        A maioria da impressa continua informando como se valesse para todos, mas não é o que está escrito no PL

        Curtido por 1 pessoa

      16. Para Trix e cia, mais um comunista foi descoberto: Paulo Guedes kkkkkkk

        Obs: espero que o CN não aceite isso e mantenha a isenção criada desde o início do governo Lula e que ajuda/ajudou vários investidores a alcançarem a sua independência financeira.

        Curtir

      17. Não, não será o fim dos fundos imobiliários, mas que vai levar muitos e muitos anos pra recuperar do golpe, isso vai.
        Brasil é assim, tudo que começa prosperar um pouco vem o Estado pra atrapalhar.

        Curtido por 2 pessoas

      18. Maior gasto do estado é previdência. Aí você investe, depois de pagar imposto sobre tudo que recebeu, para fazer sua própria previdência e vem o estado e mete a mão.

        Curtir

    1. Financiamento Imobiliário Ficará Mais Caro com Alta da Selic
      Com a tendência de aumento da taxa Selic já confirmada pelo Copom, é esperado um aumento natural dos juros nas operações de crédito.

      Curtir

    2. BRASÍLIA (Reuters) – O governo propôs nesta sexta-feira alterações à taxação de ganhos com investimentos financeiros, com a fixação de uma alíquota única de 15% sobre ativos de renda fixa e fundos e o fim da tributação maior para aplicações de menor prazo.

      Para os fundos de investimento imobiliário, o governo quer acabar com a isenção sobre os rendimentos distribuídos a pessoa física no caso de FII com cotas negociadas em bolsa a partir de 2022.

      As propostas constam em projeto encaminhado pelo ministro Paulo Guedes (Economia) à Câmara dos Deputados nesta sexta-feira.

      Curtido por 1 pessoa

      1. Já era governo do imposto, aumentou impostos p os bancos ontem para subsidiar o Disel para os caminhoneiros votarem no governo, só que os bancos vão repassar pós troxa da população e assim vai, é um aumento de impostos por dia. Centrão tem muita fome

        Curtido por 2 pessoas

      2. Segundo o Ministério da Economia, pessoas mais ricas, que podem deixar o dinheiro parado por muito tempo, “não podem ter mais benefícios por causa disso”.

        >>> São essas PESSOAS “MAIS RICAS” que FINANCIAM A MAQUINA PUBLICA, seu FdP !!!

        Curtido por 1 pessoa

      3. Quem avisa amigo é.
        Não seja pro mafioso.
        Aqui é antigoverno ! KKKKK

        Espere mais um pouco que uma vez instaurada alíquota de 15%, : lulão e cirão vão aumentar dizendo que coisa de elite burguesa KKKKk
        Segura!

        Dólar, ouro, terra produtivas, agro, renda fixa =resto

        para investir no mercado imobiliario tem que ter taxa desconto. A cotações atuais são muito elevadas para riscos destes investimento.

        Curtido por 2 pessoas

      4. @Senhor dos FII … eu estou vendo um ajuste imediato de -10% nas cotações. Semana que vem, tem MAIS QUEDA !! Vai chegar a 20%-30%, só a título de prevenção, para então … ver como se ajeitarão e ficarão.

        >>> O PATRIMONIO já está DESTRUIDO !!!! FdP !!!

        Curtido por 1 pessoa

      5. Com essa queda nas cotações, agora sim!!, os Fundos de Fundos que estavam super-descontados em relação ao VPA encontrarão seu ponto de equilíbrio mais próximo do P/B = 1 . Esses fundos estavam À FRENTE DO SEU TEMPO; nós, cotistas é que não conseguimos entender … 🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣

        Curtido por 1 pessoa

    3. @Trix … Ó-D-I-O é pouco para descrever o que sinto a respeito desses FUNÇAS que, de uma maneira ou de outra, elegemos e pagamos. CHEGA !

      E o que a debandada, crash das cotações afetam os gestores de FII ?? em … N-A-D-A !!
      Continuarão recolhendo suas taxinhas, de admin e performance, etc e tal.
      Recebendo aluguéis isentos de tudo, etc e tal …

      Quem se f… mesmo … é apenas o COTISTA com seu PATRIMONIO DELAPIDADO pelo mecanismo estatal. Como taxarão proventos recebidos de REITS, eihm ?!?!?, já que o fato gerador é … em território estrangeiro ??? Já pararam para pensar no tamnaho do EMBROLHO … ?

      Curtir

      1. Só quero ver o que os liberais de carteirinha puxa-sacos de plantão (ex. constantino, ulrich, etc…) falarão sobre isso tudo … Se começarem a defender o jegues … ganharão a lata-de-lixo tbém !!

        Eu tenho plano C, de vida ! Vai ser acionado. (o plano A e B já foram … e está dando no que está dando !!) CHEGA !! Desde 1989 …. mais de 30 anos; 30 !!!

        Curtido por 1 pessoa

      2. É Renato unREAL , a sensação que tenho é que investir aqui é tempo perdido, passei a vida toda construindo patrimônio aqui para antes, durante e depois ser penalizado, não vale a pena insistir no erro, primeira oportunidade é tirar tudo daqui.

        Curtir

    4. Art. 3o A Lei no 9.249, de 1995, passa a vigorar com as seguintes alterações:
      “Art. 10-A. A partir de 1o de janeiro de 2022, os lucros ou dividendos pagos ou creditados sob qualquer forma pelas pessoas jurídicas, ficarão sujeitos à incidência do imposto sobre a renda retido na fonte à alíquota de 20% (vinte por cento), nos termos deste artigo.

      § 1o O imposto de que trata o caput também incidirá sobre os lucros ou dividendos pagos, creditados, entregues, empregados ou remetidos para beneficiários residentes ou domiciliados no exterior.

      § 2o A alíquota do imposto de que trata o caput será de 30% (trinta por cento) no caso de beneficiário residente ou domiciliado em país ou dependência com tributação favorecida, ou de pessoa física ou jurídica submetida a regime fiscal privilegiado de que tratam os arts. 24 e 24-A da Lei no 9.430, de 27 de dezembro de 1996.

      § 3o O imposto de que trata este artigo será considerado devido exclusivamente na fonte, observado o disposto nos §§ 4o a 8o.

      § 4o São isentos do imposto sobre a renda os lucros recebidos por pessoas físicas residentes no Brasil pagos ou creditados por microempresas ou empresas de pequeno porte, de que trata a Lei Complementar no 123, de 14 de dezembro de 2006, até o limite de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) ao mês.

      § 5o Caso a microempresa e a empresa de pequeno porte efetue pagamento a beneficiários que sejam considerados pessoas ligadas, o limite de que trata o §4o será aplicado para o conjunto de beneficiários.

      § 6o São consideradas, para efeito do disposto no § 5o, pessoas ligadas os sócios da pessoa jurídica que sejam cônjuge, companheiro e parentes, consanguíneo ou afim, até o terceiro grau.

      § 7o No caso de os lucros excederem aos limites previstos no § 4o, o valor excedente
      estará sujeito à incidência do imposto sobre a renda na forma deste artigo.

      § 8o A pessoa física que receber, no mês, lucros de mais de uma microempresa ou empresa de pequeno porte, de que trata a Lei Complementar no 123, de 2006, cujo total exceda o limite previsto no § 4o, deverá recolher o imposto sobre a renda calculado com base na alíquota estabelecida no caput sobre o excedente, ainda não tributado conforme § 7o, até o último dia útil do mês subsequente ao do recebimento.

      § 9o No caso de beneficiário pessoa jurídica domiciliada no País, o imposto poderá ser compensado com o imposto retido na fonte por ela devido nos termos do caput, calculado sobre as distribuições de seus próprios lucros ou dividendos.

      § 10. A incidência de que trata o caput inclui os lucros ou dividendos distribuídos a beneficiários de todas as espécies de ações previstas no art. 15 da Lei no 6.404, de 1976, ainda que a ação seja classificada em conta de passivo ou que a remuneração seja classificada como despesa financeira na escrituração comercial.

      § 11. O aumento de capital social das pessoas jurídicas mediante incorporação de lucros ou reservas não estará sujeito à tributação do imposto sobre a renda retido na fonte, ressalvados os casos em que:

      I – nos cinco anos anteriores à data da incorporação dos lucros ou reservas, a pessoa jurídica restituir capital ao titular, sócio ou acionista, caso em que o valor capitalizado será considerado, até o montante da redução do capital social, como lucro ou dividendo distribuído, sujeito à tributação na fonte na forma deste artigo; ou

      II – dentro dos cinco anos subsequentes à data da incorporação dos lucros ou reservas, a pessoa jurídica restituir capital social ao titular, sócio ou acionista, mediante redução do capital social ou, em caso de liquidação, sob a forma de partilha do acervo líquido, caso em que o valor restituído será considerado, até o montante do valor capitalizado, como lucro ou dividendo distribuído, sujeito à tributação na fonte na forma deste artigo.

      § 12. O imposto incidente nas situações de que tratam os incisos I e II do § 11 e o art. 62, do Decreto-Lei no 1.598, de 26 de dezembro de 1977, será devido exclusivamente na fonte, não se aplicando o disposto nos §§ 4o a 9o.

      § 13. O custo de aquisição das quotas ou ações recebidas pelo titular, sócio ou acionista na forma do § 11 será igual a zero.

      § 14. Não são dedutíveis na apuração do lucro real e da base de cálculo da CSLL os lucros ou dividendos pagos ou creditados a beneficiários de qualquer espécie de ação prevista no art. 15 da Lei no 6.404, de 1976, ainda que classificados como despesa financeira na escrituração comercial.

      § 15. Os lucros das filiais, sucursais, agências ou representações no País, de pessoas jurídicas com sede no exterior, apurados a partir de 1o de janeiro de 2022, são considerados automaticamente percebidos pela matriz na data do encerramento do período de apuração e estarão sujeitos à incidência do imposto sobre a renda retido na fonte à alíquota de 20% (vinte por cento). § 16. No caso de extinção por dissolução e liquidação, a parcela do acervo líquido a ser devolvida ao titular ou aos sócios da pessoa jurídica correspondente aos lucros e às reservas de lucros não distribuídos será tributada na forma deste artigo.

      § 17. Os rendimentos pagos ou creditados a sócio ou acionista ou ao titular da pessoa jurídica a título de lucros ou dividendos que não tenham sido apurados com base na escrituração mercantil serão submetidos à tributação nos termos do art. 61 da Lei no 8.981, de 20 de janeiro de 1995.

      § 18. O disposto neste artigo aplica-se a todas as pessoas jurídicas, inclusive as tributadas com base no lucro presumido ou no lucro arbitrado e as microempresas e empresas de pequeno porte optantes pelo Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte – Simples Nacional de que trata a Lei Complementar no 123, de 2006.

      § 19. A isenção a que se refere o art. 14 da Lei Complementar no 123, de 2006, aplica-se aos lucros ou dividendos pagos ou creditados até 31 de dezembro de 2021.” (NR)

      Curtido por 1 pessoa

      1. Está bem claro!! 👏👏👍

        éprákabá !!!! “izpecialistas” de 💩💩💩💩💩 !!!!
        NÃO CONSEGUEM NEM LER !!! estão repetindo … dentro da BOLHA !!!

        Curtir

      1. AHHH Pátria tributadora !!!
        Talvez não eleve a arrecadação tanto assim uma vez que aumento de imposto tende a espantar investimentos e investidores, mas os “doutos” da receita não sabem disso.
        E se eu ainda tiver o direito de perguntar para onde vai esse dinheiro arrancado, digo arrecadado de mim ? Mais programas sociais para compra de votos, mordomias, luxos como vinhos e queijos importados das mais caras marcas, luxurias para pagamento de prostitutas de luxo, ou quando a esquerda voltar, patrocinar ditaduras comunistas pelo mundo, estradas, portos e aeroportos nos países membros do Foro de São Paulo ?
        Mas a bandalheira tem que continuar, a boa vida dos parasitas estatais cada vez melhor, eles cada vez mais ricos, nós cada vez mais pobres, fica cada vez mais escancarado que existem duas classes de cidadãos : nós que pagamos e eles que recebem impostos.

        Curtido por 3 pessoas

      2. Trix,
        Depois vc me fala quem é comunista. A direita ou a esquerda. Ficou confuso. Kkkk
        Brincadeiras a parte, essa queda doeu no bolso. Por sorte eu já tinha feito uma diminuição significativa na minha carteira de FIIs com a expectativa de SELIC em 6,5% a.a. As minhas maiores posições como VILG11, HGRU11 CPTS11 e CVBI11 foram liquidadas no zero a zero.

        Curtir

      3. vcmarcos , hoje tenho quase 60% da minha carteira em FIIs, agora vem o governo querendo ser sócio na renda e ainda tenho de pagar 15% de desvalorização do capital para ter o belezinha de sócio. Tô muito feliz por investir neste país destruidor de patrimônio … Orgulhoso de poder contribuir mais e mais e mais com a pátria mãe … Só tem um probleminha … Esses parasitas não sabem a hora de parar e sugam tanto até não sobrar nada além da nossa casca retorcida e seca.

        Curtido por 3 pessoas

      1. Eu diria mais coisa, a covardia também, isso nada mais deixa claro q esse governo é um fracasso, incapaz de andar com suas despesas e entranhas sem ter q usurpar ainda mais o já calejado contribuinte.. como dizia meu amigo árabe, povo brasileiro povo Carneiro

        Curtido por 1 pessoa

      2. @Interceptor, vc nem precisa mais se esmeirar em me convencer.
        A verdade prevalece !! -rsrsrs
        VOTO nele, no seu candidato, só de PIRRAÇA, agora!

        Curtir

      3. O IMBECIL! do JEGUES e sua equipe propuseram … eliminar o benefício tributário às pessoas físicas nos FIIs, mas manter a isenção sobre produtos como letras de crédito imobiliário (LCI) e do agronegócio (LCA) e certificados de recebíveis imobiliários (CRI) e do agronegócio (CRA). Ainda que os CRIs permaneçam isentos de IR segundo a proposta apresentada nesta sexta, os fundos imobiliários de recebíveis, que investem nesses instrumentos, seriam tributados …. JEGUE !

        Curtir

      4. … Com o fim da isenção tributária, fundos de CRI começam a comprar novos CRIs com taxas mais altas, mas os de tijolo não conseguem fazer um trade do imóvel. Há uma diferença de liquidez na gestão de portfólio em um fundo de CRI e outro de tijolo, que não vai conseguir repassar esse custo ao inquilino …

        >>> 👀👁👀👁👀👁 nos fundos de papel, pessoALL !!!

        Curtir

      5. A solução para isso TUDO é muito SIMPLES: muda-se o NOME desses fundos de investimentos imobiliários para … ENQUADANDO-OS em algo que não pague.

        NÃO sou advogado, mas que tem jeito…. TEM !!

        Curtir

      6. Tem outra implicação nisso, se deixar tributar isso abre a porteira, onde passa um boi passa uma boiada, depois vão querer aumentar essa alíquota ou vir com qualquer outra sandice, há uma profusão de idéias para ferrar o contribuinte, a coisa não vai parar por aí, se engana quem acha que o governo vai se dar por satisfeito, uma vez aprovado, fica pavimentado o caminho para mais interações, eles vão em cima de quem é mais fácil roubar.

        Curtido por 1 pessoa

  12. CT: LOGG, BARI, BCFF, BTAL, CPFF, CXRI, HGLG, MCCI, MFII, RBVA, VIUR, WTSP, XPHT

    Café com Tetzner 24/Jun/21:

    Isenção permanente do imposto de renda (IR) para dividendos de FIIs vote: https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=152485&voto=favor

    Relatórios
    FII BARIGUI BARI
    FII BC FFII BCFF
    FII BTG AGRO BTAL
    FII CAP REIT CPFF
    FII CX RBRAV CXRI
    FII HECT CRI HCHG
    FII CSHG LOG HGLG FR
    FII MAUA MCCI
    FII MERITO I MFII
    FII RIOB VA RBVA FRs
    FII VINCI UB VIUR FR
    FII WTC SP WTSP-MB
    FII XP HOT XPHT

    Cursos, Painel e Radar dos FIIs: https://tetzner.wordpress.com/loja

    😀 Siga o Tetzner

    Curtido por 2 pessoas

      1. uma das “mágicas” da inflação ooficial é que … os preços sobem-sobem-sobem… e quando param de subir, a inflação “estabiliza”, “diminui”, “zera”; só esquecem de te avisar que tudo se “congelou” em patamar de preço de … TOPO !!! 🤣🤣🤣

        Curtir

    1. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) subiu 0,83% em junho, em aceleração após registrar alta de 0,44% em maio de 2021. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (25) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

      Curtir

    2. CMN Fixa Meta de Inflação em 3,00% para 2024
      Para 2024, o objetivo será uma inflação de 3%. A meta de inflação é o norte do BC em suas decisões sobre o rumo dos juros no País.

      Curtir

NOVOS COMENTÁRIOS AQUI: (sem links, emails ou telefones)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: