Fórum Fundos Imobiliários

tetzner_blog-fundo_imobiliario

A Maior, mais Bem Informada e Ativa comunidade 100% FII

ABCP  AEFI  ALZR  AGCX  ALMI  ATSA  BBFI  BBPO  BBRC  BBVJ  BCIA  BCFF  BCRI  BMLC  BNFS  BPFF  BRCR  CBOP  CEOC  CNES  CPTS  CTXT  CXCE  CXRI  CXTL  DOMC  DRIT  EDFO  EDGA  EURO  FAED  FAMB  FCFL  FEXC  FFCI  FIGS  FIIB  FIIP  FIXX  FLMA  FLRP  FMOF  FPAB  FVBI  FVPQ  GGRC  GRLV  HCRI  HFOF  HGBS  HGCR  HGJH  HGLG  HGRE  IRDM  JRDM  JSRE  KNCR  KNIP  KNRE  KNRI  MALL  MAXR  MBRF  MFII  MXRF  NSLU  ONEF  OUJP  PLRI  PQDP  PRSV  RBBV  RBDS  RBGS  RBPD  RBRD  RBRF  RBVO  RDES  RNDP  RNGO  SAAG  SCPF  SDIL  SHPH  SPTW  TBOF  TFOF  TGAR  THRA  TRNT  TRXL  UBSR  VISC  VLOL  VRTA  WPLZ  XPCM  XPML  XTED

Juntos somos mais Fortes! Incentive o blog, assine os produtos e serviços:

Mini_FitaProdServ

Login   Registro   FII   Ações   Fundos   Diversão   Comentar   Loja   Ajuda   Comentários   RSS   AdBlock

Anúncios

12.575 comentários sobre “Fórum Fundos Imobiliários

  1. Desconto em vendas de imóveis diminui no 4º tri, mas intenção de compra é a menor desde 2014

    O mercado imobiliário ainda dá sinais fracos de recuperação, o que torna o momento atraente para quem quer comprar sua casa ou apartamento.

    Conforme dados da pesquisa Raio-X FipeZap do 4º trimestre de 2017, houve queda na proporção das transações de compra e venda com desconto no mercado, que passou do pico de 74,8%, em junho de 2016, para 65,2% do total, em dezembro de 2017.

    Acompanhando essa tendência de queda em número de negócios, o percentual médio de desconto declinou de 9,3% para 7,6% no mesmo período, percentual que corresponde à média histórica desde 2013.

    Uma explicação para essa menor disposição para dar descontos é a queda real dos preços dos imóveis mostrado pelo Índice FipeZap nos últimos anos

    Curtido por 1 pessoa

    • Menos compradores potenciais

      O percentual de compradores em potencial (com pretensão de adquirir imóveis nos próximos 3 meses) caiu de 44% para 39%, uma baixa de 5 pontos percentuais. Com isso, o percentual de potenciais compradores é o menor trimestral desde 2014.

      Uma das razões para esse menor interesse pode ser o preço. Entre os que querem comprar imóveis nos próximos três meses, os que classificavam os preços atuais como “altos” ou “muito altos” apresentou ligeira alta, encerrando dezembro em 64%.

      Entre aqueles que adquiriram imóveis recentemente, a proporção que achava os preços altos recuou frente ao observado no trimestre anterior, respondendo por 44% do total.

      Curtir

    • Investimento em imóveis

      Já a participação dos que compram imóveis para investir no total de compradores manteve-se relativamente estável, encerrando 2017 em torno de 41%. Mas, segundo a FipeZap, é possível notar um aumento no interesse de aquisição do imóvel para aluguel, face à queda no interesse para revenda.

      Curtir

    • Expectativa de queda ou manutenção dos preços no curto prazo

      Finalmente, com relação às expectativas sobre a evolução do preço dos imóveis, a proporção dos que esperam estabilidade nos preços nos próximos 12 meses subiu de 30% para 35% no último trimestre, aumento partilhado entre aqueles que preveem queda nos preços (de 22% para 26%). Já os respondentes que esperam aumento nos preços oscilou de 18% para 15%.

      Como resultado, a expectativa de variação de preço para os próximos 12 meses passou de -2,4%, no terceiro trimestre, para -3,6%, no quarto trimestre de 2017.

      Curtir

      • Tem q aproveitar o momento de juros baixos, carros por exemplo já tá reagindo bem pelas taxas baixas de juros, mas mesmo nos carros tem q cair muito ainda. Nos imóveis não é diferente, tem q ter taxas atraente, problema é q não tem nem dinheiro direito p compra de imóveis, quando tem é uma burocracia danada, sujeito p comprar uma Ferrari de 2.000.000 tem menos burocracia do que um cidadão que quer comprar um ap ou uma casinha de 150 conto, isso tem q mudar, a Ferrari desvaloriza já o imóvel valoriza, não sei por q tanta diferença, mesmo q fosse p por um reajuste de acordo com inflação já valeria a pena acelerar essa oportunidade de juros baixos, mesmo por q isso não vai durar muito já chega o novo ciclo de juros altos e aí fica cada vez mais travado mercado de imóveis no Brasil

        Curtir

      • A taxa pode ser 5% ou 0%.

        – Tendo sobre oferta , deslocamento da renda e demografia desfavorável não vai ter aumento na intenção de compra mesmo.

        Por estes dias analise diversas vagas com diversas qualificações nas melhores empresas do Brasil: Encontrei uma renda média para cargos de alto escalão ” tirando executivos, diretores ou gerente de projetos” Ok, media de 8.000 mil reais bruto.

        Tirando imposto de rendas , contribuições e todo resto deve pegar na mão uns 6.300 líquidos.
        Com 6.300 precisa consumir, consequentemente no consumo já vem embutido uma média de 40% a 50 de impostos ( sobra líquido uns 3.000.)

        Estes 3.000 que poderia ser usados para financiar um imóvel meia boca, num lugar bem meia boca.

        Apartamento na periferia com padrão um pouco melhor não saem por menos de 400.000, sendo que algumas cidades não saem por menos de 500.000.

        OBS: Não adianta falar de interior porque os melhores cargos se encontram nas grandes cidades, consequentemente teria que dar entrada de pelo menos 100 mil reais e ter um bom FGTS.

        Constatações: Quanto tempo gastos com qualificações e certificados você levaria até conseguir chegar nos cargos mais elevados?

        E quanto tempo levaria para conseguir juntar dinheiro para dar entrada e conseguir manter as prestações no talo, obviamente não sobrando dinheiro para mais nada!

        Contando que neste meio tempo você não venha perder emprego, algum muito comum de acontecer no mercado atual e o principal responsável pelos crescente números de distratos junto ao super estoques e juros do financiamento.

        A conta não fecha, sendo assim a nova geração não tem adquirindo imóveis na mesma velocidade que as antigas.

        Outro ponto é crescente dinâmica do mercado de trabalho que faz com que você precise se descolorar grandes distancias do trabalho para casa, devido as casas mais próximas ao centros terem m2 mais caro do que as situadas na periferia da cidade.

        No exterior o fenômeno é inverso: As casas do subúrbio são mais luxuosas e mais caras, porém lá existe auto estradas ligando subúrbio ao centro da cidade, consequentemente você chega mais rápido ao centro da cidade.

        Junte isso ao estoques em posses da velha geração: Que ao morrer são herdados pelos filhos que para economizar ou vão morar nestes imóveis ou colocam a venda no mercado para engrossar números de imóveis no mercado.

        A conta não fecha !
        Poucas incorporadores perceberam isso e já estão lançando para nichos de mercado especifico .

        – Os estoques precisam diminuir.
        – A renda média precisa aumentar
        – A taxa de poupança precisa aumentar.

        Enquanto não ocorrer inversão nestas três variáveis a intenção de compra vai se manter inerte ou oscilar em torno do mesmo eixo com pequenas variações.

        Curtido por 2 pessoas

      • OBS: Permanecer igual ali já é diminuir pelo efeito da inflação e da taxa juros CDI.

        O que vejo não adiante consultados todos dados que disponho em mãos seria preço dos imóveis congelados por alguns anos tendo perdas para inflação, principalmente até a renda média e o nível de emprego igualem ao poder de comprar e manutenção dos mesmos.

        – Fica onde esta só que perdendo para inflação e CDI, até que ocorra recuperação da renda média nacional e diminuição dos super estoques.

        Por estes dias saiu matéria em meio famoso sobre investidor que trocou 100% dos imóveis físicos por fundos imobiliários .

        Quem faz as contas chegaria mesma conclusão!

        Só o aumento de 100% de IPTU anda torando pessoal com imóvel vago e pressionando custos de condomínio.

        Curtido por 2 pessoas

  2. Amazon pretende alugar armazém gigantesco na região de São Paulo – SP

    O Brasil é o maior mercado de varejo da América Latina, e a Amazon está procurando um armazém de 50 mil metros quadrados para alugar na região de São Paulo. Isso mostra que a gigante de Jeff Bezos pode, em breve, iniciar uma distribuição própria de eletrônicos e demais produtos a partir do e-commerce brasileiro.

    Com uma central de distribuição brasileira, a Amazon dará o primeiro passo para dominar o varejo virtual na América Latina. Até então, a companhia conta com terceiros para enviar seus produtos para cá. Contudo, a Amazon não se pronunciou oficialmente sobre o assunto, que foi revelado à agência Reuters por fontes anônimas.

    No Brasil, o comércio eletrônico representa cerca de 5% do mercado varejista, e a Amazon já vem expandindo seus negócios por aqui desde o ano passado, quando começou a vender eletrônicos além do Kindle, incluindo o Fire TV Stick. Mas a ideia é começar a vender também outros eletrônicos de marca própria, o que pode significar a chegada oficial dos speakers inteligentes da linha Echo no território nacional.

    Ao comprar um armazém no Brasil, a varejista se prepara para brigar com grandes nomes que dominam o e-commerce por aqui, como o Mercado Livre e o Magazine Luiza, por exemplo. Para Pedro Guasti, CEO da Ebit, “obviamente não se pode subestimar uma empresa como a Amazon”, que “tem enorme capacidade de investir”.
    E, ao que tudo indica, esse armazém estará localizado na cidade de Cajamar, próximo à capital paulista, e o espaço teria sido oferecido pela empresa de logística Prologis Inc. No mesmo local, há centrais da DHL e também da Samsung.

    Fonte: CNBC

    Curtido por 1 pessoa

  3. Variação dos rendimentos anuais.
    Os FIIs que aumentaram e os que diminuíram seus rendimentos em 2017 em relação à 2016.
    Fundos de fundos
    BPFF11 -2,74%
    FOFT11 -7,68%
    CXRI11 -9,79%
    BCFF11 -11,81%
    TFOF11 -13,25%
    FIXX11 -13,33%
    BCIA11 -14,37%
    IGPM 2017 -0,53%
    IPCA 2017+2,94%

    Curtido por 2 pessoas

      • Antônio Duarte

        Um investidor que leia o blog tem desempenho melhor que qualquer gestor de fundos de fundos 😀

        Acho que o maior problema é filosófico… o gestor de FoF muitas vezes compra cotas de certos FIIs para atender um interesse que não é o de gerar renda para o cotista

        Taxas dobradas, carteiras estagnadas e viciadas são outro ponto que contribui para esse segmento não ter despontado nos FIIs

        E se você colocar os FIIs numa cesta e dela tirar os custos, a renda que sobra vai ser sempre menor que dos fundos isoladamente, então o diferencial de Fundo de Fundos é a Gestão Ativa: gerar valor no Trade das cotas.

        Nossos gestores em sua maioria temem agir ativamente, além de dar mais trabalho, expõe o resultado final e até o emprego dele: Se acertar será consagrado… mas se errar, pode até rodar

        Curtido por 1 pessoa

      • Resumindo, fundo de fundos a eles interessa a renda ou ganhos de capital. Gestão própria onde o próprio cotista escolhe o que quer, isso acho ser o melhor nos dias de hoje, vão por mim

        Curtido por 1 pessoa

  4. CarnaFII 2018

    Vamos comparar os FIIs às escolas e identificar o Campeão ou aqueles fundos que melhor atendem aos “quesitos” 😀

    Comissão de frente – É a abertura do desfile, o primeiro grupo de integrantes a desfilar. (o Prédio/os Ativos)

    Evolução – Neste quesito, são avaliadas velocidade e maneira como a escola de samba desenvolve seu desfile. (a Renda)

    Conjunto – Aqui, é avaliada a interação entre os elementos gerais do desfile, como alas, bateria, samba-enredo e bateria. (a Administração/Gestão)

    Harmonia – Sincronia entre o que o intérprete do samba e o resto dos componentes da escola cantam. É preciso que todos entoem a letra em uma única voz, mesmo se acontecerem problemas no carro de som. (o Todo mais Equilibrado)

    Samba-enredo – Os jurados têm que verificar se a letra do samba mostra bem o enredo, se tem letra marcante e boa melodia (o Negócio/o Case)

    Mestre-sala e porta-bandeira – É avaliada a capacidade da porta-bandeira de proteger o estandarte da escola. Se a bandeira ficar, em qualquer momento, enrolada ao mastro, a dupla perde pontos.

    Alegoria e adereço – São os carros alegóricos e alas que mostram o enredo. O número mínimo e/ou máximo de carros é definido por cada cidade. (os Inquilinos)

    Enredo – Costuma ser escolhido logo no começo do ano de trabalho das escolas. É a história contada na avenida e é a partir dela que são elaborados samba-enredo, alegorias e fantasias. (a Localização do Imóvel)

    Fantasia – Precisa ter uniformidade nos detalhes e bom acabamento – as escolas perdem pontos se um passista destoa do conjunto ou se as roupas estiverem caindo aos pedaços, por exemplo. (Relatórios/Comunicação/RI)

    tum tum baticundum ziriguidum Olha o CarnaFII aíii Geeeeentee 😀 Chora Cavaco!

    Curtido por 2 pessoas

  5. Tetzner Journal – 10 de Fev 2017

    Capa Jornal Nova

    Carta ao Leitor

    Bem amigos do Blog, edição SEMANAL do nosso jornal dos FIIs já está no seu Email!

    Isso mesmo, toda semana você vai receber a edição com os últimos acontecimentos; e nos Relatórios Comentados a consolidação do Mês e tudo que foi destaque no mundo dos Fundos Imobiliários:)

    Edição ESPECIAL com uma Super Novidade: ainda mais informação sobre o mundo imobiliário 😀

    E no final da edição você encontra o Resumo dos FIIs Atualizado para você!

    Junte-se a nós, faça parte dessa família!

    Não é Assinante? Peça já a sua Edição, clique aqui!

    mini_Tetzner Tetzner

    Nesta Edição:

    • Carta ao Leitor…2
    • Conteúdo…3
    • Panorama Econômico Imobiliário…7
    • Fatos que marcaram a Semana…11
    • Resumo dos FIIs…71
    • Apêndice…74
    • Nota…76

    Ícone Assine

    Curtir

    • Atualização Semanal: 10/02/18

      Blog_Prod_Serv_Livro_Cursos

      Edições de Hoje

      Carteiras do Blog: Tetzner

      Matrix dos FIIs

      FII AnaliSYS: BRCR, FFCI, HGBS, HGRE, RBGS, RDES

      Tetzner Journal

      Não é assinante? Peça já sua Edição Aqui!

      Conteúdos Exclusivos de Assinantes dos Blog:

      • InsightsUma página restrita e dedicada a revelar os FIIs como você nunca viu
      • Trix Report: O fechamento diário dos FIIs resumido para você
      • Fórum VIP: Textos e Conteúdos Exclusivos, trazendo sempre as últimas novidades dos FIIs
      • Entrevistas: O mundo imobiliário por quem Realmente faz acontecer!
      • FII Alerta: Avisos Exclusivos para novas Assinaturas dos Produtos e Serviços 😀

      E mais, muito mais nos comentários dos amigos aos Textos, informação valiosa para ampliar o seu estudo e conhecimento.

      Curtir

    • RC – Relatórios Comentados – Fevereiro/18 – Ed 51

      Relatórios Comentados - Mini

      Carta ao Leitor

      Muita informação sobre os Fundos Imobiliários reunida num só lugar 😀

      Seguimos acompanhando e reportando as novidades imobiliárias e levando até você o melhor conteúdo, mais atualizado e no momento em que a informação acontece!

      Estamos de olho para você ficar tranquilo e seguir seus estudos sempre muito bem informado.

      Blog Tetzner

      Junte-se à essa Família 🙂

      Não é Assinante? Peça já a sua Edição, clique aqui!

      mini_Tetzner Tetzner

      Nesta Edição:

        • Carta ao Leitor…2
        • Aviso…7
        • Relatórios Comentados…8
          • ABCP11 – Gran Plaza Shopping FII…9
          • AEFI11 – AESAPAR FII…21
          • AGCX11 – Agências Caixa FII…29
          • BBFI11B – BB Progressivo FII…43
          • BBPO11 – BB Progressivo II FII…47
          • BBRC11 – BB Renda Corporativa FII…61
          • BBVJ11 – BB VJ Cidade Jardim FII…68
          • BCFF11 – BTG Pactual Fundos de Fundos FII…76
          • BCRI11 – Banestes Recebíveis FII…80
          • BMLC11B – BM Brascan Lajes Corporativas FII…85
          • BNFS11 – Banrisul Novas Fronteiras – FII…90
          • BPFF11 – FII Brasil Plural Absoluto…94
          • BRCR11 – BTG Pactual Corporate Office Fund FII…96
          • CBOP11 – Castello Branco Office Park FII…106
          • CEOC11 – CEO Cyrela Commercial Properties FII…108
          • CNES11 – CENESP FII…111
          • CXRI11 – Caixa Rio Bravo FII de FII…114
          • EDFO11 – Ed Ouro Invest…117
          • EDGA11 – Edifício Galeria FII…119
          • EURO11 – FII Europar…124
          • FAED11 – Anhanguera Educacional FII…129
          • FAMB11B – Edifício Almirante Barroso FII…133
          • FCFL11 – Campus Faria Lima FII…138
          • FEXC11 – BTG Pactual Fundo de CRI FII…142
          • FFCI11 – Rio Bravo Renda Corporativa FII…147
          • FIGS11 – General Shopping Ativo e Renda FII…153
          • FIIB11 – Industrial do Brasil FII…156
          • FIIP11 – RB Capital Renda I FII…163
          • FLMA11 – FII Continental Square Faria Lima…168
          • FLRP11 – Floripa Shopping FII…172
          • FMOF11 – FII Memorial Office…177
          • FPAB11 – Projeto Água Branca FII…180
          • FVBI11 – VBI FL 4440 FII…185
          • GRLV11 – CSHG GR Louveira FII…191
          • HCRI11 – FII Hospital da Criança…195
          • HGBS11 – CSHG Brasil Shopping FII…198
          • HGCR11 – CSHG Recebíveis FII…209
          • HGJH11 – CSHG JHSF Prime Offices FII…214
          • HGLG11 – CSHG Logística FII…219
          • HGRE11 – CSHG Real Estate FII…231
          • HCRI11 – FII Hospital da Criança…242
          • JRDM11 – Shopping Jardim Sul FII…245
          • JSRE11 – Safra Real Estate FII…251
          • KNCR11 – FII KINEA RI…256
          • KNIP11 – Kinea Índice de Preços FII…262
          • KNRI11 – Kinea Renda Imobiliária FII…267
          • MAXR11B – Max Retail FII…277
          • MBRF11 – Mercantil do Brasil FII…284
          • MFII11 – II MERITO I (MFII)…287
          • MXRF11 – Maxi Renda FII…303
          • NSLU11 – Hospital N.S. Lourdes FII…311
          • ONEF11 – FII THE ONE…316
          • PQDP11 – Parque Dom Pedro Shopping Center FII…320
          • PRSV11 – Presidente Vargas FII…326
          • RBGS11 – RB Capital General Shopping Sulacap FII…331
          • RBRD11 – RB Capital Renda II FII…335
          • RDES11 – FII Renda de Escritórios…337
          • RNGO11 – Rio Negro FII…340
          • SAAG11 – Santander Agências FII…344
          • SDIL11 – SDI Logística Rio FII…351
          • SHPH11 – FII Shopping Páteo Higienópolis…357
          • SPTW11 – SP DOWNTOWN FII…361
          • TBOF11 – TB Office FII…366
          • TFOF11 – FII TOP Fund of Funds…373
          • THRA11 – Cyrela Thera – FII…375
          • TRNT11B – Torre Norte FII…381
          • TRXL11 – TRX Realty Logística FII…387
          • VISC11 – Vinci Shoppings FII…395
          • VLOL11 – Vila Olímpia Corporate FII…402
          • VRTA11 – Fator Verita FII…406
          • WPLZ11 – Shopping West Plaza FII…409
          • XPCM11 – XP Corporate Macaé FII…414
          • XTED11 – TRX Edifícios Corporativos FII…425
      • Resumo dos FIIs…431
      • Nota…434
      • Apêndice…435

      Ícone Assine

      Curtido por 1 pessoa

    • boa noite, caros colegas

      meu pitaco de opinião: o mundo avança para o digital e eletrônico e serviços prestados por meio digital. sem dúvida, algumas coisas ainda serão presenciais ou físicas. com relação aos bancos, quais são os entraves principais?
      1 dinheiro físico: isso está sumindo. o dinheiro físico circula menos e menos.
      2 burocracia: abertura de contas, resolução de problemas, contratação de serviços. a maior parte disso já pode ser feita remotamente e parece provável que isso tudo o será
      3 resistência humana (hábitos): geralmente os mais velhos não querem utilizar banco eletrônico – não querem aprender, não confiam, não se incomodam em gastar 2h para ir ao banco e voltar.
      CONTUDO, os mais velhos, por definição, são os que estão para sair e dar lugar aos jovens na sociedade.

      sei que muitos comparam agência bancária com escritórios, lojas e shopping centers, mas esse cotejo não cabe
      banco para a nós é meramente um serviço financeiro – depósito de $, fundo de investimento e cartões de crédito e débito. quero dizer, não temos uma relação ‘pessoal’ com agências bancárias

      sem considerar um futuro muito distante (ano 2120), lojas e shopping centers são um passeio, uma distração, um modo de obervar de perto se o produto é bonito mesmo, se a cor da blusa é como parecia na tela do computador, se o vestido está apertado demais, de comparar ao vivo produtos de marcas diferentes. ademais, há cinema, restaurantes, é comum haver cabeleireiros, salões de beleza, supermercados, etc.

      quanto aos escritórios, o escritório domiciliar não é uma opção para todos. quanto a um atendimento remoto, isso ainda é algo bem distante. as poucas vezes em que fiz uma breve chamada de vídeo pelo celular, a experiência foi sofrível, apesar de minha internet rápida

      enfim, acho que é motivo de desespero a curto prazo os FIIS de agência bancária? acho que não, mas vejo isso como um setor fadado ao *quase-desaparecimento*. como o petróleo: ele é importante hoje e terá seu lugar no futuro, mas não será o que é hoje.

      Paulo

      Curtido por 2 pessoas

    • Minha opinião, um pouco de cada.
      Teremos varias agências fechadas? Sim, mas não é o fim, todas as agências ainda abertas a maioria vive entupida de gente, por tanto a tendência é de fechar viárias sim, mas isso será feito ao longo do tempo, maioria a ser fechado podem ser sim as de fiis, devido ao aluguel muito caro q ajustaram na época para vender caro os imóveis. Então as q não fecharem com certeza terão seus preços de aluguéis reduzidos, caso contrário o banco vai para o imóvel do lado ou em frente pela metade do preço, então p mim esses são os pontos mais relevantes por hora, agências fechando, abaixando os aluguéis ou apenas mudando de endereço. Aquela história de q o banco está ali a 50 anos e não vai sair já era, hoje tem p escolher pela metade do preço se quer o imóvel da frente do lado esquerdo ou em cima como fui em uma agência do Bb onde saíram do terreno e foram para primeiro andar e ainda como agência estilo.

      Curtir

      • Ah essa agência que acabei de citar, puseram uma escada rolante, é mole? Achei o mast, garanto q com escada rolante e tudo o valor do aluguel ainda saiu pela metade do q eles pagavam antes

        Curtido por 1 pessoa

      • Esses dias sonhei q existiam agências móveis, isso mesmo, pensa num sonho besta, ainda mais p quem tem fiis de agências, mas depois comecei a pensar e não achei assim tão louco não, pode até determinar um dia a cada lugar já programado, e muitas outras adaptações, hoje existe atendimento de tudo quanto for espécie desse tipo, até laboratório de análise já tem assim, pet p lava cachorro e consultar, então sei não

        Curtir

  6. https://tetzner.wordpress.com/noticias
    Notícias do blog, para você começar o seu dia bem informado!

    Conjuntura IPCA surpreende e pode persistir abaixo da meta
    Inflação de 0,29% em janeiro veio abaixo do piso das expectativas e levou a novo recuo da taxa em 12 meses. Se o índice seguir tão baixo, Copom voltará a cortar o juro ( confira: https://tetzner.wordpress.com/forum-vip/comment-page-51/#comment-284513 )

    Selic pode se manter no piso histórico por um bom tempo
    Um câmbio substancialmente desvalorizado, compatível com correção mais forte e tumultuada dos mercados, não está em nenhum cenário e pode atrapalhar o BC ( confira: https://tetzner.wordpress.com/forum-vip/comment-page-51/#comment-284518 )

    Receitas com royalties do petróleo atingem R$ 30 bi
    Os dados sobre a receita de royalties do petróleo ainda não foram divulgados separadamente, mas atingem, segundo o Tesouro Nacional, cerca de R$ 30 bilhões, 80% da arrecadação da rubrica “recursos naturais”

    Aumenta a desconcentração da produção
    Levantamento feito no ano passado, petroleiras estrangeiras e pequenas e médias empresas nacionais produziram, em média, 582 mil barris/dia, o que representa um aumento de 25% ante 2016. A participação da Petrobras na produção total recuou 3,7 pontos percentuais, para 77,8%

    Saiu a Planilha v. 1.3.12-01 com inclusão dos rendimentos de dezembro/17 e janeiro/18 e adição de novos Fiis 😀
    Confira: https://tetzner.wordpress.com/forum-vip/comment-page-51/#comment-284495

    Curtir

    • Imóveis: Venda de escritórios pode chegar a R$ 4 bi

      CBRE estima que volume de operações tende a crescer com queda de juros e melhora de locação

      A queda da taxa de juros e a melhora do mercado de locação comercial tornam mais atrativos os investimentos em escritórios comerciais, o que leva a consultoria CBRE a projetar que o volume de operações de compra e venda do segmento pode chegar a R$ 4 bilhões, na cidade de São Paulo, neste ano, após ter se aproximado de R$ 3 bilhões em 2017.

      “Vivemos um momento de incontestável recuperação da economia e do setor”, afirma o presidente da CBRE, Walter Cardoso.

      Continua: https://tetzner.wordpress.com/forum-vip/comment-page-51/#comment-284527

      Curtir

    • Bilhete de volta

      Pressionada por uma dívida de US$ 100 bilhões, a chinesa HNA Group estaria prestes a desembarcar do capital da Azul.

      Não seria o primeiro revés no Brasil.

      Recentemente, o grupo chegou a negociar a compra do consórcio RioGaleão, mas não teve autorização do governo chinês.

      RR

      Curtir

    • curioso como o BC errou a previsão de novo sobre a inflação. Errou na de 2017, errou agora na de janeiro.
      E por ter errado pode-se supor que a haja espaço para mais diminuição. Mas, de qualquer forma, impressiona dois erros seguidos. Estaria o BC fazendo a leitura correta???

      Curtir

  7. https://tetzner.wordpress.com/noticias
    Notícias do blog, para você começar o seu dia bem informado!

    Banco Central corta Selic de novo e taxa de juros cai para 6,75%, menor patamar de sua história
    Esse foi o 11º corte consecutivo do Copom; inflação sob controle e economia fraca motivou decisão.

    Juro cai, mas BC avisa que para por aí
    O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) decidiu reduzir a taxa básica de juros (Selic) de 7% para 6,75% ao ano, a menor da história. No comunicado divulgado após a reunião, o Comitê informou que, com a decisão de ontem, encerrou o ciclo de corte nos juros iniciado em agosto de 2016

    Selic a 6,75% reduz o retorno da caderneta de poupança, diz estudo
    Rentabilidade da caderneta cai de 4,90% para 4,73% ao ano; Tesouro Selic paga 5,06%

    Prévia do IGP-M de Fevereiro sinaliza arrefecimento da Inflação:
    Segundo a FGV o IGP-M na 1ª prévia de Fevereiro ficou em 0,16%, uma redução sensível se comparada à primeira medição de Janeiro que foi de 0,75%

    Conjuntura: IPCA fechou janeiro com leve desaceleração, dizem analistas
    A retirada de cobranças adicionais na conta de luz mais do que compensou a aceleração sazonal dos alimentos no primeiro mês do ano (continua: https://tetzner.wordpress.com/forum-vip/comment-page-51/#comment-284430 )

    Colheita surpreende e país pode ter nova supersafra
    Segundo uma consultoria que realiza a 15ª expedição técnica Rally da Safra, ela já considera provável que a colheita nacional supere em 2017/18 o recorde de 2016/17, de 114,1 milhões de toneladas. Na época do plantio, todas as projeções indicavam queda

    Governo não aceita discutir Refis antes da reforma da Previdência
    Ministro pede ‘calma para empresários’; Refis para PMEs causaria impacto de R$ 7,8 bilhões

    Curtido por 4 pessoas

    • Conjuntura Emprego, copo meio cheio ou vazio na hora do voto

      Para Ibre, desemprego será menor em outubro, mas ainda alto, o que torna difícil prever efeitos sobre eleição

      Reforma tende a ser positiva, mas é preciso saber se, e quando, novas regras vão ‘pegar’

      Curtir

    • Inflação oficial, IPCA sobe 0,29% em janeiro, a menor desde 1994; em 12 meses, alta é de 2,86%

      O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de janeiro, índice usado pelo Banco Central (BC) nas metas de inflação, subiu 0,29%, 0,15 ponto percentual (p.p.) abaixo do 0,44% de dezembro e abaixo das expectativas do mercado, que esperava 0,40% de alta segundo o relatório Focus.

      Os dados foram divulgados hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A redução do custo da conta de luz pelo fim da bandeira vermelha e do preço do botijão de gás ajudaram a segurar a inflação da Habitação e o preço das roupas caiu e derrubou a média do Vestuário. Já as passagens aéreas compensaram a alta dos ônibus no início de ano em Transportes, assim como o feijão em baixa reduziu o impacto da alta do tomate e da batata nos alimentos.

      Este foi o IPCA mais baixo para os meses de janeiro desde a criação do Plano Real, em 1994, que acabou com a hiperinflação no país. No acumulado dos últimos 12 meses, o índice desceu para 2,86%, ficando abaixo dos 2,95% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em janeiro de 2017 a taxa foi 0,38%.

      Curtir

    • Indicador de Emprego da FGV sobe 0,7 em janeiro e projeta maior oferta de vagas

      O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp), da Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu 0,7 ponto, em janeiro, para 107,7 pontos. Após o quinto avanço consecutivo, o indicador sinaliza aceleração no ritmo de recuperação do mercado de trabalho.

      “O Indicador Antecedente de Emprego continua sinalizando melhora nas condições do mercado de trabalho ao longo dos próximos meses”, afirma Fernando de Holanda Barbosa Filho, economista da FGV IBRE. O cenário de melhora no nível de atividade econômica juntamente com a expectativa de contratação futura, sugerem continuidade da tendência de melhora do mercado de trabalho e de retorno à geração de vagas formais em 2018, diz.

      Curtir

      • O Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) recuou 3,6 pontos em janeiro de 2018, alcançando 96,7 pontos, mesmo nível de junho de 2017. Com o resultado, o indicador retorna ao patamar vigente entre abril e novembro do ano passado, após visitar a casa dos 100 pontos em dezembro.

        “Apesar do otimismo quanto à geração de emprego nos próximos meses, a taxa de desemprego continua elevada (11,8%) e a população desocupada ainda chega a representar a 12 milhões de pessoas”, afirma Barbosa Filho. Diante do quadro, as pessoas continuam percebendo dificuldades no mercado de trabalho, ainda que a melhora do indicador no último mês tenha sido expressiva, acrescenta.

        Curtir

  8. Ora, Pois!

    Brasileiros compraram um terço dos imóveis vendidos em Lisboa no ano passado
    by Ancelmo Gois

    O doce exílio português

    Dos 38 mil imóveis vendidos em Lisboa em 2017, 10,2 mil (27%) foram comprados por… brasileiros. Em segundo lugar entre os estrangeiros, vieram os turcos, com 9%, seguidos por franceses e chineses, ambos com 6%.

    Para atender à demanda brasileira, as construtoras de lá vêm fazendo pequenas adaptações nos projetos, como a inclusão de área de serviço, quarto dos fundos e até tanque.

    Curtido por 3 pessoas

  9. https://tetzner.wordpress.com/noticias
    Notícias do blog, para você começar o seu dia bem informado!

    Acordo com TCU vai acelerar venda de ativos da Petrobras
    Depois de acertar uma nova sistemática de venda de ativos com o Tribunal de Contas da União (TCU), a Petrobras vai acelerar sua política de desinvestimento. A meta para o biênio 2017/18 é se desfazer de ativos no total de US$ 21 bilhões (cerca de R$ 68 bilhões)

    Empreiteiras reconhecem sobrepreço
    As empreiteiras Odebrecht e Camargo Corrêa comprometeram-se a confessar a prática de sobrepreço em uma série de obras auditadas pelo Tribunal de Contas da União

    Empresas japonesas estão mais otimistas com o Brasil
    Segundo pesquisa feita pela agência japonesa para promoção das exportações (Jetro), as companhias instaladas no Brasil veem perspectivas favoráveis graças à melhora dos indicadores e aumento dos preços das commodities

    Contas públicas Benefícios chegam a atingir 80% do salário de procuradores do MPF
    As chamadas verbas indenizatórias não são identificadas como despesa de pessoal, mas, na prática, elevam o valor recebido pelos procuradores e várias outras carreiras do Poder Judiciário

    A recuperação do investimento
    Enquanto o PIB tende a crescer algo próximo de 3%, o investimento pode ter desempenho ainda melhor. ( continua: https://tetzner.wordpress.com/forum-vip/comment-page-51/#comment-284266 )

    Construção – Imóveis: BR Properties vai manter receita de locação do Ventura
    Expectativa para 2018 considera entrega de parte das áreas por Petrobras. Jaco, presidente da BR Properties, diz que vacância é foco das atenções. ( continua: https://tetzner.wordpress.com/forum-vip/comment-page-51/#comment-284276 )

    Curtir

    • Minha reeleição, minha vida

      Michel Temer, com reforma ou sem reforma da Previdência, vai gastar uma baba neste ano.

      Sem os nomes originais dos programas Luz para Todos e Minha Casa, Minha Vida – marcas de Dilma Rousseff – vai triplicar as despesas com o primeiro e decuplicar(x10) as do segundo.

      Depois vai querer que alguém acredite na falta de dinheiro do governo ou que ele não é candidato à reeleição.

      Curtir

    • As maiores fortunas de quem não é empreendedor são oriundas do negócio em ações (compra e venda).

      Com FII não dá para ficar rico.

      Mas se você for comprando sempre e reaplicando a renda, suas economias mais os juros compostos podem lhe elevar (se já não está lá) à Classe A de forma segura, tranquila e determinante.

      Porisso eu prego: és jovem? Vá de ações – ou também de FII e de ações.

      És idoso e queres uma aposentadoria com melhor qualidade de vida? Vá de FII. Não vais ter condições de esquiar em Aspen ou Chamonix, nem mesmo em Bariloche (ah, se o corpo aguentasse) mas certamente não vais precisar vender 6 panos de chão por 10 reais nos sinais de trânsito.

      Curtido por 9 pessoas

      • Ações tem potencial infinito de valorização, enquanto os FII terão uma limitação física, quando é de tijolo ou financeira, quando é de papel. Quando você mescla FII e ações você diminui a volatilidade da carteia e melhora o fluxo de rendimento. Na minha opinião o ideal é ter os 2, principalmente na fase de acumulação. Ultimamente estou substituindo certas classes de renda fixa por FII de papel. Vamos ver se no longo prazo essa será uma boa opção.

        Curtido por 5 pessoas

      • Bem didático o gráfico trazido para cá pelo Tetzner. Acho que ações devem ser compradas e vendidas. Existem empresas que viram pó (aquelas do Eike, Usiminas), se você não mexer na carteira de ações pode ficar parado no tempo. Já quanto a FII, correto, não precisa fazer trade, apenas vá comprando. Quando o trem chegar na estação do tempo sua aposentadoria poderá ser bem generosa.

        Curtido por 6 pessoas

      • Antonio descreveu bem os características de FII e ações.
        Use os dois!

        Use FII como Fluxo constante e menor volatilidade .

        Ações para ganhos expressivos participando de projetos e empresas que consideras boas para ser sócio a longo prazo.

        A capacidade de imóvel alavancar dinheiro esta limitada pelo espaço físico que o mesmo apresenta:
        EX Uma laje com 1000 alugada por 92 m2 poderia fazer em receitas brutas um valor de 92.000 ( – ) custos de manutenção – Taxa de ADM etc sobraria o saldo líquido.

        Em ações a empresa pode aumentar faturamento
        Diminuir custos
        Diminuir número de ações aumentando participação do acionista no negocio
        Comprar e vender participações

        O risco é maior em ações: Mas a capacidade de lucro também é maior.

        Curtido por 1 pessoa

    • Eu acho que vai do perfil de cada um, pois seja qual for o investimento se a pessoa escolher bons ativos (seja de FII, ações ou renda fixa) e ir reinvestindo/fazendo novos aportes, ela certamente conseguira resultados bastante invejáveis.

      Eu particularmente prefiro investir 50% ações e 50% FII’s, até porque em época de bolsa em baixa os FII’s costumam ir melhor que ações.

      Mas acho que é uma decisão individual de cada um, como a pessoa se sente mais confortável investindo.

      Curtido por 5 pessoas

      • Acredito que a curva ideal deve ser:
        Jovem: MUITA ação Pouco FII Pouca RF
        Adulto: Bastante ação Bastante FII Pouca RF
        Idoso: Pouca ação Bastante FII Bastante RF

        Apesar de ser mais fácil sentir (e de certa forma, até prazeroso), o efeito dos juros compostos nos FIIs através da reaplicação dos alugueis, o potencial de valorização de uma ação é muito maior.

        Curtido por 3 pessoas

    • Invisto a 7 anos, tenho 35… no começo pensava em acumular em ações e FIIs até chegar a um montante q me permitisse migrar para RF… hoje, com bem mais conhecimento, não vejo necessidade de RF, qndo chegar no montante desejado, migrarei todas as acoes para FIIs, e dane-se cotações… hj minha carteira é 60% acoes 40% fiis … mais um detalhe, como minha carteira é pulverizada, não fico girando, raramente vendo algo… vou comprando comprando comprando… quando o ativo piora, paro de comprar e parto pro proximo, tenho extrema dificuldade de me desfazer de posicoes, tanto as perdedoras quanto as vencedoras…

      Curtido por 2 pessoas

      • @Andre, qual sua percepção de renda passiva proveniente de aluguei + JCP + dividendos com essa alocação de ativos? Após 7 anos já é possível evidenciar o crescimento exponencial?

        Parabéns pela disciplina!

        Curtir

      • felcamendes, permita-me um questionamento

        Entendo que essa frase “no LP a maioria dos gestores não consegue bater o índice”. No Brasil não temos um índice como o S&P500 que representa de verdade o conjunto de empresas listadas na bolsa.

        Temos também o ponto relacionado à tributação na venda de ETFs…

        Ainda assim considera viável o investimento em fundos de índices?

        Curtido por 1 pessoa

      • Sim Alexandre, minha colocação se referia a bolsa americana, lá os gestores historicamente não conseguem bater os índices. Já no caso brasileiro, se eu fosse e talvez vá voltar pra ações um dia, vou de 50% Ibrx50 e 50% de Bova11. E meu LP seria mais de 10 anos.

        Curtir

      • Fii só é melhor que ações para quem não entende bem de empresas/ações e etc. O meu ganho de capital e também com proventos( maior DY ) em ações é muito superior que o de Fiis e é que só tenho Fii bom : FIIB, PQDP, FCFL, ABCP, MFII, BCRI, KNIP. E Ainda comprei eles a preços bem baixos.

        Curtido por 1 pessoa

      • No Brasil a maioria dos hedge fundos ativos bate o índice num período superior a 15 anos, por isso tem que toma cuidado com estudo importados.

        A média do índice brasileira é muito pobre tanto em qualidade das empresas quanto em diversidade.

        Ou seja índice Ibovespa é um índice de baixa qualidade, quem estudou estatística sabe do que estou a falar por aqui.

        EX: Sendo uma pessoa física sem recursos bati índice nos últimos 5 anos inclusive pegando quedas de + 30% como as de 2015 e 2016, lógico que tem que aumentar amostragem do período.

        Mas sinceramente acho difícil o índice empatar sendo que fiz duas vezes e meia rentabilidade do índice, estou falando sem fazer trades e operar derivativos.

        Apenas com valuation e analise de empresas : Sim no Brasil pelo custo oportunidade ser elevado é mais fácil bater índice com gestão ativa que no exterior.

        Mesmo que o cara compre boas empresas a um preço elevado, provavelmente vai bater índice no logo prazo pela qualidade das empresas do índice brasileiro ser muito ruim.

        Curtido por 3 pessoas

      • Médias dizem muito pouco sobre qualidade:

        Exemplo: Índice antigamente: Vale e Petro<< Logo para ganhar do índice você deveria ter performance melhor que esta duas empresas, bastaria não esta comprados nelas nos últimos 5 anos para ganhar do índice mesmo investindo em CDI.

        Índice atualmente = Bancos, vale e petro
        Logo para obter performance melhor que os índice você precisa ser melhor que estas empresas.

        Quem participava antigamente em peso do índice? Empresas X
        Ao longo do tempo entrou varias empresas ruins no índice.

        Agora se você montar um índice só que empresa boa e bastante diversificada fica muito mais difícil gerar alpha.

        Por isso é mais fácil bater Ibovespa do que SP&500 .

        Tem que tomar cuidado com literatura estrangeira aplicada realidade brasileira, tanto em termos de custos oportunidade como em termos de qualidade.

        Curtido por 3 pessoas

      • Pois é Sr FIIs, entendi oque você escreveu. Como os índices brasileiros possuem poucos ativo e a qualidade média é baixa, a tendência é que a performance seja fraca. Porém, cada um conhece sua realidade, e no meu caso, que não tenho talento pra avaliar ações, acredito que teria um desempenho pior, que o dos índices, ainda mais depois de descontar corretagem etc. Prefiro gastar meu tempo com aquilo que consigo entender e mensurar melhor: FIIs

        Curtido por 2 pessoas

      • A questão também é que o BRCR é um ativo nível lixo, já o ITUB é uma baita ação. Agora compare o ITUB com o SHPH nos últimos 10 anos.

        Se pegarmos a “trinca de ás” SHPH, PQDP e ABCP eles tiveram uma valorização de: PQDP = 390% (OBS: o gráfico da XP começa em 2010, portanto aqui foram 8 anos); SHPH = 550%; e ABCP11 = 506%.

        Já o ITUB nos últimos 10 anos rendeu 250%.

        Com isso eu não quero dizer que as ações rendem menos que os FII’s, eu só quero mostrar que sabendo escolher os ativos certos e mesclando entre ações e FII’s dá pra conseguir uma evolução muito mais linear.

        Pois entre 2003/2008 em que a bolsa explodia com certeza ITUB deu um retorno muito maior que os FII’s, agora no período que a bolsa esfriou os bons FII’s foram quem se destacaram (a trinca de ás deu o dobro do que o ITUB no período).

        Curtido por 2 pessoas

      • Deut ai entra componente valuation quem comprou caro vai ganhar menos de quem comprou barato, e isso não tem nada haver com timing como muita gente acredita, mas questão de bom senso mesmo.

        Ex: Já viu o valuation da ambev atualmente? A relação risco retorno é muito mais favorável a ABC, SHPH e afins.

        Curtido por 1 pessoa

    • A maior parte das pessoa perdi dinheiro em ações pois não sabe avaliar negocio das empresas e compra empresa muita cara aumentando risco substancial do negocio.

      Negocio cíclico são negócios de risco elevado, portante para se obter remuneração adequada é preciso comprar ao preço correto.

      Se for aplicar esta filosofia que é pregada por ai que preço não importa é melhor operar no mercado de fundo imobiliários.

      A empresa não fica ruim do dia para noite quem entende das operações da empresa pode pular fora antes, mas boa parte dos investidores não entende por isso perde dinheiro.

      EX: Por estes tempo vendi Bradesco por avaliar que a carteira de crédito deles estava muito ruim , não deu outro o balanço veio uma merda e a ação caiu.

      Este tipo de coisa você pega com tempo de estudo experiência em avaliar empresas, com o tempo em questão de minutos você avalia empresa se esta boa e ruim.

      Curtido por 1 pessoa

      • Alexandre, o rendimento do ITAU considera dividendos sim. Eu fiz o gráfico desde 01-01-2008 e deu os 250% do Itau. Todos os dados de ações das ferramentas são ajustados pelos dividendos, então esse 250% é já contando o que foi recebido em dividendos.

        Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s