Fórum Fundos Imobiliários

tetzner_blog-fundo_imobiliario

A Maior, mais Bem Informada e Ativa comunidade 100% FII

ABCP  AEFI  ALZR  AGCX  ALMI  ATSA  BBFI  BBPO  BBRC  BBVJ  BCIA  BCFF  BCRI  BMLC  BNFS  BPFF  BRCR  CBOP  CEOC  CNES  CPTS  CTXT  CXCE  CXRI  CXTL  DOMC  DRIT  EDFO  EDGA  EURO  FAED  FAMB  FCFL  FEXC  FFCI  FIGS  FIIB  FIIP  FIXX  FLMA  FLRP  FMOF  FPAB  FVBI  FVPQ  GGRC  GRLV  HCRI  HFOF  HGBS  HGCR  HGJH  HGLG  HGRE  HGRU  IRDM  JRDM  JSRE  KNCR  KNIP  KNRE  KNRI  MALL  MAXR  MBRF  MFII  MXRF  NSLU  ONEF  OUJP  PLRI  PQDP  PRSV  RBBV  RBDS  RBGS  RBPD  RBRD  RBRF  RBVO  RDES  RNDP  RNGO  SAAG  SCPF  SDIL  SHPH  SPTW  TBOF  TFOF  TGAR  THRA  TRNT  TRXL  UBSR  VISC  VLOL  VRTA  WPLZ  XPCM  XPLG XPML  XTED

Juntos somos mais Fortes! Incentive o blog, assine os produtos e serviços:

Mini_FitaProdServ

Login   Registro   FII   Ações   Fundos   Diversão   Comentar   Loja   Ajuda   Comentários   RSS   AdBlock

Anúncios

15.537 comentários sobre “Fórum Fundos Imobiliários

  1. Caixa informa que FI-FGTS deve liberar R$ 2,64 bi nos próximos meses

    O FI-FGTS é um fundo de investimento bilionário administrado pela Caixa Econômica Federal que aplica recursos do trabalhador em projetos de infraestrutura.

    A Caixa Econômica Federal informou, por meio de nota, nesta sexta-feira (20), que nos próximos meses as chamadas públicas com pré-qualificação de 10 projetos para análise de investimentos pelo FI-FGTS “demandarão potencial de investimento imediato de até R$ 2,64 bilhões cujos projetos necessitam de investimentos totais da ordem de R$ 16,86 bilhões”.

    leia mais:
    https://tetzner.wordpress.com/forum-vip/comment-page-52/#comment-293085

    Curtir

    • Patrimônio de mais de R$ 31 bilhões

      O patrimônio do FI-FGTS somou R$ 31,9 bilhões no final de 2015, segundo último relatório disponível.

      O total de investimentos por meio de ações sem cotação em bolsa, debêntures não conversíveis em ações e cotas de fundos de investimentos alcançou R$ 21,65 bilhões

      Curtir

      • Thiago, o FI FGTS é recurso do FGTS que é aplicado em obras de infraestrutura, na prática é crédito para as empresas. A Caixa vai fazer chamadas públicas para receber projetos. Com essas medidas ficam mais transparente para a sociedade como os recursos serão aplicados.

        Curtir

  2. E Vocês ai? Guardaram mais ou menos $$$?

    Consumidores guardaram menos dinheiro em janeiro, diz SPC

    O percentual de consumidores brasileiros que conseguiram poupar parte da renda caiu de 18% em janeiro para 16% em fevereiro, segundo o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). A maioria (73%) dos consumidores entrevistados alegaram que não pouparam nenhuma quantia em fevereiro, enquanto 7% não souberam ou não quiserem responder. Em média, o valor poupado foi de R$ 498,81.

    Considerando os consumidores que possuem rendimentos compatíveis às classes A e B, pouco mais de um terço (36%) conseguiu guardar dinheiro no mês de fevereiro. Nas classes C, D e E, o percentual de poupadores foi ainda menor, de apenas 11%.

    “Ainda sob os efeitos da crise econômica, poucos brasileiros estão conseguindo formar uma poupança para imprevistos ou realizar um sonho de consumo. Além das dificuldades impostas pela crise, guardar dinheiro é um hábito pouco frequente do brasileiro, de modo geral e, nem sempre está relacionado ao tamanho da renda”, divulgou a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, em nota. O levantamento indica que 34% dos brasileiros têm o hábito regular de guardar dinheiro, sendo que somente 10% estipulam o valor a ser poupado e 24% guardam apenas o que sobra no fim do mês.

    Curtido por 1 pessoa

    • A pesquisa também apontou que quatro em cada dez (41%) brasileiros com reserva financeira utilizaram parte dos recursos em fevereiro: 13% usaram para pagar despesas imprevistas, 10% para dívidas e 8% para compras.Entre os poupadores das classes C, D e E, 47% sacaram seus recursos guardados.

      A precaução para imprevistos, como doença e morte na família, é o principal motivo dos brasileiros que poupam, opção citada por 47% deles. Em seguida, aparecem a garantia de um futuro melhor para a família (30%) e a prevenção para um eventual desemprego (30%). Há ainda 23% de consumidores que poupam para realizar uma viagem. A formação de uma reserva para a aposentadoria é preocupação de apenas 18% dos poupadores, segundo o indicador. Outras razões são reforma da casa (16%), compra de móveis e eletrodomésticos (14%), estudos (14%) e aquisição da casa própria (13%).

      A poupança ainda é o destino mais popular, que guarda as economias de 60% dos entrevistados. Outro destino é a conta corrente, com 16% de citações. O levantamento detectou também que em cada dez poupadores, dois (22%) deixam dinheiro guardado em casa.

      Curtido por 1 pessoa

    • Os fundos de investimento foram citados por 8% e a previdência privada por 7%. Os CDBs (Certificado de Depósito Bancários) são utilizados por 6% e o Tesouro Direto, por 4% dos poupadores. Os que investem em ações na bolsa de valores correspondem a 2% dos consumidores que possuem reservas.

      A pesquisa foi realizada em 12 capitais das cinco regiões do Brasil: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Recife, Salvador, Fortaleza, Brasília, Goiânia, Manaus e Belém. A amostra, de 800 casos, foi composta por pessoas com idade superior ou igual a 18 anos, de ambos os sexos e de todas as classes sociais.

      As informações são da Agência Brasil.

      Curtido por 1 pessoa

      • Não há Cultura de poupança… eu ouço quase que diariamente que o dinheiro é para se gastar… muitos vivem pendurados nos cartões e aí não sobra mesmo. Outro ponto: requer um mínimo de estudo e dedicação… aí o gerente do banco oferece um cartão mais chique e creu no dindin 😂😂😂

        Curtido por 1 pessoa

      • Inicio de ano é sempre mais difícil. Muitas contas extra: iptu, ipva, colégio, férias, etc. Esse ano consegui manter a disciplina e continuar com o mesmo nível de aportes. Por outro lado a melhora do desempenho das boas ações já é notável. No primeiro tri, já recebi 40% dos dividendos do ano passado e baseado nos já provisionados, a previsão é receber o mesmo valor até maio.

        Curtido por 2 pessoas

      • A melhor sugestão que dou para as pessoas é não parcela. Muitas compras que você faz em longas prestações, nunca faria se fosse de uma vez. Só isso já lhe faz evitar muitas tentações.

        Curtido por 4 pessoas

      • Continuo dizendo, não sei como povo tá se virando por aí, pelo menos p mim quanto mais eu ganho mais o governo leva vantagem e fica com quase tudo q ganho, pode ser o quanto for o ganho, mais o governo e outros levam de mim quase tudo q ganho. Fico pensando e quem não ganha o suficiente, como está se virando, minha opinião, quebrando, pois não existe milagre, um dia a conta chega

        Curtido por 1 pessoa

  3. Tetzner Journal – 21 de Abr 2018

    Capa Jornal Nova

    Carta ao Leitor

    Bem amigos do Blog, edição SEMANAL do nosso jornal dos FIIs já está no seu Email!

    Isso mesmo, toda semana você vai receber a edição com os últimos acontecimentos; e nos Relatórios Comentados a consolidação do Mês e tudo que foi destaque no mundo dos Fundos Imobiliários:)

    Edição ESPECIAL com uma Super Novidade: ainda mais informação sobre o mundo imobiliário 😀

    E no final da edição você encontra o Resumo dos FIIs Atualizado para você!

    Junte-se a nós, faça parte dessa família!

    Não é Assinante? Peça já a sua Edição, clique aqui!

    mini_Tetzner Tetzner

    Nesta Edição:

    • Carta ao Leitor…2
    • Conteúdo…3
    • Panorama Econômico Imobiliário…7
    • Fatos que marcaram a Semana…15
    • Resumo dos FIIs…110
    • Apêndice…112
    • Nota…119

    Ícone Assine

    Curtido por 1 pessoa

    • Atualização Semanal: 21/04/18

      Blog_Prod_Serv_Livro_Cursos

      Edições de Hoje

      Carteiras do Blog

      Matrix dos FIIs

      FII AnaliSYS

      Tetzner Journal

      Não é assinante? Peça já sua Edição Aqui!

      Conteúdos Exclusivos de Assinantes dos Blog:

      • InsightsUma página restrita e dedicada a revelar os FIIs como você nunca viu
      • Trix Report: O fechamento diário dos FIIs resumido para você
      • Fórum VIP: Textos e Conteúdos Exclusivos, trazendo sempre as últimas novidades dos FIIs
      • Entrevistas: O mundo imobiliário por quem Realmente faz acontecer!
      • FII Alerta: Avisos Exclusivos para novas Assinaturas dos Produtos e Serviços 😀

      E mais, muito mais nos comentários dos amigos aos Textos, informação valiosa para ampliar o seu estudo e conhecimento.

      Curtir

  4. Alguém pode me explicar a diferença entre os fundos HFOF11, FOFT11 e TFOF11 ?
    Só vi diferença na carteira dos fundos em que eles aplicam.
    A essência dos fundos me pareceu ser a mesma .
    Acho que poderias ser agrupados num único fundo.

    Curtido por 1 pessoa

    • TFOF era o primeiro Fundo de Fundos da gestora

      FOFT era o antigo gávea fundo de fundos que passou para administração deles(GVFF) e mudou a sigla

      HFOF é o novo fundo de fundos recém lançado

      acho que o caminho seria a fusão… só precisa ver se não estão comprando cotas de um deles para o outro… teve muito leilão de cotas em alguns FIIs recentemente e bem vultosos… espero que tenham sido negociações com terceiros

      Curtido por 1 pessoa

  5. Pessoal, gostaria de pedir ajuda aqui pra gente montar uma lista dos FIIs que vem sendo bem resilientes, no ponto de vista de vocês. Ou seja, aqueles que vem se mantendo firmes e fortes, crescendo inclusive nesse cenário de adversidade.

    Vou citar alguns que gosto e invisto pensando nisso:
    ABCP11, SHPH11, PQDP11, FIIB11 e FCFL11

    Embora mono, são verdadeiras joias, excelente qualidade, valor, localização e ano após ano vem dando alegrias com rendas crescentes aos cotistas (galera mais imediatista, que quer comprar agora pra ter DY alto agora, retorno alto agora…esses não são pra vocês).

    Outros dois que acho bem interessantes, nesse sentido, que aguentaram bem o tranco e/ou devem melhorar em breve: FLMA11 e RNGO11

    Outro que eu sempre gostei bastante, sempre achei bem tranquilo e sem estresse, era o FFCI11, mas vem passando por momentos pelo menos ‘estranhos’, mas ainda gosto muito dele.

    E aí, na opinião de vocês, quais aqueles perfeitos pra gente se aposentar? Que vem crescendo e se mantendo bem, de maneira orgânica (nada de contrato forçando e previsões nebulosas ao término de contrato), que pelo andar da carruagem vamos passar décadas recebendo proventos e quem sabe até deixar pros herdeiros (sempre de olho nos fundamentos, claro) ?

    Curtido por 1 pessoa

    • Gosto e tenho todos listados acima, e acrescentaria um fundo de Hospital, que apesar de muitos terem um pé atrás por ser monoativo, monoinquilino, sei também o quanto é difícil alguém sair de um Hospital com tudo planejado (tubulações para oxigênio, ar comprimido, salas de cirurgia, leitos prontos de UTI) para ir se abrigar ou procurar outro imóvel. Vai por mim, sou da área da saúde e conheço bem a história. Podem até ter revisionais que vez ou outra, será favorável ao inquilino, mas de forma geral enxergo uma perenidade enorme nesse tipo de fundo. No mais acho os fundos que citou excelentes.

      Curtir

      • O maior risco de hospital é outro, se ele quebrar não tem quem tira do imóvel, vai ficar anos e anos “embarrigando” o processo sem pagar nada, nem IPTU. Demora anos até um juiz conceder despejo de hospital, creche, asilo, orfanato e afins.

        Curtir

      • Concordo ADG tem que olhar a saúde financeira do inquilino, mas ainda assim não vejo todo esse risco, pois acredito que é muito mais fácil locar um prédio pronto com todas as suas instalações do que construir outro. Mas concordo que tudo é possível

        Curtir

  6. CVM acusa Paladin de manipular fundo imobiliário

    A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) acusa a Paladin Investor Brazil de prática de manipulação de mercado do preço das cotas do fundo de investimento imobiliário TB Office, por meio de negócios realizados com o ativo em julho de 2016.

    O processo sancionador aberto no final do ano passado e obtido pelo Valor também envolve Felipe Souza Miguez, transmissor das ordens em nome da Paladin.

    O caso teve origem a partir de comunicação da Itaú Corretora à BSM, braço autorregulador da B3.

    A corretora enviou gravações de ordens emitidas no dia 22 de julho daquele ano, em que Miguez solicitou “de forma recorrente” a venda de cotas seguidas de compras por preço superior ao da venda.

    O mercado pratica estratégias de negociação lícitas conhecidas como “iceberg”, quando parte da ordem fica visível ao investidor e outra parte fica “escondida” com o objetivo de evitar grandes oscilações na cotação da ação, devido à falta de liquidez, e “sniper” – em que todas as ações da ordem ficam “escondidas” no livro de compra e venda.

    já notaram que na maioria dos escândalos tem a 3C no meio ou um FII deles??

    continua:
    https://tetzner.wordpress.com/forum-vip/comment-page-52/#comment-292984

    Curtido por 1 pessoa

  7. Tetzner, primeiro parabenizar pelo blog de excelência.

    Seria possível fazermos uma sessão no blog onde os leitores e os staffs pudessem concentrar as “apostas”?
    Para ser mais explícito, seria um ponto para discutirmos FIIs que estão fazendo movimentos interessantes ainda não totalmente precificados ou situações de ordem domestica ou internacional que possam favorecer determinado FII.

    Um abraço, desculpe a petulância em querer sugerir algo já muito bom!

    Curtido por 2 pessoas

  8. https://tetzner.wordpress.com/noticias
    Notícias do blog, para você começar o seu dia bem informado!

    Analistas esperam IPCA-15 maior, mas abaixo da meta
    Indicador também deve ficar muito aquém da média histórica para abril. A prévia da inflação oficial deve mostrar aceleração em abril, impulsionada principalmente pelos grupos de alimentação e habitação, projetam economistas. Ainda assim, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) seguirá abaixo da média histórica para meses de abril e a taxa acumulada em 12 meses deve completar o décimo mês seguido abaixo do piso do sistema de metas (3%).

    Expansão
    A americana Marriott vai acelerar sua expansão no Brasil trazendo novas bandeiras. O plano é elevar de 15 para 25 o número de empreendimentos no país até 2020, diz Gil Zanchi. O grupo americano de hotelaria opera 6,5 mil hotéis em mais de 120 países.

    Cresce o custo logístico nas empresas
    A falta de investimentos relevantes na infraestrutura de transporte nas últimas décadas somada a um problema mais recente – a restrição à circulação e distribuição de carga em áreas urbanas – tem elevado os gastos com logística das empresas. O custo cresceu de 11,73% do faturamento bruto das empresas, em 2015, para 12,37% em 2017. É o que aponta a pesquisa Custos Logísticos no Brasil, da Fundação Dom Cabral (FDC).

    Conjuntura: Decreto vai regulamentar reforma trabalhista
    O governo vai preparar um decreto para regulamentar pontos da reforma trabalhista. A ideia surgiu por conta da caducidade da atual medida provisória, editada em acordo com o Senado para mudar pontos polêmicos do texto e que foi utilizada também pela equipe econômica para reduzir impacto na arrecadação. A MP perde a validade na segunda-feira. O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, deu aval à elaboração do decreto. O conteúdo ainda não foi definido, mas os técnicos voltarão a se reunir na próxima semana.

    Aeroportos: Vinci inicia obras em Salvador de olho em novas oportunidades
    Grupo francês de infraestrutura prioriza melhoria da nova operação, mas quer expandir atuação. Após desembarcar no Brasil ao arrematar o aeroporto de Salvador em 2017, a gigante francesa de concessões Vinci pretende criar um portfólio de ativos no país. No radar, estão aeroportos e rodovias, tanto no mercado primário (novas concessões) quanto no secundário (aquisições).

    Shopping: MP denuncia Paulo Remy, ex-WTorre
    O Ministério Público de São Paulo informou ontem que denunciou o ex-presidente da empreiteira WTorre Paulo Remy Gillet Neto – atual controlador da rede de farmácias Brasil Pharma – por corrupção ativa. Remy foi denunciado pelo pagamento de propina da WTorre a integrantes da chamada “máfia dos fiscais” de São Paulo.

    Operadora de saúde: Intermédica gira R$ 2,7 bi em IPO
    Na primeira oferta inicial de ações (IPO em inglês) de 2018, o operadora de saúde Notre Dame Intermédica fixou o preço de R$ 16,50 por ação. Com isso, o IPO movimentou R$ 2,72 bilhões. A empresa estreia na bolsa com valor de mercado de R$ 8,06 bilhões.

    Gestão: Definido o conselho que tomará as rédeas da BRF
    A convergência entre os principais acionistas da BRF, anunciada na quarta-feira com a indicação de Pedro Parente à presidência do conselho de administração, ganhou contornos oficiais ontem. Última pendência para o acordo, a composição do conselho que será eleito em 26 de abril foi definida. Lista confirma protagonismo da Petros na convergência alcançada

    Curtir

    • IPCA-15 no acumulado no ano tem menor nível desde implantação do Plano Real

      A alta de 1,08% acumulada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) de janeiro a abril foi a mais baixa já registrada para o período desde a implantação do Plano Real, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
      O avanço de 0,21% registrada pelo IPCA-15 em abril foi exatamente igual à de abril de 2017.

      A taxa acumulada em 12 meses, portanto, permaneceu em 2,80%, mesmo resultado verificado em março.

      seguuuura a papelada…

      Curtir

    • Expectativa de inflação dos consumidores tem queda, mostra FGV

      SÃO PAULO – A expectativa mediana dos consumidores brasileiros para a inflação nos próximos 12 meses saiu de 5,3% em março para 5% em abril, o menor nível desde agosto de 2007 (4,9%), informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira.

      Esse índice vem em queda quase ininterrupta desde fevereiro de 2016, quando marcava 11,4% para os 12 meses seguintes.

      Curtir

      • VISC está lateralizando por causa da oferta. Eu vejo isso mais como uma onda corretiva. A tendência é de alta. Mas deve cair um pouco mais assim que as novas cotas forem disponibilizadas.

        Curtido por 1 pessoa

    • O VISC11 é recente ainda tem muito tempo para maturar e render bons lucros no futuro está só no começo ainda e vem com uma boa gestão ativa e espero que seja um fundo promissor daqui ha alguns anos…

      o HGBS11 já é um fundo maturado popular e bem diversificado já rendendo bons lucros com boa gestão também, mas o preço esta bem esticado, bom para quem entrou no começo do IPO, hoje em dia está fora de cogitação, acho que é isso que vejo no comparativo dos dois FIIs de shopings…

      Curtido por 3 pessoas

    • Visc tá com o operacional mais folgado no momento, com caixa monstruoso após oferta. DY 6.9%. Ponto negativo é a taxa de adm de 1,35%
      Hgbs tá com o operacional apertado, caixa minguado. DY 6% . Taxa de adm 0,6%
      A qualidade dos shoppings de ambos considero mediana.

      Curtido por 2 pessoas

    • Então pelo q tenho estudado, hgbs leva vantagens com seus top em carteiras sendo de renome e bem consolidas já. Difícil abrir mão em aumentar minha posição nele em vez de entrar em visc, a não ser q não de ponto de entrada, pretendo fazer esses investimentos esse ano e começo de 2019, aja visto q economia se comporta como tenho dito a mais de 4 anos, tudo dentro do esperado pra mim, única coisa q fui pego desprevenido foi o tal oba oba, um otimismo fora da realidade, isso elevou as cotações e está atrasado meus propósitos, mas tem tempo, o q tiver q ser será….

      Curtido por 3 pessoas

    • Ambos FII são bons. Neste momento eu acho mais lógico investir em VISC, tá pagando DY melhor e se o administrador fizer direito seu trabalho tem potencial de crescimento pela melhoria da economia e pelos investimento em novos empreendimentos.

      Curtido por 1 pessoa

      • Estavá querendo entrar nessa oferta de visc11, mas de forma geral não entendo a vantagem de investir nele ao invés de abcp11 ou hgbs11 que tem portifolio mais interessante.
        Quando dizem pelo investimento em novos empreendimentos eu vejo muito shopping antigo em jogo.
        Não podemos abraçar tudo não é.

        Curtido por 1 pessoa

      • Luis

        não dá para abraçar tudo, mas em se tratando de carteira defensiva os bons FIIs de shoppings tem sido bem consistentes no período de crise, de forma que cria-se uma expectativa de melhora nesse período de retomada

        a melhora tende a ser mais expressiva nos locais mais atingidos, como foram Rio de Janeiro, a Região do ABC e a população de menor renda mais afetada com o desemprego

        Curtir

  9. https://tetzner.wordpress.com/noticias
    Notícias do blog, para você começar o seu dia bem informado!

    BC criará novo sistema de pagamento instantâneo
    O Banco Central (BC) vai autorizar a realização de pagamentos instantâneos no Brasil, sem a intermediação de bancos e sem restrição de dia e horários, em todas as modalidades – entre pessoas, empresas e entre pessoas e empresas. Hoje, as transferências são instantâneas apenas entre clientes do mesmo banco. No caso de bancos diferentes, apenas em horário comercial e dias úteis.

    Desemprego eleva ‘negócio próprio’ na pequena indústria
    A recessão aumentou o número de pessoas que abriram o seu próprio negócio após perder o emprego, o chamado “empreendedorismo por necessidade”, também na micro e pequena indústria. Segundo o Perfil do Empreendedor – que integra a 61ª rodada do Indicador de Atividade da Micro e Pequena Indústria de São Paulo – 45% dos empresários deste ramo no Estado estavam desempregados quando iniciaram suas atividades. Em 2014, esse percentual era de 35%, de acordo com a pesquisa encomendada ao Datafolha pelo Simpi-SP, o sindicato que representa essas companhias.

    Relatório aponta atraso na implantação de medidas para recuperação fiscal do RJ
    Medidas financeiras que podem render até R$ 5,18 bilhões em receitas extraordinárias aos cofres do Estado do Rio de Janeiro estão atrasadas, segundo relatório de acompanhamento do Plano de Recuperação Fiscal (PRF) referente ao mês de janeiro. Costurado pelo governo fluminense com o Ministério da Fazenda, o plano é parte do Regime de Recuperação Fiscal, ao qual o Estado aderiu no ano passado.

    Consumidor mostra cautela e compra menos a crédito, afirma FecomercioSP
    Consumidores paulistanos parecem estar cautelosos, mostra o Índice de Intenção de Financiamento, que, em abril, caiu 11% na comparação com março, passando de 44 pontos para 39,1 pontos. O indicador mostra que o número de pessoas com disposição para comprar algum bem via empréstimo ou parcelado diminuiu de 21,5%, em março, para 19,2%, em abril. A retração reflete aceleração da atividade bem menor que a esperada para o período e desperta a atenção do mercado de crédito, segundo a instituição.

    Minério leva a recuo de prévia do IGP-M
    A desaceleração do Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) na segunda prévia de abril teve forte influência do atacado, mais especificamente do minério de ferro. Com peso de 5,3% no Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) – que, por sua vez, representa 60% do IGP-M -, o minério de ferro caiu 11,25% na segunda prévia do mês, contra alta de 1,64% no mês anterior.

    Curtido por 1 pessoa

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s