Fórum de FIIs

tetzner_blog-fiis

A Maior, mais Bem Informada e Ativa comunidade 100% FII

ABCP11  AEFI11  AGCX11  ALMI11B  ATSA11B  BBFI11B  BBPO11  BBRC11  BBVJ11  BCIA11  BCFF11B  BCRI11  BMLC11B  BNFS11  BPFF11  BRCR11  CBOP11  CEOC11B  CNES11B  CPTS11B  CTXT11  CXCE11B  CXRI11  CXTL11  DOMC11  DRIT11B  EDFO11B  EDGA11B  EURO11  FAED11B  FAMB11B  FCFL11B  FEXC11  FFCI11  FIGS11  FIIB11  FIIP11B  FIXX11  FLMA11  FLRP11B  FMOF11  FPAB11  FVBI11B  GRLV11  HCRI11B  HGBS11  HGCR11  HGJH11  HGLG11  HGRE11  JRDM11B  JSRE11  KNCR11  KNIP11  KNRI11  MAXR11B  MBRF11  MFII11  MXRF11  NSLU11B  ONEF11  PLRI11  PQDP11  PRSV11  RBBV11  RBGS11  RBPD11  RBRD11  RBVO11  RDES11  RNDP11  RNGO11  SAAG11  SDIL11  SHPH11  SPTW11  TBOF11  TFOF11  THRA11B  TRNT11B  TRXL11  VLOL11  VRTA11  WPLZ11B  XPCM11  XTED11

Juntos somos mais Fortes! Incentive o blog, assine os produtos e serviços:

Mini_FitaProdServ

Login   Registro   FII   Ações   Fundos   Diversão   Comentar   Loja   Ajuda   Comentários   RSS

5.713 comentários sobre “Fórum de FIIs

  1. Amigos, teve alguma discussão sobre GGRC11?

    O imóvel e as condições de compra me chamou a atenção:

    Imóvel: Situado em zona industrial, no distrito e município de Caieiras – SP, as margens da rodovia dos Bandeirantes, a 32 km da cidade de São Paulo, a planta industrial, fábrica de papel, adquirida pelo Fundo conta com 47.626m2 de área construída em um terreno de 139.077m2. por R$50.000.000.
    .

    Curtido por 1 pessoa

  2. Tetzner Journal – 03 de Junho 2017

    Capa Jornal Nova

    Carta ao Leitor

    Bem amigos do Blog, edição SEMANAL do nosso jornal dos FIIs já está no seu Email!

    Isso mesmo, toda semana você vai receber a edição com os últimos acontecimentos; e nos Relatórios Comentados a consolidação do Mês e tudo que foi destaque no mundo dos Fundos Imobiliários:)

    Edição ESPECIAL com uma Super Novidade: ainda mais informação sobre o mundo imobiliário 😀

    E no final da edição você encontra o Resumo dos FIIs Atualizado para você!

    Junte-se a nós, faça parte dessa família!

    Não é Assinante? Peça já a sua Edição, clique aqui!

    mini_Tetzner Tetzner

    Nesta Edição:

    • Carta ao Leitor…2
    • Conteúdo…3
    • Panorama Imobiliáro…6
    • Fatos que marcaram a Semana…27
    • Resumo dos FIIs…81
    • Nota…84

    Ícone Assine

    Curtido por 1 pessoa

    • Atualização Semanal: 03/06/17

      Blog_Prod_Serv_Livro_Cursos

      Edições de Hoje

      Carteiras do Blog

      Matrix dos FIIs

      FII AnaliSYS

      Tetzner Journal

      Não é assinante? Peça já sua Edição Aqui!

      Conteúdos Exclusivos de Assinantes dos Blog:

      • InsightsUma página restrita e dedicada a revelar os FIIs como você nunca viu
      • Trix Report: O fechamento diário dos FIIs resumido para você
      • Fórum VIP: Textos e Conteúdos Exclusivos, trazendo sempre as últimas novidades dos FIIs
      • Entrevistas: O mundo imobiliário por quem Realmente faz acontecer!

      E mais, muito mais nos comentários dos amigos aos Textos, informação valiosa para ampliar o seu estudo e conhecimento.

      Curtir

    • Tetzner Entrevista: Cristiano Chiabi

      Foi Diretor de Crédito Imobiliário por 8 anos na MRV, a maior empresa brasileira de construção civil para classe econômica. Responsável por garantir recursos oriundos dos financiamentos dos clientes via instituições financeiras e financiamento para apoio à produção, ou seja, todo o relacionamento com os bancos financiadores.

      Entrevista Imperdível! 😀

      Curtir

  3. Para quem não vê futuro em imóveis corporativos e acha que escritórios serão substituídos por home office….Nova sede do Google em Londres custará 1 bilhão de libras e terá 92 mil m².

    De acordo com o relatório do projeto, o prédio terá cerca de 92 mil metros quadrados, que serão distribuídos em 11 andares diferentes. Uma piscina com três raias, salas de massagem, academias, quadra esportiva de basquete, futebol e badminton e uma pista de corrida de 200 metros no terraço estão descritos no projeto.

    Uma das curiosidades é que o comprimento horizontal do prédio é maior do que a altura do prédio mais alto de Londres, o The Shard, que tem 309 metros de altura.

    A construção do campus está sob responsabilidade do escritório de arquitetura Heatherwick Studio & Bjarke Ingels Group. Eles unirão o escritório já existente da empresa em Londres ao novo prédio, que, juntos, devem acomodar 7 mil funcionários.

    Curtido por 6 pessoas

  4. Tetzner, estava muito enrolado aqui e não consegui assistir à entrevista completa com o Cristiano, que foi ao ar esta manhã. Espero que você disponibilize mais tarde.

    Num dos momentos que eu assisti ele falou que o terreno comprado pelo MFII possui uma área de APP (Área de Preservação Permanente). Seria bom investigar a porcentagem da gleba que é afetada por esta APP. Lembrando que em APP nada poderá ser construído.

    Curtido por 3 pessoas

    • Está lá SunTzu

      Tetzner Entrevista: Cristiano Chiabi
      https://tetzner.wordpress.com/entrevistas/comment-page-1/#comment-245754

      Foi Diretor de Crédito Imobiliário por 8 anos na MRV, a maior empresa brasileira de construção civil para classe econômica.

      Responsável por garantir recursos oriundos dos financiamentos dos clientes via instituições financeiras e financiamento para apoio à produção, ou seja, todo o relacionamento com os bancos financiadores.

      Curtido por 2 pessoas

    • Minha Casa, Minha Vida tem novas regras e anuncia 25,6 mil unidades

      O Ministério das Cidades anunciou nesta sexta-feira (2) que serão feitas mudanças na contratação do programa Minha Casa, Minha Vida e anunciou a construção de 25.600 novas unidades da faixa 1 do programa, que compreende imóveis para famílias com renda mensal de até R$ 1.800

      Curtir

    • Vendas de materiais de construção sobem 5% em maio ante abril, diz Anamaco

      As vendas de material de construção no mês de maio cresceram 5% ante abril e 9% na comparação com maio de 2016, segundo dados da Anamaco em pesquisa com lojistas.

      No acumulado de cinco meses, a alta é de 6% sobre o mesmo período do ano anterior. Entretanto, no acumulado dos últimos 12 meses as vendas têm queda de 6%.

      Curtir

      • “Depois de dois dos piores anos da história do nosso setor, estamos apresentando um ritmo constante de recuperação que foi bastante influenciado pela liberação dos recursos das contas inativas do FGTS”, afirma o presidente da Anamaco, Cláudio Conz, por meio de nota.

        O dirigente também aponta o Cartão Reforma como outra medida que deve impactar positivamente o desempenho do setor, “afinal o programa deve atingir o teto de R$ 1 bilhão só em 2017”, completa.

        Curtir

      • A expectativa dos lojistas para junho é de que continue crescendo, conforme a resposta de 54% dos entrevistados.

        Já o pessimismo do setor com relação às ações do governo nos próximos 12 meses cresceu de 29% para 46%, reflexo da instabilidade política, de acordo com a associação.

        Curtir

    • Governo promoveu recuperação do MCMV com realismo fiscal, diz ministro
      Estadão Conteúdo Eduardo Rodrigues – Brasília 02/06/201712h30

      O ministro das Cidades, Bruno Araújo, disse nesta sexta-feira, 2, que o governo passou por um processo de recuperação do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) com realismo fiscal, para permitir que as ações caminhem de maneira sustentável.

      “O Minha Casa Minha Vida tinha nitidamente atrasos de pagamento, com 70 mil unidades paralisadas na faixa 1 e alto índice de insatisfação dos empreendimentos”, afirmou Araújo, em coletiva de imprensa no Palácio do Planalto. “Os pagamentos agora estão em dia”, completou.

      Curtir

      • O governo divulgou nesta sexta-feira a seleção de 122 propostas para as novas contratações da faixa 1 do MCMV, com investimentos de R$ 2,1 bilhões em 77 municípios. Foram escolhidos projetos na modalidade Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) que somam 25.664 novas unidades habitacionais. A relação publicada nesta sexta no Diário Oficial da União abrange 122 empreendimentos localizados em Estados das regiões Sul (49 propostas), Nordeste (40), Sul (18) e Norte (15).

        Um dos pré-requisitos para a aprovação dos projetos era a inexistência de empreendimentos paralisados do FAR nesses municípios. Também ficaram de fora as cidades que já tivessem unidades concluídas e legalizadas há mais de 60 dias, mas com ociosidade superior a 5% do total contratado.

        O ministério priorizou as propostas de empreendimentos mais próximos aos centros urbanos – uma reclamação frequente em empreendimentos passados – e perto de agências bancárias, lotéricas e pontos de ônibus. A doação ou cessão do terreno pelas prefeituras também pesou nas escolhas.

        Curtir

      • Pelas novas regras do programa, os projetos devem ter no máximo 500 unidades por conjunto habitacional, podendo chegar a até 2 mil unidades em empreendimentos localizados em cidades com mais de 100 mil habitantes

        Araújo lembrou que a meta do governo para novas contratações em 2017 é de 170 mil unidades na Faixa 1, 40 mil na Faixa 1,5 e 400 mil nas faixas 2 e 3, totalizando 610 mil novas unidades no programa neste ano. “O processo de seleção continua”, afirmou.

        O ministro anunciou ainda que governo irá lançar um novo modelo de Aluguel Social, para a construção de empreendimentos pela iniciativa privada com a garantia de 30 anos de aluguel. “Faremos uma parceria com a Caixa para projeto piloto de novo Aluguel Social, deve ser anunciado no fim de 2017 ou em 2018”, completou.

        Curtir

  5. Tetzner em REVISTA – Junho/17 – Ed 61

    tetzner-em-revista-capa

    Carta ao Leitor

    Nesta edição temos o artigo do amigo Trix, sobre a Neuroeconomia, a ciência de fazer decisões melhores de investimento.

    Também as Lições e o Aprendizado do amigo e investidor RKinvestimentos, nos presenteando com um belo resumo e toda a sua experiência no mercado 🙂

    E no olho do Furação. O que fazer? O Gama passa para todos os amigos a sua visão, seu posicionamento adquirido em anos de vivência do mercado.

    Muita informação compilada para você numa edição histórica da revista!!
    Blog Tetzner, Junte-se a nós, faça parte dessa família!

    Não é Assinante? Peça já a sua Edição, clique aqui!

    mini_Tetzner Tetzner

    Nesta Edição:

    • O Mês em Revista…4
    • COPOM 2017…6
    • A Carteira do IFIX…9
    • Artigos do Mês…11
      • Neuroeconomia: a ciência de fazer decisões melhores de investimentoDagoberto Corrarello *…12
      • Lições que Aprendi como InvestidorRKinvestimentos *…15
      • No olho do Furação. O que fazer?Marcelo Gama *…17
    • Matriz dos FIIs do Tetzner…20
    • Tetzner Range…21
    • Resumo dos FIIs…23
    • Nota…26

    Ícone Assine

    Curtido por 4 pessoas

      • Com certeza, agricultura q sustenta tudo vai pro brejo junto com a vaca do Jbs, além do q o resultado é maquiado, tem como maquiar, considerando algo, ou desconsiderando algo, basta querer

        Curtir

      • MarcosC, muito simples colega, sou do ramo, tenho experiência de sobra no assunto, e as costa em carne viva como um escravo de tanto ser açoitado por governos e governos, quer mais, o menos pior p nos até hoje foi o lula por incrível q pareça, depois vc já viu aquele ditado q não se deve vender, matar ou extrupar a galinha dos ovos de ouro, então é isso q vem fazendo com produtor rural, e sem reconhecimento, veja q o amigo sem pestanejar já acha q por q colheu bem , ouve espação é suficiente para ganhar dinheiro, engano, uma hora o carro vira e vamos todos p brejo sim. Verás já a queda nos próximos meses, preços dos produtos agrícolas já entraram em queda, aí junto vem governo com imposto de funrural e Ainda quer receber os últimos cinco anos , Jbs só compra boi com trinta dias de prazo, vc tem coragem de vender? O preço caiu 20% isso era o que usávamos para sobreviver, em fim não quer dizer q por q o funcionário é bom ele é sempre bem remunerado, reconhecido,

        Curtido por 1 pessoa

      • Paraguai amigo, Paraguai é o futuro, tenho vários amigos lá já, e um monte se preparando p partir, país novo, produtor valorizado, reconhecido, terras novas, boas e com preços melhores, encerrando lá o governo não faz nada, não ajuda e não atrapalha, aqui ele só atrapalha e rouba o agricultor,

        Curtido por 2 pessoas

      • Bem, vejo pelos posts que você é outros aqui têm a visão do produtor. Pode ser sim que este seja açoitado pelas condições..agricultura é um negócio de margens muito baixas, qualquer erro individual e o lucro vai embora.

        Eu sou engenheiro agrônomo e sempre trabalhei na área de tecnologia e, em função disso, sempre tive uma visão do lado corporativo do agronegocio. As Tradings, principais players da agroindústria e do setor de insumos, etc.

        Essa visão é sim de um setor em PERMANENTE crescimento desde o final da década de 90 do século passado. É inexorável que o setor continue avançando. Nos já passamos as barreiras do “país medio” neste setor. O Brasil é listado entre os grandes agora.
        Ouso dizer que apenas os EUA podem ser considerados nossos rivais no agronegocio hoje. Deixamos Austrália, Argentina e mesmo a Rússia para trás a muito tempo e a Europa só faz algum estrago na nossa posição pelos ENORMES subsídios por lá.

        É baseado nisto que digo, este setor não irá sofrer muito nesta crise e SIM esta super safra trará mais crescimento para o setor.

        Veja que é possível, individualmente termos agricultores ou mesmo regiões com problemas, mas o todo..este continua e continuará muito bem.

        Curtir

      • A alternativa é o Paraguai?

        Puxa, me desculpe, mas se há um país sem arcabouço institucional mínimo, está aí um grande candidato.

        Outra coisa esses rankings tem confiabiludade próximo das empresas de rating na crise de 2008…Parece bem feito hospital, mas basta uma olhada melhor e vamos ver uma “mão grande” de interesses por trás das listas.

        Curtir

      • Sai dados lá de Zurique q é o principal, verdadeiro, Brasil ficou em antepenúltimo pior do mundo, estamos à frente por enquanto Ainda, apenas só de Mongólia e Venezuela,
        Isso é incrivelmente uma vergonha, só mostra q a corrupção e dados maquiados são o ponto mais forte do bananaquistão

        Curtido por 2 pessoas

      • Baconefritas, olha essa.

        O economista Paulo Rabello de Castro, que assumiu o BNDES no lugar de Maria Silvia, é pai de Christine Rabello de Castro Luz, casada com Bruno Gonçalves Luz, preso pela Lava Jato com o pai Jorge Luz. Jorge e Bruno Luz atuavam como lobistas para o PMDB na Petrobras. Jorge é considerado um veterano na área e seria uma espécie de padrinho do também lobista e delator Fernando Baiano.

        Quer mais coincidências?

        Bruno Luz é casado com Christine Rabello, filha do novo presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro. Renata Luz, a primogênita, é casada com Rodrigo Suassuna, filho do ex-senador Ney Suassuna, que é primo de Jonas Suassuna, sócio de Lulinha e laranja de sítio.

        Curtido por 4 pessoas

      • E lá no final, no supremo temer e fiou guela baixo dos magistrados lá, na soberania do país aquele careca lá. Será q ele vota p caçar ou p absolver temer….. tá errado vc por aquele q vai de julgar, além de errado da ânsia

        Curtir

      • Relaxa Interceptorfii19

        O Brasil sempre vai ser isso, anos de euforia, de crescimento, de queda, de estagnação e de recessão.
        O problema maior do brasil é que não querem resolver o problema na raiz que se chama Educação.
        É eu sei, todo mundo acha que o juros, o imposto, o bolsonaro, o papa, o meireles, o lula, o santo graal etc vai resolver os problemas e tudo ficará perfeito do dia para a noite.
        Vai não colega, só com educação teríamos um Brasil melhor para a próxima geração.

        Com raras exceções como Emirados Árabes Unidos e Qatar por causa da grande quantidade de petroleo e pequena populção, nenhum pais ficou rico e bem sucedido sem um investimento maciço em educação.

        O unico ruim é que pode piorar pois se discute mais igualdade de genero em nossas escolas do que matemática básica(subtrair, adicionar etc)

        Curtido por 4 pessoas

      • Por essas receitas e outras q o país tá essa maravilha, bem típico do brasileiro, a mandioca entrando e o povo fazendo as piadinhas, brincadeiras, churrasco, cerveja, mas veja lá o resultado, Mongólia e Venezuela, qualquer um com bom senso e filhos num inferno desses, deveria estar preocupado ao em vez de ser paliativo com brincadeiras

        Curtir

      • Eu conheço um monte de gente indo pro Paraguai também. Sei de um monte de pequeno frigorífico e produtor que se arrebentou com essa história de “Papelão na Carne”. Uma BRF da vida dá umas piruetas e se salva, sei de açougue de três gerações que fechou no Paraná. E assim vai concentrando cada vez mais o mercado. Igual o mercado financeiro, pessoal reclama oficialmente do duopólio na área financeira, mas tenta abrir um Banco no Brasil e vê se é fácil ;). (Pra quem não sabe, precisa de uma carta assinada pelo Presidente, coisa pouca).

        Eu acho que a coisa aqui é tão bagunçada que a gente faz piada… É rir pra não chorar 😉

        Curtido por 2 pessoas

      • Caraca. Se fala de tudo nesse lugar. Menos de FIIs…
        Dá uma up aí Tetzner. A moçada está fazendo terapia de grupo aqui!
        Eu quero saber é do PQDP, do SHPH, do EDFO, do FIIB. Bora, bora moçada!

        Curtido por 1 pessoa

  6. Para meditar e desanuviar um pouco a tensão de último dia do mês, mudanças em gestores, definição de Selic….

    “No longo prazo, não é apenas quanto dinheiro que você faz que determina sua prosperidade futura. É quanto desse dinheiro você coloca para trabalhar ao economizar e investir…”
    Peter Lynch

    Curtido por 4 pessoas

      • Caro Rico, eu vou esperar pra ver o que acontece. Minhas cotas vou manter, mas não tenho a mínima intenção de aumentar posição neste fundo. Ainda mais agora com mais delação ameaçando chegar no BTG e Andre Esteves.

        Curtido por 1 pessoa

    • Política
      05h00
      Pré-delação de Palocci atinge BTG Pactual
      Por André Guilherme Vieira | De São Paulo
      Cassiano Rosário/Futura Press/Folhapress – 26/9/2016
      Palocci chega ao IML em Curitiba: ex-ministro já teve ao menos cinco reuniões com a força-tarefa da Lava-Jato
      Em proposta de delação premiada, o ex-ministro Antonio Palocci afirmou que a compra de participação no Banco Panamericano pela Caixa Econômica Federal, em 2009, atendeu a interesse do banqueiro André Esteves, do BTG Pactual. Segundo o ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil, era preciso que a Caixa comprasse a instituição financeira para ajudar a saneá-la. O Panamericano foi vendido um ano e cinco meses depois para o BTG Pactual, seu atual controlador.

      O relato de Palocci aponta que Esteves teria informações prévias sobre a situação do Panamericano, que àquela altura já enfrentava sérias dificuldades financeiras, com rombo da ordem de R$ 3 bilhões. O banqueiro teria uma estratégia para lucrar com o negócio, adquirindo, posteriormente, ações do Panamericano. Em 2010, a instituição financeira recebeu aporte de R$ 3,8 bilhões do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) para se manter operante.

      De acordo com a narrativa de Palocci, houve uma ‘parceria informal’ de Esteves com o governo, da qual o banqueiro teria se beneficiado, conforme apurou o Valor.

      O Banco Panamericano, que pertencia ao empresário Silvio Santos, foi adquirido pela Caixapar em 1º de dezembro de 2009 por R$ 739,2 milhões, sendo socorrido pelo FGC no ano seguinte.

      Após 15 meses, em maio de 2011, o BTG Pactual comprou maior participação acionária do Panamericano por valor inferior ao pago pela Caixa – R$ 450 milhões -, ficando com 37,27% do capital total da instituição, e passando à condição de sócio do banco público, que detém 35,54% das ações do Panamericano.

      Em fase mais avançada de negociação, a proposta de delação de Palocci conta com anexo específico sobre operações financeiras do BTG Pactual, como a segunda compra do Panamericano.

      Palocci tem ratificado que a venda do Panamericano para a Caixapar, braço de investimentos da Caixa, foi articulada em negociações com o Planalto. No fim de 2010, o Banco Central (BC) descobriu esquema de fraudes no Panamericano, que estava quebrado.

      O BC colocou o banco sob intervenção e revelou que a direção do Panamericano fraudava a sua carteira de crédito, com maquiagem contábil para inflar o patrimônio em até R$ 2 bilhões.

      Investigações do Ministério Público Federal (MPF) e da Polícia Federal (PF) descobriram que as perdas causadas pela fraude contábil somavam quase R$ 4 bilhões. Esse total incluía ao menos R$ 1,4 bilhão em créditos que o banco havia vendido a outras instituições, que foram mantidos nos balanços do Panamericano.

      A farsa contábil foi descoberta durante a campanha presidencial de 2010, e o Panamericano socorrido foi pelo FGC.

      A ajuda foi comemorada pelo BC, que não teve de liquidar o banco. A liquidação evidenciaria que a Caixa fez um mau negócio no governo Lula e prejudicaria a eleição de Dilma Rousseff.

      Em 2011 o BTG negociou com o FGC e arrematou o Panamericano por R$ 450 milhões, apesar dos prejuízos seguidos do banco.

      Para conseguir o acordo, os advogados de Palocci trabalham para reunir o maior número de informações possível, com riqueza de detalhes e quantidade significativa de indícios de corroboração.

      O petista participou de ao menos cinco reuniões com a força-tarefa em Curitiba, que contaram com a presença do delegado Filipe Pace, condutor da operação ‘Omertà’, que prendeu Palocci.

      As informações prestadas por Palocci podem interessar às operações Lava-Jato, Conclave (que apura o caso Panamericano), Cui Bono? (com foco em fraudes na liberação de créditos pela Caixa) e ainda à Greenfield, que investiga desvios que teriam ocorrido em fundos de pensão públicos.

      Procurado, o advogado de André Esteves, Antonio Carlos de Almeida Castro, disse que o banqueiro “não tem nenhuma preocupação com a questão do Panamericano”. De acordo com o criminalista, Esteves não teve qualquer participação na compra do banco pela Caixapar, “até porque a compra posterior que se deu em 2011 foi regular e de mercado”.

      Sobre a questão de valores, “se em 2011 ele comprou ações do Panamericano por um preço diferente, trata-se de uma questão de mercado, não tendo havido qualquer favorecimento. A diferença de preços se justifica por uma questão de momento, de mercado, de expertise”, afirmou o advogado.

      Em nota enviada pela assessoria de imprensa, o BTG Pactual afirmou “que não foi parte ou teve qualquer envolvimento na compra de participação do banco Panamericano pela Caixapar em 2009”. O comunicado diz ainda que “a transação do BTG Pactual foi feita em 2011 com o então controlador, Grupo Silvio Santos, cuja venda foi definida no contexto das dificuldades enfrentadas pelo banco Panamericano à época”.

      A assessoria do ex-presidente Lula afirmou que “a inocência de Lula foi comprovada pelo depoimento de mais de uma centena de testemunhas e por diversos documentos”.

      Curtido por 1 pessoa

  7. Copom decide sobre juros e IBGE divulga PIB nesta semana

    Para além dos desdobramentos da crise política em Brasília, o mercado e os analistas ficarão de olho, nesta semana que se inicia, em dois fatos econômicos: a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central sobre a taxa básica de juros (Selic), na quarta-feira, 31, e a divulgação do IBGE do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil no primeiro trimestre, marcada para acontecer na quinta-feira, 1º de junho.

    Caracas… vai ser a “Super Quarta” mesmo: Ex-Renda FIIs, COPOM e PIB 😀

    Curtido por 1 pessoa

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s