5.419 comentários sobre “Notícias

  1. Temer diz que país vai recuperar grau de investimento ‘logo, logo’

    Prestes a anunciar o aumento do deficit fiscal de 2017 e 2018, o presidente Michel Temer disse nesta sexta-feira (11) que o Brasil vai recuperar, “logo, logo”, seu grau de investimento.

    Curtir

  2. Conjuntura: Inflação menor frustra receita em 2017, mas reduzirá gasto em 2018

    Recuo do IPCA no ano em relação às projeções deve gerar uma perda de cerca de R$ 29 bilhões na arrecadação, segundo cálculos de Fernando Montero, da Tullett Prebon

    Curtir

    • Contas públicas Para cortar gastos, reajuste de servidor será adiado para 2019

      O governo entrou na reta final para anunciar medidas de redução de gastos, em meio à discussão de revisão das metas fiscais deste e do próximo ano

      Curtir

    • Pequenas empresas vão ganhar mais espaço no BB

      O perfil da carteira de crédito do Banco do Brasil deve mudar daqui para frente, com a redução da participação de grandes empresas e crescimento da fatia de pessoas físicas, agronegócio e pequenas empresas

      Curtir

      • Helbor Anuncia seus Resultados do 2T17

        Mogi das Cruzes, 10 de agosto de 2017 – A Helbor Empreendimentos S.A. (BM&FBOVESPA: HBOR3), incorporadora residencial e comercial com presença em 10 estados e no Distrito Federal, abrangendo 28 cidades brasileiras, anuncia hoje seus resultados do segundo trimestre de 2017 (2T17)

        As Vendas Contratadas Totais do 2T17 somaram R$ 332,7 milhões e a Parte Helbor alcançou R$ 215,4 milhões, aumento de 55,4% e 34,3%, respectivamente, em relação ao 2T16. No 1S17, as vendas contratadas totais atingiram R$ 594,2 milhões, crescimento de 24,2% sobre 1S16, e a parte Helbor somou R$ 418,8 milhões, aumento de 14,1% sobre 1S16.

        O VGV Lançado no 1S17 totalizou R$ 387,9 milhões em VGV Total e R$ 199,5 milhões em parte Helbor, 620,3% e 429,2 superior ao 1S16, respectivamente.

        Curtir

      • A Velocidade de Vendas (VSO), considerando-se a parte Helbor, atingiu 10,3% no 2T17 e 18,2% no 1S17. O VSO LTM, que considera os últimos 12 meses, chegou a 27,6%.

        As Entregas, no 2T17, totalizaram R$ 562,3 milhões em VGV Total e R$ 349,7 milhões em VGV Helbor, na época do lançamento, correspondendo a 1.026 unidades.

        A Receita Operacional Líquida reduziu 36,7% no trimestre, partindo de R$ 189,2 milhões no 1T17 para R$ 119,8 milhões no 2T17. No 1S16, a receita líquida totalizou R$ 309,0 milhões, redução de 44,8% em relação ao 1S16.

        O Prejuízo Bruto totalizou R$ 13,3 milhões no 2T17, com Margem Bruta negativa de 11,1% e Margem Bruta Ajustada positiva de 11,4%. No 1S17, o prejuízo bruto foi de R$ 16,3 milhões, com margem bruta negativa de 5,3% e margem bruta ajustada positiva de 14,6%.

        O Prejuízo Líquido totalizou R$ 79,4 milhões no 2T17, com Margem Líquida negativa de 66,2% e, totalizou R$ 128,1 milhões no 1S17, com margem líquida negativa de 41,4%.

        Curtir

      • Quem estuda economia de verdade não este pelegos de faculdade sabe que cortar gastos no governo é mentira. KKKK
        Só ler a teoria do keynes que tu vai perceber que aumentar gastos na economia moderna é motor do dito crescimento .

        Quem quiser debater : Basta puxar os dados de diversos países ( Receitas ) -( Despesas) e vai percebe que as despesas acompanham a receita.

        Resumo da obra quem acredita que governa corta gasto não sabe do que esta falando ou mente ! KKKKK

        Curtido por 1 pessoa

      • Mais gasto é mais imposto

        Este é o mais óbvio, mas é também amplamente ignorado.

        Maior gasto público significa, a curto ou longo prazo, maior carga tributária. Tudo o que o governo gasta foi antes retirado da sociedade. O dinheiro do gasto, como já dito no início, é oriundo ou de impostos ou de endividamento. Quando é oriundo de impostos, o confisco é direto. Pessoas e empresas ficam com menos dinheiro para que o governo tenha mais. Já quando o dinheiro é oriundo de endividamento, isso significa que, em algum momento futuro, o dinheiro de impostos será utilizado para pagar o serviço desta dívida.

        E isso gera maiores incertezas: se o governo está se endividando continuamente para gastar, então essa dívida terá de ser futuramente quitada com mais impostos. Essa mera possibilidade de aumentos de impostos futuros já serve para inibir investimentos produtivos. Como investir quando não se sabe como serão os impostos no futuro?

        Portanto, os impostos são a contra-partida dos gastos do governo, e seus efeitos sobre os incentivos a poupar, a investir produtivamente, a abrir empresas e a produzir são deletérios.

        Os impostos são como uma mochila pesada nas costas dos reais criadores de riqueza da sociedade, e aumentá-los em decorrência de um maior gasto público é a receita garantida para que a economia fique estagnada.

        Curtir

    • Divulgação de Resultados 2T17

      EZTEC encerra 1S17 com Lucro Líquido de R$53 milhões

      Manutenção de Margem Bruta em 47%

      São Paulo, 10 de agosto de 2017 – A EZTEC S.A. (BOVESPA: EZTC3), com 38 anos de existência, se destaca como uma das Companhias com maior lucratividade do setor de construção e incorporação no Brasil. A Companhia anuncia os resultados do segundo trimestre de 2017 (2T17). As informações operacionais e financeiras da EZTEC, exceto onde indicado de outra forma, são apresentadas com base em números consolidados e em Milhares de Reais (R$), preparadas de acordo com as Práticas Contábeis Adotadas no Brasil (“BR GAAP”) e as normas internacionais de relatório financeiro (IFRS) aplicáveis a entidades de incorporação imobiliária no Brasil, como aprovadas pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC), pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC).

      A partir de 1° de janeiro de 2013, entraram em vigor as normas IFRS 10 e IFRS 11, que tratam de operações controladas em conjunto. Adotando o normativo CPC 19, uma parcela dos ativos e passivos, receitas e despesas deixaram de ser consolidadas proporcionalmente. Essa adoção não impacta o Patrimônio Líquido e Resultado da Companhia.

      Curtir

      • DESTAQUES FINANCEIROS E OPERACIONAIS:

        A EZTEC encerrou o 2T17 com Caixa, Equivalentes de Caixa e Aplicações Financeiras de R$638,3 milhões. Descontadas as dívidas de R$345,3 milhões, provenientes de financiamento SFH, a Companhia encerrou o período com posição de Caixa Líquido, de R$293,0 milhões, tendo gerado R$51,7 milhões no período, além de deter R$658,0 milhões em Recebíveis de empreendimentos imobiliários Performados, passíveis de repasse ou de securitização e parte remunerados a IGP-DI+10 a 12% a.a.;

        A Receita Líquida atingiu R$203 milhões no 1S17;

        O Lucro Bruto foi de R$95 milhões, para uma Margem Bruta de 47,0% no 1S17;

        O EBITDA atingiu R$26 milhões no 1S17, com Margem EBITDA de 12,7%;

        O Lucro Líquido atingiu R$53 milhões, com Margem Líquida de 26% no 1S17;

        Curtir

      • No 2T17, a EZTEC lançou um empreendimento de VGV de R$49,5 milhões;

        As Vendas Líquidas, participação EZTEC, atingiram R$ 49 milhões no 1S17, valor líquido de distratos; e

        Em 30 de junho de 2017, o Estoque de Terrenos totalizou R$ 5,4 bilhões em VGV próprio. O custo médio de aquisição dos terrenos, incluindo os custos com o aumento do potencial construtivo, está em 14% do VGV.

        Curtir

    • Brasil já cobrou 35% de IR nos anos 90, e ele quase voltou no governo Dilma

      O governo estuda mudanças na alíquota do Imposto de Renda para aumentar a arrecadação e, segundo rumores, a equipe econômica considera criar uma alíquota de IR de 30% ou 35% para quem ganha acima de R$ 20 mil.

      Hoje, a alíquota máxima é de 27,5%.

      Curtido por 2 pessoas

  3. Cyrela vende R$ 756 milhões no trimestre e R$ 1.276 milhões no ano.

    São Paulo, 10 de agosto de 2017 – A Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações (“CBR” ou “Companhia” ou “Cyrela”) (BM&FBOVESPA: CYRE3; OTCQX: CYRBY) apresenta seus resultados referentes ao segundo trimestre de 2017 (2T17).

    Destaques no trimestre (2T17):

    GERAÇÃO DE CAIXA OPERACIONAL
    Geração de R$ 64 milhões (R$ 84 MM ex-compra de participação Tecnisa) vs. R$ 118 milhões 1T17.

    Curtir

    • DIRECIONAL ANUNCIA GERAÇÃO DE CAIXA DE R$ 28 MILHÕES NO 2T17 E REGISTRA MELHOR TRIMESTRE EM VENDAS NO MCMV FAIXAS 2 E 3

      Belo Horizonte, 10 de agosto de 2017 – A Direcional Engenharia S.A. (BM&FBOVESPA: DIRR3), uma das maiores incorporadoras e construtoras do Brasil, com foco no desenvolvimento de empreendimentos populares de grande porte e atuação em todas as regiões do território Nacional, divulga seus resultados do 2T17.

      Ä Recorde de aquisição de terrenos MCMV 2 e 3: no 2T17, foram adquiridos 9 terrenos voltados ao segmento MCMV 2 e 3. O potencial de construção destes terrenos é de 11.640 unidades e VGV de R$ 1,6 bilhão.

      Ä Lançamentos: no 2T17 foram lançados 6 projetos/etapas, todos no âmbito do Programa MCMV, totalizando VGV de R$ 291 milhões, crescimento de 136% em relação ao ano anterior, o MCMV 2 e 3 representou 61% dos Lançamentos;

      Ä Vendas: no 2T17 as vendas líquidas contratadas atingiram R$ 262 milhões, aumento de 297% quando comparado ao mesmo período do ano anterior;

      Curtir

      • Ä Recorde de vendas no MCMV 2 e 3: melhor trimestre em vendas para o segmento MCMV 2 e 3 que atingiu VGV de R$ 140 milhões no 2T17;

        Ä Entrega de 6 empreendimentos/etapas, totalizando VGV de R$ 505 milhões e 6.924 unidades, o MCMV Faixa 1 foi responsável por 96% do total de unidades entregues;

        Ä Receita bruta do segmento MCMV 2 e 3 atingiu participação de 38% no acumulado do 1S17;

        Ä Os projetos MCMV 2 e 3 apresentaram margem bruta ajustada de 35% no 1S17;

        Ä Dívida Líquida sobre Patrimônio Líquido de 21,5%;

        Ä Geração de Caixa de R$ 28 milhões, no 2T17.

        Curtir

    • Saiu mais resultados lindos ( Quinta feira sangrenta) cada resultado pior que o outro ! KKKKKK

      Ainda tem gente querendo taxa lucro ( Que lucro) .
      Helbor, cryrela e gafisa só presepada.

      Petrolixo,BRfoods , Lojas americanas = Bucha de canhão

      Curtido por 1 pessoa

  4. Banco Central prepara mudança de diretores do Copom

    BRASÍLIA – O Banco Central prepara uma mudança no Comitê de Política Monetária (Copom). Dois diretores devem ser substituídos em breve, segundo fontes da equipe econômica ouvidas pelo GLOBO.

    Os responsáveis pela área de Fiscalização, Anthero Meirelles, e de Administração, Luiz Edson Feltrim, devem ser trocados. Ainda não foram escolhidos os substitutos, mas as conversas internas apontam para técnicos do próprio BC.

    Não há data marcada para um anúncio.

    Curtir

    • Recessão joga 3.905 municípios em buraco fiscal

      RIO – A crise fiscal por que passa o país atingiu em cheio os municípios brasileiros. Um total de 3.905 cidades ou 86% das prefeituras que declararam suas contas em 2016 estão em situação fiscal difícil ou crítica.

      Com a queda na arrecadação e nas transferências e sem margem para cortes de despesas, devido às amarras no orçamento, os investimentos acabaram sendo penalizados: apenas 6,8% da receita dos municípios brasileiros foram destinados aos investimentos ano passado, segundo o Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF).

      É o menor patamar da série, iniciada em 2006.

      Curtir

    • Indústria brasileira de cimento tem queda de 10,7% nas vendas em julho

      SÃO PAULO (Reuters) – As vendas totais da indústria de cimento do Brasil em julho caíram 10,7 por cento sobre o mesmo período do ano passado, para 4,698 milhões de toneladas, afetadas em parte pelo cenário de incerteza que ainda rodeia o governo do presidente Michel Temer, informou a Snic, associação que representa o setor, nesta quinta-feira.

      Curtir

  5. RIO FICA FORA DO MOVIMENTO DE RECUPERAÇÃO

    Tanto que o varejo foi o setor que mais fechou vagas com carteira assinada no Rio no 1.º semestre – o saldo negativo no Caged foi de 20.447 vagas.

    Desde o início da recessão, em 2014, 49.762 estabelecimentos comerciais fecharam no Estado, segundo o Clube de Diretores Lojistas do Rio (CDLRio).

    No 1.º semestre deste ano foram 9.730 lojas fechadas, salto de 55% ante o mesmo período de 2016. Na média, foram fechadas 54 lojas por dia.

    “O Estado do Rio está falido. Há 200 mil funcionários públicos sem receber e a crise da Petrobrás levou ao cancelamento de contratos e a demissões”, disse o presidente do CDLRio, Aldo Gonçalves.

    Curtir

    • O coordenador de Estudos Econômicos da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), William Figueiredo, lembra que servidores públicos têm renda acima da média e, portanto, peso maior no consumo das famílias.

      Sem garantia de receber salários em dia, os funcionários públicos retraem seu consumo, principalmente de bens mais caros, como imóveis.

      O setor da construção no Rio foi atingido em cheio tanto pela queda na demanda por imóveis quanto pelo fim das grandes obras de infraestrutura com vistas aos Jogos Olímpicos, como a revitalização da região portuária e a Linha 4 do Metrô.

      Conforme o Caged, no total, foram fechadas 6.633 vagas na construção civil no primeiro semestre.

      Curtir

    • Governo anuncia hoje nova meta fiscal, com rombo R$ 20 bilhões mais alto

      O governo bateu o martelo, depois de uma reunião de quase cinco horas entre Michel Temer e a equipe econômica, no Palácio do Planalto: a revisão da meta fiscal é urgente e será anunciada hoje.

      A meta atual, ou seja um déficit de R$ 139 bilhões, passará para cderca de R$ 159 bilhões.

      Curtir

      • O assunto entrou em pauta nas últimas semanas, mas inicialmente o governo imaginava fazer o anúncio só no final do mês.

        Com a queda na arrecadação, os problemas com o novo Refis, o fracasso da reoneração e outros revezes, Henrique Meirelles convenceu Temer da necessidade de se antecipar a decisão.

        Curtir

    • Governo vai congelar reajuste dos servidores
      Lauro Jardim

      Na longa reunião de ontem entre Michel Temer e a equipe econômica, além do anúncio da nota meta fiscal, ficou definido que o governo vai congelar pór um ano o reajuste dos servidores.

      Portanto, previsto para janeiro, o aumento só será dado em janeiro de 2019 — se, claro, Temer não voltar atrás no que foi definido na reunião.

      Curtir

      • Entre as categorias afetadas, auditores da Receita Federal e do Trabalho, peritos médico previdenciário, diplomatas, oficial de chancelaria, entre outras. A economia prevista é de R$ 11 bilhões no ano.

        A ideia de não dar o reajuste já vinha estudada pela equipe econômica desde o mês passado.

        Curtir

    • ‘Sem reforma da Previdência, aumento de impostos será inevitável’, diz Meirelles
      Ana Paula Ribeiro

      Brasília – Brasil – 07-08-2017 – PA – O ministro da Fazenda Henrique Meirelles partic.jpgSÃO PAULO – O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que sem a aprovação da Reforma da Previdência, será inevitável o aumento de impostos para o financiamento da máquina pública.

      Curtir

  6. MRV anuncia resultados do 2T17

    DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS DO 2T17
    Recorde histórico de lançamentos para o 2º trimestre, atingindo R$1,33 bilhão

    Vendas de R$ 1,45 bilhão no 2T17, aumento de 9,7% em relação ao 1T17

    Belo Horizonte, 09 de Agosto de 2017-MRV Engenharia e Participações S.A.(BM&FBovespa: MRVE3 – ADR OTC PINK: MRVNY),divulga seus resultados do segundo trimestre de 2017(2T17).

    Receita Líquida de R$ 1,13 bilhão no 2T17, crescimento de 11,3% em relação a 1T17.

    Margem bruta de 34% no 2T17, maior patamar desde o 4T10.

    Curtir

    • Aumento de 20,2% no EBTIDA em relação ao 1T17, totalizando R$ 191 milhões.

      Lucro Líquido de R$ 141 milhões no 2T17, crescimento de 7,9% quando comparado ao 1T17.

      Geração de caixa de R$ 103 milhões no 2T17, atingindo o 20º trimestre consecutivo de geração positiva.

      Evento Subsequente: Tivemos o melhor mês de julho da história da Companhia, lançamos 3.456 unidades totalizando R$ 522 milhões em VGV.

      Curtir

  7. Se inveja matasse…

    BC da Nova Zelândia mantém taxa básica de juros inalterada em 1,75%

    Wellington, 09 – O Banco da Reserva da Nova Zelândia (RBNZ, na sigla em inglês) manteve inalterada a taxa básica de juros em 1,75% nesta quarta-feira. “Numerosas incertezas permanecem e a nossa política pode precisar se ajustar em conformidade a isso”, disse o presidente do RBNZ, Graeme Wheeler, após a decisão de manutenção dos juros.

    A decisão do banco central era amplamente esperada pelos economistas e vem após uma alta surpreendente do desemprego no segundo trimestre e um crescimento um pouco mais lento do Produto Interno Bruto (PIB) neozelandês. Na decisão, o RBNZ disse que a política monetária continuará acomodatícia “por período considerável” e que numerosas incertezas se mantêm no radar. Fonte: Dow Jones Newswires.

    Curtir

    • Itaú reduz juro médio do crédito imobiliário em meio ponto, para 10,7% ao ano mais TR

      O Itaú Unibanco, maior banco privado do país, anunciou hoje a redução dos juros cobrados no crédito imobiliário.

      Para imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI), a nova taxa padrão será a partir de 10,7% ao ano mais a Taxa Referencial (TR, que também corrige a poupança), uma redução de 0,5 pontos percentuais em relação à taxa anterior.

      Já para o Sistema Financeiro da Habitação (SFH), a taxa padrão em vigor será a partir de 10,1% a.a.+ TR, uma queda de 0,4 pontos percentuais.

      Curtir

      • As taxas valem a partir de amanhã, 10 de agosto, e podem ser ainda menores, dependendo do perfil do cliente e do seu relacionamento com o banco.

        “Assim, elas podem chegar a 9,9% ao ano + TR no SFI e a 9,3% + TR no SFH”, diz o Itaú em comunicado.

        “Ampliamos a nossa oferta de crédito imobiliário, reduzindo nossas taxas”, diz Cristiane Magalhães, diretora do Itaú Unibanco.

        O banco fechou junho com R$ 38 bilhões em crédito imobiliário, 5,4% mais que no mesmo mês do ano passado.

        Foi a carteira de crédito voltada para pessoas físicas que mais cresceu no período.

        Curtir

  8. Após dez anos, é importante revisar norma para bolsas de valores, diz CVM

    Rio, 09 – A revisão do marco regulatório que norteia o funcionamento das bolsas de valores e mercado de balcão no País deve estar na lista de prioridades da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), acredita o novo diretor da autarquia, Gustavo Gonzalez. Após uma década da edição da norma, a Instrução 461, é preciso fazer alterações que enderecem o desafio da concorrência entre bolsas e a negociação de um mesmo ativo em ambientes distintos. “Nos dez anos da 461, a CVM está pronta para avançar com a reforma. As mudanças já estão de fato sendo discutidas internamente e fico feliz em participar”, disse.

    Em abril, a Superintendência de Desenvolvimento de Mercado (SDM) e a Superintendência de Relações com o Mercado e Intermediários (SMI) da CVM apresentaram ao colegiado proposta de revisão da Instrução 461/2007. A norma completa dez anos em outubro.

    Em 2012, a CVM conduziu discussões entre participantes e contratou um estudo de mercado sobre a concorrência entre bolsas. Na época, havia interessados em desafiar a BM&Bovespa (atual B3) como a Bats e a Direct Edge, mas os projetos acabaram não saindo do papel.

    Gonzalez menciona como desafio a definição da maneira mais eficaz de supervisionar o cumprimento da obrigação de melhor execução de ordem pelos corretores de valores mobiliários, quando houver um mesmo ativo negociado em dois ambientes. Na visão do diretor, a tendência é que a concorrência se dê na negociação do ativo.

    “O negócio primordial de uma nova bolsa tende a ser muito menos criar novos segmentos de listagem e mais, por exemplo, oferecer tecnologias, ser mais rápida. E os ativos disputados serão aqueles de maior liquidez”, explicou.

    Outros pontos são a consolidação de fita (dados do registro de ordens) de um ativo em bolsas distintas e o papel do autorregulador nesse ambiente de competição. “Você tenta, por exemplo, evitar a arbitragem regulatória, que é o direcionamento de uma negociação para a bolsa que tiver o padrão de regulação mais frouxo”, disse.

    Curtido por 1 pessoa

    • Governo sanciona lei do Orçamento; salário mínimo vai a R$ 979 em 2018

      O presidente Michel Temer sancionou, com vetos, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2018. A LDO estabelece as metas e prioridades do governo para o ano seguinte e orienta a elaboração da lei orçamentária anual. O texto sancionado está publicado na edição do Diário Oficial da União desta quarta-feira (9).

      Curtir

    • Juros ao consumidor recuam em julho após nova queda da Selic

      SÃO PAULO – A queda da taxa básica de juros (Selic) continua se refletindo na ponta das principais linhas de crédito disponíveis no mercado.

      Levantamento da Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac) mostra que, em julho, houve redução de juros em seis linhas pesquisadas.

      Foi a oitava redução consecutiva, com a taxa de juro média caindo de 7,64% ao mês para 7,58%, uma baixa de 0,06 ponto percentual. É o menor patamar de juros desde dezembro de 2015.

      Curtir

  9. Empresas devem declarar capital estrangeiro ao BC até 15 de agosto

    O Censo Anual de Capitais Estrangeiros no País de 2015 (ano-base 2014) registrou 1.948 declarantes, e o estoque declarado de IDP totalizou US$674,4 bilhões.

    O Banco Central (BC) recebe até 15 de agosto as informações referentes ao Censo Anual de Capitais Estrangeiros no País. Devem participar do levantamento as empresas e fundos de investimentos sediados no Brasil que possuam participação direta de não-residentes no capital social, com patrimônio líquido igual ou superior ao equivalente a US$100 milhões em 31 de dezembro do ano passado.

    Curtir

  10. Volta o assunto de IR sobre FII´s
    No caderno de economia do Estadão pag.B3 09/08/2017

    Conforme antecipou o Estadão/Broadcast, a “cesta” em análise pelo Ministério da Fazenda inclui
    também a tributação de lucros e dividendos, de fundos de investimento imobiliário e o fim da
    isenção para investidores estrangeiros.

    Curtir

  11. Temer confirma e depois nega possível alta do IR

    O presidente Michel Temer confirmou ontem, em São Paulo, que os ministros da área econômica estudam a elevação a alíquota máxima do Imposto de Renda para pessoas físicas. No início da noite, em nota, o Palácio do Planalto negou que encaminhará proposta sobre o assunto ao Congresso Nacional

    Curtir

  12. Multiplan promove entrega de chaves aos lojistas do ParkShopping Canoas

    Rio de Janeiro, 8 de agosto de 2017 – A MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. (B3: MULT3) realizou no dia 3 de agosto a cerimônia de entrega de chaves aos lojistas do ParkShopping Canoas.

    Os lojistas tiveram a oportunidade de conhecer os seus espaços e as diversas áreas comuns do empreendimento, que se encontra em fase avançada de construção e acabamento. A inauguração está prevista para novembro deste ano.

    O ParkShopping Canoas terá 48 mil m² de Área Bruta Locável (ABL), divididos em 258 lojas, sendo oito lojas-âncora e sete megalojas. Atualmente, 90% da ABL se encontra locada.

    Curtir

    • O shopping center contará ainda com uma moderna academia, um centro de eventos de 2,3 mil m² com capacidade para até 1.200 pessoas, sete salas de cinema, um rinque de patinação no gelo de 750 m², além de variadas opções de gastronomia.

      A Multiplan realizou também a expansão e a modernização do Parque Municipal Getúlio Vargas, localizado em frente ao shopping center. O parque oferece, em uma área de 28 mil m², uma série de atrações, incluindo espaços de entretenimento infantil, labirinto, equipamentos de ginástica para adultos, pista de caminhada e um anfiteatro com capacidade para 400 pessoas, além de um lago artificial de 7 mil m², onde é possível presenciar um show de águas dançantes com sonorização e iluminação sincronizadas.

      A Companhia desenvolveu o shopping center pensando em medidas que priorizam a sustentabilidade e o menor custo condominial para os lojistas, como a instalação de um sistema de reuso de águas pluviais; o uso de luminárias com alta eficiência energética (LED); sensores de temperatura nas áreas comuns, permitindo uma maior eficiência do ar condicionado; a instalação de usinas fotovoltaicas; sensores de vagas no estacionamento, entre outras.

      Curtir

    • A localização do ParkShopping Canoas foi pensada estrategicamente não só para atender à população da cidade, mas toda a região metropolitana de Porto Alegre e do Vale do Rio dos Sinos, que inclui as cidades de Esteio, Sapucaia do Sul, Cachoeirinha, Gravataí, São Leopoldo e Novo Hamburgo.

      O ParkShopping Canoas é o 19º shopping center da Multiplan e o segundo da Companhia no estado do Rio Grande do Sul. A expectativa é que o shopping center gere, após sua inauguração, 2 mil empregos diretos e 3 mil indiretos.

      Curtir

  13. A Reforma da Previdência “possível” tem um alvo certo: os servidores públicos.
    Lauro Jardim

    Quando fala-se em cortar privilégios, só sobram os servidores — os deputados deram um jeitinho de manter os seus, mexendo no projeto enviado pelo Executivo.

    Não é o suficiente, mas já é alguma ajuda. Só no ano passado, o déficit da Previdência com servidores civis em regime próprio na União, nos estados e Distrito Federal ficou em 132,7 bilhões de reais.

    Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s