Fórum

Forum

A Maior e mais Ativa comunidade 100% FII

ABCP11  AEFI11  AGCX11  ALMI11B  ANCR11B  AQLL11B  ATCR11 BBFI11B  BBPO11  BBRC11  BBVJ11  BCFF11B  BJRC11 BMII11  BMLC11B  BNFS11  BPFF11  BRCR11 CBOP11  CEOC11B  CNES11B  CSHP11B  CTXT11  CXCE11B  CXRI11  CXTL11 DOMC11 DOVL11B DRIT11B EDFO11B  EDGA11B  EURO11 FAED11B  FAMB11B  FCAS11  FCFL11B  FEXC11B  FFCI11  FIGS11  FIIB11  FIIP11B FIVN11 FIXX11 FLMA11  FLRP11B  FMOF11  FPAB11  FTCE11B  FVBI11B  FVPQ11 GTUL11B  GVFF11  GWIC11  GWIR11 HCRI11B HGBS11  HGCR11  HGJH11  HGLG11  HGRE11  HTMX11B JPPC11  JRDM11B  JSIM11  JSRE11 KNCR11  KNRE11  KNRI11 LATR11B MAXR11B  MBRF11  MFII11  MSHP11  MSLF11B  MXRC11  MXRF11 NSLU11B ONEF11 PABY11  PLRI11  PORD11 PQDP11  PRSN11B  PRSV11 RBBV11  RBCB11  RBDS11  RBGS11  RBPD11  RBPR11  RBRD11  RBVO11  RCCS11  RDES11 RNDP11  RNGO11  RSBU11B SAAG11  SCPF11  SDIL11  SFND11  SHDP11B  SHPH11  SPTW11  STFI11 TBOF11  THRA11B TRNT11B  TRXL11 VLOL11  VRTA11 WMRB11B  WPLZ11B  XPCM11  XPGA11  XTED11

Páginas dos Debates
Avisa Ai! - compartilhe suas Operações
Carteiras - Baroni convida você a participar e comenta sua Carteira
Cantinho - Conejo10 e o cantinho do Embaixador dos FIIs
Desmistificando - Rodrigo desvenda os mistérios de cada fundo
FórumDebates em geral sobre Fundos e o Mercado Imobiliário
GrafiiVisão gráfica da evolução das cotações
Rendas - Leandro traz os últimos Rendimentos para você

Nova Pergunta, clique aqui. Incentive o Blog, assine os produtos:

.Mini Revista 01  Mini_Journal  Relatórios Comentados - Mini2  Estudos R$/m²  Pesquisa Aluguel/m²  Nitro_Mini  RadarFIIs  MatrixFIIs

FII    Ações    Fundos    Diversão

Ícone FacebookÍcone TwitterÍcone Goofle+Ícone Youtube

Compartilhe com o amigos, basta clicar aqui embaixo no Twitter, Facebook ou Google+

* Atenção: use este formulário apenas para pedir ajuda ou tirar dúvidas; para postar responda algum comentário logo abaixo ou inicie um novo (no final da página, lá embaixo tem a caixa para novas discussões)

4.413 comentários sobre “Fórum

  1. Nova Senha no Email!

    • Portal do Assinante: são conteúdos Exclusivos e de acesso restrito, onde podemos discutir os Artigos dos Produtos do blog, assistir Entrevistas Exclusivas, debater no Fórum VIP, olhar os imóveis em vídeos e fotos nos Insights, acessar Resumos dos conteúdos, ver os Titans do blog duelando enquanto você aprende e muito mais! O acesso é gratuito e exclusivo aos Assinantes de pelo menos um Produto (Jornal, Revista, Relatório, Estudo ou Pesquisa) e de mais um Serviço (Radar, Nitro, Matrix ou Analisys) para 3 Edições/Meses ou mais (vale também assinaturas de dois ou mais produtos/serviços, desde que acima de 3 edições/meses).

    Portal_Mini

    - Carteiras e Estratégias: aprenda estratégias e explore sua carteira com resposta em vídeo
    Duelo de Titans: as maiores mentes duelando e você na 1ª Fila
    Entrevistas: você mais perto dos investidores em FIIs
    FIITeca: a biblioteca de publicações sobre FIIs
    Fórum VIP: fórum restrito para aqueles debates mais polêmicos
    Insight: fotos recentes e visitas aos imóveis
    Portal: debate sobre qualquer artigo ou conteúdo exclusivo
    Resumos: nada como encontrar tudo em um só lugar, compartilhe o seu Resumo Aqui

    .

    Curtir

  2. Assim não pode, assim não dá! Tem que estourar!! Cadê o Ploc???

    Ei!! Estão há 4 ANOS falando de Bolha e de estouro!! Cadê os Bolhistas?

    Vocês vão deixar isso barato? Cadê aquela turma da Bolha Imobiliária??? kkk

    “Corram para as montanhas!”, “Olha a Bolha!”, “É o Lobo!”

    Bolha imobiliária no Brasil está desinflando sem estourar
    Bolha está murchando enquanto especuladores abandonam o mercado e construtoras liquidam os imóveis menos rentáveis
    Christiana Sciaudone e Denyse Godoy, da Bloomberg


    Imóveis residenciais no Rio de Janeiro: segundo Fipe, preços estão se estabilizando neste ano

    São Paulo – A bolha no mercado imobiliário residencial do Brasil pode desinchar lentamente, e não estourar, enquanto os especuladores abandonam o mercado e construtoras como a Rossi Residencial liquidam casas e apartamentos menos rentáveis de olho em vendas mais lucrativas.

    Os preços estão se estabilizando neste ano, subindo a um ritmo que é cerca de um terço do de 2011, quando as construtoras ofereciam residências com data de entrega para agora, segundo dados compilados pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, a Fipe, e pelo site imobiliário Zap Imóveis.

    Os investidores de curto prazo e alguns clientes individuais estão perdendo interesse nesses negócios.

    “Hoje nós estamos vivendo um momento de excesso de entrega, então há uma acomodação do mercado”, disse o CEO da Rossi, Leonardo Diniz, em entrevista em 27 de agosto, no escritório da Bloomberg em São Paulo.

    “É um negócio de risco. As pessoas, para entrarem nesse risco, precisam vislumbrar um ganho elevado, então tendem a sair”.

    O ajuste no mercado pode ser uma boa notícia para os compradores de casas e apartamentos para morar e para as construtoras, mesmo depois que um relatório do governo mostrou, em 29 de agosto, que a economia do Brasil entrou em recessão no primeiro semestre do ano.

    Os apartamentos estão se tornando mais acessíveis em um momento em que as construtoras oferecem descontos.

    Limpar o estoque das unidades de baixa margem de lucro deve aumentar o fluxo de caixa, abrindo caminho para vendas de imóveis mais lucrativos, disse Diniz.

    Robert Shiller, cocriador do índice de preços imobiliários S&P/Case-Shiller, expôs a ideia de uma bolha imobiliária no Brasil há um ano, falando para uma audiência no país. “Eu não estou investindo em imóveis”.

    A demanda habitacional não satisfeita e um acesso mais amplo aos empréstimos irão assegurar que os compradores permaneçam no mercado, disse o diretor financeiro da Cyrela, Eric Alencar, em entrevista por telefone, em 28 de agosto.

    A diminuição de investidores especulativos de curto prazo manterá os preços mais acessíveis para compradores de longo prazo e individuais, disse ele.

    Nós esperamos que os preços “subam com a inflação”, disse Alencar. “O crédito continua firme e forte com os bancos querendo cada vez mais financiar os clientes”.

    Renda fixa

    Os especuladores começaram a se afastar do setor imobiliário para colocar seu dinheiro em renda fixa, uma vez que o Banco Central começou a elevar a taxa Selic, a taxa básica do Brasil, segundo Marcel Kussaba, chefe de pesquisa de ações da Quantitas Asset Management.

    “A participação de especuladores na compra de imóveis nos últimos anos foi subestimada”, disse ele, em entrevista por telefone, de Porto Alegre.

    “Mas, agora que a Selic está mais alta, esses investidores preferem opções com retornos melhores do que o mercado imobiliário”.

    O comitê de política monetária do Banco Central deve manter a taxa inalterada em 11 por cento, amanhã, pela terceira reunião seguida após nove aumentos consecutivos, segundo economistas consultados pela Bloomberg.

    A Selic havia sido reduzida para 7,25 por cento, um nível recorde, em outubro de 2012.

    Mesmo com a contração econômica do Brasil, o desemprego continua próximo da taxa mínima histórica enquanto a renda média ainda é alta, e é isso o que mais importa no mercado imobiliário, segundo Raphael Juan, diretor de investimentos da BBT Asset Management em São Paulo.

    ‘Mais sólido’

    “Podemos até ver uma piora nesses indicadores, porém, como o país tem uma base melhor agora, isso não deve ser uma grande preocupação”, disse Juan, em entrevista por telefone.

    Os investidores não estão convencidos ainda de que o pior já passou para a Rossi. A queda de 33 por cento da empresa neste ano é a maior entre as 13 maiores construtoras do Brasil.

    A companhia também tinha a menor quantidade de caixa entre seus pares no segundo trimestre, segundo dados compilados pela Bloomberg.

    Geração de caixa

    Embora a estratégia do CEO Diniz de focar na geração de caixa e na redução dos especuladores seja positiva para o mercado, ainda é muito cedo para que a ação atraia investidores novamente, disse Kussaba, da Quantitas.

    “Uma demanda mais estável é, em teoria, algo positivo para as construtoras porque assim elas podem planejar seus lançamentos considerando um cenário mais realista e adaptar seus custos e estrutura a essa realidade”, disse Kussaba.

    “Mas a Rossi ainda está muito endividada e precisa melhorar sua situação antes de pensar em qualquer outra coisa. Esse é o único jeito de a empresa continuar avançando no futuro”.

    O diretor financeiro da Rossi, Rodrigo Medeiros, disse que provavelmente mais compradores cancelarão suas compras neste trimestre. A companhia está oferecendo descontos de até 35 por cento em residências revendidas, disse Medeiros, em entrevista em 28 de agosto com Diniz, o que ajuda a Rossi a se desfazer de um estoque que está pesando nas margens.

    Tirar os projetos mais velhos dos livros contábeis ajudará, disse Medeiros. As margens dos projetos iniciados em 2010 são de 34 por cento, contra 39 por cento daqueles que começaram em 2013, segundo o relatório de lucros do segundo trimestre da Rossi.

    “Nos novos lançamentos a gente já esta focado em obter rentabilidades mais altas”, disse Medeiros. “É uma prioridade acabar com esse estoque, pois com os novos projetos nossas margens podem melhorar”.

    Curtir

    • Ainda acho financiar muito burocrático e custoso no Brasil.
      Se o cara mesmo vivendo de aluguel como eu e colocar o dinheiro em TD sai mais vantagem comprar daqui uns anos avista do que pagar 2X o valor do imóvel só em juros e taxas.
      Me desculpem nada contra quem financia, mas eu odeio enriquecer banco com juros. Juros e taxas no Brasil são abusivas.
      Nos EUA você vai financiar um carro e paga em quantas vezes quiser sem juros. Casa o juros é ridículo.
      Aqui qualquer coisa é 40% de juros por ano
      Bom mas como existe trouxa(ops) mercado para isso, os bancos deitam e rolam

      Curtir

* Novos Comentários Aqui. Imagens poste o link e será convertida, vídeos a conversão é automática.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s