XPIN11 – XP Industrial – FII

Objetivo e Política de Investimento do Fundo

O Fundo, constituído como condomínio fechado, tem prazo indeterminado de duração e é regido pelo presente Regulamento e pela legislação vigente. Para fins do Código ANBIMA Fundos de Investimento e das “Diretrizes de Classificação ANBIMA de Fundos de Investimento Imobiliário”, o Fundo é classificado como “FII Renda/Gestão Ativa/Outros”.

O objetivo do Fundo é a obtenção de renda e ganho de capital a ser obtido mediante a exploração de um ou mais Empreendimentos Imobiliários, por meio de aquisição de Ativos Imobiliários Industriais e/ou Logísticos, incluindo Imóveis para posterior construção, Imóveis em construção ou Imóveis Prontos, para posterior alienação, locação ou arrendamento.

O XP Industrial FII nasceu da parceria entre a XP Vista e a BBP – Brazilian Business Park. O fundo é detentor de 27 módulos nos condomínios empresariais CEA e Barão de Mauá, localizados à Rod. Dom Pedro I, km 87,5, São Paulo/SP.

No mês de Agosto de 2018, o fundo faturou valores de locação relativos aos imóveis já adquiridos, totalizando o montante de R$ 822 mil. Nas páginas 3 à 6, são detalhadas as informações sobre os imóveis e contratos de locação.

O processo de diligência dos ativos do pipeline foi concluído com êxito em Agosto de 2018, sendo que estima-se concluir a aquisição destes imóveis no mês de Setembro, procedendo assim com a alocação integral dos recursos captados.

Administrador: VÓRTX DTVM LTDA
CNPJ do FII: 28.516.325/0001-40
PL: R$ 190.466.391
Taxa de Administração: 7,25% sobre o fat. (mínimo de R$ 25mil)

RI: admfundos@vortx.com.br

Anúncios

Um comentário sobre “XPIN11 – XP Industrial – FII

  1. FLUXO ESPERADO DE RECEITAS DE LOCAÇÃO
    VÓRTX DISTRIBUÍDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA., na qualidade de administrador do Fundo (“Administrador”),
    e XP VISTA ASSET MANAGEMENT LTDA., com sede na Cidade e Estado de São Paulo, na Av. Brigadeiro Faria Lima, 3.600, 10º
    andar, CEP 04538-132, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 16.789.525/0001-98, na qualidade de Gestor do Fundo (“Gestor”), vêm a
    público apresentar ao mercado projeções de resultado do Fundo, em Reais por cota, contrapondo (i) o resultado contendo a
    receita de locação dos Ativos Adquiridos e a receita financeira dos recursos aplicados, deduzidas as despesas do Fundo; e (ii) o
    resultado contendo a receita de locação dos Ativos Adquiridos, dos Ativos em Diligência e receita financeira (conforme
    identificados no Informe Mensal divulgado aos cotistas), deduzidas as despesas do Fundo. Estima-se concluir a aquisição dos
    Ativos em Diligência no mês de outubro, procedendo-se assim à alocação integral dos recursos captados e ao recebimento dos
    valores de locação de forma integral no mês de novembro, passíveis de distribuição integral no mês subsequente:

    Jul/18-> 0,22/cota
    Ago/18-> 0,22/cota
    Set/18-> 0,57/cota
    Out/18-> 0,62/cota
    Nov/18-> 0,61/cota
    Dez/18-> 0,78/cota
    Jan/19-> 0,76/cota

    Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s