XPML11 – Xp Malls – FII

O objetivo do Fundo é a obtenção de renda por meio da exploração imobiliária dos Ativos Imobiliários, bem como o ganho de capital, mediante a compra e venda de Ativos Imobiliários e a aplicação de recursos, preponderantemente em Ativos Imobiliários.

O Fundo tem prazo de duração indeterminado

Administrador:  BTG

Gestão:  XP

Preço de Subscrição: R$ 100,00 (cem reais) por Cota

Taxa de Administração: 0,95% a.a.

Rentabilidade alvo: 7,00% a.a

O Fundo pretende ter um portfólio diversificado e está negociando empreendimentos que possuam as seguintes características:

(i) empreendimentos já em funcionamento;
(ii) localizados em todo o território brasileiro;
(iii) inseridos em cidades com mais de 250 mil habitantes;
(iv) ABL (Área Bruta Locável) superior a 15.000 m2;
(v) que possuam dados demográficos (potencial de consumo, número de habitantes e renda per capita) em suas respectivas áreas de influência
compatíveis com a ABL (Área Bruta Locável) instalada da região;
(vi) cujo administrador seja renomado nacionalmente, e idealmente que seja também sócio do empreendimento.

Caxias Shopping: 51% (administradora Aliansce)
Parque Shopping Belém: 41% (administradora Aliansce)
Shopping Cidade São Paulo: 8% (administradora CCP)

Anúncios

95 comentários sobre “XPML11 – Xp Malls – FII

  1. JHSF | Release de Resultados do 2T18

    A JHSF Participações S.A. (ticker: JHSF3), companhia que desenvolve e administra shopping centers e desenvolve incorporações residenciais para clientes de alta renda, comunica seus resultados referente ao segundo trimestre de 2018.

    Release de Resultados 2T18
    Destaques

    Consolidado

    Aumento de 17,6% na Receita Líquida e 12% do Resultado Bruto na comparação entre 2T18 e 2T17;
    Redução de 29,3% nas Despesas Operacionais;
    Ebitda Consolidado Recorrente atingiu R$ 45,9 milhões, melhora de 61,1% em relação ao 2T17;
    Melhora de 10,1 pontos percentuais na Margem Ebitda, versus o 2T17;
    Resultado Líquido de R$ 6,4 milhões, aumento de 77,4% em relação ao 2T17;
    Crescimento de 180 basis points na Margem Líquida, versus o 2T17.

    Shoppings

    Crescimento das Vendas dos Lojistas de 5,4%, destaque para o Shopping Ponta Negra;

    Crescimento de todos indicadores operacionais: SSS +0,3%, SAS +0,9%, SSR +4,8% e SAR +4,4%;

    Crescimento de 140 basis points da Taxa de Ocupação, que alcançou 95,0% (93,7% no 2T17);

    Redução do Custo de Ocupação em 20 basis points, para 10,1% (10,3% no 2T17).

    Curtido por 1 pessoa

    • Aditamento à Carta de Intenções Vinculante para Aquisição de Ativos

      No dia 01 de agosto, a Companhia divulgou a assinatura de aditivo ao Memorando de Intenções datado de 02 de maio de 2018 que trata da aquisição pelo XP MALLS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO – II (“Fundo”) de participações minoritárias em ativos da JHSF Malls.

      Foram superadas determinadas condições precedentes da Transação, tornando-se ela vinculante e não mais sujeita às cláusulas de natureza de Alteração Material de Condições de Mercado e de Market Flex.

      Dentre as condições superadas estão

      (i) o não exercício por parte dos demais condôminos do direito de preferência relativo aos ativos envolvidos na Transação;

      (ii) a conclusão da diligência financeira e operacional;

      (iii) definição dos termos da participação do XP Malls nas expansões futuras dos ativos objeto da Transação;

      (iv) a definição do preço, o qual ficou estabelecido em R$641,5 milhões, não estando mais sujeito a ajuste.

      Curtir

    • Conforme divulgado ao mercado pelo XP Malls, ocorreu o protocolo do cancelamento da Oferta 400 perante a CVM, será realizada nova oferta de cotas para captação de recursos para conclusão da Transação, nos termos da Instrução CVM n° 476, no volume de até R$450 milhões, que será distribuída pela XP Investimentos Corretora de Câmbio, Títulos e Valores Mobiliários S.A. (“XP investimentos”) na qualidade de coordenador líder, nos termos da Instrução CVM n° 476 no volume de até R$450 milhões, em regime de garantia firme para o montante de R$ 50 milhões e melhores esforços de colocação para o montante restante (“Oferta 476”), sendo que a JHSF Malls manifestou interesse em integralizar volume adicional ao da garantia firme da XP investimentos de R$150 milhões, nos termos do aditamento à Carta de Intenções Vinculante celebrado nesta data, e, será realizada securitização de recebíveis oriundos da Transação, no volume de até R$300 milhões.

      Curtir

    • VENDAS LOJISTAS
      Crescimento de 5,4% no consolidado destaque para o desempenho do Shopping Ponta Negra e Shopping Cidade Jardim.

      CUSTO DE OCUPAÇÃO
      Custo de ocupação consolidado atingiu 10,1%, ou 0,2 p.p. menor do que no 2T17.

      TAXA DE OCUPAÇÃO
      Taxa de ocupação consolidada atingiu 95,0%, uma melhora de 1,3 p.p. versus o 2T17.

      FLUXO DE PESSOAS
      O fluxo consolidado de pessoas teve um crescimento de 8,8%, destaque para o Shopping Bela Vista, o qual foi visitado por quase 3 milhões de pessoas e para o Shopping Ponta Negra.

      SSS, SAS, SSR e SAR
      Durante o 2T18 tivemos eventos como greve dos caminhoneiros e Copa do Mundo de Futebol, que impactaram diretamente o fluxo de pessoas nos Shoppings, contudo, todos indicadores operacionais de venda e aluguel tiveram performance positiva na comparação com o 2T17. Importante mencionar que a Companhia adota, constantemente, ações para tornar seus shoppings mais atrativos para os lojistas e para o público, com incremento no mix de lojas e realizações de eventos sazonais.

      Curtir

  2. XP explicando do pq do rendimento ruim. Custo de carta consulta? R$14,00 por cotista. Vixeee..

    ” O custo da Carta Consulta foi
    próximo a R$ 14,00 por cotista, referente a serviços gráficos e postagem das cartas, e o impacto no Fundo foi de R$ 0,05/cota.
    Em jun/18 foi feito um ajuste contábil referente a resgate de aplicações de Renda Fixa. Este ajuste, da ordem de R$ 45 mil, diminuiu o
    resultado de receita financeira do Fundo, representando R$ 0,02/cota.
    Por ser o final do semestre, o Fundo precisou ajustar uma distribuição a maior realizada em jan/18, primeiro mês de vida do XP Malls,
    onde ainda estavam sendo realizados ajustes na contabilidade e reconhecimento das receitas. Com isso, foi necessário diminuir a
    distribuição em jun/18 em valor próximo a R$ 0,07/cota.
    Por último, o Fundo detém participação no Parque Shopping Belém via uma SPE que têm gerado ineficiência da ordem de R$ 0,07/cota.”

    Curtido por 1 pessoa

  3. xiii…moiô a emissão

    ” vêm a público comunicar ao mercado
    a solicitação à CVM, nesta data, de revogação da Oferta e, consequentemente, o cancelamento do registro da Oferta concedido pela CVM em 14 de junho de 2018 sob o nº CVM/SRE/RFI/2018/019, em razão de condições de mercado desfavoráveis.”

    Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s