Imposto de Renda

Impostos

Imposto de Renda sobre o Rendimento:  Isento para FIIs negociados em bolsa, com 50 cotistas mínimo e para quem tem menos que 10% do fundo.

Em Bens e Direitos declare as cotas com o código:  73 – Fundo de Investimento Imobiliário

Em Rendimentos Isentos e Não Tributáveis informe os rendimentos recebidos (use o demonstrativo fornecido por cada fundo, ele contém todas as informações e códigos, sendo a fonte oficial do cotista)

Lucro na Venda de Cotas de Fundos Imobiliários: alíquota é de 20%, recolhida por DARF com o código 6015.

Não existe a isenção do imposto sobre o lucro em vendas para os FIIs.

Mantenha-se atualizado sobre todas as regras de impostos pelo site da Receita Federal.

Outros Links:

Programa para Cálculo e Emissão de Darf On Line

Manual da Receita – IR 2013

Cartilha Sul America

IR 2014 pelo iG

Consulta CNPJ e dados dos FIIs

445 comentários sobre “Imposto de Renda

  1. Receita: Prazo para entrega do IR 2017 vai de 2 de março a 28 de abril

    A Receita Federal divulgou nesta sexta-feira o cronograma do Programa do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física para 2017 (IRPF 2017).

    Pelo planejamento apresentado pelo Fisco, os programas para que os contribuintes preencham sua declaração serão oferecidos a partir de 20 de janeiro. O prazo para a entrega da declaração vai de 2 de março a 28 de abril.

    A Receita destacou que o programa do IR contempla, além da Declaração de Ajuste Anual da Pessoa Física, aplicativos que visam facilitar o cumprimento das obrigações tributárias por parte dos contribuintes. Entre eles, estão o programa de apuração de ganhos de capital, o programa Carnê Leão 2017 e o rascunho da declaração (aplicativo que possibilita fazer um esboço da declaração a ser entregue).

    Curtir

    • Confira abaixo o cronograma Programa do Imposto sobre a Renda da Pessoa

      Física para 2017:

      * 20 de janeiro – Disponibilização dos programas auxiliares para download (Carnê-Leão e Ganho de Capital) no endereço da RFB

      * 23 de fevereiro – Disponibilização do Programa Gerador da Declaração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física 2017 (DIRPF 2017) para para download no endereço da RFB; fim da disponibilização do rascunho da declaração referente à DIRPF.

      * 2 de março – Início da recepção da DIRPF 2017; disponibilização das Declarações m-IRPF e pré-preenchida.

      * 28 de abril – Fim do prazo de apresentação da DIRPF 2017.

      Curtir

  2. Bom dia para todos

    Qual a melhor maneira de declarar sem problemas poupanças, contas corrente, tesouro direto e CDBs sofisa, considerando somatório menor que 300 mil reais, que já tinha essas contas e não declarei no IR 2016, exercício 2015 e que só declarei renda variável na declaração de 2015.

    Obrigado e feliz 2017!

    Curtir

    • O certo seria fazer uma declaração RETIFICADORA pois vai mexer com o total de seu patrimônio. Mas como não houve sonegação, eu simplesmente registraria tudo em 2017 anotando os valores corretos para 2015 e para 2016.

      Curtir

      • Estou com uma dúvida. Alguém pode me ajudar? Em maio de 2016 vamos supor que, em minha primeira operação com FII, tive lucro de R$1.000 e recolhi o imposto em junho. No mês de outubro tive prejuízo dos mesmos R$1.000. Como eu faço para pegar de volta o IR que paguei em junho? Fico pensando o seguinte: se eu não tivesse recolhido o imposto, na declaração de ajuste, eu não teria nada a pagar já que o lucro de R$1.000 seria compensando pelo prejuízo, certo? Se for assim, eu errei em recolher o imposto em junho?

        Curtir

      • Silvafabio, amortizar prejuizo só com lucro futuro. Se você não tivesse pago o DARF no último dia útil do mês seguinte você NÃO TERIA COMO PAGAR junto ao IR de ajuste anual. Teria que produzir um DARF somando até 30% de multa (se for espontâneo, de sua parte) ou até 170% se de ofício, descoberto pela receita, mais juros de 1% + correção monetária.

        Curtir

  3. caríssimos …

    Lembrete : acho interessante imprimir a posição de FIIs que temos no encerramento do ano para declaração do Imposto de renda…. Depois se comprarmos ou vendermos FIIs a partir de janeiro-17…. Iremos misturar nossa posição de 31-12-2016… e tem HB que não dá a posição retroativa !!!

    Curtido por 2 pessoas

  4. Olá amigos, esse é o meu primeiro comentário no blog então vou fazer uma pergunta para tirar uma dúvida básica, mas importante.
    Para uma pessoa que não declara imposto de renda, nem como isento por causa do valor mínimo, é necessário declarar as transações de FII´s mesmo que os sejam pequenos?
    Obrigado

    Curtir

    • Salve, Leandro, seja bem vindo.

      A Receita Federal SABE quando você vende cotas de FII, é um sistema que chamamos de “dedo-duro” (um desconto de IR na fonte de 0,05% em cada fatura acima de 20 mil reais). Assim, se você transaciona pequenos valores eles não vão te chamar, declare se quiser, mas pague e guarde os comprovantes.

      Como não sou especialista, não me lembro os valores mínimos para declarar. Verifique no site da Receita o valor mínimo de “rendimentos sujeitos à tributação exclusiva/definitiva” que obrigam a efetuar o preenchimento do ajuste anual. Isto é, você pode estar isento pela renda mas pode ser obrigado por outros fatores como patrimônio mínimo, renda isenta isenta mínima etc…

      Este (excelente) blog tem uma seção exclusiva para o tópico IMPOSTO DE RENDA, dê uma chegada lá e tire muitas informações já distribuídas.

      Curtido por 2 pessoas

  5. Olá, se em junho desse ano fiz uma venda e tive um prejuizo de 1000 reais e agora (dezembro) fiz outra venda de outro FII e tive lucro de 2000, pago o imposto sobre a diferença, certo? (1000 renais no caso). Outra dúvida: um contador comentou que operações realizadas (compra e posterior venda) em menor de 180 dias o imposto é de 22,5%? nunca li sobre nada sobre isso… procede?

    Curtir

    • Sim compensar prejuízo com lucro imposto incide sobre a diferença, adendo que tem de estar tudo devidamente registrando no ajuste anual para que não ocorra equívocos no IR 2017.

      Imposto em FII é 20% independente da modalidade operação.
      Alíquota de 22,50% seria para renda fixa, ainda por cima seria uma alíquota progressiva recolhida na fonte pelo governo, alíquota de renda variável você mesmo recolhe imposto via DARF e declara os lucros e prejuízos no ajusta anual de IR.

      Curtido por 1 pessoa

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s