PQDP11 – Parque Dom Pedro Shopping Center

O Fundo é administrado pelo BTG Pactual, em regime de condomínio fechado, com prazo indeterminado de duração.

Seu objetivo foi a aquisição participação no Shopping Parque Dom Pedro em Campinas –  SP, visando a exploração comercial do empreendimento com locação.

O Fundo possui 288.672 cotas, que correspondem à 18%, do FII Shopping Parque D. Pedro(SHDP11) que, por sua vez, detém 85% do imóvel Shopping Parque Dom Pedro.

O Fundo também é proprietário de 15% do empreendimento denominado “Shopping Parque Dom Pedro”, integralmente finalizado e destinado à exploração comercial por meio da locação de suas atuais lojas.

PQDP11

Trata-se portanto de um FII de Tijolo – Shoppings Centers.

O Shopping tem 185 mil m² de área construída, pertence ao grupo português Sonae e seu projeto foi inspirado em parques temáticos.

Conta com 404 lojas sendo: 31 âncoras, 314 satélites, 59 de alimentação, 15 de cinemas, teatro, área de serviço e lazer; além de 8.000 vagas de garagem.

Taxas:
Administração: 0,23%a.a. sobre patrimônio liquido (mínimo R$ 20.000,00 mensais corrido pelo IGPM).

RI: sh-contato-fundoimobiliario@btgpactual.com

Tutor do FII: Mbp77

Anúncios

1.318 comentários sobre “PQDP11 – Parque Dom Pedro Shopping Center

  1. Perguntinhas aos entendidos do PQDP.
    1) Em linhas gerais como como será a ampliação/ atualização ou reforma prevista? O que agregará para o imóvel e o rendimentos futuros oriundos desse melhoria?
    2) Em relação a possível queda de renda nos meses seguintes, há alguma estimativa?

    Curtir

    • Felipe :
      Ainda não vi nenhuma divulgação “oficial” de qual é a intenção, mas a decisão com certeza será da SONAE, que é quem manda de fato no SHDP… O que particularmente acho muito bom !

      1- O que vão fazer com o prédio anexo comprado ? Ele foi construído por um Home Center e hoje é usado para eventos de treinamento/educação.
      >>> Não sei se a intenção é continuar usando para eventos, instalar negócios de serviços/saúde ou também pode ser derrubar no futuro para construir o hotel….

      2-Acredito que a aquisição não vai impactar no rendimento do SHPD ( o PQDP participa com 18% das cotas), pois divulgaram a subscrição de cotas para “pagar” a compra no SHDP .
      Mas ainda não existe divulgação da Administração do PQDP que tem os 15% da participação direta no Shopping.

      Temos que aguardar, uma comunicação oficial
      Abs

      Curtido por 2 pessoas

      • Bigode e Adaman;

        Algo me diz que podemos ter uma postergação na ampliação do Dom Pedro, diante das tratativas da possível (ainda não certa) fusão entre a Sonae e a Aliansce.
        Sim, mero achismo meu.
        A conferir cenas dos próximos capítulos.
        Sds.

        Curtido por 2 pessoas

  2. RELATÓRIO DE RESULTADOS 3T18

    São Paulo, 6 de novembro de 2018 – Sonae Sierra Brasil S.A. (B3: SSBR3), uma das principais incorporadoras, proprietárias e administradoras de shopping centers do Brasil, anuncia seus resultados referentes ao terceiro trimestre de 2018.

    DESTAQUES

    • As vendas dos lojistas retomaram seu ritmo de crescimento no terceiro trimestre de 2018, especialmente depois de julho, que ainda foi impactado pela Copa do Mundo. Assim, as vendas em nossos shoppings cresceram 4,6% no 3T18 em comparação ao 3T17 (e 7,8% em agosto e setembro combinados e alguns ativos apresentaram crescimento de dois dígitos).

    • As vendas nas mesmas lojas (SSS) seguiram a tendência das vendas totais voltando a crescer e fechando o 3T18 com aumento de 2,6% em comparação ao mesmo período de 2017, retornando ao campo positivo.

    • Os aluguéis nas mesmas lojas (SSR) cresceram 4,9% no 3T18, resultado de vendas maiores e da redução contínua dos descontos temporários.

    • A taxa de ocupação de nosso portfolio continuou crescendo, atingindo 94,2% ao final de setembro de 2018, impulsionada pelo crescente índice de ocupação no Passeio das Águas Shopping.

    • A receita líquida totalizou R$ 73,7 milhões no 3T18, 4,6% acima do registrado no mesmo período de 2017, influenciada pela combinação do crescimento saudável das receitas de aluguel e estacionamento juntamente com a redução contínua dos descontos temporários. No acumulado do ano, a receita líquida cresceu 3,3% comparada ao 9M17, atingindo R$ 218,2 milhões.

    • O EBITDA atingiu R$ 50,5 milhões no trimestre, um aumento de 14,6% sobre o 3T17, explicado pela combinação de maior receita líquida e menores custos e despesas operacionais. No 9M18, o EBITDA totalizou R$ 150,7 milhões, crescimento de 13,6% frente ao mesmo período de 2017.

    • Impulsionado pelo expressivo crescimento do EBITDA e por menores impostos corporativos, a evolução do FFO foi ainda maior. O indicador cresceu 32,7% comparado ao 3T17, alcançando R$ 29,7 milhões. Este é o maior FFO para um terceiro trimestre nos últimos sete anos. Nos nove primeiros meses do ano, o FFO totalizou R$ 85,6 milhões, crescimento de 29,5% sobre o 9M17.

    Curtido por 1 pessoa

    • Perspectivas
      Os sólidos resultados operacionais e financeiros do 3T18 confirmam que a Sonae Sierra Brasil
      está no caminho certo para alcançar um novo patamar de resultados e margens, a ser
      impulsionado pela maturação contínua de nossa nova geração de ativos e pela recuperação no
      cenário macroeconômico.
      Continuaremos investindo para melhorar nossos shoppings e atualizar seus respectivos mix de
      lojas, de acordo com as últimas tendências do varejo e seus mercados de atuação, para
      continuar criando valor em nosso portfólio atual, seja trazendo novas lojas e atualização de mix,
      redução de vacância, ou através de revitalizações e movimentos estratégicos que fortalecem
      nossa posição como uma das empresas líderes do setor no país.
      Nos próximos meses, apresentaremos mais detalhes sobre o projeto de reforma do Shopping
      Metropole e, no futuro próximo, devemos assinar os primeiros contratos para o projeto
      multiuso do Parque D. Pedro Shopping. Enquanto isso, os projetos de hotéis e torres residenciais
      nos shoppings Uberlândia e Franca continuam em fase de aprovação em suas prefeituras.
      A Sonae Sierra Brasil está pronta para o novo ciclo de crescimento que deve começar no Brasil
      no futuro próximo e estamos convencidos de que nossos shoppings, nossa equipe, nossa sólida
      geração de caixa e nosso forte balanço estão bem posicionados para nos levar a um novo nível
      nos próximos anos

      Curtido por 3 pessoas

      • “… e, no futuro próximo, devemos assinar os primeiros contratos para o projeto multiuso do Parque D. Pedro Shopping.”
        *
        Não podem alegar que a Sonae não avisou com antecedência… rsrsrsrs.
        Sds.

        Curtido por 1 pessoa

    • Chico64,
      Está tendo uma divergência entre o publicado pelo Ibovespa e site da Administradora do PQDP.

      Este valor que voce publicou está correto com o Ibovespa…
      Mas no site da Administradora, as 17:10 hrs, mostrava um lucro de R$ 15,9221/cota, e com os ajustes um valor de distribuição de R$ 14,3458….
      Durante este mês, também houve problema no SHPD com a divulgação de 2 valores diferentes…
      Mas o importante é que não houve o desconto referente a aquisição do anexo.
      Abs

      Curtir

      • deutinvestimentos,
        PQDP11 – >>>>>>Ref. renda a ser anunciada em em 31.10.18

        Próxima renda vai ser gorda, impacto da compra do anexo, somente deverá ser considerada nos resultados de de Outubro…

        Acredito que a razão é que a Assembléia que autorizou a compra foi realizada em Outubro e a “Sonae” (SHDP) ficou com receio de alterar os resultados de Setembro de forma retroativa…( Talvez se assustaram com o “case” MFII).
        Então aparentemente só vão considerar uso do dinheiro da renda para pagamento da Compra do Anexo, a partir dos resultados financeiros de Outubro.

        Em 11.10.18, o SHDP publicou 2 avisos diferentes : Um comunicava que a renda seria de R$ 6,42 / cota e o outro dizia que seria R$ 2,43/cota … Tudo isto estava muito confuso… Analisando o RF do SHDP no site da Administradora, o valor que está valendo é o maior ou seja R$6,42/cota.

        Abs

        Curtir

    • PQDP11,

      Segundo o RF ref. a Setembro, publicado hoje no site da Administradora, a renda a ser anunciada em 31.10.18, deve ser R$ 14,3458 por cota.

      No RF está sendo considerada a renda do SHDP, de R$6,4274/cota… Ou seja ainda não estão considerando o impacto da compra do anexo, discutido na AG de Outubro.
      Abs

      Curtido por 1 pessoa

      • Do comunicado:
        Prezado Cotista,
        Em cumprimento ao disposto na Instrução CVM nº 472/08, a Administradora informa
        que compareceram cotistas representando 58,48% do total das cotas emitidas do Fundo
        e os cotistas deliberaram por unanimidade de votos presentes e sem quaisquer
        restrições, aprovar:
        (i) a aquisição de 15% (quinze por cento) da unidade autônoma designada como Bloco
        1B (EUC A-103) do Shopping Parque Dom Pedro situado na Avenida Guilherme
        Campos, nº 500, na cidade de Campinas/São Paulo, objeto da Matrícula nº 118.068
        registrada no 2º Serviço de Registro de Imóveis da comarca de Campinas/SP pelo valor
        de R$ 2.310.000,00 (dois milhões, trezentos e dez mil reais) acrescidos dos custos
        jurídicos e legais da aquisição, que serão precisados quando da concretização da
        operação.

        (iv) o uso da reserva de contingência do Fundo para adquirir 15% (quinze por cento) da
        unidade autônoma designada como Bloco 1B (EUC A-103) do Shopping Parque Dom
        Pedro situado na Avenida Guilherme Campos, nº 500, na cidade de Campinas/São
        Paulo, objeto da Matrícula nº 118.068 registrada no 2º Serviço de Registro de Imóveis
        da comarca de Campinas/SP.

        Pelo que entendi o dinheiro a ser utilizado para a aquisição virá do fundo de reserva, certo? E esse valor é pouco mais de 60% de uma renda mensal, correto?
        Por que então a renda iria cair?

        Curtido por 2 pessoas

      • Bigode;

        Pelo que se interpreta da negociação, a compra deste quinhão não afetará a distribuição.
        A questão que deve estar no radar de quem pretende aumentar a posição aqui é a futura expansão, a qual deverá ter seu anúncio acelerado ou postergado, a depender do resultado do pleito de 28/10 (apenas impressão minha, claro).
        Nos preços atuais, eu não compro, pois não atende o meu perfil.
        Sds.

        Curtido por 3 pessoas

      • Entendi MPB. Eu sempre quis ter o Gigantão ou o SHPH na minha carteira, mas nunca consegui. Hoje vendo o PQDP negociado próximo ao VP, imaginei que fosse uma boa. Como nunca tive, perdi o filme desse FII e estou tentando avaliá-lo por algumas fotos, mas confesso que está difícil.

        Curtido por 3 pessoas

      • Ref. ao Impacto na Renda em função da Compra d o Anexo ;

        >>> Questão : Tem RESERVA para Pagar o Imóvel ou vai tirar da RENDA ?

        Os ativos do F.I.I. PQDP é composto de 2 partes :

        1- Uma quantidade de cotas correspondente a 18% do F.I.I. SHPD ( proprietário de 85% dos ativos do Shopping D.Pedro)
        2- Proprietário direto de 15% dos ativos do Shopping D.Pedro.

        Desta forma, a AG realizada, foi para discutir e aprovar a despesa da compra referente ao itém ( 2 ), ou seja os 15% referente a parcela total da compra, que corresponde a R$ 2,3 Milhões… Dei uma “olhada rápida” nos relatórios financeiros e pareceu-me que existe lá uma Reserva de R$ 5,7 Milhões…Gostaria que algum colega do Blog confirmasse esta informação
        (Isto seria muito Bom, pois evitaria um impacto nas rendas futuras )

        Quanto ao itém ( 1 ), é necessário investigar os relatórios financeiros do SHDP, pois como é um F.I.I. “fechado” liderado pela Sonae, o acesso é mais limitado… Mas como a Sonae, não toma ações sem Planejamento, pode ser que já tenha Reserva para comprar os outros 85% deste imóvel…

        É necessário aguardar mais um pouco ou investigar os relatórios para verificar qual é a reserva total para enfrentar este investimento da ordem de uns R$ 22 Milhões, mas não esquecer do itém (1) SHDP, que corresponde a 55% da renda que recebemos do PQDP.

        >>> Não esqueçam que durante as obras de Melhorias na Alameda, Construção da Loja Forever, Nova Entrada com mais 2000 M2 para os restaurantes Top, etc… impactou em um custo que foi retirado da Renda Mensal e ficamos uns 18 meses com a renda reduzida ( menos 30%/40%). Não sei se fizeram a Reserva para evitar isto.

        Obs. Esta NÃO é uma recomendação de Decisão de Compra ou Venda, é apenas um Alerta para mostrar as duas Fontes de Renda do PQDP
        Abs

        Curtido por 3 pessoas

      • Adaman;

        Item 1: Total de R$ 15.878.400,25 (Informe Mensal Agosto/2018) declarados como “disponível” no SHPD;

        Complemento ao Item 1: O SHPD pagará o total de R$ R$ 13.090.000,00 (treze milhões e noventa mil reais) acrescidos dos custos jurídicos e legais da aquisição, que serão precisados quando da concretização da operação.

        Item 2: Total de R$ R$ 5.636.186,08 declarados como Reserva de Contingência (julho/2018) no PQDP.

        Complemento ao Item 2: R$ 2.310.000,00 (dois milhões, trezentos e dez mil reais) acrescidos dos custos jurídicos e legais da aquisição, que serão precisados quando da concretização da operação.

        Minha opinião é de que não haverá retenção de rendimentos para a celebração do negócio, a não ser que os custos – especialmente no item 1 – ultrapassem o montante do disponível (acho difícil).
        Por outro lado, perceba-se que a reserva disponível do irmão maior (SHPD) vai praticamente a zero depois de concretizado este negócio.
        Ou seja, materializada a futura expansão, creio que teremos uma retenção de rendimentos para lá de considerável aqui.
        Sds.

        Curtido por 3 pessoas

      • mbp77,
        Interessante esta sua informação sobre a Reserva Disponível do SHDP e também no PQDP, que confere com o que eu tinha visto…
        Parece que tem reserva, mas pelo jeito vai zerar, e eles vão precisar recompor… Talvez já deixaram esta reserva gorda, já prevendo isto…

        Vamos ter que esperar algum comunicado, pois provavelmente vai ser usado a Reserva, mas poderá ter um impacto na Renda futura para recompor uma parte desta Reserva, mas agora acredito que será menor do que eu estava imaginando…
        Independente disso, acho uma boa decisão esta compra, pensando no Futuro do Shopping como um todo…
        Abraços

        Curtido por 1 pessoa

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s