BPFF11 – Brasil Plural Fundo de Fundos FII

Fundo de Fundos de Investimentos Imobiliários, em condomínio fechado e por prazo indeterminado, com a gestão do Brasil Plural.

BPFF11

O FII Brasil Plural Absoluto é um Fundo de Fundos que segue os seguintes critérios de concentração para a aquisição de ativos:
(i) de 90% (noventa por cento) até 100% (cem por cento) do patrimônio líquido do Fundo poderá ser investido em Cotas de FII;
(ii) de 0% (zero por cento) até 10% (dez por cento) do patrimônio líquido do Fundo poderá ser investido em LCI, LH e CRI; e
(iii) de 0% (zero por cento) até 10% (dez por cento) do patrimônio líquido do Fundo poderá ser investido em Ativos de Liquidez.

Fundos de Investimento Imobiliário - FII 
Fundo Quantidade Valor (R$)
FII AESAPAR 25.526,00 3.931.259,26
FII BB PRGI 11.867,00 1.833.451,50
FII BC FUND 124.541,00 11.874.984,35
FII GALERIA 80.519,00 3.937.379,10
FII RIOB RC 48.159,00 6.141.267,09
FII RB CAP 20.721,00 4.029.612,87
FII RRG 81.406,00 10.082.947,16
FII CSHGSHO 369 885.600,00
FII CSHG CR 5.002,00 5.352.140,00
FII CSHGJHS 9.705,00 13.538.377,95
FII CSHG LO 20.974,00 12.923.202,56
FII HG REAL 11.674,00 18.444.920,00
FII SHOPJSU 149.738,00 13.176.944,00
FII KINEA 35.024,00 5.920.807,20
FII POLO CR 32.670,00 3.332.340,00
FII RB GSB 13.244,00 585.384,80
FII SANT AG 11.480,00 1.641.640,00
FII SDI LOG 100.630,00 9.129.153,60
FII SPA 11.270,00 11.270.000,00
FII SP DOWN 213.487,00 15.661.406,32
FII TBOFFIC 14.684,00 1.067.526,80
FII BM THER 21.778,00 2.221.356,00
FII OLIMPIA 114.732,00 10.072.322,28
FII XP MACA 86.554,00 8.610.391,92
Companhia Emissão Série Quantidade Valor (R$)
BRAZILIAN SECURITIES COMP. DE SECURITIZACAO 28/08/2012 287- 12H0028369 3 866.790,93
RB CAPITAL HOLDING S.A 06/06/2016 141-16F0257339 1.289,00 1.373.229,95
Outros Ativos Financeiros
Emissor  Ativo  Quantidade  Valor (R$)
TESOURO NACIONAL  LTN  15.096,00  14.288.148,60

Taxas:
Administração: 0,40%a.a. sobre o patrimônio liquido (mínimo R$ 15.000,00 mensais corrigido pelo IGPM).
Performance: 20% sobre rendimento que exceder variação do IFIX, ver artigo 20 do regulamento.

RI:  Fii@gerafuturo.com.br

Anúncios

204 comentários sobre “BPFF11 – Brasil Plural Fundo de Fundos FII

  1. A volatilidade diária da cotação desse Fundo de Fundos é algo …. ímpar.

    Varia, não raramente… seus R$3, R$4 / dia !!!

    Dias atrás … coisa de uma semana ou algo assim, quando entrei nele… cotação estava 1% ABAIXO do VPA.
    Já perceberam … e hoje está ACIMA uns 3%.

    Curtir

  2. GENIAL INVESTIMENTOS CORRETORA DE VALORES MOBILIÁRIOS S.A. (atual denominação da
    GERAÇÃO FUTURO CORRETORA DE VALORES S.A.) com sede na cidade e Estado do Rio de
    Janeiro, Rua da Candelária, nº 65, cj., 1701 e 1702, CEP 20091-020, inscrita no CNPJ/MF sob o
    nº 27.652.684/0001-62 (“Administradora”) e a BRASIL PLURAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA.,
    inscrita no CNPJ/MF sob o nº 11.397.672/0002-80 (“Gestora”), na qualidade de administradora
    e gestora, respectivamente, do FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII – BRASIL PLURAL
    ABSOLUTO FUNDO DE FUNDOS, inscrito no CNPJ/MF sob o nº 17.324.357/0001-28 (“Fundo”),
    serve-se do presente para comunicar aos cotistas e ao mercado em geral que, em 08 de julho
    de 2019, a administradora do fundo XP CORPORATE MACAÉ FUNDO DE INVESTIMENTO
    IMOBILIÁRIO – FII, inscrito no CNPJ/MF sob o nº 72.600.026/0001-81 (“Fundo Investido”), o

    qual é investido pelo Fundo , publicou fato relevante informando que, em 08 de julho de 2019,
    o único locatário, do único imóvel de propriedade do Fundo Investido, formalizou a intenção em
    desocupar este único imóvel, até o final de dezembro de 2020. A íntegra do referido fato
    relevante, do Fundo Investido, pode ser encontrada na página do seu administrador e na página
    da CVM.

    Cumpre informar que, em 09 de julho de 2019, o Fundo Investido representava apenas 3,28%
    do patrimônio líquido do Fundo.
    São Paulo, 10 de julho de 2019

    Curtido por 1 pessoa

      • Fundo que investe em fundo de laje corporativa com mono inquilino??? E tem mais assim na carteira deste fundo??????
        Ou seja, este FoF conseguiu aumentar o risco quando, em tese, seu objetivo é minimiza-lo.

        Curtido por 1 pessoa

    • Não vou entrar no mérito da estratégia, mas ao menos divulgou FR demonstrando a participação no XPCM, afinal os cotistas e o mercado tem que ser informados não? Os demais FoF que tem participação no XPCM não deveriam fazer isso também? Alguém sabe qual a matriz legal para definir o que é relevante ou não para um FoF?

      Curtir

      • O “Sr. Mercado” é soberano … faz o que quer!

        Nem afetou …. o evento catastrófico lá no XPCM nem cócegas fez aqui.
        Aliás.. provocu o efeito contrário!

        IMAO … excelente!
        Comprova que vale apena ter um FdF em carteira em detrimento do papel em si!!

        Curtir

    • Compilando dados sobre FdF … me deparei com o BPFF … E qual não foi minha surpresa ao ler esse comunicado!!!

      Qual não foi surpresa ianda maior quando verifiquei a cotação do Fundo: imexível!
      Nem afetou …. o evento catastrófico lá no XPCM nem cócegas fez aqui.

      IMAO … excelente!
      Comprova que vale apena ter um FdF em carteira em detrimento do papel em si!!

      Curtir

      • @Eduardo… geralmente, esses FdF separam seus ativos em ativos em grupos … um grupo visando renda e outro grupo visando giro. A proporção da renda gerada por cada grupo é que detemina o nível de giro/renda passiva de cada fundo. Os fundos já se estruturam pensando na estatégia renda/giro.

        Curtido por 1 pessoa

    • MAS atenção… (fonte: Esclarecimentos de consulta B3 / CVM – 12/07/2019)

      “… Pelo acima exposto, com base nas informações constantes do fato relevante publicado pelo
      administrador do Fundo Investido, a desocupação do único imóvel de propriedade do Fundo
      Investido não impactará a distribuição de rendimentos do Fundo até dezembro de 2020 …”

      >>> Concluo que … irá perder PL [pela queda da cotação do XPCM] mantendo o rendimento até 2020 ?
      >>> 3.2% do PL em XPCM = cerca de R$8 MM

      Curtir

  3. Do último relatório gerencial:
    Em relação aos ativos da carteira, aumentamos nossa posição em VISC11 e iniciamos posição em BTCR11, RBRR11 e MXRF11. Reduzimos nossa posição em SPTW11, HGLG11, HGCR11 e SDIL11.

    Curtido por 2 pessoas

  4. Em relação aos ativos da carteira, mantemos nossas posições. Desta maneira, o portfólio ficou alocado 91,06%
    divididos em 22 FIIs, 5,11% em títulos públicos e 3,84% em CRIs.

    No mês, considerando a distribuição de rendimento, a cota patrimonial subiu 2,25% e, a cota de mercado
    (BPFF11) caiu 1,37%. A cota de mercado fechou o mês a R$ 90,04. O volume médio diário de negociação ficou
    em R$ 214 mil no mês

    Curtir

  5. Cheguei a este fundo atrvés de outro fundo, MALL11 cujo admin/gestor Brasil Plural está nos dois. Entretanto … no admin/gestor contém informções apenas sobre o BPFF; o MALL11 tem um endereço de internet separado; porque ? Não gostei … me cheira .. queimado. O BPFF me parece melhor do que o MALL, mesmo sabendo-se que são tipos de setores diferentes (por aasim dizer) porque ;e diversificado; o MALL, até onde sei possui uns 55% do shopping de maceió. E só. O relatório gerencial do MALL11 não discrimina os ativos…estranho.

    Curtir

  6. Ato societário de aprovação (se houver)
    Data da informação
    31/07/2018
    Data-base (último dia de negociação “com” direito ao provento)
    31/07/2018
    Data do pagamento
    07/08/2018
    Valor do provento por cota (R$)
    0,67
    Período de referência
    Julho
    Ano
    2018
    Rendimento isento de IR*
    Sim

    Curtir

  7. FII ABSOLUTO (BPFF) AGE – Resumo das Deliberacoes – 27/07/2018 14:00

    Incluir no regulamento do Fundo autorização para que os gastos relativos às futuras
    distribuições primárias, excluindo a oferta aprovada na assembleia realizada em 17 de
    março de 2017, possam ser arcados pelos subscritores das respectivas ofertas, a
    exclusivo critério do Administrador, conforme recomendação do Gestor, nos termos
    abaixo:

    (I) Definição de “Taxa de Distribuição no Mercado Primário”: Taxa de distribuição
    no mercado primário, incidente sobre as Cotas objeto de Ofertas, que deverá ser
    arcada pelos subscritores das Cotas objeto das Ofertas, equivalente a um
    percentual por Cota a ser fixado a cada emissão de Cota do Fundo. A taxa cobrirá
    os custos de distribuição, incluindo:

    (a) comissão de coordenação,
    (b) comissão
    de distribuição,
    (c) honorários de advogados externos contratados para atuação
    no âmbito da oferta,
    (d) taxa de registro da oferta de Cotas na CVM,
    (e) taxa de
    registro e distribuição das Cotas na B3,
    (f) custos com a publicação de anúncios
    e avisos no âmbito das Ofertas das Cotas, conforme o caso,
    (g) custos com
    registros em cartório, e
    (h) outros custos relacionados às Ofertas.

    Curtir

    • (II) “Artigo 22, parágrafo 5º – O Fundo poderá, a exclusivo critério do Administrador,
      conforme recomendação do Gestor, cobrar dos subscritores das novas Cotas no
      ato da subscrição primária das novas Cotas Taxa de Distribuição no Mercado
      Primário.”

      Resultado:

      3. Foi APROVADO o item (3) da ordem do dia, com 98,58% de votos favoráveis, 0,19%
      de votos desfavoráveis, e 1,23% de abstenções dentre os cotistas presentes, que representam
      25,49% de votos favoráveis, 0,05% de votos desfavoráveis, e 0,31% de abstenções das cotas
      emitidas pelo Fundo, considerando que a deliberação depende de aprovação por quórum
      qualificado – maioria de votos dos cotistas presentes e que representem 25% (vinte e cinco por
      cento), no mínimo, das cotas emitidas do Fundo.

      Curtir

  8. qualidade de Administradora do SPA FUNDO DE
    INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO, inscrito no CNPJ/MF sob o nº 18.311.024/0001-27 (“Fundo”),
    vem, por meio deste, informar que não será realizada distribuição de rendimentos do Fundo
    referente ao mês de Março de 2018.

    Curtir

  9. CVM condena Geração Futuro por irregularidades
    31.01.18 – 15h06

    A Geração Futuro foi condenada por ter realizado negócios em nome de clubes de investimento com o propósito de gerar receita de corretagem, em detrimento dos interesses dos condôminos desses clubes geridos pela corretora.

    Pela condenação, a corretora terá que pagar multa de R$ 300 mil.

    Curtido por 1 pessoa

    • dois dias atraz voce me sugeriu dar uma pesquisada no brcr, e eu o fiz. encontrei um comentario seu dizendo que que e complicado acreditar nesta administracao, tem um imovel no rj com vacancia acentuada eo restante sem muito diferencial competitivo. alguma coisa mudou de la pra ca?

      Curtir

      • Henrinvest eu sugeri o estudo dos 3 multis: knri, hgre e brcr. Se já chegou à conclusão da maioria de que Brcr tem sérios problemas de governança… ótimo, a intenção é fazer cada um tirar suas conclusões 😊

        Curtir

    • SPA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO
      CNPJ/MF nº 18.311.024/0001-27
      GERAÇÃO FUTURO CORRETORA DE VALORES S.A., com sede na Cidade e Estado do Rio de
      Janeiro, na Rua Candelária, nº 65, conjunto 1701 e 1702, Centro, inscrita no CNPJ/MF sob o nº
      27.652.684/0001-62 (“Administradora”), na qualidade de Administradora do SPA FUNDO DE
      INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO, inscrito no CNPJ/MF sob o nº 18.311.024/0001-27 (“Fundo”),
      vem, por meio deste, informar que não será realizada distribuição de rendimentos do Fundo
      referente ao mês de Fevereiro de 2018.

      Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s