HSML11 – HSI Mall FII

HSML11

O HSI Malls FII é um fundo de investimento imobiliário, cujo objetivo é a obtenção de renda e ganho de capital, mediante investimento de, no mínimo, 67% do seu patrimônio líquido.

ATIVOS:

O Pátio Shopping Maceió está localizado no norte da Capital Alagoana. Inaugurado em 2009, é o maior centro de lazer da parte alta da cidade. O Shopping tem como principal público as classes B e C, contando com aproximadamente 131 lojas e 2.058 vagas de estacionamento, além de ter em sua extensão uma unidade do grupo Kroton Educacional atendendo mais de 5 mil alunos. ( 100% )

O Shopping Granja Vianna está localizado no Km 23,5 da Rod. Raposo Tavares na região metropolitana da cidade de São Paulo. Inaugurado em 2010, foi projetado para atender as necessidades e o perfil do público da região. O Shopping tem como principal público as classes A e B, contando com aproximadamente 161 lojas, e 1.300 vagas de estacionamento, e 5 salas de cinema da rede Cinemark sendo que duas delas contam com tecnologia 3D. ( 51% )

O Super Shopping Osasco está localizado na cidade de Osasco, também na região metropolitana de São paulo. Inaugurado em 2005, vem se consolidando como um importante centro de comércio na região, atendendo ao público local e públicos de outras regiões do Estado de de São Paulo. O Shopping tem como principal público as classes A e B, contando com aproximadamente 155 lojas e 2.800 vagas de estacionamento. Uma grande vantagem do empreendimento é estar integrado ao Power Center Osasco que possui uma área com mais de 70.000m² de ABL, tendo acesso ao supermercado BIG, Cobasi, C&C, Decathlon e Sam’s Club. ( 57,8% )

2º EMISSÃO DE COTAS

Com o encerramento da captação da 2º Emissão de Cotas do Fundo conforme anunciado no dia 03/12/2019, o HSI Malls se prepara agora para a aquisição dos ativos alvo desta Oferta, o Shopping Metrô Tucuruvi localizado na Zona Norte de São Paulo, e o Via Verde Shopping localizado em Rio Branco, capital do Acre. As aquisições destes ativos estão condicionadas à aprovação em Assembleia Geral de Cotistas com 25% do total de cotas emitidas pelo Fundo, por se tratar de uma situação de conflito de interesses conforme definida pelo Art. 34 da ICVM 472.

TAXA DE ADMINISTRAÇÃO: 1,10% a.a. sobre o Valor de Mercado do Fundo + Taxa de Escrituração
TAXA DE PERFORMANCE: 20% do excedente ao Benchmark
BENCHMARK: 6,0% | IPCA (a.a.)

Quantidade de Cotas da Oferta 6.750.000 Cotas

RI: RI-FII@hsinvest.com

Autor: Tetzner

Engenheiro, Investidor há mais de20 anos, autor de 2 livros e pioneiro em Fundos Imobiliários :)

88 comentários em “HSML11 – HSI Mall FII”

  1. FATO RELEVANTE
    Em complemento ao Fato Relevante publicado no dia 18 de março de 2020e, em linha com recomendação atualizada das autoridades públicas e da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), serão fechados temporariamente, a partir do dia 21 de março de 2020, os Shoppings do portfolio localizados em Rio Branco (AC) e em Maceió(AL). Assim,com o intuito de resguardar a saúde e o bem-estar dos consumidores, lojistas,colaboradores, e de toda a população, o Fundo, sua gestora HSI–Hemisfério Sul Investimentos e a administradora dos ativos, Saphyr Administradora, decidiram pela paralisação temporária de todos os ativos. O contexto está sendo monitorado e reavaliado constantemente pela gestora do Fundo e pela administradora dos ativos, de modo que eventuais novos eventos relevantes serão comunicados ao mercado.

    Permanecemos à disposição para quaisquer esclarecimentos que se façam necessários.

    São Paulo, 20de março de 2020

    Curtir

  2. HSI MALLS FUNDO DE
    INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO, inscrito no CNPJ sob n.º 32.892.018/0001-31 (“Fundo”), informa aos
    cotistas e ao mercado em geral o que segue:

    A partir de hoje, 18 de março de 2020, em linha com as recomendações das autoridades públicas
    competentes e da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), todos os ativos do Fundo passam
    a operar temporariamente das 12h00 às 20h00. Em complemento, de acordo com orientação do Governo
    do Estado de São Paulo, a partir de segunda-feira (23/03) todos os shoppings da região metropolitana
    de São Paulo deverão permanecer fechados em tempo integral até o dia 30 de abril. Esta ordem do
    Governo do Estado de São Paulo impacta nossos shoppings na Granja Vianna e em Osasco que juntos
    correspondem a 29% da receita imobiliária do Fundo.

    As decisões estão sendo tomadas com o intuito de resguardar a saúde e o bem-estar dos consumidores,
    lojistas, colaboradores, e de toda a população.

    Os shoppings que permanecem operacionais, mesmo com o funcionamento em horário diferenciado,
    seguirão oferecendo serviços essenciais para a sociedade, como centros médicos, farmácias, alimentação e
    produtos de conveniência.

    Curtir

    1. A maior parte da receita do fundo advém do aluguel das lojas. O fundo vai perder fontes como o aluguel percentual aplicado sobre o volume de vendas, receita de estacionamento, etc.
      No máximo em julho termina a euforia e tudo volta ao normal. Hoje a cota para um yield próximo a 0,9% a.m. considerando um pagamento mensal de 0,6.
      Triste vai ser para o pequeno comerciante. Acredito que muitos irão quebrar.

      Curtir

  3. Data da informação
    31/01/2020
    Data-base (último dia de negociação “com” direito ao provento)
    31/01/2020
    Data do pagamento
    07/02/2020
    Valor do provento por cota (R$)
    0,6
    Período de referência
    Janeiro/2020
    Ano
    2020
    Rendimento isento de IR*
    Sim

    Curtir

  4. FATO RELEVANTE
    HSI MALLS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO
    CNPJ nº 32.892.018/0001-31 / Ticker (B3) – HSML11
    Prezados Srs. Cotistas,
    O SANTANDER SECURITIES SERVICES BRASIL DTVM S.A., instituição financeira constituída sob a forma
    de sociedade anônima, com sede na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Rua Amador Bueno, nº
    474, 1º andar, bloco D, Santo Amaro, CEP 04752-005, inscrita no CNPJ sob o nº 62.318.407/0001-19,
    devidamente autorizada pela Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) para o exercício profissional de
    administração fiduciária de carteiras de valores mobiliários, conforme Ato Declaratório CVM nº 11.015, de
    29 de abril de 2010 (“Administrador”), na qualidade de Administrador do HSI MALLS FUNDO DE
    INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO, inscrito no CNPJ sob n.º 32.892.018/0001-31 (“Fundo”), informa aos
    cotistas e ao mercado em geral o que segue:
    Nesta data, o Fundo assinou o Instrumento Particular de Compra e Venda de Ações referente a aquisição
    de 100% (cem por cento) das ações da REC 2016 Empreendimentos e Participações VII S.A, sociedade
    proprietária de 100% (cem por cento) do Shopping Metrô Tucuruvi localizado na cidade de São Paulo – SP.
    A conclusão do negócio está agora condicionada a anuência da Companhia do Metropolitano de São Paulo
    – Metrô, conforme antecipado no Prospecto da Oferta (pág. 71), para a transferência de poderes referente
    à concessão do direito real de uso para exploração do Shopping Metrô Tucuruvi ao HSI MALLS FUNDO DE
    INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO, sendo que as demais condicionantes foram sanadas.
    O preço de aquisição da sociedade respeitará o descrito no prospecto da Oferta, sendo que o montante
    pago será ajustado pela posição de caixa e capital de giro. Dado a aquisição, o Fundo passará a deter
    127.235 m² de Área Bruta Locável (“ABL”) própria.
    Alocação de Capital
    A aquisição consumirá aproximadamente R$ 576.276.619,89 (quinhentos e setenta e seis milhões, duzentos
    e setenta e seis mil, seiscentos e dezenove reais e oitenta e nove centavos) do caixa do Fundo, sendo que
    este valor contempla o pagamento ao Vendedor do Ativo e o aporte para a liquidação da dívida¹ e após
    deduzidos os custos de transação, serão utilizados aproximadamente 67,18% (sessenta e sete e dezoito
    décimos por cento) dos recursos captados na Segunda Emissão de Cotas do Fundo tendo em vista a
    aprovação da aquisição dos ativos-alvo em Assembleia Geral de Cotistas ocorrida em 23 de dezembro de
    2019. O percentual considera a aquisição ora informada, sobre os recursos captados na Segunda Oferta de
    Cotas que totalizaram R$885.000.074 (oitocentos e oitenta e cinco milhões e setenta e quatro reais).

    A conclusão da referida aquisição bem como os detalhes referente à alocação de capital será comunicada
    aos Investidores e ao mercado em geral através de “Comunicado ao Mercado”. Os termos da Alocação de
    Capital informados acima, trata-se de uma expectativa que poderá sofrer pequenas variações tendo em
    vista o tempo despendido para a anuência de transferência de poderes referente à concessão do direito
    real de uso para exploração do Shopping.
    Expectativa de Rendimento
    A expectativa da gestão é de que o Shopping Metrô Tucuruvi gere ao Fundo R$ 47.078.256,67 nos próximos
    12 meses, representando assim um potencial de distribuição de R$ 2,98 por cota².
    Cabe ressaltar, que esses números são estimativas da gestão não representando assim, uma garantia ou
    promessa de rentabilidade, tampouco configurando isenção de riscos aos Cotistas. Ressalta-se ainda, que
    o Fundo poderá realizar retenção de até 5% do resultado operacional, distribuindo 95% do resultado
    semestral em regime de caixa, conforme previsto na regulamentação em vigor.
    ¹refere-se à dívida indicada na seção “Destinação de Recursos” do Prospecto da Oferta (Pág. 70);
    ²
    considera-se todas as cotas integralizadas pelo Fundo até então;
    O Shopping

    O Shopping Metrô Tucuruvi localiza-se na cidade de São Paulo/SP, possuindo uma ABL de 33.010 m².
    O Shopping está situado no bairro do Tucuruvi, sendo interligado à estação Tucuruvi do Metrô, bem como
    ao terminal rodoviário urbano por onde circulam cerca de mais de um milhão de pessoas ao mês. Possui
    225 lojas, 6 salas de cinema da rede Cinemark, além de contar com uma academia e um centro médico.
    O Shopping foi inaugurado em abril de 2013 e é o quinto Shopping da cidade feito em parceria da iniciativa
    privada com o Metrô, nos últimos 12 meses o Shopping teve um tráfego de mais de 25 milhões de pessoas.
    O Fundo manterá os cotistas e o mercado em geral informados quanto à evolução do Portfolio, bem como
    a conclusão da aquisição informada neste Fato Relevante, permanecemos a disposição para quaisquer
    esclarecimentos que se façam necessários.
    Atenciosamente,
    São Paulo, 31 de janeiro de 2020

    Curtido por 3 pessoas

  5. HSI MALLS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO
    CNPJ nº 32.892.018/0001-31 / Ticker (B3) – HSML11
    Prezados Srs. Cotistas,
    O SANTANDER SECURITIES SERVICES BRASIL DTVM S.A., instituição financeira constituída sob a forma de sociedade anônima, com sede na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Rua Amador Bueno, nº 474, 1º andar, bloco D, Santo Amaro, CEP 04752-005, inscrita no CNPJ sob o nº 62.318.407/0001-19, devidamente autorizada pela Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) para o exercício profissional de administração fiduciária de carteiras de valores mobiliários, conforme Ato Declaratório CVM nº 11.015, de 29 de abril de 2010 (“Administrador”), na qualidade de Administrador do HSI MALLS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO, inscrito no CNPJ sob n.º 32.892.018/0001-31 (“Fundo”), informa aos cotistas e ao mercado em geral o que segue:
    Nesta data, o Fundo concluiu a aquisição de 100% (cem por cento) das ações da REC Via Verde S.A, sociedade proprietária de 96,67% (noventa e seis e sessenta e sete décimos por cento) do Via Verde Shopping localizado na cidade de Rio Branco – Acre. O preço de aquisição da sociedade respeitou o descrito no prospecto da Oferta, sendo que o montante pago foi ajustado pela posição de caixa e capital de giro. Dado a aquisição, o Fundo passará a deter 94.313 m² de Área Bruta Locável (“ABL”) própria.
    Alocação de Capital
    A aquisição consumiu R$ 225.033.578,88 (duzentos e vinte e cinco milhões, trinta e três mil, quinhentos e setenta e oito reais e oitenta e oito centavos) do caixa do Fundo, sendo que este valor foi pago aos Vendedores do Ativo e após deduzidos os custos de transação bem como os recursos necessários para a quitação da dívida¹, foram utilizados aproximadamente 27,24% (vinte e sete e vinte e quatro décimos por cento) dos recursos captados na Segunda Emissão de Cotas do Fundo tendo em vista a aprovação da aquisição dos ativos-alvo em Assembleia Geral de Cotistas ocorrida em 23 de dezembro de 2019. O percentual considera a aquisição ora informada, sobre os recursos captados na Segunda Oferta de Cotas que totalizaram R$885.000.074 (oitocentos e oitenta e cinco milhões e setenta e quatro reais).
    Expectativa de Rendimento
    A expectativa da gestão é de que o Via Verde Shopping gere ao Fundo R$ 20.634.697,21 nos próximos 12 meses, representando assim um potencial de distribuição de R$ 1,31 por cota.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Prezados Srs. Cotistas,

    O SANTANDER SECURITIES SERVICES BRASIL DTVM S.A., instituição financeira constituída sob a forma
    de sociedade anônima, com sede na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Rua Amador Bueno, nº
    474, 1º andar, bloco D, Santo Amaro, CEP 04752-005, inscrita no CNPJ sob o nº 62.318.407/0001-19,
    devidamente autorizada pela Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) para o exercício profissional de
    administração fiduciária de carteiras de valores mobiliários, conforme Ato Declaratório CVM nº 11.015, de
    29 de abril de 2010 (“Administrador”), na qualidade de Administrador do HSI MALLS FUNDO DE
    INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO, inscrito no CNPJ sob n.º 32.892.018/0001-31 (“Fundo”),

    informa aos cotistas e ao mercado em geral que comunicaram à XP INVESTIMENTOS CORRETORA DE CÂMBIO,
    TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS a intenção de rescindir o contrato de prestação de serviços de
    Formador de Mercado para Fundo uma vez que a liquidez média¹ do Fundo atingiu o patamar de R$ 7,4
    milhões por dia. O término da prestação dos serviços ocorrerá no dia 03 de fevereiro de 2020.
    Permanecemos à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos adicionais que se façam necessários.
    ¹R$ 7.404.953,02 – Média diária dos pregões durante o período 02/12/2019 até 30/12/2019.

    Atenciosamente,
    São Paulo, 07 de Janeiro de 2020

    Curtido por 2 pessoas

  7. Proibida de usar banheiro feminino, mulher trans é arrastada e expulsa de shopping em Maceió

    Hashtag #shoppingpatiotransfobico está entre os assuntos mais comentados no Twitter na manhã deste sábado (4) com caso de transfobia no Shopping Pátio, em Maceió (AL)

    Desde o início deste sábado (4), o Shopping Pátio Maceió, em Alagoas, está sendo acusado de transfobia nas redes sociais.

    Vídeo mostra mulher trans indignada com o fato de ter sido impedida de usar o banheiro feminino do shopping.

    Na sequência, ela sobe em uma mesa da praça de alimentação e desabafa: “Chega! Chega! Chamem a polícia”. Imediatamente, é arrastada à força por seguranças e expulsa do shopping.

    Muitas pessoas aplaudem, enquanto outras, em menor número, vaiam.

    Porém, nas redes sociais, a repercussão já colocou a hashtag #shoppingpatiotransfobico entre os assuntos mais comentados do Twitter.

    Curtir

      1. Tetzner,
        Enquanto não aparece nenhuma lei municipal ou estadual sobre esse tema o shopping apenas cumpre a lei.
        Conheço Maceió. Infelizmente houve um surto de violência na região devido as drogas.
        Ninguém vai deixar de ir nesse shopping com ou sem protesto. Principalmente famílias com filhos e jovens querendo diversão.

        Curtir

      2. É um absurdo sem tamanho essa situação!
        O shopping deveriam então colocar um outdoor: pessoas do gênero trans, não entrem, pois caso tenha necessidade de ir ao banheiro não poderam usar o feminino!
        Ao invés de subir na mesa da PA ela deveria fazer suas necessidades ali.

        Pra consumir é bem vinda, pra usar o banheiro não!

        Essa idiotice de ativismo impede que o país cresça: ativismo LGBT X ativismo MORALISTA-RELIGIOSO

        Curtir

      3. vcmarcos

        eu posso estar falando besteira e se tiver alguém do meio lendo e puder ajudar, por gentileza

        mas eu particularmente acredito que empreendimentos como shoppings terão de ter também além da opção de sanitário masc/femi um misto

        não sei se é este o nome ou se tem um termo mais adequado, mas acredito que em pouco tempo vai virar obrigação ter a estrutura adequada pra evitar esse tipo de situação

        eu duvido que o segurança seguiu a ‘moça’ a até o banheiro… foi reclamação de alguma mulher que se sentiu incomodada em dividir o espaço (acho)

        Curtido por 2 pessoas

      4. vcmarcos: ” bons serviços a todos”. pergunte a ela(e) se isso ocorreu.
        tetzner: ” foi reclamação de alguma mulher que se sentiu incomodada em dividir o espaço (acho)”, ou seja, se alguém se sentir incomodado em dividir banheiro com negros, o shopping terá que fazer um específico, tipo EUA nos anos 60???

        Já passou da hora de evoluirmos nessas questões. Como disse, ainda que forma equivocada, o vcmarcos. ” Just business and time is money!”, o shopping tem que focar nos negócios, quanto mais consumidores melhor, perguntem à rede hoteleira/restaurantes de SP se querem acabar com a passeata gay???

        Curtir

      1. O objetivo do shopping é ganhar dinheiro através da prestação de bons serviços para todos.
        O mesmo apenas cumpriu a lei e evitou entrar em polêmicas sem horizonte de resolução.
        Just business and time is money!
        A decisão foi acertada.

        Curtir

    1. É o apocalipse zumbi. A relativização de certas verdades absolutas dá nisso. Ninguem mais sabe o que é certo e o que é errado. Agradeçamos as idéias “progressistas” que pregam o direito individual absoluto em detrimento ao direito da sociedade. Onde cada um aprende que tem seu direito individual absolutamente garantido perde o direito coletivo. Não consigo nem imaginar daqui a vinte anos aonde estaremos!

      Curtido por 3 pessoas

  8. Os Direito de Subscrição de Sobras e Novas Cotas (HSML13 – BRHSMLR02M13, HSML15 – BRHSMLR04M11 e HSML14 – BRHSMLR03M12) não deveriam ter sido transformados em cotas do Fundo (HSML11 – BRHSMLCTF007) na abertura dos mercados do dia 02 de Janeiro de 2020 e terem sido liberadas para negociação em mercado secundário nesta mesma data ?
    As de vocês foram transformadas ?

    Curtir

  9. Data-base (último dia de negociação “com” direito ao provento) 30/12/2019
    Data do pagamento 08/01/2020
    Valor do provento por cota (R$) 0,66
    Período de referência Dezembro/2019
    Ano 2019
    Rendimento isento de IR* Sim

    Curtir

    1. pessoal o espaço é colaborativo, toda ficha pode ser melhorada e ampliada, basta o pessoal ajudar, coloquem nos comentários que eu subo pra ficha

      no caso deste aqui qdo criamos não havia relatório, agora tem vou subir, mas os ativos do FR por exemplo não estão no report

      então é um trabalho constante de atualização e preciso da colaboração de todos pra manter tudo ok?

      Curtir

  10. A SANTANDER SECURITIES SERVICES BRASIL DTVM S.A., sociedade devidamente autorizada pela CVM a administrar carteiras de títulos e valores mobiliários, com sede na Cidade e Estado de São Paulo, na Rua Amador Bueno, nº 474, bloco D, 1º Andar, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério da Fazenda (“CNPJ”) sob nº 62.318.407/0001-19 (“Administradora”), na qualidade de instituição administradora do HSI MALLS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO, inscrito no CNPJ sob o nº 32.892.018/0001-31 (“Fundo”), e conforme previsto no “Prospecto Definitivo da Distribuição Pública Primária de Cotas da Segunda Emissão do HSI Malls Fundo de Investimento Imobiliário”, disponibilizado em 21 de Outubro de 2019 (“Prospecto Definitivo”), no âmbito da oferta pública de distribuição de cotas da segunda emissão do Fundo (“Oferta”), vem COMUNICAR, após o encerramento da Oferta, que os recibos de subscrição das fases do Direito de Preferência, Direito de Subscrição de Sobras e Novas Cotas (HSML13 – BRHSMLR02M13, HSML15 – BRHSMLR04M11 e HSML14 – BRHSMLR03M12) transformar-se-ão em cotas do Fundo (HSML11 – BRHSMLCTF007) na abertura dos mercados do dia 02 de Janeiro de 2020 e serão liberadas para negociação em mercado secundário nesta mesma data.
    Ainda, conforme anunciado através de “Comunicado ao Mercado” em 29 de Novembro de 2019, em 30 de Dezembro de 2019 existirá um anúncio de distribuição de rendimentos para cada Recibo de Subscrição (HSML13, HSML15 e HSML14) separadamente, correspondente ao resultado pro rata relacionados aos investimentos temporários destes recursos nos respectivos períodos, os quais serão pagos em 09 de janeiro de 2019.
    São Paulo/SP, 23 de Dezembro de 2019.

    Curtido por 1 pessoa

NOVOS COMENTÁRIOS AQUI: (sem links, emails ou telefones)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s