VRTA11 – Fator Verita

O fundo é administrado pelo Banco Fator, foi constituído em condomínio fechado e com prazo de duração indeterminado (antes era determinado em 12 anos, isso mudou).

Tem como objetivo a aquisição de ativos financeiros de base imobiliária, como Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI), Letra de Crédito Imobiliário (LCI), Letras Hipotecárias (LH), quotas de FII, quotas de FIDC, quotas de FI Renda Fixa e Debêntures.

VRTA11

A carteira está concentrada mesmo em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs), diversificados em IGP-M+12+, IGP-M+8%, IPCA+6,86% e CDI+1%.

Carteira   Ativo Emissor Emissão / Série Risco da Operação Tx. Aquisição (a.a.) Indexador Pagamento Juros Data de Vencimento Rating % da Carteira Valor
CRI BMW Habitasec Sec. 1ª / 42ª Loteamento 10,00% IPC-Fipe Mensal 17/12/22 n.a. 5,61% 9.128.320,07
CRI Mega Moda Apice Sec. 1ª / 74ª Shopping 9,32% IPCA Mensal 17/07/24 AA 7,26% 11.812.544,26
CRI Mamoré Habitasec Sec. 1ª / 64ª Loteamento 12,00% IGPM Mensal 15/07/24 A+ 3,25% 5.295.317,48
CRI Rede D'or RB Capital Cia de Sec. 1ª / 122ª Corporativo 8,28% IPCA Mensal 07/05/26 AA+ 5,11% 8.317.829,47
CRI Rizzo 2 Cibrasec Sec. 2ª / 255ª Loteamento 10,50% IGPM Mensal 04/05/27 n.a. 5,35% 8.709.015,81
CRI THCM Gaia Sec. 4ª / 79ª Loteamento 10,50% IGPM Mensal 14/11/27 n.a. 4,24% 6.909.071,51
CRI BRMalls RB Capital Cia de Sec. 1ª / 97ª Shopping 6,34% IPCA Mensal 06/03/24 AA 4,97% 8.084.074,68
CRI MRV 2 Apice Sec. 1ª / 63ª Corporativo 2,00% CDI Mensal 21/06/19 AA- 3,66% 5.950.740,07
CRI Rede D'or 3 RB Capital Cia de Sec. 1ª / 109ª Corporativo 7,38% IPCA Mensal 07/05/26 AA 1,82% 2.960.905,75
CRI Petrobras Macaé Barigui Sec. 1ª / 8ª Corporativo 7,30% IGPM Mensal 20/10/23 AAA* 4,56% 7.416.280,07
CRI Shopping Limeira Apice Sec. 1ª / 22ª Shopping 9,67% IPCA Mensal 07/12/27 AA- 4,85% 7.898.723,25
CRI Urbplan III Habitasec Sec. 1ª / 12ª Loteamento 8,75% IPCA Mensal 15/10/22 n.a. 3,68% 5.991.217,16
CRI JPS Habitasec Sec. 1ª / 1ª Shopping 7,50% IGP-DI Mensal 15/10/20 A+ 2,90% 4.712.477,76
CRI Renner RB Capital Cia de Sec. 1ª / 95ª Corporativo 7,73% IPCA Mensal 15/10/29 AA 2,44% 3.967.269,42
CRI Rizzo Cibrasec Sec. 2ª / 208ª Loteamento 9,00% IGPM Mensal 20/07/24 n.a. 3,57% 5.814.538,24
CRI Shopping Bahia Gaia Sec. 4ª / 7ª Shopping 7,13% IGP-DI Mensal 10/05/25 AAA 2,63% 4.287.331,78
CRI Pulverizado 156 Brazilian Sec. 1ª / 156ª Pulverizado 7,30% IGPM Mensal 13/12/39 BBB 2,62% 4.259.499,78
CRI General Shopping II Habitasec Sec. 1ª / 20ª Shopping 6,95% IPCA Mensal 10/12/24 A- 2,93% 4.769.253,09
CRI Lagoa Serena Gaia Sec. 4ª / 39ª Loteamento 8,00% IGPM Mensal 20/12/21 n.a. 2,09% 3.403.617,67
CRI BR Distribuidora II RB Capital Cia de Sec. 1ª / 93ª Corporativo 6,46% IPCA Mensal 15/12/23 AAA 2,34% 3.811.149,75
CRI Pulverizado 261 Brazilian Sec. 1ª / 261ª Pulverizado 8,28% IGPM Mensal 20/10/41 A+ 0,88% 1.433.811,95
CRI PPG RB Capital Sec. 1ª / 94ª Corporativo 4,30% IPCA Anual 12/06/23 AAA 0,69% 1.122.432,05
CRI GSP Gaia Sec. 5ª / 29ª Loteamento 10,00% IPCA Mensal 25/10/21 n.a. 1,15% 1.873.931,56
CRI Kroton Barigui Sec. 1ª / 1ª Corporativo 8,65% IGPM Mensal 15/09/28 n.a. 1,76% 2.865.316,82
CRI BRF TRX Securitizadora 1ª / 14ª Corporativo 7,76% IGPM Mensal 12/12/31 AAA* 1,40% 2.277.347,82
CRI Shopping Lajeado RB Capital Cia de Sec. 1ª / 86ª Shopping 6,50% IPCA Mensal 15/02/23 n.a. 1,00% 1.634.637,21
CRI MRV 3 Apice Sec. 1ª / 79ª Corporativo 2,00% CDI Mensal 08/10/18 AA- 3,13% 5.096.960,88
CRI Máxima Cibrasec Sec. 2ª / 192ª Pulverizado 6,50% IGPM Mensal 22/07/23 n.a. 0,63% 1.019.857,35
CRI Pulverizado 157 (Sub) Brazilian Sec. 1ª / 157ª Pulverizado 12,00% IGPM Mensal 13/12/2039 n.a. 0,71% 1.153.464,68
Banestes Recebíveis Imobiliários (BCRI) Banestes Recebíveis Imobiliários (BCRI) n.a. / n.a. FII n.a. IGPM Mensal n.a. n.a. 1,81% 2.953.266,80
CRI BR Distribuidora I RB Capital Cia de Sec. 1ª / 69ª Corporativo 5,08% IPCA Mensal 15/04/31 AAA 0,88% 1.440.220,36
CRI Pulverizado 259 Brazilian Sec. 1ª / 259ª Pulverizado 8,70% IGPM Mensal 20/09/31 n.a. 0,37% 607.996,92
CRI Pulverizado 180 Brazilian Sec. 1ª / 180ª Pulverizado 8,00% IGPM Mensal 20/08/40 A 0,25% 407.167,14
CRI Perini RB Capital Cia de Sec. 1ª / 119ª Corporativo 7,63% IPCA Mensal 17/03/26 n.a. 4,15% 6.759.190,50
CRI Fleury Gaia Sec. 4ª / 34ª Corporativo 7,00% IGPM Mensal 18/10/21 AA 0,27% 437.328,39
CRI Pulverizado 269 Brazilian Sec. 1ª / 269ª Pulverizado 8,00% IGPM Mensal 20/11/41 A- 0,07% 119.554,31
CRI Shopping Valparaiso Gaia Sec. 4ª / 52ª Shopping 2,00% CDI Mensal 14/07/23 n.a. 4,26% 6.928.220,07
CRI Montanini Apice Sec. 1ª / 83ª Loteamento 11,00% IGPM Mensal 16/07/31 n.a. 0,70% 1.146.156,25

Principais Características
Fundo Fator Verità FII
Administrador Banco Fator S.A.
Gestor Fator Administração de Recursos Ltda (FAR)
Prazo de Duração Indeterminado
Taxa de Administração 1,0% a.a. sobre o patrimônio líquido do Fundo
Rendimentos Mensal
Benchmark IGP-M + 6,0% a.a.
Valor Inicial da Cota R$ 100,00
Cotas Emitidas na 1ª emissão 28.941.930
PL na Emissão R$ 30.160.121,94
Código de Negociação VRTA11
Código ISIN BRVRTACTF008
Ofertas Concluídas 4 emissões de cotas realizadas

RI: fundosimobiliarios@fator.com.br

Tutor do FII: Gama

Anúncios

1.514 comentários sobre “VRTA11 – Fator Verita

  1. Prezados,

    Referente a subscrição do VRTA11, para cálculo do novo preço médio deve ser considerado o valor por cota de R$110,11 ou custo por cota de R$4,89 + valor por cota de R$110,11 = R$115,00? Obrigado.

    Curtir

  2. Aliás, deixa ser mais completo:com esta oferta o fundo deve aumentar bastante o seu PL. Provavelmente cair a renda nos próximos meses. Qual a perspectiva de vcs, em relação à cota, DY. Em termos da cotação de hoje, 8% DY?

    Curtir

    • Depende do seu apetite. Hoje deu oportunidade para quem está de fora. As cotas da emissão vieram a mercado e muita gente realizou lucros. Mas está acima do valor patrimonial. Se quiser entrar, pega leve na quantidade. Oportunidades aparecem. Está a a minha opinião. Não recomendo nada.

      Curtir

      • Não é possível afirmar nada, mas pegue o BCRI como exemplo:

        – Cotação no dia anterior ao aviso da 4ª emissão de cotas – 29/05/2019: R$ 127,00
        – Cotação no dia imediatamente posterior: R$ 119,00 chegando à mín de R$ 115,00 2 ou 3 dias seguintes.
        – Cotação de Fechamento no dia de pgto da renda no mês seguinte – 28/06/2019: R$ 129,00 [correria dos vendidos ocorreu apenas na semana anterior ao pagto]
        – Cotação seguintes ao Anúncio Encerramento Distribuição de Cotas e Liberação: uns R$ 131,00
        – MAS CUIDADO daqui a 90 dias: as cotas subscritas no período da “Oferta Restrita” permanecerão bloqueadas e somente poderão ser negociadas depois de decorridos 90 dias de sua subscrição ou aquisição pelo investidor

        >>> Minha opinião: estão socando um pouco para cima durante esses 90 dias, e depois de passado esse período, haverá uma outra flipagem, sim!

        Curtir

      • Quer dizer … a cotação mínima, fundo da emissão, foi de aprox. R$ 10,00.

        Ou seja … no caso do VRTA… pode ser que esse R$ 10,00 sejam também respeitados o que faria com que a cotação pós-emissão [flipagem] caísse até seus … R$120-125,00 em média (R$ 115 + R$ 10,00)

        Curtido por 1 pessoa

    • Deveria haver uma regulação sobre o valor das novas emissões e sobre poder negociar direitos. Variações tão grandes como essa em relação ao valor da cota, pegam os neófitos de surpresa. Quando estava a 130 anunciaram os 115, mas ainda sem a data “com direitos”. Foi uma loucura para quem não sabia disso tudo.

      Curtido por 1 pessoa

      • @Eduardo Cwb … no regulamento dos fundos há, geralmente, uma cláusula lá que mostra a metologia de cáculo do preço de emissão. No caso do VRTA em particular eu não sei, não pesquisei [está escrito no Prospecto Distribuição Cotas], mas eu já vi vários onde o procedimento é pegar a cotação média de fechamento dos últimos 6 meses, ou algo assim.

        Curtir

      • Sim, eu sei disso tudo. A questão proposta diz respeito ao mercado de FIIs como um todo. Muitas pessoas se sentiriam mais seguros porque os mecanismos seriam mais claros e o mercado iria se consolidar e crescer à medida que elimina-se uma parte especulativa.

        Curtido por 2 pessoas

  3. O banco rival do Grêmio estornou 100% do dinheiro referente a oferta pública, mas não debitou o correspondente as cotas do rateio. E agora José, rs? Como diria o dono do Caldeirão, É PRA KABÁ!!!

    Curtir

  4. Data da informação
    30/08/2019
    Data-base (último dia de negociação “com” direito ao provento)
    30/08/2019
    Data do pagamento
    13/09/2019
    Valor do provento por cota (R$)
    0,85
    Período de referência
    Agosto
    Ano
    2019
    VRTA 11
    Quero ver como vão ficar depois de alocados os recursos da emissão. Acho que vai cair.

    Curtir

    • Pegou uma merreca??? se vc mandou ordem de 20x o que vc queria vc acabou pegando 6% disso, acredito que não deu ruim não… a menos que vc quisesse pegar as 20x…
      O engraçado nessas emissões é que hoje todo mundo pede muito mais que quer, e reza p que todos tenham feito igual pq senão o pessoal não tem o dinheiro para cobrir…
      Acredito que os fundos/corretoras/mercado deveria fazer algo p coibir isso, não colocando teto na emissão ou deixando só a venda de direitos da subscrição, ai seria mais correto e não daria toda essa preocupação e essa visão que que o fundo tem muito mais interessado do que realmente tem.

      Curtido por 1 pessoa

      • concordo com sua colocação. Eu sim peguei uma merreca, pois reservei mais ou menos o que poderia pagar. Mas eu tinha direitos de uma compra feita há pouco tempo, entao tudo bem…

        Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s