CXTL11 – Caixa TRX Logística Renda

O objetivo do fundo é aquisição e posterior locação de imóveis comerciais, industriais ou logísticos, prontos ou em construção, para grandes empresas;  administrado pela Caixa Econômica Federal, em regime de condomínio fechado e com prazo indeterminado de duração.

CXTL11.bmp

Sua primeira emissão teve como objetivo a aquisição de 3 imóveis: O Atmosfera (RJ) com área construída de 7.671 m², Schahin (RJ) com área construída de 4.714 e Ferla (SP) com área construída de 7.226.

Trata-se portanto de um FII de Tijolo – Imóveis Comerciais – Logístico; sua cota foi lançada a R$ 1.000,00 e teve início de negociação em bolsa em Janeiro/12.

O fundo contava com uma reserva de R$ 8 milhões, cerca de 15% residual da captação e que tem impactado o rendimento do fundo (a renda de aluguel é superior ao rendimento financeiro do capital investido); usou o valor para adquirir mais um prédio, imóvel ASPRO situado na Rodovia do Café – BR 277, Km 107, em Campo Largo – PR.

Numa operação de sale and leaseback, na qual o imóvel foi comprado, pelo Fundo, da empresa ASPRO DO BRASIL SISTEMAS DE COMPRESSÃO LTDA (“Aspro”) pelo valor de R$ 6.843.500,00, e locado à própria Aspro pelo prazo de 10 (dez) anos pelo valor de aluguel inicial de R$ 68.435,00 mensais, corrigido anualmente pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA. O imóvel é utilizado pela Aspro para armazenagem e fabricação de equipamentos para sistemas de compressão de gás natural.

FATO RELEVANTE: São Paulo/SP, 14 de março de 2013

(i) a empresa L. FERENCZI INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA, locatária do imóvel “Ferla”, está inadimplente com suas obrigações contratuais, conforme anteriormente relatado no Fato Relevante publicado em 01.02.2013; (ii) a Administradora CAIXA e a Consultora Imobiliária TRX Investimentos Imobiliários S.A. tentaram compor a situação de maneira não-litigiosa; no entanto, diante da manutenção do inadimplemento da Ferla, tiveram que tomar as medidas judiciais para resguardar os interesses do Fundo; (iii) assim, em 18.02.2013 foi proposta Ação de Despejo com Pedido Liminar, processo nº 0002775-45.2013.4.03.6100, em trâmite perante a 22ª Vara Federal da Seção Judiciária de São Paulo/Capital, cujo resumo do andamento está contido no Anexo I ao presente Fato Relevante; (iv) ressalta-se que a distribuição do mencionado processo não foi divulgada anteriormente por estratégia processual, com o intuito de se evitar que a empresa L. FERENCZI INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA adotasse qualquer medida preventiva para evitar o cumprimento da decisão judicial; (v) todavia, em 19.02.2013, a empresa L. FERENCZI INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA ajuizou pedido de Recuperação Judicial nos termos da Lei nº 11.101/05 (Lei de Falências e Recuperações de Empresas), distribuída perante a 2ª Vara Cível da Comarca de Itapevi/SP, processo nº 1000651-27.2013.8.26.0271, cujo resumo do andamento igualmente consta no Anexo II ao presente Fato Relevante; (vi) o deferimento da recuperação judicial à L. FERENCZI INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA, ocorrido em 01.03.2013, poderá impactar na retomada do imóvel.

A Administradora CAIXA e a Consultora Imobiliária TRX Investimentos Imobiliários S.A. prosseguem tomando todas as medidas cabíveis no sentido de preservar os interesses do Fundo diante desse fato e manterão os cotistas informados sobre o caso.

Taxas:
Administração: aproximadamente 0,41%a.a. sobre patrimônio liquido (mínimo R$ 20.000,00 mensais corrido pelo IPC-FIPE).
Taxa de administração tem parcela variável, ver artigo 8º do regulamento.
Gestão: 0,85%a.a. sobre o patrimônio liquido (mínimo R$ 20.000,00 mensais corrigido pelo IPC-FIPE).

RI: viter@caixa.gov.br, gedef@caixa.gov.br, gemob@caixa.gov.br

Anúncios

85 comentários sobre “CXTL11 – Caixa TRX Logística Renda

  1. Fato Relevante

    Comunicamos aos senhores cotistas do Fundo de Investimento Imobiliário CAIXA TRX
    Logística Renda (“Fundo”) que, conforme fato relevante divulgado em 29 de abril de 2016,
    desde o mês de abril/2016 a locatária do imóvel “Aspro” não efetua o pagamento integral do
    aluguel mensal devido, de maneira que, em setembro/2018, houve o inadimplemento total
    do aluguel no valor de R$ 92.610,92. O valor total devido pela Aspro, até a presente data,
    perfaz o montante de R$ 2.696.512,36.

    Esses inadimplementos têm impactado negativamente a distribuição de rendimentos do
    Fundo, além do impacto referente à realização da reforma do imóvel de Itapevi/SP, que foi
    informado por meio de comunicado divulgado em 31 de agosto de 2018.

    Curtir

    • Cumpre observar que após a realização das Assembleias Gerais Ordinária e Extraordinária de
      Cotistas do Fundo realizadas em 14 de junho de 2016, nas quais foram reprovadas por
      unanimidade dos cotistas presentes a proposta da locatária do imóvel Aspro para redução do
      aluguel, houve negociações com locatária para regularizar o valor devido, além de ter sido
      solicitada uma nova proposta a ser deliberada pela Assembleia Geral de Cotistas, contudo,
      tais negociações restaram infrutíferas.

      A Administradora e a Consultora Imobiliária estão tomando as medidas cabíveis no sentido de
      buscar junto à locatária a regularização do pagamento dos alugueis devidos

      Curtir

  2. 2º inquilino que abandona um imóvel nesse FII (Ferla foi o primeiro)

    Comunicamos aos senhores cotistas do Fundo de Investimento Imobiliário CAIXA TRX
    Logística Renda (“Fundo”) que a locatária do imóvel localizado Rua Manoel do Carmo Lozada,
    esquina com Rua R-1, Quadra W1, Lote 1B, Pólo Off Shore – Novo Cavaleiros – Macaé – RJ,
    SCHAHIN ENGENHARIA S.A. (“Schahin”), desocupou o imóvel sem qualquer aviso ou
    comunicação.

    A Administradora e a Consultora Imobiliária estão tomando todas as medidas cabíveis no
    sentido de buscar a retomada legal da posse e cobrança dos valores devidos pela Schahin em
    decorrência do descumprimento contratual.

    Curtir

  3. Data da informação
    29/06/2018
    Data-base (último dia de negociação “com” direito ao provento)
    29/06/2018
    Data do pagamento
    13/07/2018

    Valor do provento por cota (R$)
    0,574143888650484

    * atrasaram o pagamento “de novo” ? rs

    Curtir

  4. Alguém tira a “pá” da mão dos homis… quanto mais cavam, mais afundam… encerra logo esse FII…

    COMUNICADO
    Comunicamos aos senhores cotistas do Fundo de Investimento Imobiliário CAIXA TRX Logística Renda
    (“Fundo”) que:

    (i) conforme informado em 29.03.2018 por meio de divulgação de Informe Anual referente ao
    exercício de 2017, o Fundo, por intermédio de escritório de advocacia contratado para atuar na
    defesa dos interesses do Fundo, distribuiu em outubro/2017 o processo n.º 5001815-
    27.2017.4.03.6144 (“Ação Anulatória”) na 1ª Vara Federal de Barueri, visando o cancelamento do
    lançamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) dos exercícios de 2010 a 2013 e o
    Imposto sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN) incidente sobre a obra do imóvel de Itapevi,
    uma vez que durante esse período o imóvel estava acobertado pela isenção.

    (ii) por outro lado, o Município de Itapevi ajuizou a Execução Fiscal n.º 5000002-28.2018.4.03.6144
    em face do Fundo, considerando que o débito discutido na Ação Anulatória não estava garantido.

    Curtir

    • (iii) assim, para que o Fundo não fique sujeito à constrição em seu patrimônio em razão da ausência
      de garantia do débito, o Fundo realizou em 27.04.2018 o pagamento de Documento para
      Depósitos Judiciais ou Extrajudiciais à Ordem e a Disposição da Autoridade Judicial ou
      Administrativa Competente – DJE, no montante de R$ 337.876,34 no sentido de realizar o depósito
      judicial como garantia referente ao processo de Ação Anulatória a fim de evitar o bloqueio judicial,
      ou penhora das contas e/ou ativos do Fundo.

      (iv) cumpre ressaltar que, após o trânsito em julgado da Ação Anulatória, no caso de decisão favorável
      ao Fundo, poderá ser peticionado junto à instância judicial competente, ou ainda, poderá ser
      aguardada a decisão judicial quanto à devolução ao Fundo dos valores referentes ao depósito
      judicial em questão.

      Curtir

  5. Data-base (último dia de negociação “com” direito ao provento)
    30/04/2018
    Data do pagamento
    15/05/2018

    Valor do provento por cota (R$)
    1,26773177603224

    Período de referência
    04
    Ano
    2018

    o último cotista ou inquilino… leva as chaves lá na TRX, ok?

    -10% M/m -68% A/a

    Curtir

    • Uns 2% de yield(?)… complicado

      Apesar dos apesares, nao deveria um fundo assim(bem fundo! haha) durar pra sempre? Eles ainda vao conseguir ir alugando o imovel com uma renda miseravel, mas nunca dara uma rentabilidade boa aos investidores.

      Nao entendo mt o sentimento de quem ainda continua com a cota, ou o fato da cota simplesmente n ser negociada num preco que o yield valha a pena. Atualmente soh alguem bem doido ou que gosta de perder compraria… (pensando bem, aqui no brasil tem um mercado grande de miqueiro… hehe)

      Curtir

  6. como antecipamos: Schain decretada a Falência… Três consoantes na área… Cotista “arrolado” … e lerêêê
    https://tetzner.wordpress.com/noticias/comment-page-98/#comment-287194

    FII CX TRX (CXTL) Fato Relevante

    Comunicamos aos senhores cotistas do FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO CAIXA TRX LOGÍSTICA
    RENDA (“Fundo”) que:
    (i) foi anunciada em 01/03/2018 a convolação da Recuperação Judicial em Falência da Schahin
    Engenharia S.A., inscrita no CNPJ/MF sob nº 61.226.890/0001-49, locatária do imóvel do Fundo
    localizado no município de Macaé no Estado do Rio de Janeiro (“Locatária”).
    (ii) o Fundo foi arrolado em 10/2017 na lista de credores da Recuperação Judicial.
    (iii) diante da inconsistência nos valores apresentados, o Fundo contratou o escritório BRTA, que vem
    nos assessorando nos autos.

    Curtir

    • (iv) a Locatária vem descumprindo com as obrigações contratuais desde 08/2017, tendo sido inclusive
      divulgado fatos relevantes sobre o ocorrido.
      (v) a Administradora CAIXA e a Consultora Imobiliária TRX vem notificando a Locatária desde o primeiro
      momento do inadimplemento, alertando sobre o descumprimento contratual e a possibilidade de
      tomadas de medidas judiciais pelo Fundo.
      (vi) ressaltamos que a Administradora CAIXA e a Consultora Imobiliária TRX permanecerão
      acompanhando a situação da locatária e tomarão todas as medidas necessárias para a defesa dos
      interesses do Fundo.

      Curtir

  7. FII CX TRX (CXTL) AGE – Resumo das Deliberacoes – 09/01/2017 10:00

    Informamos aos senhores cotistas do FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO CAIXA TRX
    LOGÍSTICA RENDA (“Fundo”), CNPJ n.º 12.887.506/0001-43, o resumo das deliberações tomadas
    na Assembleia Geral Extraordinária de Cotistas, convocada pela Administradora e realizada no dia 9
    de janeiro de 2018.

    Inicialmente, a Administradora esclareceu que a proposta de locação foi efetuada pela empresa
    MAIAN IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO DE PRODUTOS QUÍMICOS LTDA, com sede na Avenida
    Portugal, nº 263, Bairro Itaqui, no Município de Itapevi, Estado de São Paulo, CEP 06.696-060,
    inscrita no CNPJ/MF sob o nº 08.704.392/0001-81.

    Curtir

  8. Tenho Certeza que o Cotista adoraria pagar performance e ter um FII decente… não essa bagunça…

    FATO RELEVANTE

    Comunicamos aos senhores cotistas do Fundo de Investimento Imobiliário CAIXA TRX Logística Renda (“Fundo”) que no mês de setembro/2017 a locatária do imóvel “Schahin” não efetuou o pagamento do aluguel mensal devido, impactando a distribuição de rendimentos de setembro/2017 que será realizada em 13/10/2017.

    Informamos que, após notificação encaminhada pelo Fundo, recebemos contranotificação da locatária do imóvel “Schahin” informando que pretende regularizar os alugueis atrasados até a primeira quinzena do mês de outubro/2017.

    Curtir

    • A Administradora e a Consultora Imobiliária do Fundo estão tomando todas as medidas cabíveis no sentido de buscar junto à locatária a regularização do pagamento do aluguel, com a inclusão de multa, juros e correção monetária, bem como avaliando as possíveis alternativas de cobrança por via judicial.

      e aí… vai fazer o que? já tem um imóvel há anos vago que o inquilino Ferla abandonou… o FII teve de pagar até pra remover o maquinário e restaurar o imóvel…

      Três Consoantes… não nega a falta de DNA…

      Curtir

    • CA RA CAS caiu mais! 89% no ano já…

      -22% mensal

      Data-base (último dia de negociação “com” direito ao provento)
      29/09/2017
      Data do pagamento
      13/10/2017

      Valor do provento por cota (R$)
      0,599735059798123

      Período de referência
      09
      Ano
      2017

      Curtir

  9. FATO RELEVANTE
    Comunicamos aos senhores cotistas do Fundo de Investimento Imobiliário CAIXA TRX
    Logística Renda (“Fundo”) que no mês de agosto/2017 a locatária do imóvel “Schahin” não
    efetuou o pagamento do aluguel mensal devido, impactando significativamente a distribuição
    de rendimentos de agosto/2017 que será realizada em 15/09/2017. O valor do aluguel do
    imóvel “Schahin” representa aproximadamente 59% do total dos alugueis recebidos pelo
    Fundo.

    Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s