Fórum de FIIs

Tetzner_Blog FIIs

A Maior, mais Bem Informada e Ativa comunidade 100% FII

ABCP11  AEFI11  AGCX11  ALMI11B  ATSA11B  BBFI11B  BBPO11  BBRC11  BBVJ11  BCIA11  BCFF11B  BCRI11  BMLC11B  BNFS11  BPFF11  BRCR11  BVAR11  CBOP11  CEOC11B  CNES11B  CPTS11B  CTXT11  CXCE11B  CXRI11  CXTL11  DOMC11  DRIT11B  EDFO11B  EDGA11B  EURO11  FAED11B  FAMB11B  FCFL11B  FEXC11B  FFCI11  FIGS11  FIIB11  FIIP11B  FIXX11  FLMA11  FLRP11B  FMOF11  FPAB11  FVBI11B  GRLV11  HCRI11B  HGBS11  HGCR11  HGJH11  HGLG11  HGRE11  JRDM11B  JSRE11  KNCR11  KNRI11  MAXR11B  MBRF11  MFII11  MXRF11  NSLU11B  ONEF11  PLRI11  PQDP11  PRSV11  RBBV11  RBGS11  RBPD11  RBRD11  RBVO11  RDES11  RNDP11  RNGO11  SAAG11  SDIL11  SHPH11  SPTW11  TBOF11  TFOF11  THRA11B  TRNT11B  TRXL11  VLOL11  VRTA11  WPLZ11B  XPCM11  XPGA11  XTED11

Últimos Comentários

Juntos somos mais Fortes! Incentive o blog, assine os produtos e serviços:

Mini_FitaProdServ

Login   Registro   FII   Ações   Fundos   Diversão   Comentar   Loja   Ajuda

A lista atualizada de comentários está no final da tela do celular ou acesse o Notifications.

1.253 comentários sobre “Fórum de FIIs

    • Não foi bem isso que ela falou. Os fundos de pensão precisam readequar sua carteira de investimentos, diminuindo a parcela de imóveis físicos. Para isso eles podem vender os imóveis ou criar um fii. Mas ela não disse quais fundos de pensão estão nessa situação. Ela apenas citou o exemplo do BBPO, falando que foi uma boa oportunidade para investidores receberem aluguel de um bom inquilino, blablablá…

      Curtido por 4 pessoas

    • Antes de fecharem parte das agências eles vão socar tudo no povo agora, em breve teremos fiis de agências p da com pau por aí, tem q pensar bem agências por q quando banco der a costa e vazar do imóvel meu amigo, se pegar 20 30% do valor q os bancos pagam hoje tá de bom tamanho…

      Curtido por 2 pessoas

    • Eu já disse aqui no ano passado q me procurou um avaliador, em nome do Bb onde ele me revelou q estavam elaborando um fii continuação do Bbpo, devido eu ter imóvel ao lado de uma das agência q será integrada ao fundo ele queria saber valores dos aluguéis para definir preço do imóvel, p posterior integrar ao fundo, segundo ele já estava adiantadíssimo a conclusão do fundo. Creio eu q só não saiu ainda devido às fortes quedas nas cotas final e início do ano. Eu dele eu aproveitava essa alta desproporcional q temos agora é mandava bala nisso, já pensou vende num tapa hoje, e as outras vão cair bem pois o fundo novo vem com contrato de 10anos de folga.

      Curtido por 1 pessoa

      • O Mariano que qué isso? As agências que estão nos FII são nossas, os bancos já venderam para os fundos. Seriam novos fundos, embora nada impeça que os fundos atuais comprem essas agencias arrecadando fundos com chamada de capital via IPO.

        O pulo do gato é ficar esperto: seriam agencias em fim de vida útil em termos de ponto comercial e querem se livrar delas antes de virarem mico, como bairros deteriorados etc?

        Curtido por 1 pessoa

      • Deve ser a Ana conejo, deixou todos loucos com essa estória é nossa não é nossa kkk, mais ilustre conejo ou ao contrário, desovaram as fim de linha primeiro e deixaram a nata pro final vc não acha? É bem a cara de banco com consultores coisa e tal.

        Curtido por 1 pessoa

  1. Arrecadação do governo cai 10% e tem pior agosto desde 2009, diz receita federal, isso é gravíssimo, não está parando de cair, e quando parar de cair tem q começar a reagir ainda, é drástica a situação do país, q ainda por cima segue no sentido oposto aumentando despesas, eu começo a ver aí q só cpmf e os outros impostos a serem criados e aumentados não serão suficientes, e o governo realmente não tem saída, vai ter q apelar p todo lado, inclusive o imposto dos fiis.

    Curtido por 2 pessoas

    • Que boa parte do mercado esta anestesiado com novo governo a gente sabe faz um bom tempo.
      A questão aqui é se vai rolar essa reforma fiscal para que pelo menos despesas não aumentem nos próximos anos, e a gente fique na merda durante alguns anos até que haja superavit em 2020 ou mais.
      Político é burro ponto final, tu pode ter melhor economista do mundo em sua equipe econômica , não se trata de matemática e sim de interesses .
      E tem gente burra mesmo que afirma que inflação é sintoma de lutas de classes, nível de nossos políticos é tão baixo que é capaz que muitos ali não saibam nem efetuar operações rudimentares de calculo.

      O que salva aqui interceptor é que a burrice esta espalhada pelo globo: EUA e EUROPA fazendo merda atrás de merda , então não da para chutar pau da barraca por aqui apenas pelos fundamentos da economia, sendo que no cenário externo temos uma bomba relógio que talvez venha estourar depois das eleições nos EUA.

      Arrecadação vai continuar caindo por dois motivos: Primeiro: Numero de pessoas empregadas menor = consumo em queda ” Atividade econômica como principal veiculo de arrecadação”

      Segundo fator: Aumenta imposto para tapar folha arrecadação tende cair já que isso inibi atividade econômica.

      Resumo da obra: Aumenta imposto povo para de consumir ou reduz consumo substancialmente desaquecendo economia e jogando arrecadação na lona.

      Não adianta fazer muita coisa ! desde ano passado esta sendo batido nessa tecla que já ultrapassamos a curva de crescimento orgânico na arrecadação .

      Aumenta imposto arrecadação cai .
      Agora esta na hora de fazer um ajuste ortodoxo daqueles brutais: Previdência , subsídios , eficiência etc , mas vai ser feito com muita concessões distorções apenas para ganhar tempo.

      O que esta sendo proposto pelo temer não é resolver a questão de uma vez por todas , mas sim rolar a dívida para outra geração limitando gastos do estado pela inflação.

      Em suma economia tem de crescer acima dos gastos do governo para que haja superavit nas contas, porem como fazer se a carga tributaria e burocracia é draconiana?

      Abertura de mercado com indústria protecionista que temos?

      Curtido por 3 pessoas

      • Do lado político não, só esperar a merda explodir na europa e no Eua para gringaiada correr para os emergentes.
        Aqui só especulação mesmo ruim la bom aqui e vice verso, agora se tu pretende operar em cima dos fundamentos do Brasil com primeiro mundo rodando redondinho ai é ladeira abaixo.

        Curtido por 1 pessoa

      • Na contramão da maioria dos políticos, Macri ta reduzindo impostos e obtendo aumento de arrecadação…só que o buraco em que a Argentina foi colocada é muito fundo, então, ainda é difícil sentir a melhora por lá…

        Curtido por 2 pessoas

  2. Tetzner e colegas, perguntas:
    1) quando teve confisco plano collor, inclusive fundos de ações foram confiscados, isso mesmo?
    2) se houver inadimplencia (calote, default) por parte governo, nossos FIIS seriam afetados nesse calote no que diz respeito ao valor que o fundo tem em titulos do governo? exemplo : aplicações em renda fixa em titulos governo e TD?
    (não estou levando em conta reação mercado, nada disso)
    3) Valor percentual das aplicações em renda fixa dos FIIS é insignificante?

    Calote é um dos critérios que levo em consideração para aplicações.

    Curtido por 1 pessoa

    • Fundos de ações pelo que me consta = propriedade privada atrelada um CNPJ, agora se fundo em questão for de previdência adm pelo governo vão meter mão na cara larga como sempre fazem com manobras diversas por partes dos ADM do fundo.
      Ativos diretos: Ficam como esta! isso vale para FII , única coisa que governo pode fazer surrupiar seu proventos aumentando alíquota de IR sobre distribuição, inclusive é isso que acredito que vai rolar em futuro próximo ” Confisco de renda”

      Outra coisa que governo pode fazer é proibir remessas ao exterior jogando alíquotas proibitivas e controlando mercado artificialmente visando manter divisas no país ” Conhecido controle de divisas”

      Ativos de renda fixa:
      Calote seletivo: Grandes players no mercado são afetados pelo default enquanto pequenos são poupados.
      Calote inflacionário: O confisco é indireto via inflação
      Calote FULL: Todo renda fixa vai para saco inclusive com a quebra de grandes bancos.

      Como funcionaria na prática: Fundos mais expostos aos ativos financeiros tendem a precisar fazer contingenciamento em uma conta de emergência ” O dinheiro de títulos públicos e outros ativos” Fica congelada esperando renegociação por parte do emissor ou na pior das expectativas vira pó.

      Resumo o fundo perde apenas parte dos ativos financeiros= Caixa ou parte do PL
      Fundo de papel vira lixo nesse cenário.

      Não! Nosso governo não pode tomar seu patrimônio diretamente Ações e FII ”
      Agora dinheiro de poupança e bancos” sim pois estes não são lastreados a nenhum tipo de emissor e operam em sistema de reservas fracionadas, resumindo ” quem manda e faz as regras no sistema bancário sempre foi banco central” que é uma instituição estatal , neste aspecto vai rolar muita gambiarra com correntista como limite de saque congelamento de ativos etc.
      Entenda uma coisa o dinheiro que esta no banco é do banco e não seu como querem fazer boa parte população acreditar.

      Como se proteger: Simples tendo ativos em outros países com política fiscal sólida: Suíça é um destes países para onde dinheiro esperto vai antes da quebradeira nos mercados.

      Compre moeda forte aceita em nível mundial: Dólar e mantenha em casa, Euro já não é tão viável de preferência ao franco suíço, compre ouro e tenha terra agrícolas , armas e mantimentos.

      O modo mais tranquilo é nunca deixar todo seu dinheiro em território nacional, mas isto convenhamos só vale para quem tem muito dinheiro “não é o caso do pequeno investidor.”

      Curtido por 4 pessoas

      • Moeda forte não sei. hoje, moeda nenhuma é forte. A crise é justamente essa..
        Terras agrícolas? Num país de clara tendência MST? Não sei..
        Acho que seguro mesmo é abrir um mercadinho. Algo assim.. Investir na profissão..
        No mercado financeiro, qualquer coisa, é feita de vento..

        Curtir

    • Existe diversos estudos sobre isto. Não é interessante para o governo o default. Como a divida do TD é em moeda nacional a hiperinflação é o caminho menos traumático. Ouro, terras, imóveis e obra de arte resistem bem grandes crises econômicas.

      Curtir

  3. Bom dia Investidores!

    Eu tenho a curiosidade de saber há quanto tempo os amigos investem em FIIs e se estão satisfeitos com os resultados, se puderem mencionar também o FII que mais deu alegrias e o que mais deu dor de cabeça, argumentando cada um, seria legal !🙂

    Obrigado pessoal!

    Curtido por 5 pessoas

    • tetz tá foda
      só read only esse safado kkkk

      eu invisto em fiis há 1 ano e meio.
      O fii que mais deu alegria RBRD
      o fii que mais deu dor de cabeça MAXR (hoje fora da carteira).

      RBRD sempre pagou uma renda excelente ao meu ver, frente ao risco que ele possui. Renda gorda em outubro chegando e provavelmente será o funcionário do ano novamente.

      MAXR com a gestão da btg me deixava mt desconfortável. Foi descontado do fundo uma obra no valor de 1,2 milhão que ao meu entendimento deveria ser do inquilino

      abçs e bons investimentos

      Curtido por 3 pessoas

    • Invisto em FIIs há 5 anos, muito satisfeito.
      Não consigo dizer um, mas alguns que me deram e dão alegria:
      Deram alegria: HTMX, NSLU, FEXC (pagaram bons dividendos e me permitiram sair com um lucrinho);
      Dão alegria: AEFI, FAED, CXRI, FIIP (pagam bons dividendos e geraram bom aumento de capital, até o momento);
      Dor de cabeça: (WPLZ e CEOC) sai com prejuízo.

      Resumo da ópera: talvez se nos 5 anos estivesse só investido em CDB, 100% CDI, meu capital hoje fosse ligeiramente superior, porém, não teria aprendido nada sobre esse excelente instrumento de geração de renda passiva. Atualmente, 80% em FIIs.

      Curtido por 6 pessoas

    • Reunião do grupo de ajuda PIA (Pequenos Investidores Anônimos), relato de um participante:

      Larguei o meu vício em poupança (falo da bancária) há bem mais de 10 anos. Desde então, nunca mais caí na tentação de investir em produto popular de bancão. Estou em tranquila abstinência e sem nenhum sinal de crise. Penso ter me curado.
      Invisto em FIIs desde 2011.
      Há pouco menos de dois anos, por não estar muito satisfeito com o desempenho global da carteira, achei por bem diminuir a exposição e a quantidade de fundos detidos, objetivando focar em qualidade ao invés de quantidade e iniciei um processo de enxugamento/realocação. Hoje posso considerar que foi a melhor coisa que fiz.
      Dos que me deram mais alegrias, considero de longe o “meu filho” PQDP o fundo que me concedeu mais alegrias (pergunte ao Hemmer, rs).
      Dos que me deram mais “dores de cabeça”… bem, apesar de não ser nenhum drama, considero que XTED foi uma posição aberta sem o devido estudo nos fundamentos do ativo. Saí com prejuízo, mas bem antes da saída de Petro do imóvel de Macaé. Detém características que não pretendo ter mais em carteira (localização, pouca ABL somada a concentração em poucos inquilinos, etc.).
      Sds.

      Curtido por 8 pessoas

      • Quando comecei a trabalhar, recebia o pagamento no escritório, nota em cima de nota, corria pro banco colocava no envelope, e depositava na poupança, achando eu que estava fazendo um grande investimento kkkkkk, isso em 2012, me lembro que na época, eu cogitei tesouro direto, porém o investimento não tinha toda essa fama que tem nos dias atuais, achei complicado procurar uma corretora, e as taxas não me atraíram no momento, então… por preguiça e comodidade continuei na boa e velha caderneta, no final de 2013 conheci a bolsa, e nos anos seguintes renda fixa e etc, ainda tenho poupança, mas uma parcela bem pequena… enfim…

        vlw mbp77!!!

        Curtido por 1 pessoa

    • O que mais me deu alegria foi o FAED, pacato, na dele, aluguel subindo de mansinho e sem surpresas.

      Não tive nenhuma decepção não…bom, EDGA caiu muito o aluguel, mas comprei vacância, nada que ninguém não soubesse.

      Única preocupação que tenho são com os FIIs que queimam caixa, como KNRI e HGRE. Por mim, cairia logo a renda, pra um valor mais natural. Como o mercado é rentista, creio que a cota ia cair e eu ficaria mais a vontade pra comprar.

      Curtido por 1 pessoa

    • Invisto há três anos.
      Maior alegria: SAAG, comprei toda minha posição nele no início desse ano e paga por volta de 1% a.m. no meu preço médio. Valorização da cota em 40% desde então…
      Maior tristeza: CEOC, foi um dos escolhidos quando iniciei minha carteira de FII´s, vendi com grande prejuízo (>50%) depois de anunciarem o fatídico contrato de locação com a TIM.
      Meu maior erro: investir todo o montante de uma vez só quando iniciei ao invés de dividir o valor e ir comprando aos poucos, dica que cansei de ler dos mais velhos! rsrs

      Curtido por 3 pessoas

      • Iniciei em 2012.
        Estou muito satisfeito com os FIIS.
        Mnhas maiores alegrias foram PQDP, SHPH e CXRI.
        Minha maior decepção foi TRXL. Vendi bem antes dessas quedas recentes. Nesse caso, tive meu maior aprendizado: olhar muito bem quem é o gestor.

        Curtido por 3 pessoas

      • leoctba
        Esse é outro aprendizado que também tive: não adianta ter uma baita imóvel se o gestor não tem competência pra tocar o empreendimento.
        Baseado nisso, fui me desfazendo aos poucos dos fundos com presença do BTG, já tive 6 e hoje apenas 1 (EDGA).

        Curtido por 1 pessoa

      • Gosto destes: (não necessariamente nesta ordem)
        Lio Blavo*
        CSHG: Apesar de não concordar com a estratégia de cortar na carne pra manter os rendimentos, a gestão ativa tem se mostrado consistente ao longo dos anos… Pra mim são os melhores FII’s multi-multi do mercado. Vendi HGBS porque a cotação está bem elevada e não acredito que consigam manter os rendimentos até a melhora da economia. Pretendo fazer o mesmo com HGRE (aumento da vacância iminente). HGLG mantenho.
        Mérito: Tem feito um bom trabalho no MFII (rendimentos crescentes e VP constante – mas números são números né?!). A prova de fogo vem agora com a grande emissão. Estou confiante nela.

        * Rating sob revisão depois das revisionais de taxa de adm. e ter sido vendida para os chineses.

        Curtir

    • Obrigado por participarem pessoal, muito legal a historia de vocês!!! acho muito valido compartilhar ideias assim, ajuda muito quem está ingressando aqui no blog, toda experiência que vocês transmitem é de grande ajuda para o pequeno investidor iniciante, conheço o blog desde o final de 2015, mas acompanho diariamente mesmo fazem uns 2 meses, e nesse curto espaço de tempo julgo ter aprendido bastante, melhorei muito a minha forma de pensar e investir, tem um pessoal aqui no blog ” figurinhas carimbadas ” que sempre são muito solícitos e atenciosos! ainda tenho muito a aprender, e com certeza vou continuar aprendendo com vocês!!!!

      Aos que acompanham o blog mas que nunca ou pouco participam, fica o meu pedido, participem mais! deixem suas opiniões! ajudem os iniciantes! postem novos assuntos no fórum, enfim… ajudem a disseminar conhecimento sobre FIIs!!!

      Obrigado!!!

      Curtido por 3 pessoas

      • Eu invisto em FII há cerca de 1 ano. Não conhecia esta maravilha pois tinha preconceito com fundos. Achava que todos os fundos tivessem rentabilidade pífia tal qual CDB de banco grande. Peguei uma fase de altos descontos. Sensacional.

        Curtir

    • Invisto em FII’s há mais ou menos 5 anos, estou satisfeito com os resultados e com o que aprendi nesse período, são ativos de renda variável, logo exigem muito estudo e monitoramento constante.
      O FII que mais me deu alegrias (até agora), foi o EDFO (resiliente, bem localizado e bem administrado) e o que de certa forma me decepcionou muito, foi o BBVJ (principalmente pela altíssima taxa de administração e o fraquíssimo retorno real).

      Abraços a todos e bons investimentos!

      Curtir

    • Comecei a investir em fii em 2010, mas conhecimento de causa veio em 2012.

      Não vou falar em dor de cabeça, mas fii que me deixou puto foi o bcff… troca de gestor, mudança para uma carteira de fundos só de gestão do Dedé… Rolo do IR e muitos meses só cobrando sem mecher em uma única cota da carteira! Quando mudavam a carteira, aparecia umas cotas dos amados (amados pelo Tetzner :-P) jrdm e cenesp!

      Por outro lado, ganhei muito com uns bem pouco falados: o finado gvff e fixx por exemplo. Ganhei em trades de bbvj e tbof. Mas os que sempre foram ganho sem preocupação foram kncr e jsre.

      Curtido por 2 pessoas

    • Invisto em fiis desde 2012.
      Maior dor de cabeça: BRCR .
      Maiores alegrias: PQDP , SHPH, FCFL, KNRI, HGLG.

      Hoje me preocupo bem mais com o gestor do que no começo.
      Uma dica bacana eh ir em uma assembléia para conhecer o gestor.

      Abs

      Curtir

      • Dâmaso Salcede, grato pela contribuição… aproveitando a deixa, o que você acha da BTG?, eu vejo aqui que muitos colegas não gostam muito, mas…. muitos dos fundos queridinhos pelo pessoal é administrado por ela, o que fazer diante de tal situação, pra onde correr?

        Obrigado!

        Curtir

    • Mark, vamos lá.

      Invisto em FIIs desde abril de 2015. Portanto, sou um novato no mercado tb. Na bolsa de forma sistemática, faz cerca de 25 meses. O Fiis que mais me deu retorno, paradoxalmente, é o de agências bancárias, e que tenho a menor posição e o qual penso que tem prazo de validade. Uma das coisas que mais olho é a probabilidade de perpetuidade da renda e acho que boa parte das agências não serão renovadas. Mas isso é conversa para outra prosa.
      A que mais me deu dor de cabeça… Até agora nenhum. O único que me deixa desconfiado, mas dei um voto de confiança é o FIGS11.

      Curtir

    • Desde junho 2011.
      Muito satisfeito.
      Mais alegrias:

      – PDQP: Comprei em momento bom, é um shopping sólido, com boa perpetuidade.
      – BBRC: Comprei na IPO, vendi com lucro uns meses depois. Saí, voltei e comprei em momento bom. Embora eu não goste de agências, mesmo se o BB sair tô de boa com imóveis em boas localizações..
      – SHPH: Comprei em momento bom, é um shopping sólido, com boa perpetuidade.

      Mais tristezas:

      – RDES: Comprei na onda do BBRC, achei que era tudo igual, lá por 2011 ainda… Loco loco. Sardinha master. Saí no zero a zero se considerar as rendas e se esquecer a inflação….
      – HGBS: No fundo do fundo do poço fiz uma avaliação bem racional, e tudo apontava que este ativo tinha um futuro comprometido, por público-alvo e etc, vendi e fiz o fundo do poço.. Tudo bem que eu tive que capitalizar para um negócio próprio, que um colega se lascou e precisou vender com urgencia..

      Tá ligado que vc sempre fica se perguntado: Nuh, quem foi o tonto que entregou o fundo tal lá no fundão? Então, aqui no HGBS fui eu, kkkkkkkkk.. entreguei pros tuba a 1300,00, acho… Procura o fundo ali, fui eu… Até hoje eu tenho pesadelos de que as cotas que eu vendi estão correndo atrás de mim fazendo bulling comigo🙂

      Mas até isso , olha que legal que é FII…. Eu precisava de cash pra ontem. Rapei a renda fixa… Faltava.. Fui lá, vendi O HGBS a mercado e toquei o pau no outro negócio.. Para comparação, tenho um apto residencial em SC que está até hoje pra vender🙂 Acho que vou ter que dar de graça. Ploc na cara.

      Curtir

  4. BOM DIA PESSOAL
    Sou novato aqui e li em uma revista que para saber se o a cotação de um FII está justa, deve-se dividir o valor patrimonial do fundo pelo número de cotas e o resultado divide pelo valor da cotação. Gostaria de saber se procede este ensinamento.
    Desde já agradeço a atenção de todos.
    Abraços

    Curtido por 1 pessoa

    • Edvaldo, essa é uma premissa, mas ela sozinha não revela muita coisa. No máximo, é um ponto de partida.

      Descobrir o preço justo de um ativo de renda variável é uma arte e quem souber a fórmula ficará milionário.

      De minha parte, eu me preocupo mais na localização do imóvel e o negócio que ele propõe. O preço do HB e o VP são os últimos ponto a serem analisados. Além disso, realizo sempre compras pequenas, devagar e sempre.

      Curtido por 5 pessoas

    • Edvaldo, se fosse tão simples assim, estariamos todos ricos…

      O valor patrimonial do fundo dividido pela quantidade de cotas, temos o que se chama de VP da cota.
      Dividindo esse valor, pelo VM ou valor de mercado da cota, a gente tem uma visão superficial do fundo, se ele está sendo negociado com ágio ou deságio.

      No entanto, não é o melhor dos indicadores. Se você encontra um fii que paga uma boa renda, crescente, reajusta pela inflaçao, tem contratos atípicos, inquilino resiliente, imóvel bem localizado, boa gestão – e aqui eu estou citando um cenário perfeito – se estiver sendo negociado com desconto, melhor ainda.

      No entanto, é de se pensar que se um fundo reune todos esses indicadores de segurança, os investidores estejam dispostos a pagar um preço ACIMA do seu valor patrimonial, o que é muito justo.
      E vice versa. Você vai encontrar fundos ai com 50% de desconto e pode comprar gato por lebre. Pq digo isso? É bem provavel que esse fundo seja mais problematico, menos seguro, mais arriscado que o fundo citado acima. No entanto o mercado pode estar bem distorcido.

      Voce vai encontrar fii problematico sendo negociado acima do vp e encontrar fiis interessantes que estão sendo negociados com desconto. Pra escolhe-los você vai levar mt tempo de estudo, análise de relatorios e informes gerenciais. No mais, tire as dúvidas conosco

      conte com a gente
      abçs

      Curtido por 2 pessoas

    • Já foi o “melhor negócio do mundo”, porém nos dias atuais não vale a pena (geralmente), tanto que o percentual de distratos em SP tem sido elevadíssimo.

      Você acaba financiando a construtura e quando recebe o imóvel ele vale menos que comprou.

      Curtido por 4 pessoas

    • Se tiver como saber a saúde financeira da incorporadora/construtora envolvida(s), e esta for sólida e com bom histórico de entregas/reclamações, pode ser uma boa.
      Agora, do jeito que o mercado está parado e/ou em queda, creio que é mais negócio pesquisar imóveis prontos e negociar um belo desconto.
      É bem menos arriscado.
      Sds.

      Curtido por 3 pessoas

    • Acho que a época de fazer isso passou, Hemmer.
      Em 2007 eu fiz isso e tive um ótimo lucro. Pena não ter feito mais naquela época.
      Mas agora, acho que o potencial de lucro, se houver, é muito pequeno.
      Logicamente, estou falando de imóvel para investimento. Se for pra morar, é outra história.
      Tenho ouvido falar que tem muita gente com problemas financeiros querendo vender imoveis. Talvez seja o caso de tentar um bom desconto de um ” enforcado¨.

      Curtido por 4 pessoas

    • Como tudo, depende do preço. No caso do imóvel, também da saúde da incorporadora/construtora. Não é uma compra fácil, pois basicamente é uma “aposta” no futuro. Ou seja, como estará a região na data da entrega do imóvel, o tipo de imóvel etc.

      Eu sempre comprei na planta, mas há seis anos que não procuro esse tipo de negócio, pois não tenho encontrado nada interessante.

      Curtido por 2 pessoas

    • Cara comprar na planta é o seguinte:

      Você literalmente financia a obra pra construtora. Afinal você está dando dinheiro antecipado por algo que não está sendo construído.
      É a construtora ainda cobra juros de você por você comprar antecipado e financiar eles.

      Tem lógica isso?
      No Brasil tem, e se chama burrice mesmo.

      Curtido por 4 pessoas

      • Leonardo M.

        Você tem razão!

        Esta é uma dessas “jaboticabas”, nefastas, que pegam no mercado brasileiro e acabam fazendo vitimas a torto e a direito.

        Você compra algo, que não pode usar, paga juros até ficar pronto e ainda assume o risco da obra e o risco da empresa…

        Isso tinha que ser PROIBIDO.

        Curtido por 1 pessoa

      • Leonardo M., pagar juros enquanto a obra está acontecendo é ilegal, pois juros decorrem de empréstimo dinheiro e no caso isso não houve. Aqui a operação é inversa, pois é você que “empresta” à construtora.

        Eu sempre comprei imóveis na planta e nunca paguei juros ou qualquer coisa assemelhada. Essas compras geraram bons lucros, bem acima, bem acima mesmo, do CDI. Obviamente, há risco nessa operação.

        Curtir

      • Nunca vi isso, você comprar e ter que pagar juros… Eu mesmo não paguei nada de juros nem correção e comprei na planta.

        Uma coisa é comprar outra é vc falar que vai comprar e dar um sinal esperando o financiamento quando sair o habite-se.

        Curtido por 1 pessoa

      • Quando as parcelas são corrigidas pelo CUB, por exemplo, você está sim pagando “juros”.
        Nós temos outra “jabuticaba” aqui que é considerar juros apenas aquilo que pagamos acima da inflação.

        Curtido por 1 pessoa

      • Em uma economia indexada com a brasileira, CUB não é “juros”.

        Exemplo: imagine q você tenha comprado na planta com correção pelo CUB e que vc tenha o seu salário também corrigido pelo CUB. Neste exemplo, vc não “ganha” e não ” perde”.

        Imagine, por outro lado que o imóvel comprado na planta valorizou mais se comparado ao CUB?

        Ou seja, é operação de risco, como todo negócio, pode-se ganhar e perder.

        Curtir

      • MarcosC, sem dúvidas, Bob Fields que o diga.

        Por princípio, acho a indexação ruim, mas ela existe. Então, devemos aprender a trabalhar com ela. Aliás, no passado, teve muito banco lucrando só por causa dela…

        Enfim, comprar na planta, como todo negócio, tem seus prós e contras. Cabe ao investidor avaliar se o risco compensa. Para mim, em determinados momentos compensou.

        O importante, eu acredito, é o investidor não ter preconceito. Deve estudar e se encontrar razão, investir. Simples assim.

        Curtir

    • Se for pra investir eu não recomendo pelos diversos motivos apresentados.
      Se for pra morar….depende. Só se rolar um desconto incrível!
      Moro perto da Vila Clementino (ótima região) em SP e tem estande de vendas de pé já faz 2 anos sem nenhuma obra em andamento. Fico me perguntando o que deve pensar o primeiro comprador daquele imóvel que empenhou o capital dele há 2 anos e ainda não recebeu, nem o capital corrigido e nem o imóvel.
      Há outros imóveis próximos que estão em construção há 2 e 3 anos e não foram entreges ainda. Na época, fui no estande de um deles e o vendedor foi categórico: “não conheço ninguém que perdeu dinheiro com tijolo!”. Bem que eu queria encontrar esse vendedor hj para perguntar se já encontrou alguém…..rsrsrsrs
      Há mais dois terrenos na região onde irão construir, já passei lá para especular e o preço está a bagatela de 11k o metro…
      Há mais imóveis novos na região na mesma situação de construção prolongada…
      E estou falando de uma região que já é ótima e é provável que continue sendo por muito tempo!
      Tenho amigos corretores que relatam que tem gente que liga chorando na imobiliária, desesperados para vender o imóvel porque está quebrado!
      O mar não está para peixe…se for comprar….manda a isca lá em baixo!

      Curtido por 3 pessoas

    • Tá. Obrigado pelas respostas.

      Parece consenso ser coisa ruim. Concordo.

      E pq tá todo esse frenesi no MFII??? Ele não é um “comprar na planta”??

      Tem algo que eu não estou vendo?

      mpb me entendeu.. O objetivo da perguntam na real, é esse…

      Curtido por 2 pessoas

      • Hemmer, você está a anos aqui. Já percebeu que sempre tem um FII que está na modinha.
        Agora o MFII é a bola da vez. Imóveis em geral para as classes B , C e M (de morto), em cidades não muito grandes, no meio dessa crise, onde não se vende nada. Tambem não vejo nada.
        Logo,logo o disco muda e acham outro FII…

        Curtido por 2 pessoas

    • Tenho como premissa, nada de planta. explico:
      risco de a obra não ser entregue, a obra entregue não condiz com a planta, a obra condiz com a planta mas seus olhos na planta viram outra coisa (espaço maior por exemplo na hora de imaginar).
      Tenho dois exemplos um na familia e um amigo que as obras não foram entregues e perderam toda grana.
      e uma outra amiga cuja obra foi entregue mas para estacionar o carro na garagem era obrigada a sair do carro e empurrar o carro, pois se estacionasse como deveria, depois não saía do carro.
      voce casaria com uma mulher só tendo visto maquete dela? só fotos?

      Curtir

  5. Fundo novo na praça? Tá no site da Bovespa.
    KNIP11
    Kinea apostando na papelada. Investidor qualificado.
    Não achei o portfólio de composição da carteira do fundo.
    Alguém tem alguma informação ou gostaria de compartilhar as primeiras impressões sobre este ativo?

    Curtido por 1 pessoa

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s