HGLG11 – CSHG Logística

Seu objetivo é a aquisição e posterior exploração dos aluguéis de imóveis voltados a operações logísticas ou industriais;  administrado pela Credit Suisse Hedging-Griffo, em regime de condomínio fechado, com prazo indeterminado de duração.

hglg

Classificado como sendo um fundo do tipo Tijolo e enquadra-se na segmentação Logístico. O Fundo encerrou o mês com participação em 119 unidades locáveis, localizadas em 8 empreendimentos, totalizando 174 mil m² de área privativa e 66 contratos de locação.

Imóveis, Endereço, Área m2, Lojas % de Vacância % Receitas FII Setor Inquilino % Receitas Imóvel % Receitas FII

Ed. Onix e Ed. Safira – Centro Empresarial Atibaia 10,17% 7,32% Eletrônica 15,15% 1,11%
Av. Tégula 888, Ponte Alta - Atibaia - SP Equipamentos 84,85% 6,21%
Área (m2): 11.869,49 
Nº de unidades ou lojas: 6 
Data de aquisição: Fev-11
 
Condomínio Tech Town (05, 21, 27 e 30) 66,67% 4,50% Tecnologia da informação 89,72% 4,04%
Rodovia SP 101 Km 9,5 - Hortolândia - SP 
Área (m2): 7.885,08 
Nº de unidades ou lojas: 3 
Data de Aquisição: Mar-11
Ocupantes: IBM e British Telecom 
 
Master Offices 0,00% 16,57% Saúde 21,81% 3,61%
Av. Guido Caloi 1.935 - São Paulo - SP Alimentos e bebidas 18,35% 3,04%
Área (m2): 14.359,45 
Nº de unidades ou lojas: 1 
Data de Aquisição: Abr-12
Ocupantes: Nestlé, Astellas, Ferring Pharmaceuticals e outros
 
Edifício Os Lusíadas (Condomínio Empresarial Barão de Mauá) 0,00% 4,78% Químicos 100,00% 4,78%
Rod. Dom Pedro I Km 87 - Atibaia - SP 
Área (m2): 6.232,19 
Nº de unidades ou lojas: 3 
Data de Aquisição: Abr-12
Ocupantes: Intercos do Brasil 
 
Brascabos Rio Claro 0,00% 4,20% Materiais diversos 100,00% 4,20%
Avenida Brasil, 3.464 - Rio Claro - SP 
Área (m2): 11.491,64 
Nº de unidades ou lojas: 1 
Data de aquisição: Set-12
Ocupantes: Brascabos 
 
Ed. Albatroz – Gaia Ar 100,00% 0,04% 
Rod. Dom Pedro I, Km 90 - Jarinu - SP 
Área (m2): 20.153,80 
Nº de unidades ou lojas: 6 
15% de participação no condomínio
Ocupantes: Não definidos

Cremer Blumenau
Rua Iguaçu, 291 - Blumenau - SC
Área (m2): 65.824,77
Nº de unidades ou lojas: 1

*Perini Business Park
Rua Dona Francisca, 8.300 - Joinville - SC
35.716 m2 (78 unidades)
34,81% de participação no condomínio
Data de aquisição: Dez-11

 

Fundos de Investimento Imobiliário - FII
Fundo Quantidade Valor (R$)
BB PROGRESSIVO II  15.787	2.273.328,00
FII EUROPAR  27.430	5.348.850,00
CSHG REAL ESTATE FII  18.202	26.210.880,00
* FII INDL BRASIL  212.590	83.975.663,98

Índices de correção aproximados:
IGP-M: 25%
IPC-A: 75%

Taxas:
Administração: 0,60%a.a. sobre valor de mercado do fundo.
Gestão esta incluída na taxa de administração.

RI: list.imobiliario@cshg.com.br

Tutor do FII: RKinvestimentos

Anúncios

1.355 comentários sobre “HGLG11 – CSHG Logística

  1. BOSCH saiu do CEA(que foi adquirido em 17 de fevereiro de 2011), ”o que levará a vacância física do Fundo para 6,9% e do CEA para 81,9%. Além disso, afetará o resultado em 165,9 mil reais o que corresponde a 0,02 reais por cota.”

    Curtir

  2. Comentários do time de gestão

    Prezados cotistas, este mês estamos lançando nosso novo modelo de relatório mensal, que será padronizado para todos os nossos
    fundos. Esta iniciativa faz parte de um trabalho constante de melhoria da nossa governança e transparência com nossos investidores,
    e é resultado da interação constante com nossos cotistas. Buscamos abordar de forma padronizada todos os pedidos que
    recebemos de melhoria de informação, respeitando os limites legais. Esperamos, com esta iniciativa, facilitar o entendimento e a
    análise dos nossos portfólios e, ainda, a comparação entre os fundos.
    Neste mês de fevereiro informamos, via Fato Relevante, a assinatura pelo Fundo do compromisso de compra e venda da
    integralidade de um imóvel logístico localizado na cidade de Guarulhos, Estado de São Paulo, com área de 18.276 m², atualmente
    locado para um operador logístico com atuação global. A transação está sujeita ao cumprimento das condições precedentes previstas
    no contrato de compra, entre elas a conclusão das diligências técnicas e jurídicas no imóvel. O valor total a ser pago pelo Imóvel é
    R$47.500.000,00, corrigido pelo IPCA a partir de 21 de dezembro de 2018 até o pagamento. Após a conclusão do negócio, o
    Fundo fará jus ao recebimento do valor mensal do aluguel pago pelo inquilino, atualmente fixado em R$ 463.284,00.

    Curtido por 2 pessoas

    • Entendemos que o valor de compra e condições negociadas foram agregadoras para o porfólio do Fundo, seguindo a estratégia
      de renovação e diminuição de risco que vem sendo adotada pela Administradora desde a 4ª emissão de cotas: preço ajustado ao
      risco do ativo, localização em uma praça bastante demandada e relevante, aonde o Fundo não tinha nenhuma exposição, bem
      como inquilino com um bom risco de crédito.
      Ainda neste mês, o CSHG Logística FII atingiu a marca de 50 mil cotistas o que representa em torno de 20% de todos os
      investidores em fundos imobiliários listados na B3. Enquanto, sua liquidez foi de R$ 64 milhões de reais mensais ou um volume
      diário de R$ 3,2 milhões de reais.
      No mês de janeiro de de 2019, o CSHG Logística FII foi premiado como 2º melhor Fundos Imobiliários pelo Ranking InfoMoney
      Ibmec de Melhores Fundos de 2019 por ter entregue um retorno total de 19,6% em 12 meses e 95,1% em 36 meses, de
      acordo com as métricas do Ibmec/InfoMoney.
      As obras no Ed. Albatroz, locado para Natural One que já opera no galpão, foram finalizadas. Vale relembrar que no dia 31 de
      julho de 2018, o Fundo assinou um contrato atípico de locação de prazo de 10 anos com contrapartida de readequar o galpão. A
      obra envolveu a construção de dois ambientes refrigerados para embarque e armazenamento, instalação de porta-pallets e
      sistemas de combate a incêndio, demolição de parte do mezanino, construção de área administrativa/escritório, sala de baterias,
      áreas de apoio ao caminhoneiro e reposicionamento das docas do galpão.

      Curtido por 1 pessoa

    • Vale ressaltar que diversas medidas continuam sendo tomadas para administrar as vacâncias existentes e programadas nos
      Ed.Onix e Ed.Safira (Centro Empresarial Atibaia), no Master Offices e também nos dois módulos vagos no Tech Town, a equipe
      atua ativamente na originação de novas demandas para estes espaços e cotação com potenciais ocupantes. No âmbito de
      manutenção e redequação dos imóveis, nossa equipe de engenharia iniciou novas medidas de manutenção mantendo a
      qualidade dos imóveis adequada para os inquilinos e competitiva no mercado.
      Vale ressaltar, ainda, que a equipe de gestão tem aproveitado oportunidades de compra e venda de ativos mobiliários para
      realização de lucro distribuível e investimento do caixa gerado em novas ofertas de fundos imobiliários, com potencial de renda e
      ganho de capital.
      O mercado imobiliário de galpões logístico-industriais começa a dar sinais de retomada. Embora os níveis de aluguel ainda
      estejam pressionados, as novas entregas reduziram e a absorção líquida se mantém positiva. Várias empresas intensificaram a
      procura por propriedades e iniciaram negociações de contratos de BTS (Built to Suit). De acordo com dados das principais
      consultorias imobiliárias, a vacância física no quarto trimestre de 2018 é de, aproximadamente, 23%

      Curtido por 1 pessoa

      • Claro … é aquele indivíduo que prefere pagar mensalidade e taxa de adesão ao cartão de crédito COBALT PLATINUM PLUS GOLD… ao invés de aderir ao cartão do bancão do povo que compmra as mesms coisas nos mesmos estabelecimentos .. 😉

        Curtir

      • Renato. Chega a ser nonsense sua insistência em prestígio/segurança com renda. Suponha um FII com ótimos ativos e ótima gestão e ótima renda.

        Vamos super que o preço seja 100 reais e a renda 1 real. UAU 1% !!!!! Que maravilha!! Estamos todos ricos!! Só que não, porque o fundo vai continuar com ótimos ativos, ótima gestão, mas vai passar o tempo e em algumas semanas ou dias o preço vai passar para 150 e o DY mensal passará 0,67% e vai seguindo até chegar em 200, com DY mensal de 0,50 – Ou seja, o rendimento percentual (DY) não está atrelado à qualidade do fundo (ativos, gestão, transparência, taxas justas, rendimento adequado) mas sim ao que o mercado está disposto a pagar pelo papel.

        Curtir

      • Prezados … pressoALL … cada um sabe quanto estão dispostos a pagar pelo bem intangível denominado “prestígio”. Eu tenho muito pouca paciência. Prestigio para mim está nos resultados, e não no branding. Em um mercado controlado e regulado como é o FII … não é muito complicado.

        Curtido por 1 pessoa

      • @Renato; esse fundo, dentro dos meus parâmetros, é excelente.
        Tenho ele desde 2013 que pagava na época em torno de 0,7 a 0,75% ; hoje o mercado mudou muito (250.000 CPFs contra +- 90.000)
        Taxa de admin. (0,6%) adequada;
        Gestora tradicional, com competência, compliance, etc… com histórico de rendimento;
        Estão aplicando a captação com calma; o que acho bom; acredito que atá o final do ano a renda deve ir para R$ 0,85 a 0,90;
        Acho que pecaram em um quesito na última oferta, que por sinal penso isso de todos os fundos: deveriam cobrar a taxa de administração sobre a nova emissão apenas no momento da aquisição de nova propriedade ( quando começar entrar novo aluguel pro fundo); dessa forma não penalizariam os cotistas que já estavam no fundo; veja o caso do VISC11 que fica bem caracterizado com a “suave taxinha” de 1,35% aos mês !!!!

        Curtido por 3 pessoas

      • De fato, o DY descolou bastante da média do mercado depois que a cota fogueteou…
        Penso que o ranking IBMEC pode ter tido influência nessa subida (o HGLG tirou 2o lugar).
        Daqui a pouco o mercado cai na real, ou não! kkkkkk

        Curtir

    • Olha … nem sempre qualidade e demanda são as melhores opções de desempenho / investimentos.

      Imagina … trafegar em um Lamborghini, McLaren, RollsRoyce … Hotel 5 estrelas… viajar de 1a classe de avião … é exagero, supérfluo, gasto excessivo ?

      O melhor é obter o melhor custo x benefício possível; buscar as opções mais adequadas.

      Independência financeira através de Renda Passiva não requer apenas qualidade… requer também ponto de entrada adequado (inversamente proporcional ao DY), rendimento mensal (“estável” ou “crescente”, mas nunca! decrescente), gestão ativa visando “estabilidade” e/ou “crescimento”, securitização, bons inquilinos, imóveis, etc.

      Por isso, brand (marca) para mim, vale, mas não vale tanto.

      Curtido por 2 pessoas

      • O baixo DY não é culpa dos gestores ou administradores, mas sim do mercado. Se os caras fizessem mágica e pagassem R$ 1,50 em vez de 0,75, o mercado estaria negociando o papel em 320, em vez de 160. Não faz sentido reclamar da gestão.

        Curtido por 1 pessoa

  3. HGLG11,

    Cotação: R$ 152,05
    Valor patrimonial: R$ 120,83
    Cotação V/P: 1,26
    Data com: 28/02/19
    Rendimento: R$ 0,75
    Yield: 0,49%
    Yield 12 meses: 6,23%

    Sobre o imóvel adquirido pelo fundo. O relatório não traz muitas informações, mas está localizado em Guarulhos e possui 18.276 metros quadrados. Valor de aquisição,
    47,5 milhões, R$ 2.599,03 o metro quadrado. Imóvel alugado pelo valor de R$ 463.284,00, cap rate de 11,7%.
    Essa aquisição representa em torno de 20% do caixa atual do fundo referente a última emissão de cotas.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Fato Relevante:

    …vem informar aos cotistas e ao mercado em geral que o Fundo firmou, nesta data, um Instrumento Particular de Compromisso de Cessão de Direitos Aquisitivos de Propriedade do Solo e do Direito Real de Superfície e Outras Avenças (“Contrato”) por meio do qual se comprometeu, atendidas determinadas condições precedentes à aquisição, a adquirir a integralidade de um imóvel logístico localizado na cidade de Guarulhos, Estado de São Paulo, com área de 18.276 m² (dezoito mil, duzentos e setenta e seis metros quadrados), atualmente locado para um operador logístico com atuação global (“Imóvel”).

    O valor total a ser pago pelo Imóvel é R$ 47.500.000,00 (quarenta e sete milhões e quinhentos mil reais), corrigido pro rate die, a partir de 21 de dezembro de 2018, pela variação do IPCA/IBGE, com base no índice do mês de novembro de 2018 e tendo como índice reajuste o índice do mês anterior ao mês do efetivo pagamento (“Preço”). O desembolso do Preço será realizado quando superadas as condições precedentes à aquisição, previstas no Contrato, entre elas as diligências jurídicas e técnicas a serem realizadas no Imóvel por assessores contratados pelo Fundo.

    Após a conclusão do negócio – com pagamento do Preço e a lavratura da respectiva escritura para a transferência da propriedade do Imóvel – o Fundo se tornará proprietário de tal Imóvel e titular do direito sobre a receita do aluguel pago mensalmente pela locatária, que constitui o valor mensal bruto de R$ 463.284,00 (quatrocentos e sessenta e três mil, duzentos e oitenta e quatro reais), que equivale a aproximadamente R$ 0,06 /cota (considerando o total de 7.881.340 cotas).

    Curtido por 3 pessoas

  5. HGLG,
    Desde as 16:00 hrs da última 6a.feira, tem “gente grande” vendendo …
    Cota caiu dos 149,XX para 145,XX…

    Será algum FII realizando lucro para apresentar resultado antes do fechamento do mês ?
    ( No ano passado foi feita emissão a $ 125 )

    Curtido por 1 pessoa

  6. Nada como uma ordenzinha de venda aos 45 min do 2o. tempo … 4:00pm de uma sexta-feira … fechamento de pregão … para fazer a cota despencar … e tudo de uma corretora só… com mesmo nome da gestora/administroda do fundo. Legal …

    Curtir

  7. Lendo o Relatório Gerencial de 07/02/2019. Imóveis da mais fina-flor, vacância quase zerada, contratos atípicos com reajuste ao longo de todo o ano, enfim .. .tudo perfeito. Ou quase !!

    Não consigo entender como que esse sucesso todo não se reflete nos rendimentos mensais, apenas em ganho de capital (valorização do preço da cota, no pregão; e isso … no efeito manada altista recente – nada de extraórdinário, eihm! Qq fundo meia-boca subiu tbém!). PERGUNTA/CIRIOSO: de que adianta ter isso tudo, ser gigante desse jeito, se … na hora mesmo de medir a performace do fundo … chega a ser um dos PIORES pagadores de dividendos/rendimentos ?

    Curtir

  8. FATO RELEVANTE

    …em complemento aos Fatos Relevantes publicados nos dia 11 de setembro de 2018 e 17 de outubro de 2018, a respeito do Imóvel localizado na Avenida CTR Empresarial, no Loteamento Fechado denominado CTR Centro Empresarial, localizado no Km 1,480, BR-497, s/n – Jardim Europa, Uberlândia – MG, 38414-583, matriculado perante o 2º Oficial de Registro de Imóveis de Uberlândia/MG sob o nº 95.819 (“Imóvel”), atualmente locado para a companhia Lojas Americanas S.A., inscrita no CNPJ sob o nº 33.014.556/0001-96, que o vendedor do Imóvel não exerceu sua opção de adquirir até 25% (vinte e cinco por cento) do Imóvel, de forma que o Fundo permanecerá com a propriedade de 100% (cem por cento) do Imóvel.

    Curtido por 1 pessoa

  9. CREDIT SUISSE HEDGING-GRIFFO CORRETORA DE VALORES S.A., com sede na cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Rua Leopoldo Couto de Magalhães Jr., n.º 700, 11º andar (parte), 13º e 14º andares (parte), Itaim Bibi, CEP 04542-000, inscrita no CNPJ sob o nº 61.809.182/0001-30, na qualidade de instituição administradora do CSHG LOGÍSTICA – FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO – FII, inscrito no CNPJ sob o nº 11.728.688/0001-47 (“Fundo”), vem informar aos cotistas e ao mercado em geral que, em complemento aos Fatos Relevantes publicados nos dia 11 de setembro de 2018 e 17 de outubro de 2018, a respeito do Imóvel localizado na Avenida CTR Empresarial, no Loteamento Fechado denominado CTR Centro Empresarial, localizado no Km 1,480, BR-497, s/n – Jardim Europa, Uberlândia – MG, 38414-583, matriculado perante o 2º Oficial de Registro de Imóveis de Uberlândia/MG sob o nº 95.819 (“Imóvel”), atualmente locado para a companhia Lojas Americanas S.A., inscrita no CNPJ sob o nº 33.014.556/0001-96, que o vendedor do Imóvel não exerceu sua opção de adquirir até 25% (vinte e cinco por cento) do Imóvel, de forma que o Fundo permanecerá com a propriedade de 100% (cem por cento) do Imóvel.
    São Paulo, 24 de janeiro de 2019.

    Curtido por 2 pessoas

  10. Mensagem aos investidores

    O Fundo fecha o ano de 2018 praticamente quintuplicando seu número de cotistas e sua liquidez em volume negociados contra 2017. Durante o ano,
    o Fundo adquiriu 3 imóveis que juntos representam R$ 308 milhões e 10,4% de cap rate nos valores atuais da locação. Somado esses esforços de
    aquisição com a manutenção do portifólio, a carteira , a qual iniciou o ano com 19,5% de vacância física e 39% de contratos atípicos1 , finalizou com 4.7% de vacância física e 71% de contratos atípicos1.

    Esse resultado reflete o afinco e a visão da equipe de gestão sobre o mercado logístico e
    industrial, os quais foram comunicados aos cotistas mediante materiais da oferta pública do Fundo, webcast e relatórios gerenciais mensais.

    Durante 2018, o Fundo distribuiu um total de R$ 9,60/cota em rendimentos,e equivalente a um yield1 de 6,9% considerando cota de fechamento de dezembro de 2018. O retorno total do Fundo no ano foi de 11% equivalente a 203% do CDI líquido ou 5,9% acima do IFIX.

    No mês de dezembro de 2018, a esfera econômica mostrou-se otimista e confiante, o que levou a equipe de gestão do CSHG Logística FII a obter grandes avanços no pipeline1 de aquisição de imóveis para alocar os valores residuais da 4º Emissão do Fundo. Dado o cenário macroeconômico atual, negociações existentes e novas negociações tendem a ser precificadas de forma a ter uma boa junção de risco e retorno.

    Curtido por 2 pessoas

    • No âmbito da carteira atual do fundo, estamos tomando diversas medidas para administrar as vacâncias existentes e programadas nos Ed. Onix e Ed. Safira (Centro Empresarial Atibaia), no Master Offices e também no Tech Town, tendo realizado diversas visitas com interessados e atuado ativamente
      para originar novas demandas para estes espaços e atender a processos de cotação com potenciais ocupantes.

      Ainda, no mês de dezembro, houve a alocação de R$ 25 milhões em um CRI1 de rating AAA3
      lastreado por um contrato de locação para a BR Foods, sua remuneração na carteira do fundo é de IPCA + 7% a.a. e sua duração é de 20 anos. A equipe de gestão visa com essa posição melhorar a resultado do Fundo sem prejudicar a liquidez da carteira.

      No âmbito de manutenção e redequação dos imóveis, a equipe de engenharia finalizou obras de manutenção nas coberturas metálicas nos imóveis Ed. Os Lusíadas e CEA, e caminham para a finalização completa das obras no Ed. Albatroz, locado para Natural One, que já paga o aluguel do galpão e já opera nas áreas finalizadas pela obra.

      Vale ressaltar, ainda, que a equipe de gestão tem aproveitado oportunidades de compra e venda de ativos mobiliários para realização de lucro distribuível
      e investimento do caixa gerado em novas ofertas de fundos imobiliários, com potencial de renda e ganho de capital.
      Agradecemos a confiança e convidamos todos à leitura e análise fechamento de 2018 do relatório do CSHG Logística FII.

      Curtido por 2 pessoas

    • foi um ano de crescimento, sem dúvidas… e com ele as adversidades do segmento

      mas é bom ver que estão atentos na manutenção dos imóveis para garantir a competitividade dos mesmos frente à seus pares

      notei que a compra do CRI mostra que não estão muito ansiosos por compras… quem sabe pelo tom da mensagem pinte ai até alguma venda 🙂

      Curtido por 2 pessoas

    • Esse sucesso todo … porque não está representado na melhoria dos rendimentos, apenas em ganho de capital ?

      o HGLG continua sendo o fundo Galpão/Logistico/Industrial que PIOR performa, independente das notícias benéficas e gestão ativa top.

      Não consigo entender….

      Curtir

      • O resultado de uma conta sofre influência direta de um de seus fatores pelo menos. Se um fator não altera significativamente o resultado, provavelmente o outro fator…

        Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s