ARCT11 – FII ARCTIUM

No Riza Arctium, o investimento imobiliário busca assimetrias na relação tríplice de risco-retorno-liquidez, onde analisamos a qualidade creditícia do inquilino e a potencial valorização do imóvel, em operações de Sales&Lease Back, Built-to-Suit, Buy to Lease, ou ainda Desmobilização Pura. Através da expertise do time de gestão, fazemos uma análise criteriosa do risco de crédito do inquilino e um monitoramento constante dos ativos do portfolio. Com essa nova abordagem temos um Fundo Imobiliário diferenciado em atuação e propósito quando comparado a outros fundos do segmento.

Gestão: Riza Asset Management
Administração: BTG Pactual
Início das Atividades: Julho | 2017
Prazo
Público Alvo
Código de Negociação
Quantidade de Emissões
Taxa de Administração: 1%
Taxa de Perfomance: 20% acima de IPCA+ 5,0% a.a

Publicidade

Autor: Tetzner

Engenheiro, Investidor há mais de20 anos, autor de 2 livros e pioneiro em Fundos Imobiliários :)

32 comentários em “ARCT11 – FII ARCTIUM”

      1. Ja li alguns relatórios, q parece q saem d vez em qdo só, não saem mensalmente como os demais. E realmente não sei o funcionamento viu, é um pouco sem explicação msmo.
        Não sei se é pq tamo acostumado com os demais, que dão maior previsibilidade e distribuem de uma forma a sair mais uniforme a renda. Mas esse daquia varia mto, dificil de prever alguma coisa.

        Curtido por 1 pessoa

      2. O modelo dele é basicamente comprar imóvel no modo SLB. Além da locação, corrigida anualmente pelo IPCA, o vendedor/inquilino paga um adicional, correspondente à variação positiva do IPCA para manter o direito de recompra do imóvel no fim do contrato.

        Basicamente é isso. Mas é muito ruim não ter isso nem valores discriminados no relatório. Deveria ter, para cada imóvel, os dados do contrato e as “duas” receitas apuradas no mês.

        Ahhh, mas dá um trabalho fazer isso, quase uma hora por mês!

        Curtido por 2 pessoas

      3. Mas eu creio que desta vez teve os efeitos da 6ª Emissão, encerrada em junho. Por enquanto, o fundo está redondinho-redondinho.

        Como disse o colega @Eduardo… a diferença do SLB desse fundo é a “luvas” semestral que o proprietário do imóvel paga ao fundo para ter direito a recomprá-lo.

        Curtir

      4. Eu não creio que a emissão tenha impactado tanto na queda. A questão é que não teve o “adicional direito de recompra” por conta da variação negativa do IPCA. Aguardemos o relatório.

        Curtir

      1. Quero crer que … resultado continua FORTE só que … por causa da emissão … houve um aumento do denominador [mais cotas] … aí houve queda. Caso contrário …. TEM ALGO de MUITO ERRADO com esse fundo …

        Curtir

      2. … A partir de 28/06/2022, as 829.600 (oitocentos e vinte e nove mil, seiscentos) cotas integralizadas durante o direito de preferência e sobras e montante adicional da 6ª Emissão de Cotas do Fundo passarão a ser negociadas na B3 …

        >>> Comi MOSCA ! deveria ter liquidado para recomprar mais barato após o pgto. Comportamento de baixa esperado. Vamos às compras … a

        Curtir

      3. Em contato com o RI do fundo …

        … BOM DIA, Sou COTISTA do fundo e me ESTARRECEU o rendimento pago no corrente mês. Porque a queda tão significativa em relação ao mês anterior (R$ 1,16 x R$ 1,86) ? …

        Recebo a seguinte msg de resposta:

        … O fundo tem uma carteira com cap de IPCA + 8,00% líquido. A redução da distribuição de dividendos deve-se a redução do IPCA de 1,06% em Abril/2022 para 0,47% em Maio/2022 …

        🤨🤨🤔🤔🤔🤔🤔

        Curtir

      1. E sempre existirão aqueles que dirão … Ainnnnn, Renatão-chorão! O P/VPA do fundo estava muito esticado; apenas está voltando ao normal com essa queda… se tivesse comprado quando estava =1, não tinha perdido nada; comprou caro … só está perdendo gordura … 🤐🤐🤐

        >>> A questAo nem chega a ser essa. A porcria do papel já abre em queda por causa do AJUSTE da COTAÇÃO e em LEILÃO, impossibilitando QUALQUER CHANCE de negociação preventiva. Perde-se 6m de rendimento em patrimônio-equivalente em 10 min de pregão. O ponto é esse !!!

        Curtir

  1. Soltou FATO RELEVANTE: “… Com o pagamento da Parcela Final [“Cervejaria Imperial”], o Fundo fará jus ao recebimento de aluguel no valor de R$ 1.125.000,00 por mês, que representa o impacto de, aproximadamente, R$ 0,39 (trinta e nove centavos) por cota ao mês na distribuição de rendimentos…”

    >>> Fundo “caro” (P/VP = 1,08), mas … está entregando resultado !

    Curtir

  2. Esse fundo tem características bem próprias. Compra para alugar modo SLB, mas cobra um extra para o inquilino ter direito à recompra. Bons imóveis com diversificação de segmento e geográfico.

    Acho que sou o único que estudei um tico dele por aqui. Haha.

    Opiniões são bem vindas, pois talvez eu esteja deixando passar algo, como algum risco e etc.

    Bons investimentos.

    Curtir

    1. Hmmmm …. vou ler uns relatórios aqui para ter alguma opinião a respeito … O que me chama a tenção é o gestor, RIZA, que pensei atuasse apenas no “ramo agrícola”. A conferir…

      Curtir

      1. Li o relatório de MAR/22 … a estratégia de S&LB c/ opção de recompra não é nova … até onde sei, ambos RZTR11 e BTRAL11 estão fazendo o mesmo só que com terras/fazendas agrícolas. O P/VPA (=1.05) está no limite do aceitável, para mim. É só o inquilino não pegar o dinheiro, gastar com bobagem e vir depois pedir repactuação dos contratos …

        >>> Pergutinha do milhão: 🤔 Está alavancado esse fundo ?

        Curtir

    2. @eduardo cwb, já tive ele no passado, a principio achei a estratégia interessante, porém a falta de qualidade dos inquilinos, o tamanho reduzido do VP x possível inadimplência, a falta de transparência nos relatórios e a falta de pipeline na emissão não me deixaram confortável e preferi sair, isto é apenas uma opinião pessoal e não quer dizer que o fundo não seja bom, significa que não se enquadrava na minha estratégia.

      Curtido por 1 pessoa

      1. Emissão de cotas do Fundo (“Sexta Emissão”),

        Data ex: 09/05/2022

        Valor: R$ 103,79 (já com as taxas)
        Fator de proporção: 0,520052331575,

        Direito preferência: 11/05 a 23/05
        Liquidação direito preferência: 24/05

        Sobras e MA: 26/05 a 31/05
        Liquidação sobras e MA: 07/06

        Comunicado de encerramento: 08/06

        …..

        Setor: bebidas – IPCA + 9,5%
        Local: MG
        OPÇÃO DE RECOMPRA: SIM
        Prazo: 5 anos

        Setor: Educação – IPCA + 15%
        Local: BA
        OPÇÃO DE RECOMPRA: SIM
        Prazo: 10 anos

        Curtido por 1 pessoa

NOVOS COMENTÁRIOS AQUI: (sem links, emails ou telefones)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: